Esportes

Com Nenê inspirado e lambança do árbitro, Vitória perde para o São Paulo por 3 a 0

O Vitória não fez uma boa partida e voltou a mostrar suas deficiências na noite desta terça-feira (12). Mas, o Rubro-negro não contava, também, com uma lambança do árbitro Igor Benevenuto, que acabou influenciando diretamente para a derrota por 3 a 0 para o São Paulo, no Morumbi. Inspirado e com dois gols, um deles um golaço, Nenê foi o nome do jogo.

 

Everton também deixou o seu. Mas, o principal lance aconteceu aos 34 minutos do primeiro tempo. Em uma disputa de bola, o próprio Nenê e Yago trocaram puxões. Sem a visão ideal do lance, o árbitro enxergou um tapa do atleta do time baiano no rosto do adversário e acabou expulsando-o, injustamente, com o cartão vermelho direto.

 

Com a derrota, o Leão ficou com seus 12 pontos na parada para a Copa do Mundo. Por enquanto na 15ª colocação, os comandados de Vagner Mancini podem voltar à zona de rebaixamento nesta quarta-feira (13), no complemento da rodada. O jogo começou sem muitas emoções, mas foi o Vitória quem teve a primeira chance clara. Aos 17 minutos, Rhayner tabelou com André Lima e chutou para a defesa de Sidão segundo o Galaticos.

 

No rebote, livre de marcação, Wallyson pegou mal, isolou a bola e desperdiçou a grande chance. O castigo veio quatro minutos depois. Aos 21, o craque Nenê mostrou como se trata a bola. Com um meio chapéu, o meia tirou Lucas Marques da jogada e acertou um lindo chute no ângulo de Elias para fazer um golaço.

 

Aos 34, a situação do Rubro-Negro piorou. Em um lance de precipitação, o árbitro enxergou um tapa inexistente de Yago em Nenê e expulsou injustamente o jogador do Leão. Com um a menos, o time baiano viu o São Paulo aumentar o placar aos 41 minutos. Everton foi até a linha de fundo e cruzou para Nenê, no meio da área bater no canto de Elias para fazer o segundo.

 

No segundo tempo, aos oito minutos, o Tricolor chegou ao terceiro gol. Após cruzamento na área, Everton pegou bonito de primeira e acertou o canto de Elias. Aos 31 minutos do segundo tempo, foi a vez do São Paulo perder um jogador expulso. Lucas Fernandes fez falta em Neílton, recebeu o segundo amarelo e o vermelho. Mas, com poucos minutos para tentar uma reação, o Vitória não conseguiu e acabou derrotado.


Categorias

Vitória




Classificados


Enquete



Mais Lidas