Notícias

Polícia

Polícia

11 de Dez // | Polícia

Uma submetralhadora foi encontrada em posse de traficantes de drogas do bairro do IAPI, em Salvador segundo informações do Bahia Notícias. A apreensão foi feita neste último domingo (10), por policiais do Pelotão Especial Tático Ostensivo (Peto) da 37ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Liberdade).

 

"Este é o reflexo do alto consumo de drogas da nossa sociedade. O dinheiro financia a compra desses armamentos. Se não mudarmos esse cenário nacional, toda semana vamos apresentar apreensões semelhantes", avaliou o coronel Valter Menezes, comandante de Policiamento na Região Integrada de Segurança Pública (Risp) Baía de Todos os Santos.

 

Além da submetralhadora, os policiais apreenderam dois carregadores, munições de calibre 9mm, 13 trouxas de maconha, um caderno com anotações de vendas e um saco com pinos plásticos, que poderiam ser usados para embalar cocaína. Os cinco homens que portavam o material fugiram. A arma, da marca Uzi, é de calibre 9mm, de uso exclusivo das Forças Armadas e da Polícia Federal.

Polícia

11 de Dez // | Polícia

Foi deflagrada na manhã desta segunda-feira (11) uma operação para investigar o pagamento de R$ 160 milhões em propina da JBS para agentes da Receita Federal. O órgão fiscalizador, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal estão envolvidos na ação, batizada de Operação Baixo Augusta.

 

Segundo as investigações, as propinas eram pagar para acelerar a liberação de créditos tributários do Fisco a empresas do grupo pertencente aos irmãos Joesley e Wesley Batista. Um auditor fiscal da Receita foi afastado judicialmente e oito pessoas físicas e jurídicas tiveram os bens bloqueados por suspeita de envolvimento no esquema.

 

Ao todo, são cumpridos 14 mandados de busca e apreensão, em São Paulo, Caraguatatuba, Campos dos Jordão, Cotia, Lins e Santana do Parnaíba. A operação é um desdobramento da Operação Lava Jato, na qual delatores contaram que um auditor fiscal recebeu altas quantias em dinheiro para acelerar a liberação de recursos que o grupo tinha a receber da Receita a título de créditos tributários segundo informações do G1.

Polícia

09 de Dez // Bocão News | Polícia

Dados do Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen) divulgado hoje (8), em Brasília, pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça, revelam que o total de pessoas encarceradas no Brasil chegou a 726.712 em junho de 2016. Em dezembro de 2014, era de 622.202.

 

Diante desse quadro, a população carcerária brasileira é a terceira maior do mundo. O Brasil é o terceiro país com maior número de pessoas presas, atrás de Estados Unidos e China. O quarto país é a Rússia. A taxa de presos para cada 100 mil habitantes subiu para 352,6 indivíduos em junho de 2016.

 

Em 2014, era de 306,22 pessoas presas para cada 100 mil habitantes. Diante do quadro, a reportagem do BNews conversou com João Apolinário Silva, que é especialista em segurança pública e coordenador do Observatório de Segurança Pública da Bahia (OSPBa). O especialista realizou um estudo sobre o sistema prisional baiano, em parceria com o Ministério Pública da Bahia, e a Unifacs. Segundo ele, o Brasil não tem superpopulação carcerária.

Polícia

08 de Dez // | Polícia

O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, foi convidado do ex-senador Clésio Andrade (PMDB-MG) na cerimônia da 24º edição do prêmio de jornalismo da CNT (Confederação Nacional do Transporte). Segovia e sua mulher sentaram à mesa para jantar com Andrade, que renunciou ao mandato de senador em 2014.

 

Andrade preside a CNT e é réu no chamado processo do mensalão tucano em Minas Gerais. Sua renúncia foi interpretada na ocasião como um gesto para levar o processo do STF (Supremo Tribunal Federal) à primeira instância da Justiça. O diretor-executivo da PF, Sandro Avelar, número 2 do comando da polícia, acompanhou Segovia no evento da CNT.

 

Após a cerimônia de entrega do prêmio, Avelar e Segovia jantaram com Clésio Andrade na mesa principal da cerimônia, num local de eventos de Brasília. O diretor-geral acompanhou o show dos cantores sertanejos Leonardo e Eduardo Costa e dançou ao som de clássicos da música caipira, como "Não aprendi dizer adeus", "Solidão" e "As Andorinhas" segundo informações do Folha Press.

Polícia

07 de Dez // | Polícia

Oito pessoas foram presas durante a Operação Bahia Integrada, deflagrada na madrugada desta quinta-feira (7), na cidade de Ribeira do Pombal. Além das prisões, foram cumpridos 21 mandados de busca e apreendidos R$ 1,8 milhão, entre cheques, notas promissórias e cédulas. Também foram apreendidos uma moto e três automóveis.

 

Participaram da ação agentes da Polícia Rodoviária Federal, da Companhia Independente de Policiamento Especializado e da Polícia Civil. De acordo com investigação da Polícia Civil, que durou cerca de quatro meses, os presos são suspeitos de integrar uma facção criminosa, que além de assaltos e tráfico de drogas, praticou diversos homicídios de membros de facções rivais.

 

A polícia esclareceu que, das oito prisões, sete foram em decorrência de cumprimento de mandados expedidos no curso das investigações, e uma aconteceu em virtude de flagrante dos crimes de adulteração de veículo e receptação. O proprietário de um ferro velho foi conduzido à delegacia após a equipe encontrar peças adulteradas no estabelecimento dele. As informações foram divulgadas pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia.

