Esportes

Cerimônia de encerramento terá 18 minutos e será "tributo"

Com presença dos astros da festa, a Fifa divulgou neste sábado alguns detalhes sobre a cerimômia de encerramento da Copa do Mundo, que acontecerá antes da final do torneio entre as seleções de Alemanha e Argentina, no Maracanã, no Rio de Janeiro.
 
Ao todo, serão 18 minutos de espetáculo, com a presença de Shakira, Wyclef, Carlos Santana, Ivete Sangalo, Carlinhos Brown e Alexandre Pires. O show, que foi definido pelos organizadores como "um tributo ao futebol" começa às 14h20 (horário de Brasília), pouco mais de duas horas após a abertura dos portões do estádio.
 
De acordo com a Fifa, a intenção é que a festa levante as bandeiras da liberdade, solidariedade, paixão e diversidade. As 32 seleções serão representadas, com destaque para as duas finalistas. O Rio de Janeiro, palco da cerimônia inspirou para que o ritmo dominante seja o samba. Com isso, a Acadêmicos do Grande Rio fará participação especial.
 
Três números serão apresentados durante a festa: as canções "Dare", nas vozes de Shakira e Carlinhos Brown, "Dar Um Jeito - We Will Find a Way" (música oficial da Copa), com Alexandre Pires, Wyclef e Santana, e por último um medley de músicas brasileiras, com Alexandre Pires e Ivete Sangalo.
 
"O Brasil recebe o mundo e diz para o mundo que todos são bem-vindos. As pessoas estão saindo daqui conhecendo nosso povo, vendo nosso acolhimento", avaliou Carlinhos Brown, falando um pouco do espírito da apresentação de amanhã.
 
Alexandre Pires, por sua vez, falou da concepção da canção oficial da Copa, da qual é um dos autores. Para o músico brasileiro se trata basicamente de uma representação da paixão pelo esporte mais popular do mundo.
 
"A música fala de esperança, desse sentimento que um garoto tem de sonhar em um dia conquistar um lugar ao sol através do futebol", afirmou.
 
Shakira, por sua vez, comemorou o fato de estar chegando à sua terceira final de Copa do Mundo, superando muitos craques do futebol mundial, como ela mesmo lembrou. A colombiana garantiu que sente uma emoção especial cada vez que está envolvida com a competição.
 
"Não posso esquecer que em 2010 encontrei o amor da minha vida em uma Copa do Mundo (o zagueiro espanhol Gérard Piqué). Se não tivesse ido à África do Sul, meu filho não teria nascido. Estar aqui tem enorme significado, porque eu me sinto um pouco brasileira. Minha segunda língua é português, e essa é minha segunda casa", disse.
 
Os artistas ainda foram questionados sobre o palpite para a final. A maioria desconversou e o único que cravou um campeão foi Wyclef. Para o haitiano, a Alemanha levará a melhor sobre os argentinos, o que provocou uma leve comemoração entre os jornalistas do país europeu. O rapper ainda aproveitou para falar da sua ligação com o futebol.
 
"Me lembro de 2004, Brasil e Haiti disputaram o jogo da paz. Ronaldo e companhia foram jogar no país e nos ganharam por 6 a 0. Só que a cada gol brasileiro, os haitianos gritavam mais alto. Acho que os haitianos são mais brasileiros do que qualquer outra coisa", lembrou.
 
Outro que ainda tentou prever o resultado do jogo foi Alexandre Pires. O cantor, no entanto, não apontou um campeão, se limitando a dizer que o título será decidido nos pênaltis. Shakira, por sua vez, confessou que precisa de uma ajuda de um animal como o polvo Paul, que acertou diversos resultados na Copa de 2010.
 
Alemanha e Argentina se enfrentarão amanhã a partir das 17h (horário de Brasília), no Maracanã.

Categorias

Copa do Mundo




Classificados


Enquete



Mais Lidas