Notícias

Polícia

Polícia

22 de Mai // Leonardo Sousa | Polícia
O advogado do empresário Joesley Batista, Francisco Assis, disse que o gravador usado pelo dono da JBS para gravar conversa com o presidente Michel Temer está fora do país e chegará nesta terça-feira (23), pela manhã. Assis afirmou que o equipamento será levado diretamente para a Polícia Federal (PF) assim que o material chegar ao Brasil.
 
A PF solicitou que a Procuradoria-Geral da República (PGR) ou o próprio Joesley entregassem o equipamento. O empresário usou o gravador escondido para registrar conversa com Temer no Palácio do Jaburu, em 7 de março deste ano. A gravação será periciada por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), após pedido da defesa do presidente.
 
O áudio faz parte da delação premiada na operação Lava Jato de Joesley e do irmão dele, Wesley Batista, donos do frigorífico JBS, que resultou na abertura de inquérito para investigar o presidente, com autorização do STF. Temer é investigado por corrupção passiva, obstrução à Justiça e organização criminosa. Em análise técnica preliminar, o Instituto Nacional de Criminalística apontou que é fundamental ter acesso ao gravador.

Polícia

22 de Mai // G1 | Polícia
A Polícia Federal (PF) solicitou que a Procuradoria-Geral da República (PGR) entregue o gravador que o empresário Joesley Batista usou escondido para gravar uma conversa com o presidente Michel Temer no Palácio do Jaburu, em 7 de março deste ano. A gravação será periciada por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), após pedido da defesa de Temer.
 
O áudio faz parte da delação premiada na operação Lava Jato de Joesley e do irmão dele, Wesley Batista, donos do frigorífico JBS, que resultou na abertura de inquérito para investigar o presidente, com autorização do STF. Temer é investigado por corrupção passiva, obstrução à Justiça e organização criminosa. 
 
Em análise técnica preliminar, o Instituto Nacional de Criminalística apontou que é fundamental ter acesso ao gravador. Por isso, fez o pedido neste domingo (21) à PGR para que entregue ou equipamento ou que pela a Joesley que o entregue. Segundo a PF, não há prazo para a conclusão da perícia, "especialmente diante da necessidade apontada de perícia também no equipamento". A expectativa é que o gravador seja entegue à PF nesta segunda-feira (22). 

Polícia

22 de Mai // | Polícia
A Polícia Federal recebeu hoje a gravação entregue pelos executivos da Holding J&F à Procuradoria-geral da República na qual o presidente Michel Temer aparece em conversa no Palácio do Jaburu com o empresário Joesley Batista. A PF confirmou o recebimento dos áudios e dos quesitos apresentados pela PGR e pela defesa do Presidente Temer.
 
Esses quesitos são questionamentos que a PGR e a defesa do presidente pretendem fazer sobre possíveis edições e falhas na gravação. A perícia foi solicitada após a defesa de Temer, baseada em perícias divulgadas por jornais, contestar a autenticidade da gravação. O perito extrajudicial e judicial Marcelo Carneiro de Souza afirmou ao jornal O Estado de S. Paulo ter identificado “fragmentações” em 14 momentos na gravação.
 
“Em análise técnica preliminar, o Instituto Nacional de Criminalística apontou que é fundamental ter acesso ao equipamento que realizou as gravações originais. Por esse motivo, a PF oficiou à PGR, solicitando o aparelho. Não há prazo inicial estipulado para conclusão dos trabalhos periciais, especialmente diante da necessidade apontada de perícia também no equipamento”, afirma a PF.

Polícia

21 de Mai // Gildásio Cavalcante | Polícia

Os sócios da JBS, Wesley e Joesley Batista, receberam uma “aula de delação” antes de prestar firmar o acordo de colaboração premiada que envolveu em um escândalo o presidente Michel Temer e o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

 

Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, o diretor jurídico da JBS, Francisco de Assis e Silva, comunicou a decisão dos empresários no dia 19 de fevereiro – um domingo – às 12h. Ele ligou para o procurador da República no DF Anselmo Lopes e informou que seus clientes confessariam os crimes. Segundo Folha, durante a conversa, que durou 19 minutos, eles agendaram um encontro para o dia seguinte, que teve a participação de Lopes e da delegada Rubia Pinheiro, que são responsáveis pela Operação Greenfield. Eles deram a “aula”, explicando em detalhes como funcionaria a colaboração.