Polícia

07 de Dez // | Polícia

Duas pessoas foram presas na cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 quilômetros de Salvador, na manhã desta quinta-feira (7). De acordo com o delegado Roberto Leal, as prisões fazem parte de uma operação para desarticular uma quadrilha de roubo de celulares que age em eventos de grande porte, como a micareta da cidade.

 

Em depoimento prestado à polícia durante a prisão, Rodrigo Carvalho Alcântara, de 33 anos, e Raimundo Pinto Martins Júnior, que ainda não teve idade revelada, negaram participação no crime e disseram desconhecer a quadrilha. Os mandados de prisão preventiva da dupla foram decretados no estado de Santa Catarina.

 

A operação para prender integrantes da quadrilha deve acontecer em, pelo menos, outros dois estados, além da Bahia e Santa Catarina. Conforme o delegado, não há previsões de novos cumprimentos de mandados em Feira de Santana nessa operação. Os dois presos vão ficar custodiados no Complexo Policial de Sobradinho, até decisão da Justiça de Santa Catarina segundo informações do G1.

Polícia

07 de Dez // | Polícia

O delegado da Polícia Federal (PF) Márcio Anselmo, que iniciou as investigações da Operação Lava Jato em Curitiba, em 2013, afirmou que a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5508 coloca em jogo a delação e o "futuro da própria investigação criminal".

 

Considerado o principal delegado da Operação Lava Jato, Anselmo pediu para sair da força-tarefa em Curitiba, em 2016, depois de a Procuradoria exigir que a Polícia Federal ficasse de fora da delação da Odebrecht - atualmente ele é corregedor no Espírito Santo segundo informações do Estadão Conteúdo.

 

"A colaboração premiada consiste em técnica especial de investigação, principal meio de obtenção de prova contra o crime organizado e importante mecanismo de combate à corrupção", afirmou Anselmo. O delegado Edivandir Paiva, presidente eleito da Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal (ADPF), afirmou que "será um prejuízo absurdo" se a Corte proibir a PF de negociar acordos de delação premiada.

Polícia

07 de Dez // | Polícia

O ex-titular da 1ª Coordenadoria da Polícia do Interior (Coorpin/Feira de Santana), João Rodrigo Uzzum, entrou com uma ação na Justiça contra o estado para retornar para as atividades no município. O delegado perdeu o cargo em junho deste ano, e depois foi transferido para outra cidade do interior da Bahia.

 

Ele alega que está sendo perseguido. Uzzum disse para a Justiça que em maio deste ano foi testemunha do Ministério Público (MP-BA) em um processo de improbidade administrativa envolvendo um dos superiores dele. A ação surgiu depois que uma quantia em dinheiro que estava sob os cuidados da 1ª Coorpin desapareceu.

 

O valor teria sido apropriado de forma indevida por um dos superiores do delegado, o que gerou duas ações: uma civil e outra criminal. O montante não foi divulgado. No dia 6 de junho, alguns dias depois do testemunho, o delegado foi exonerado do cargo de titular da 1ª Coorpin, função que exercia há mais de dois anos. Ele afirma ainda que sofreu diversas remoções, nenhuma delas devidamente fundamentadas.

Polícia

07 de Dez // | Polícia

A mãe do ex-ministro Geddel Vieira Lima, Marluce Vieira Lima, ficou em silêncio em seu depoimento à Polícia Federal na sexta (01). Na segunda (05), a PGR pediu a condenação dela e de seus filhos, também o deputado Lúcio Vieira Lima, por lavagem de dinheiro e associação criminosa no caso do "bunker" de R$ 51 milhões.

 

No documento enviado ao STF (Supremo Tribunal Federal), a procuradora-geral, Raquel Dodge, solicita ainda que Marluce cumpra prisão domiciliar. Na superintendência regional da PF na Bahia, em Salvador, a mãe dos peemedebistas disse que não responderia a nenhuma pergunta por orientação de seus advogados.

 

No termo do depoimento, há relato de que a defesa de Marluce argumentou que a autoridade policial terminou seu relatório sobre o caso antes de tomar o depoimento da investigada. "Muito embora fosse de conhecimento formal da autoridade policial que preside a investigacão que a oitiva seria realizada nesta data, a defesa técnica foi surpreendida com o extemporâneo encerramento das investigações, com a apresentação de relatório, inclusive", consta no documento.

Polícia

06 de Dez // | Polícia

O cantor e compositor carioca Naldo Benny foi preso em flagrante na tarde desta quarta-feira (06), em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, por posse ilegal de arma de fogo. O artista também foi denunciado pela mulher por agressão, de acordo com informações da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam).

 

Horas depois de ser detido, Naldo pagou fiança e foi solto. Ellen Pereira Cardoso, a Mulher Moranguinho, denunciou o marido após ter sido agredida no último sábado (02). Segundo ela, durante uma briga, Naldo a agrediu com socos, chutes e puxões de cabelo. Não foi a primeira vez que Naldo Benny e Moranguinho tiveram uma briga que culminou em agressão. 

 

Conforme Ellen contou na delegacia, as agressões do artista já acontecem há sete anos, desde antes do casamento dos dois, e seriam motivadas por ciúmes. Segundo a delegada Viviane Costa, da Delegacia da Mulher, Ellen denunciou o marido porque "cansou" das agressões. Depois da denúncia à Deam, a polícia obteve informações de que o cantor teria uma arma não registrada em casa, que foi apreendida nesta quarta.

