Esportes

Cerri fala sobre má fase e diz que novo treinador só deve chegar após jogo contra o Corinthians

Na tarde desta terça-feira (12), o diretor de futebol do Bahia, Diego Cerri, foi até a sala de imprensa do fazendão para apresentar oficialmente o atacante Gilberto, novo reforço do Esquadrão. Contudo, como era de se esperar, o dirigente foi questionado sobre a definição quanto ao nome do novo treinador do clube, mas preferiu manter a cautela.

 

“Não vale à pena falar nomes. Estamos trabalhando intensamente para apresentar o mais breve possível. Para esse jogo do Corinthians, acho precoce. Para depois do jogo do Corinthians, a gente já está encaminhando o nome do treinador que venha e que possa seguir até o fim do ano”, disse o diretor de futebol.

 

“Muita troca de treinador não é o ideal, não é o jeito que a gente enxerga futebol. A gente tem que tentar encaixar um treinador que tenha a cara do Bahia e possa continuar com a gente até o fim do ano. Futebol vive de resultados, às vezes, o projeto é quebrado no meio por circunstâncias. Tenho esperança de que a gente possa acertar um nome que venha aqui, se adapte bem e que a gente possa fazer uma boa campanha”, afirmou.

 

Diego também falou sobre a má fase que o Tricolor vive na Série A do Brasileirão, onde atualmente está dentro da zona de rebaixamento, mas mostrou confiança numa recuperação. “Importante que eu venha falar em nome do clube. É importante que o torcedor saiba o quanto estamos trabalhando para que possamos nos recuperar no Campeonato Brasileiro, que é o campeonato mais importante do ano".

 

"Acho que temos um elenco capaz de muito mais em termos de números. Acho que estamos em um momento difícil. O emocional pesa também. Quando começarmos a nos recuperar, com menos peso, os jogadores vão conseguir concretizar melhor algumas jogadas. O momento, quando está mais pesado, é difícil. Daqui a pouco as coisas vão começar a fluir”, declarou Cerri.


Categorias

Bahia




Classificados


Enquete



Mais Lidas