 

Foi depois disso, duas semanas depois, que Joesley foi ao Palácio do Jaburu e gravou a conversa com o presidente Michel Temer que abalam a gestão do peemedebista. O empresário relatou aos investigadores que tinha como missão relatar ao presidente que vinha comprando o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha e do doleiro Lúcio Funaro, ambos presos em Curitiba. Temer nega que tenha concordado com a medida.

Polícia

21 de Mai // Gildásio Cavalcante | Polícia
Uma operação da Polícia Civil, na madrugada da última sexta-feira (19), localizou uma plantação de maconha, com cerca de dois mil pés, na zona rural de Barreiras, região oeste da Bahia. A droga foi incinerada pelos policiais.
 
Ainida de acordo com a polícia, no local, foram encontrados ainda adubos químicos, defensivos agrícolas, cerca de 200 litros de óleo diesel para a moto-bomba de irrigação, cerca de um quilo da erva pronta para comercialização e mais, aproximadamente, um quilo de sementes para plantio.

Polícia

20 de Mai // Gildásio Cavalcante | Polícia

Um homem morreu vítima de disparos de arma de fogo no circuito da Micareta de Feira de Santana, na madrugada deste sábado (20). Segundo informações da polícia, Armando de Cássio Leal, 20 anos, foi alvejado nas imediações de um posto de saúde, na Avenida Presidente Dutra.

A vítima chegou a ser socorrida para o Hospital Geral Clériston Andrade, mas não resistiu aos ferimentos. No primeiro dia do evento, um homem morreu vítima espancamento.

 

Baleados

 

Por volta 0h50, Roqueline de Jesus Santos, 30 anos, e Bruna Aparecida dos Santos, 22 anos, foram baleadas quando estavam no circuito da festa, no cruzamento entre as Avenidas João Durval e Presidente Dutra. Roqueline foi atingida no rosto e Bruna baleada no braço esquerdo, conforme informações do site Acorda Cidade. Elas foram socorridas para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) e não há informações sobre a autoria dos disparos.

 

O adolescente Willian Botelho Trindade, de 16 anos, morador do Conjunto Feira IX, foi atingido por tiros no cruzamento da Avenida João Durval com a Avenida Presidente Dutra também durante a madrugada. Foi socorrido e encaminhado para o HGCA.

Polícia

18 de Mai // | Polícia
A presidente do STF, Cármen Lúcia, está avaliando se convoca uma sessão extraordinária da corte para determinar a prisão de Temer e Aécio Neves (PSDB-MG). Temer foi flagrado num ato explícito de obstrução judicial ao pedir propina à JBS para comprar o silêncio de Eduardo Cunha, que foi o protagonista do golpe e hoje está condenado a 15 anos de prisão.
 
Aécio, além de pedir e receber propina de R$ 2 milhões, disse que o dinheiro teria que ser entregue por alguém que eles pudessem matar, antes de se tornar delator. Segundo a Globo, Aécio foi flagrado como um "mafioso". Recentemente, o ex-senador Delcídio Amaral foi preso por muito menos, acusado de tentar comprar o silêncio de Nestor Cerveró. Golpe dos corruptos contra a presidente honesta desmorona.
 

Caso seja confirmado que o presidente Michel Temer incentivou a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e do financista Lúcio Funaro e indicou que a JBS pagasse R$ 500 mil ao deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para resolver problemas da empresa, como afirmado pelo jornal O Globo, o chefe do Executivo federal pode se tornar réu por ação penal no Supremo Tribunal Federal.

Polícia

18 de Mai // | Polícia
A irmã e assessora do senador Aécio Neves (PSDB-MG), Andrea Neves, foi presa por agentes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal na manhã desta quinta-feira (18) em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Ainda não foi divulgado o motivo da prisão.
 