Polícia

06 de Dez // | Polícia

Um cofre de um agência bancária da cidade de Malhada, no sudoeste da Bahia, foi explodido e o dinheiro foi roubado na madrugada desta quarta-feira (6). A agência ficou destruída. Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso. Segundo a Polícia Militar, tudo aconteceu por volta de 1h50. Depois da ação, os homens fugiram.

 

De acordo com a Polícia Militar, testemunhas contaram que um grupo com cerca de 10 homens chegou, em veículos separados, e efetuou disparos de arma de fogo.  A Polícia Civil confirmou que os bandidos usaram explosivos para arrombar o cofre da agência e levaram o dinheiro. A quantia levada não foi divulgada segundo informações do G1. 

 

A suspeita da polícia é de que eles tenham seguido para a zona rural de Malhada. Rondas foram feitas na região pela PM, mas ninguém foi encontrado. O local foi periciado e cápsulas de munição foram recolhidas. A polícia acredita que, na fuga, mais pessoas estariam dando apoio ao grupo. Em Camamu, bandidos explodiram o cofre de uma agência na madrugada de segunda (4). Este foi o segundo caso de ataque a banco na cidade em dois dias.

Polícia

05 de Dez // | Polícia

Um acordo entre a prefeitura de Jequié, no sudoeste, e vereadores, em 2013, na gestão Tânia Britto, permitiu que escolas e unidades de saúde “contratassem” servidores fantasmas. O esquema foi revelado nesta terça-feira (5) na Operação Melinoe, deflagrada pela Polícia Federal e Controladoria Geral da União (CGU).

 

De acordo com o superintendente da Controladoria Geral da União na Bahia, Ronaldo Machado, as distorções foram flagradas em escolas do município. Em uma delas, 12 pessoas estavam contratadas para uma mesma função [serviços gerais], mas, na verdade, apenas uma trabalhava.

 

“A prefeitura loteou as unidades escolares e de saúde para os veredadores. Uma forma de conseguir apoio politico. Só que esses pontos eram loteados por indicações de pessoas que não necessariamente trabalhavam”, disse Machado. Ainda segundo o superintendente da CGU no estado, diretores de escolas denunciavam o caso, mas as ações eram neutralizadas por vereadores que queriam que o esquema perdurasse.

Polícia

05 de Dez // | Polícia

A ex-vereadora de Jequié, no sudoeste, apontada como uma das acusadas na Operação Melinoe, deve ser ouvida ainda nesta terça (05). Segundo apuração do Bahia Notícias, se trata de Meire Lopes. Atualmente, ela é suplente na Câmara de Vereadores da cidade. A operação visa combater crimes de desvio de recursos públicos.

 

Os sobrinhos da ex-legisladora, acusados de receber sem trabalhar, serão ouvidos em Salvador, onde residem. Um vereador, ainda não identificado, prestará depoimento na quinta (7), dentro da investigação que apura o envolvimento de outros edis, do secretário de Educação municipal e empresários.

 

À época, do começo da apuração, quem governava a cidade era a prefeita Tânia Britto (PP). Segundo o Superintendente da CGU na Bahia, Ronaldo Machado, a empresa terceirizada que agia de forma fraudulenta é denominada de Terceira Visão. Um pregão feito em 2013 deu início à atuação da terceirizada no município, contrato que era “renovado todo ano”. Conforme o delegado federal Rodrigo Kolbe, a licitação da qual a Terceira Visão participou também foi simulada.

Polícia

05 de Dez // | Polícia

A Polícia Federal cumpre mandados nas cidades de Jequié e Jaguaquara, que ficam no sudoeste da Bahia, além de Salvador, na manhã desta terça-feira (5). A operação visa combater crimes de desvio de recursos públicos destinados à área da educação. Entre os alvos da operação está uma ex-vereadora de Jequié.

 

Ela desviava recursos por meio de um suposto fornecimento de funcionários terceirizados fantasmas, segundo a Polícia Federal. Entre esses funcionários, que deveriam atuar na Secretaria de Educação do Município, estavam dois sobrinhos da vereadora que não residiam em Jequié segundo o G1.

 

A Polícia Federal constatou também que a mesma vereadora pagou salário a pelo menos 35 funcionários que nunca atuaram nas escolas que teriam sido designados. Cinquenta e oito policiais federais e seis auditores da Controladoria Geral da União (CGU) cumprem 23 mandados de condução coercitiva, 18 de busca e apreensão e cinco mandados de medidas cautelares nos três municípios.

Polícia

03 de Dez // | Polícia

A Polícia Federal está fazendo preparativos para que Marcelo Odebrecht passe a cumprir prisão domiciliar a partir do dia 19 de dezembro.

 

De acordo com Lauro, o plano inicial é que Marcelo Odebrecht saia de Curitiba em um jatinho particular e escoltado por policiais.

 

Ainda de acordo com a coluna, a justificativa da Polícia Federal é de que seria muito difícil garantir a segurança de Odebrecht em um voo comercial e o trajeto será custeado pelo empresário. (OGlobo)

Polícia

02 de Dez // | Polícia

O homem apontado como causador de um acidente que deixou cinco mortos em Irecê, centro norte baiano, e que teve a prisão preventiva decretada segue foragido. Maurício Machado Carvalho Cardoso foi denuciado pelo Ministério Público do Estado (MP-BA).

