Esportes

Volante Nilton espera que erros de arbitragem não atrapalhem o Bahia na reta final

Contra o Grêmio, o Bahia sofreu com erros de arbitragem e deixou de ganhar 3 pontos que poderiam ajudar na briga contra o rebaixamento. Em plena reta final de competição, o apito preocupa o Tricolor, que foi à CBF. Questionado sobre a atitude da cúpula do Esquadrão, o volante Nilton disse esperar que os juízes não prejudiquem o Bahia nas dez últimas rodadas da competição nacional.

 

"Erros cruciais que resultaram naquele empate. Pela apresentação que a equipe teve, foi aquele balde de água gelada na mente. Mas a equipe está ciente do que houve. A diretoria, com Diego, com Bellintani, está tomando as devidas providências para ver o que pode ser feito para que não aconteça mais durante o campeonato", declarou segundo o Bahia Notícias.

 

No próximo sábado (13), o primeira dos dez últimos desafios será contra o lanterna Paraná, em Pituaçu. De acordo com o volante, não é o momento de escolher adversários e a missão é pontuar para evitar um desastre. "A gente não tem que escolher adversário. Jogamos contra o Grêmio, muitos achavam que iriamos tomar uma goelada, mas isso foi uma coisa que até coloquei com os jogadores, que tínhamos condições de sair até com os três pontos".

 

"Colocamos isso da melhor maneira possível dentro de campo. Aconteceram coisas fora do nosso alcance, a arbitragem... Seria a melhor partida fora. Hoje temos a oportunidade de buscar três pontos que serão importantes para essa arrancada de dez jogos que nos resta", disse Nilton, que citou a importância de conseguir o resultado em Salvador.

 

"A gente tem que estar sempre pontuando. Campeonato muito difícil. Tem que pontuar em casa, fora, seja um ou três [pontos]. Pelo momento na tabela, é uma situação desconfortável, nos deixa com uma luz acesa. Mas faltam rodadas, tem outras equipes em situação difícil. A gente sabe que tivemos que mudar nosso comportamento para buscar essa pontuação importante para dar tranquilidade. Contra o Paraná, tem que fazer o papel de casa. É o fundamental. Temos que estar nessa intenção de buscar, apresentar um bom futebol para se afastar dessa posição desconfortável", completou.


Categorias

Bahia




Classificados


Enquete



Mais Lidas