Esportes

Guto Ferreira lamenta chances perdidas e diz que Kayke 'não tem dado sorte' no Bahia

O Bahia teve grandes chances de ampliar o placar e sair vencedor contra o São Paulo, mas o fantasma das oportunidades perdidas voltou a assolar a equipe, que sofreu um gol no fim e viu o placar se encerrar em 2 a 2 neste último domingo (13), na Arena Fonte Nova em Savador, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

 

O Bahia volta a jogar pelo Campeonato Brasilero no próximo sábado (19), às 21h, contra o Palmeiras, em São Paulo. Demonstrando insatisfação com o resultado, o técnico Guto Ferreira lamentou os erros no ataque e ressaltou que a igualdade não não veio de erros de estratégia segundo informações do Bahia Notícias.

 

"Não vejo assim. Naquela altura do jogo a equipe estava tendo dificuldade no contra-ataque. Na medida que entrou Régis e Mena, a equipe conseguiu puxar os contra-ataques, mas infelizmente não botou para dentro. Se a gente bota, tinha feito 3 a 1 e não tomaria o empate. O problema não foi a estratégia, e sim porque pecamos no lance final. Tivemos chances claríssimas. Com a razão, penso assim", explicou o técnico Guto Ferreira.

 

Questionado sobre Kayke, que entrou no jogo e perdeu grandes oportunidades, o comandante lembrou da carreira do jogador e indicou que ele "não tem dado sorte" no Fazendão. "Quem tem que dizer são vocês. Ele está no grupo. Quem eu tinha na posição era ele. Ele tem na sua carreira inúmeros gols e no Bahia não tem dado sorte. Edigar cansou. Quem eu tinha? Kayke. Qualquer coisa seria invenção. Não tinha ninguém para fazer outro tipo de troca que fosse essa. Você tenta reverter uma situação. Foi mais uma oportunidade de reverter que perdeu", indicou.

 

 


Categorias

Bahia




Classificados


Enquete



Mais Lidas