 

A denúncia foi recebida pela Justiça, que converteu, no último dia 23 de novembro, a prisão temporária em preventiva. O acidente ocorreu no dia 12 de novembro, por volta das 4h30, na BA-052, em Irecê.

 

De acordo com a denúncia do MP, Maurício teria ingerido bebidas alcoólicas “no período da noite anterior até por volta das 3h”, quando teria saído do bar em Irecê para levar uma amiga em casa, no município de João Dourado, na mesma região. “Ela teria solicitado várias vezes que ele parasse o veículo para ela descer, pois temia por sua vida, tamanha a velocidade empreendida pelo motorista”, afirma a denúncia.

Polícia

02 de Dez // | Polícia

Mais de 20 mil peças com estampas de personagens de desenhos animados, sem a autorização dos detentores das marcas, foram apreendidas durante operação da Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon), realizada durante a última semana no centro de Salvador.


Equipes da Decon estiveram em oito estabelecimentos especializados em produtos para festas infantis, localizadas na região da Barroquinha. Itens como artigos de decoração, lembrancinhas e produtos descartáveis (copos, pratos, talheres, bandejas etc) foram apreendidos. 

 

A operação também abordou lojas de roupas infantis, situadas nas Avenidas J.J. Seabra e Avenida Sete de Setembro e apreendeu peças de vestuário infantil com estampas de personagens sem a devida autorização. 


Polícia

30 de Nov // | Polícia

Os trabalhadores resgatados em condição análoga à escravidão, em uma fazenda no município de Ribeirão do Largo, sudoeste da Bahia, recebiam R$ 40 por mais de 10h de trabalho por dia. Eles ficavam abrigados em dois alojamentos, onde não havia água, banheiro, energia elétrica. A ação de resgate de 19 lavradores ocorreu na segunda (27).

 

As condições dos trabalhadores foram detalhadas em coletiva de imprensa pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), na quarta-feira (29). O dono da fazenda não estava no local no momento da ação e se comprometeu a comparecer na sede do Ministério Público para prestar depoimento.

 

O proprietário deve pagar cerca de R$ 40 mil de encargos trabalhistas referentes às rescisões dos funcionários. "Os trabalhadores foram encontrados em dois alojamentos, na condição de precariedade, com paredes deterioradas, com muitos buracos, o chão com tábuas apodrecidas, inclusive possibilitando que animais peçonhentos se alojassem, inclusive com picadas de escorpiões em um dos trabalhadores", diz a auditora fiscal Lidiane Barros.

Polícia

30 de Nov // | Polícia

O ex-governador de Alagoas, Teotônio Vilela Filho (PSDB) é alvo da Operação Caribdis, deflagrada nesta quinta (30) pela Polícia Federal. O secretário de Infraestrutura do estado à época, Marco Fireman, também é investigado por supostas fraudes no lotes de números 3 e 4 das obras do Canal do Sertão, ambos licitados em 2009 e 2014 pelo governo estadual.

 

Ao todo são cumpridos 11 mandados de busca e apreensão em Maceió, Salvador (BA), Limeira (SP) e Brasília (DF). As casas do ex-governador e do ex-secretário são alguns dos alvos. De acordo com o G1, entre os suspeitos estão também pessoas ligadas às construtoras Odebrecht e OAS, bem como outras ligadas a órgãos públicos.

 

A operação desta quinta deve complementar provas colhidas para o inquérito policial que apura se houve prática dos crimes de fraude em licitação, desvio de verbas públicas (peculato), corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa. O Canal do Sertão é uma obra hídrica para minimizar os efeitos da seca e promover o desenvolvimento socioeconômico das regiões do semiárido. A obra integra o PAC, do governo federal.

Polícia

30 de Nov // | Polícia

O "Baralho do Crime" da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) foi atualizado nesta última quarta-feira (29), e quatro criminosos procurados pela polícia foram adicionados ao jogo de cartas. O catálogo reúne os foragidos mais perigosos do estado, com informações como nome, apelido, área de atuação, além de foto.

 

Tudo a fim de contar com a ajuda de denúncias anônimas que ajudem na localização dos criminosos. De acordo com a SSP, os quatro suspeitos adicionados ao baralho têm envolvimento com o tráfico de drogas e homicídios em Salvador e região metropolitana. Os criminosos substituíram outros quatro que, conforme a secretaria, já foram apreendidos.

 

Segundo a SPP, Lucas Oliveira de Jesus, conhecido também por "Albiere" ou "Fazenda", é o novo "Oito de Copas", substituindo Matheus Roberto Costa Souza, o "Boca Preta", preso em outubro. Com atuação em Camaçari e Simões Filho, municípios da Região Metropolitana de Salvador, Fazenda é procurado por tráfico de drogas. Já o "Oito de Espadas" agora é Artur Arlindo Barbosa Pacheco, o "Arturzinho".

Polícia

29 de Nov // | Polícia

Uma mulher foi estuprada e morta dentro de uma fazenda, que fica no Povoado de Angico, zona rural de São Desidério, no oeste da Bahia. O suspeito do crime, Manoel Messias Lima dos Reis, foi preso após fugir para a cidade de Jataí, em Goiás. De acordo com a polícia, Lusidalva Rosa Souza estava dentro da residência quando foi atacada por Manoel.

 

O crime aconteceu no dia 26 de fevereiro, mas ele só foi preso na manhã de terça-feira (28), porque estava foragido. A polícia não informou como a vítima foi morta. Na época do crime, o suspeito chegou a ser preso por policiais militares. Ele confessou ter estuprado e matado Lusidalva, mas o prazo do flagrante já havia passado. Manoel foi ouvido e liberado.