A casa de Andrea fica em um condomínio fechado em Nova Lima e uma fonte da Polícia Federal confirmou que a irmã do senador foi presa em casa. O advogado Marcelo Leonardo esteve na sede da PF em Belo Horizonte, para onde Andrea foi levada, e disse que vai fazer a defesa da irmã de Aécio, mas não vai se manifestar sobre a prisão neste momento.
 
A operação foi deflagrada a partir da delação da JBS, revelada pelo jornal O Globo. Nela, Aécio Neves aparece pedindo R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista para pagar a defesa dele na Lava Jato. As informações foram confirmadas pela TV Globo. De acordo com o a delação, Aécio indicou um primo dele para receber o dinheiro, e a entrega foi filmada pela Polícia Federal.

Polícia

12 de Mai // | Polícia

A Federação Nacional dos Policiais Federais afirmou, por meio de nota, na quinta-feira (11) que vai processar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por "denunciação caluniosa". A entidade afirmou que, ao ser apresentado a um documento pelo juiz Sérgio Moro, durante interrogatório, o ex-presidente Lula "insinuou" que agentes federais teriam "plantado provas em seu apartamento".

 

As declarações, segundo a entidade, foram feitas no âmbito de processo em que Lula é réu pelo suposto recebimento de R$ 3,7 milhões de propinas da OAS. O presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais, Luís Boudens, afirmou que "atribuir a inserção de provas dentro do local de busca é uma afronta à Polícia Federal".

 

Lula teria feito a insinuação de prova plantada quando o juiz Sérgio Moro, que o interrogou nesta quarta-feira, 10, o questionou sobre documento sem assinatura que agentes da Polícia Federal apreenderam no apartamento em São Bernardo do Campo onde o ex-presidente mora. O endereço foi alvo de buscas na Operação Aletheia, desdobramento da Lava Jato, no dia 4 de março de 2016.

Polícia

10 de Mai // | Polícia
Um funcionário da Funai e quatro indígenas foram presos pela Polícia Civil, na terça-feira (9), na cidade de Ibicuí, no sul da Bahia, com três armas, localizadas dentro de um carro. Outro homem foi preso pela polícia com mais quatro armas, em uma fazenda na região. Eles pagaram fiança e foram liberados nesta quarta-feira (10).
 
O delegado plantonista de Ibicuí, Márcio Alan, disse que a polícia abordou o veículo durante outra operação em que a polícia investiga a atuação de um grupo de milícia. No carro foram achadas dois revólveres e uma pistola. Em seguida, os indígenas levaram a polícia para a fazenda onde foi encontrado outro homem, com mais armas e 150 munições.
 
“Eles foram autuados por porte ilegal de arma de fogo e estão aguardando liberação após pagamento de fiança. Estamos investigando ainda. Eles [indígenas] alegam que receberam essa fazenda em doação de um indivíduo e que foram enganados por esse homem. Eles teriam sido enganados por ele, junto com a venda de cabeças de gado”, diz o delegado. Os indígenas disseram à polícia que as armas são do funcionário da Funai.

Polícia

09 de Mai // Gildásio Cavalcante | Polícia

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF), nesta segunda-feira (8), um pedido para que o ministro Gilmar Mendes seja declarado impedido de atuar no processo do empresário Eike Batista.

 

Segundo informações do Globo, a solicitação de Janot se baseia no fato de que a esposa de Gilmar, Guiomar Mendes, faz parte do escritório de advocacia de Sérgio Bermudes, representante de Eike em vários processos.

 

No entendimento do procurador-geral, devem ser declarados nulos os atos do ministro relacionados ao empresário, como a concessão do habeas corpus.

 

“Incide no caso a hipótese de impedimento prevista no art. 144, inciso VIII, do Código de Processo Civil, cumulado com o art. 3º, do Código de Processo Penal, a qual estabelece que o juiz não poderá exercer jurisdição no processo ‘em que figure como parte cliente do escritório de advocacia de seu cônjuge, companheiro ou parente, consanguíneo ou afim, em linha reta ou colateral, até o terceiro grau, inclusive, mesmo que patrocinado por advogado de outro escritório”, alega Janot.