 

Ele deveria ter ficado à disposição da Justiça, no entanto, quando o mandado de prisão preventiva foi deferido, cinco dias após o crime, o suspeito não estava mais na Bahia. A partir daí, a polícia começou a investigar o paradeiro dele. Manoel não resistiu à prisão quando foi abordado pelos policiais baianos e goianos, conforme informou a polícia. Ele será levado para a delegacia de São Desidério, onde ficará à disposição da Justiça.

Polícia

29 de Nov // | Polícia

A Polícia Federal (PF) aponta, em relatório, indícios de que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) usava dois celulares com linhas supostamente registradas em nome de laranjas para fazer ligações sigilosas. O relatório foi feito após análise de material apreendido no apartamento do tucano, no Rio de Janeiro, em 18 de maio.

 

A perícia da PF aponta que "aparelhos celulares simples" foram encontrados na sala de TV e no closet do apartamento de Aécio, em Ipanema, durante o cumprimento de mandados em endereços ligados ao senador não só no Rio, mas também em Brasília e em Minas Gerais. A operação teve como base a delação premiada do empresário Joesley Batista, do grupo J&F.

 

Joesley gravou Aécio pedindo a ele R$ 2 milhões para, supostamente, pagar os honorários do advogado que o defendia nos processos da Lava Jato. De acordo com o relatório, os celulares - um Nokia e um LG - seriam "normalmente utilizados para conversas ponto-aponto com pessoas determinadas/restritas de modo a evitar eventuais vazamentos do número utilizado na ligação, visando a maximização do sigilo das ligações."

Polícia

29 de Nov // | Polícia

O ex-assessor Job Ribeiro Brandão informou em depoimento à Polícia Federal que o ex-ministro Geddel Vieira usou dinheiro de origem não declarada para comprar ao menos seis prédios de alto luxo em Salvador – entre eles, estaria o La Vue, que foi pivô do escândalo que o fez perder o cargo de ministro do governo Temer em novembro do ano passado.

 

Segundo informações do jornal O Globo, Brandão relatou também que a mãe de Geddel Veira, Marluce Vieira Lima, e a cunhada, Patrícia, esposa do deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), também o orientaram a destruir provas sobre a movimentação financeira. As informações constam no relatório final da Polícia Federal sobre a origem dos R$ 51 milhões.

 

O dinheiro foi apreendido em um apartamento usado por Geddel no bairro da Graça, em Salvador. O delegado Marlon Cajado sugere o indiciamento de Marluce, Lúcio e Geddel, por crimes como associação criminosa e lavagem de dinheiro. O documento foi encaminhado ao ministro Edson Fachin, que é relator do caso no STF. A partir deste momento, a procuradora-geral Raquel Dodge deverá se manifestar sobre as conclusões da polícia.

Polícia

28 de Nov // | Polícia

Dezenove trabalhadores rurais que eram mantidos em condição análoga à escravidão foram retirados, na segunda-feira (27), da fazenda Vitória, no município de Ribeirão do Largo, no sudoeste da Bahia. A informação foi divulgada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) nesta terça-feira (28), por meio de nota.

 

Conforme o MPT, a operação foi realizada pela Comissão Estadual para a Erradicação do Trabalho Escravo da Bahia. Os donos da fazenda foram identificados, mas não estavam no local no momento da ação do MPT. Conforme o Ministério, os responsáveis pela propriedade devem pagar R$ 40 mil de encargos trabalhistas que são referentes às rescisões dos funcionários.

 

Dos 19 homens, apenas o vaqueiro da fazenda tinha carteira de trabalho assinada. Todos os trabalhadores estavam em casas sem energia elétrica, água encanada, banheiros e sem acesso à água potável. Além disso, trabalhavam sem qualquer tipo de proteção como luvas, máscaras para aplicação de defensivos agrícolas, que eram armazenados o mesmo local em que dormiam segundo informações do G1.

Polícia

28 de Nov // | Polícia

O Ministério da Educação (MEC) pediu que a Polícia Federal investigue a publicação de uma notícia falsa, as chamadas "fakes news", que dizia que a pasta havia orientado prefeitos e governadores a reduzirem o salário de professores da educação básica. O site que divulgou a notícia é do Nordeste, reduto eleitoral do ministro Mendonça Filho.

 

De acordo com o comunicado divulgado pela pasta, o ministro afirmou que as notícias falsas são "um desserviço à população e à democracia". "É inaceitável que, para atender interesses outros que não os da sociedade, um site produza uma informação errada para gerar tumulto e insegurança entre os professores do Brasil", afirmou o ministro.

 

O Ministério da Educação disse ainda que o ministro adotará as medidas judiciais cabíveis e também já pediu que a Advocacia Geral da União (AGU) solicite um direito de resposta ao blog onde a falsa notícia foi publicada. De acordo com o MEC, o piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da educação básica está garantindo pela Lei nº 11.738, de 16/7/2008 segundo informações do Estadão Conteúdo.

Polícia

27 de Nov // | Polícia

A Polícia Federal cumpriu, na madrugada desta segunda-feira (27), três mandados de busca e apreensão para apuração da morte do agricultor Juracy José dos Santos Santana, ocorrida em 10 de fevereiro 2014, em um assentamento localizado no município de Una, no sul da Bahia. A ação ainda contou com o apoio da Polícia Militar.

 

Conforme a Polícia Federal, os mandados ocorreram em uma área ocupada por índios Tupinambás de Olivença, também situada na zona rural do município de Una, próximo ao distrito de Vila Brasil. Durante a ação foram apreendidas duas armas de fogo, e um celular. Não houve prisões, nem resistências durante as buscas.

 

De acordo com a Polícia Federal, as buscas realizadas com o com objetivo de apreender materiais relacionados ao assassinato de Juracy contaram com 87 policiais federais e 40 policiais militares. Em 2016, dois suspeitos de envolvimento no crime foram presos. O índio tupinambá Wallace Santos Souza, que morava em Buerarema, mas foi encontrado pela polícia em Itabuna, e o índio Antônio José Oliveira Santos, que foi encontrado em Buerarema.

Polícia

25 de Nov // | Polícia

Um taxista foi baleado durante uma tentativa de assalto na noite de sexta-feira (25), na Avenida São Cristóvão, em São Cristóvão. De acordo com o boletim de ocorrência registrado no Hospital Geral do Estado (HGE), Milton Silva dos Santos, 53 anos, tinha ido ao Imbuí atender a uma chamada por volta de 21h40.

 

No bairro, pegou uma corrida com quatro passageiros: três homens e uma mulher. Ao chegar em São Cristóvão, contudo, o grupo anunciou o assalto. Milton saiu do carro correndo, mas foi baleado pelos suspeitos.

 

Segundo o porta-voz da Comissão dos Taxistas da Bahia, João Adorno, a vítima, que dirigia um Corsa sedan (placa NYV-6588 e alvará A-4237), foi atingida por pelo menos quatro tiros. A ocorrência do HGE confirma os quatro tiros - três na região torácica e outro no braço direito.

Polícia

24 de Nov // | Polícia

Três gerentes das lojas Guaibim, da Ricardo Eletro e das Casas Bahia - as duas primeiras no Shopping da Bahia e a última no Shopping Barra - foram conduzidos para a Delegacia de Defesa do Consumidor (Decom) como parte da operação Black Friday realizada durante a manhã desta sexta-feira (24).

 

Eles precisaram prestar esclarecimentos sobre propaganda enganosa. De acordo com a titular da Decom, Idalina Otero, nos casos registrados no Shopping da Bahia os estabelecimentos foram autuados pela Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecom) e foram abertos inquéritos para apurar o crime.

 

No caso das Casas Bahia, o estabelecimento pode ser enquadrado no artigo 66 do Código de Defesa do Consumidor, sobre afirmação falsa. “Aqui constatamos que uma geladeira, que custava R$ 1.299, agora na Black Friday estava R$ 1.499. Além disso, alguns produtos da loja não tinham etiquetas que informassem se o produto estava ou não na promoção, induzindo assim o consumidor a erro”, explicou Otero da Delegacia de Defesa do Consumidor.

Polícia

24 de Nov // | Polícia

O bunker do ex-ministro Geddel Vieira Lima, encontrado em um apartamento em Salvador com R$ 51 milhões, pode ter sido alimentado por três fontes de propina: do PMDB, da Odebrecht e de Lúcio Funaro. Esta é a primeira vez que os investigadores fazem essa relação da origem do dinheiro, já que Geddel nunca esclareceu de onde saiu o montante.

 

Segundo o G1, investigadores da Polícia Federal apontam que há claros indícios de crime de lavagem de dinheiro. O detalhamento foi incluído nas investigações sobre lavagem de dinheiro que estão no Supremo Tribunal Federal. De acordo com informações obtidas pela TV Globo, Funaro confirmou ter repassado R$ 20 milhões para Geddel.

 

O ex-ministro também teria recebido dinheiro de peemedebistas investigados no inquérito conhecido como quadrilhão, no qual Geddel é investigado junto com o presidente Michel Temer e outros integrantes do PMDB. Já por parte da Odebrecht, Job Ribeiro, ex-assessor de Lúcio Vieira, disse que pegou dinheiro em espécie na construtora a mando dos irmãos. Ele teria ido cinco ou seis vezes pegar o dinheiro com uma pessoa chamada Lúcia.

Polícia

23 de Nov // | Polícia

Preso no Centro de Detenção Provisória (CDP) da Papuda, em Brasília (DF), desde junho deste ano, depois de ser condenado a sete anos e dois meses, o deputado federal Celso Jacob (PMDB) foi flagrado entrando na cadeia com um queijo provolone e dois pacotes de biscoitos escondidos na cueca, no último domingo (19).

 

Ele cumpre pena em regime semiaberto mas, por decisão da Câmara, não perdeu o mandato. Durante o dia dá expediente no Congresso e, à noite, volta para dormir na cadeia. Segundo o relatório da direção do presídio, o deputado havia saído no último sábado e, quando voltou no dia seguinte, os agentes penitenciários encontraram as guloseimas durante a revista.

 

Indagado se havia mais alguma coisa guardada, Celso Jacob negou e disse que "estava com fome e que não iria mais tentar entrar com alimentos". Depois do queijo desidratado, os agentes encontraram um pacote de biscoito light e um de biscoito caseiro. A irregularidade rendeu a Celso a punição de sete dias no isolamento pelo diretor-adjunto do CDP, Vanderley Melo Alcântara segundo informações do Jornal O Dia Online.

Polícia

23 de Nov // | Polícia

A Polícia Federal identificou a participação de pastores evangélicos em golpes milionários que ocorreram contra pelo menos 25 mil pessoas em todo o país, incluindo fiéis de igrejas. A informação foi divulgada pelo jornalista Fausto Macedo, do Jornal Estado de S. Paulo. As investigações apontam a criação de narrativas para enganar as vítimas e tirar dinheiro delas.