Polícia

05 de Mai // | Polícia
Uma mulher acusada matar o amante foi presa nesta sexta-feira (5) no município de Rio Real, localizado no Nordeste da Bahia. Regivânia Moreira de Souza foi detida no período da manhã desta, por investigadores da Delegacia Territorial (DT), de Rio Real, pelo homicídio de Antônio Roque Silva de Oliveira,  morto queimado. O casal se relacionou durante dois anos.
 
O delegado de Rio Real,  Lucas Marques, disse que Regivânia e a vítima mantinham um relacionamento extraconjugal e, quando a relação acabou, a vítima não teria aceitado o término e passou a fazer ameaças à mulher. Ele disse que divulgaria  vídeos íntimos do casal nas redes sociais se ela não o aceitasse de volta. Esta atitude fez com que a acusada tenha tomado a decisão de matá-lo.
 
Regivânia chegou a passar por interrogatório sobre o homicídio na Delegacia Territorial de Rio Real, mas negou que soubesse alguma coisa, mudando a versão quando foi confrontada com as provas colhidas durante a investigação. “Regivânia ligou para a vítima marcando um encontro minutos antes do crime”,disse o delegado Lucas Marques. A acusava vai ser levada para o sistema prisional. Varela Notícias

Polícia

05 de Mai // | Polícia
Suspeito de liderar um assalto a banco que terminou com a morte de dois policiais militares em Bom Jesus da Lapa, no oeste baiano, Carlos Jardiel de Barros Dantas, 40 anos, foi morto pela PM de Goiás em Aragarças, nesta úlima quinta-feira (4). De acordo com a Polícia Civil de Goiás, Jardiel Cabeção, como era conhecido, cometeu crimes em vários estados do país. 
 
O crime na Bahia foi em 22 de janeiro. A quadrilha tentou explodir agências bancárias da cidade e acabou entrando em confronto com a PM, que impediu a ação. Houve troca de tiros. Um carro com explosivos foi achado e outros dois foram queimados, sendo usados para fechar as vias de acesso a Bom Jesus da Lapa. Dois PMs morreram. 
 
Jardiel é considerado um dos maiores assaltantes de bancos do Brasil - ele também comandava roubos a carros fortes e lotéricas. Segundo a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), ele foi localizado após ações integradas de inteligência entre as polícias da Bahia, Goiás e Mato Grosso, além de atuação da Polícia Federal.  O criminoso foi encontrado em Aragarças, onde foi acompanhado por PMs em carro descaracterizado.

Polícia

04 de Mai // | Polícia
O ex-namorado suspeito de matar Jucimaria Souza Santos, de 27 anos, a tiros, na cidade de Pindobaçu, norte da Bahia, foi preso na manhã desta quinta-feira (4), de acordo com informações da Polícia Civil. Silvio de Freitas Santana foi localizado pela Polícia Militar por volta das 5h, no assentamento de Itapicuru, em cumprimento a um pedido de prisão preventiva.
 
O suspeito foi levado para o complexo policial de Senhor do Bonfim, onde deve prestar depoimento. A arma usada no crime e moto de Silvio já havia sido apreendida pela polícia na quarta-feira (3). O crime aconteceu na tarde de terça-feira (2). Silvio estava inconformado com o fim do relacionamento com a vítima, de acordo com a família da jovem.
 
O irmão de Jucimaria, Gilmário Souza, diz que a relação, que durou cerca de dois anos entre o suspeito e a vítima, tinha terminado há cerca de duas semanas. “Ele já procurava ela para tentar voltar. Ela não queria mais, porque eles viviam brigado. Ele já chegou a bater nela antes deles terminarem. Eles voltaram e terminaram de novo”, conta. Gilmário afirma ainda que Jucimaria não chegou a denunciar à polícia a agressão que sofreu antes de terminar o relacionamento porque tinha medo.