 

A Operação Ouro de Ofir foi deflagrada na terça (21), contra grupo que prometia lucros estratosféricos às vítimas em negócios fictícios envolvendo ouro "do tempo do Império" e antigas "letras do Tesouro Nacional". Sidiney dos Anjos Peró, alvo de prisão temporária, é apontado com um dos líderes e responsável por arregimentar pastores com o fim de ludibriar e tirar dinheiro dos fiéis.

 

Os fiéis pagavam pelo menos R$ 1 mil esperando grandes lucros que nunca chegavam. "A característica principal da fraude está em atingir a fé das pessoas e na sua crença em um enriquecimento rápido e legítimo, levando-as a crer, inclusive, que tal mecanismo seria um ʹpresente de Deus aos fiéisʹ, ou seja, trazendo a fé religiosa para o centro da fraude. A maneira mais prática de explicar isso talvez seja a crença de que contra a fé não há fatos nem argumentos".

Polícia

23 de Nov // | Polícia

A Operação Lateronis, deflagrada nesta quinta-feira (23) pela Polícia Federal, cumpre mandados em 16 cidades baianas. São elas: Barra do Choça, Cândido Sales, Condeúba, Encruzilhada, Ribeirão do Largo, Gandu, Itambé, Jequié, Piripá, Vitória da Conquista, Tanhaçu, Ipirá, Salvador, Barreiras, Luís Eduardo Magalhães e Formosa do Rio Preto.

 

Também foram expedidos mandados judiciais para serem cumpridos na cidade mineira de Mata Verde. Cerca de 160 policiais federais e 16 auditories do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União cumprem nove mandados de prisão preventiva, quatro de prisão temporária, 13 mandados de medidas cautelares e 41 de busca e apreensão.

 

As investigações que levaram à operação apontam que três falsas cooperativas que pertenciam a um mesmo grupo venciam licitações de maneira recorrente e desviavam os recursos públicos obtidos por meio desses contratos, sobretudo na área de transportes. Entre 2010 e 2016, a organização criminosa investigada obteve cerca de R$ 140 milhões em contratos, dos quais R$ 45 milhões teriam sido desviados.

Polícia

22 de Nov // | Polícia

Um homem foi preso em flagrante, dentro de uma casa que era utilizada como depósito de armas, munições e drogas, na cidade de Porto Seguro, sul da Bahia, na noite de terça-feira (21). As informações foram divulgadas nesta quarta (22). Ionan Galvão Cruz, de 38 anos, foi apontado pela Secretaria de Segunça Pública da Bahia como o responsável por distribuir os materiais.

 

Segundo a SSP, delegados e investigadores da 1ª Delegacia Territorial e da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) apuravam, há alguns dias, a denúncia de que uma casa era utilizada como depósito para uma quadrilha de traficantes. Ionan e o material foram levados para a Delegacia de Porto Seguro, onde estão à disposição da Justiça.

 

No imóvel, a Polícia Civil encontrou três revólveres (sendo dois de calibres 32 e um 38), três carregadores de munição (um de submetralhadora e dois de pistolas), munição de diversos calibres, 745 papelotes de maconha e aproximadamente quatro mil pinos para embalar cocaína. Um dia antes da prisão de Ionan, na noite de segunda-feira (20), a Polícia Militar apreendeu cerca de 85kg de maconha prensada, quatro balanças de precisão.

Polícia

22 de Nov // | Polícia

Um homem de 47 anos foi preso suspeito de matar a ex-mulher, de 39, com golpes de foice, na cidade de Caem, centro norte da Bahia, por não se conformar com o fim do relacionamento. A vítima foi identificada como Vânia Lúcia de Jesus Silva. O crime ocorreu em setembro, mas Edilson de Jesus Alves, conhecido como “Grande”, só foi preso na sexta (17).

 

Ele foi preso depois de ter fugido e ter sido localizado pela polícia no distrito de Delfino, do município de Umburanas, a cerca de 110 quilômetros de Caem. O mandado de prisão contra ele foi cumprido em ação conjunta das polícias Civil, Militar e da Guarda Municipal de Umburanas segundo informações do G1.

 

O delegado Eduardo Brito, responsável pela 16ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Jacobina, disse que, mesmo depois de ter separado do marido e com as brigas do casal, era Vânia quem ainda cuidava da alimentação dele. No dia crime, Edilson ingeriu bebida alcoólica e foi para a casa da ex-mulher com a foice. O suspeito foi levado e transferido para o Complexo Policial de Jacobina, onde permanece à disposição da Justiça.

Polícia

22 de Nov // | Polícia

Os ex-governadores do Estado do Rio de Janeiro Anthony Garotinho e Rosinha Matheus foram presos na manhã desta quarta-feira (22). Eles foram presos na Operação Chequinho da Polícia Federal, que investiga um esquema de troca de votos envolvendo o programa social Cheque Cidadão, na eleição municipal do ano passado.

 

Rosinha foi levada para a sede da Polícia Federal em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense. Garotinho estava no Rio de Janeiro quando foi detido. Suledil Bernardio, que foi secretário de Governo da Prefeitura de Campos durante a gestão de Rosinha, também é alvo da operação.