Polícia

02 de Mai // Gildásio Cavalcante | Polícia

O ex-ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, teve o pedido de liberdade concedido pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF). Dirceu foi condenado duas vezes pela Lava Jato e está preso desde agosto de 2015.

 

Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes configuraram maioria para libertar Dirceu, vencendo Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF e também do pedido de habeas corpus, e Celso de Mello. O pedido de liberdade apresentado pela defesa de Dirceu havia sido negado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) e pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). 

 

Dirceu havia sido condenado a mais de 31 anos de prisão. O entendimento do STF foi que a prisão definitiva só é possível após condenação em segunda instância.

Polícia

30 de Abr // Gildásio Cavalcante | Polícia
O juiz federal Gustavo Arruda Macedo determinou neste sábado que Eike Batista deixe Bangu 9 e passe a cumprir prisão domiciliar. A decisão, a qual o Broadcast teve acesso, foi tomada um dia após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, atender o pedido de liberdade da defesa do empresário. Preso desde janeiro, Eike terá que ficar em sua casa no Jardim Botânico, onde poderá receber visitas da Polícia Federal sem aviso prévio.
 
De acordo com o advogado de Eike Batista, Fernando Martins, o empresário deverá deixar a penitenciária neste domingo. O fundador do grupo X foi preso na Operação Eficiência, um desdobramento da Calicute, que levou à prisão o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB). Eike foi indiciado por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e pertencimento a organização criminosa. Ele teria pago US$ 16,5 milhões em propina ao esquema liderado pelo ex-governador Sérgio Cabral para ter benefícios em seus negócios.
 
Macedo listou nove medidas cautelares, possibilidade aberta no despacho de Gilmar Mendes. Além da prisão domiciliar integral, que só pode ser violada por emergência médica, Eike terá que se manter afastado da direção das empresas do grupo X. O juiz afirma que a prisão domiciliar não é um excesso porque "(...) se o réu está sendo afastado cautelarmente de suas atividades de administração das empresas, justamente com a finalidade de preservar a instrução criminal e a ordem pública até o encerramento da ação penal, mais seguro que permaneça em seu domicílio a fim de preservar a finalidade cautelar da medida ora adotada, ao menos até a sua revisão pelo juiz natural".

Polícia

26 de Abr // | Polícia
O estudante suspeito de agredir e matar a jovem Jéssica Nascimento, de 21 anos, que estava grávida de aproximadamente 4 meses, na cidade de Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia, ainda não foi preso pela polícia. O crime completou um ano nesta última  terça-feira (25).
 
O suspeito, o estudante de Engenharia Américo Francisco, de 25 anos, chegou a ser preso em flagrante, no dia do crime, mas foi solto mediante pagamento de fiança de R$ 5 mil. Após as agressões, Jéssica ainda chegou a ser socorrida e ficou internada por 16 dias na UTI de um hospital da região, mas não resistiu.
 
A defesa do suspeito disse que o cliente foi liberado porque a Polícia Civil configurou inicialmente o caso como violência doméstica, já que a jovem ainda não havia morrido, e entendeu que a situação era afiançável. Dias depois, no entanto, após a morte da jovem, a Polícia Civil pediu a prisão preventiva do suspeito, que foi acatada pela Justiça, mas ele nunca mais foi localizado. A família da jovem morta ainda busca uma resposta.

Polícia

25 de Abr // | Polícia

A Polícia Rodoviária Federal divulgou os resultados da Operação Tiradentes de 2017. Foram três dias de operação com fiscalização intensificada e em relação ao ano interior houve um aumento de 34,5% no número de veículos abordados. Segundo a publicação no Facebook oficial do órgão, "em 2016 a Operação Tiradentes submeteu 1.831 motoristas ao teste de etilômetro e flagrou 12 condutores dirigindo sob efeito do álcool".

 

Já neste ano o numero de motoristas submetidos ao teste praticamente dobrou, mas 75 resultados foram positivos, o que significa um aumento de 525%. Também cresceram em 18,82% as ultrapassagens em locais proibidos, uma manobra que segundo a PRF é responsável pela maior parte das mortes em rodovias.