 

Os agentes fizeram buscas na casa do ex-secretário e ele foi levado para a sede da polícia federal na cidade A defesa dos ex-governadores Anthony Garotinho e Rosinha Garotinho informa que só se pronunciará quando tiver acesso aos documentos que embasaram os mandados de prisão, o que ainda não aconteceu. A Operação Chequinho investiga um esquema de compra de votos em Campos.

Polícia

21 de Nov // | Polícia

O ex-gerente da Transpetro José Antonio de Jesus foi preso na manhã desta terça-feira (21) na 47ª fase da Operação Lava Jato. Ao todo, foram expedidos 14 mandados judiciais em cidades da Bahia, Sergipe, Santa Catarina e São Paulo. Antônio de Jesus foi detido na casa dele em Camaçari, na Bahia. O mandado contra ele é temporário.

 

O ex-gerente e seus familiares são suspeitos de negociar o recebimento de R$ 7 milhões em propinas pagas por empresa de engenharia. O valor, segundo o Ministério Público Federal (MPF), foi pago mensalmente em benefício do Partido dos Trabalhadores (PT). Os valores teriam sido recebidos entre setembro de 2009 e março de 2014.

 

A atual fase foi batizada de Sothis e também cumpre oito mandados de busca e apreensão e cinco de condução coercitiva, que é quando a pessoa é levada para prestar depoimento. Ainda segundo o MPF, as investigações começaram após a colaboração premiada dos executivos da empresa investigada. Conforme os procuradores, há provas que indicam que o ex-gerente recebeu suborno para favorecer a empresa em contratos com a Transpetro.

Polícia

20 de Nov // | Polícia

O delegado Fernando Segóvia assumiu oficialmente nesta segunda-feira (20) o posto de diretor-geral da Polícia Federal (PF) em uma solenidade de trasmissão de cargo na sede do Ministério da Justiça, em Brasília. Ao discursar na cerimônia, o novo diretor-geral afirmou que o combate à corrupção continuará sendo prioritário.

 

Segóvia também disse que trabalhará em harmonia com o Ministério Público no período em que estiver à frente da Polícia Federal. Nos últimos anos, PF e MP protagonizaram diversos episódios de disputa que geraram mal-estar, como na ocasião em que o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot questionou a possibilidade de a PF negociar delações premiadas.

 

“Buscaremos o combate incansável à corrupção no Brasil, que continuará a ser agenda prioritária na Polícia Federal, tendo como premissa a continuidade de operações especiais, tais como a Operação Lava Jato, Cui Bono, Cadeia Velha, Lama Asfáltica e tantas outras em andamento nos inquéritos que tramitam no Supremo Tribunal Federal e nas varas da Justiça Federal Brasil afora”, afirmou Segóvia segundo informações do G1.

Polícia

18 de Nov // Gildásio Cavalcante | Polícia

Cerca de uma tonelada e meia de carne irregular foi apreendida na madrugada desta sábado (18), em um trecho que da acesso as cidade de Santo Amaro, Terra Nova e Teodoro Sampaio.

 

A carga foi encontrada em dois veículos e entre o material apreendido está cortes de carne bovina, de carneiro, frango e animais silvestres, além de leite considerado impróprio para consumo.

 

A apreensão foi realizada através de uma ação conjunta das polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal e com a colaboração da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab). 
 

Polícia

18 de Nov // Gildásio Cavalcante | Polícia

O ex-assessor do deputado federal Lúcio Vieira Lima, Job Brandão, disse em depoimento à Polícia Federal que destruiu, a mando de Lúcio e do irmão, o ex-ministro Geddel Vieira Lima, provas que poderiam revelar supostos crimes dos dois. De acordo com reportagem do Jornal da Globo, Job deu fim a anotações, agendas e documentos que poderiam comprometer os peemedebistas. Ele relatou também que a secretária Milene Pena e a mulher de Lúcio, Patrícia, participaram da operação de descarte de documentos.

 

Job foi preso em setembro, em uma operação da Polícia Federal que encontrou R$ 51 milhões em um apartamento em Salvador, usado, de acordo com as investigações, para esconder dinheiro de Geddel. Quase um mês depois, ele foi liberado e cumpre prisão domiciliar com monitoramento eletrônico. Ainda segundo a reportagem, o ex—assessor pediu nesta sexta-feira (17) ao Supremo Tribunal Federal (STF) a revogação da prisão domiciliar e também do uso de tornozeleira eletrônica.

Polícia

16 de Nov // | Polícia

Dezenove bolsas com 541,5 kg de cocaína foram encontradas na manhã desta quinta-feira (16), dentro de um carregamento de madeira no porto de Salvador. A informação é da Redeita Federal, que fez a apreensão da droga com apoio do Núcleo Especial de Polícia Marítima da Polícia Federal. Ninguém foi preso.

 

De acordo com Receita Federal, a carga tinha como destino final o porto de Antuérpia, na Bélgica. O navio onde a droga foi localizada chegou ao Brasil pelo porto de Rio Grande (Rio Grande do Sul) e, antes de Salvador, passou pelos portos de Navegantes (Santa Catarina), Paranaguá (Santa Catarina), Santos e Rio de Janeiro.

 

A Polícia Federal dará prosseguimento à investigação para identificar os responsáveis. Contudo, informações iniciais apontam que os criminosos usaram uma técnica conhecida por rip-off loading, em que a droga é inserida em uma carga regular, sem o conhecimento do proprietário. Essa é a segunda maior apreensão de droga este ano no porto de Salvador. O total de apreendido no local em 2017 já passa de 2 toneladas.





Classificados


Enquete



Mais Lidas