 

Os radares rodoviários flagraram 1.935 veículos transitando em excesso de velocidade, o que representa aumento de 7,98% em relação ao ano anterior. Ainda na publicação, a PRF afirma que "fatores como a imprudência, a inabilidade, a falta de cuidado e o desrespeito às Leis de Trânsito dos condutores, foram determinantes para a ocorrência de 47 acidentes, 12 foram considerados graves, aqueles em que há pelo menos um ferido grave ou uma pessoa morta".

Polícia

24 de Abr // G1 | Polícia
A agência do Banco do Brasil do município de Mairi, a cerca de 300 km de Salvador, ficou destruída após ser explodida por um grupo de criminosos na madrugada desta segunda-feira (24), de acordo com a Polícia Civil. Parte do teto caiu, portas de vidro e paredes foram destruídas. Ainda não há informações sobre o que foi levado. Ninguém ficou ferido.
 
Segundo a polícia, o ataque ocorreu por volta de 1h40 desta segunda-feira. Os criminosos ainda atiraram para cima durante a ação, mas ninguém foi atingido apos os disparos. Os bandidos fugiram após a ação pela BA-130. Segundo a polícia, eles abordaram uma van que transportava pacientes, levaram dois deles reféns e abandonaram o veículo atravessado na pista.
 
Em seguida, os reféns foram liberados. Guarnições da 91ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) foram acionadas e seguiram em diligência, mas até a manhã desta segunda-feira, ninguém foi preso. A perícia técnica foi acionada. De acordo com o Sindicato dos Bancários, foram registrados 30 ataques a banco na Bahia neste ano, até esta segunda-feira (24).

Polícia

22 de Abr // Gildásio Cavalcante | Polícia
A defesa de Léo Pinheiro, sócio da OAS, entregou à Justiça Federal do Paraná documentos para tentar comprovar as afirmações de que o ex-presidente Lula foi beneficiado pela reforma de um tríplex em Guarujá (SP). A informação foi divulgada pelo jornal "O Globo".Em depoimento na semana passada ao juiz Sergio Moro, o empreiteiro disse que o apartamento era de Lula. Entre os documentos entregues estão o registro de que dois carros em nome do Instituto Lula passaram pelo sistema automático de cobrança dos pedágios a caminho do Guarujá entre 2011 e 2013. Não há, no entanto, documento que comprove que as viagens tiveram como destino o apartamento.
 
Há também registros de ligações telefônicas entre Pinheiro e pessoas ligadas a Lula, como Clara Ant, Paulo Okamotto, José de Filippi Jr. e Valdir Moraes da Silva (segurança), a partir de 2012. As listas trazem data e duração da conversa, mas não seu conteúdo.
 
Foram anexados ainda e-mails que mostram a agenda de Lula, na qual aparece a previsão de encontros com Pinheiro, e mensagens da secretária do instituto para Okamotto, que preside a entidade, avisando que o empresário havia ligado para falar com ele.
 
A Folha de S.Paulo apurou que a defesa de Pinheiro entregará documentos sobre comunicações entre pessoas próximas a Lula e funcionários da OAS que foram envolvidos na reforma do empreendimento.
 
No ano passado, Pinheiro e o ex-presidente se tornaram réus. O Ministério Público afirma que Lula recebeu R$ 3,7 milhões em propinas pagas pela OAS oriundas de contratos da Petrobras.
 
No depoimento a Moro, Pinheiro disse que usou dinheiro que seria desembolsado como propina para custear a reforma e que Lula sabia.

Polícia

21 de Abr // Bocão News | Polícia
No segundo feriado prolongado seguido deste mês, os motoristas que circularem pelas estradas baianas, as BA’s, contarão ações de policiais militares do Batalhão da Polícia Rodoviária (BPRv) com as Companhias Independentes de Policiamento Rodoviário (CIPRv), que a partir das 8 horas desta sexta-feira (21) realizam a “Operação Tiradentes 2017”.
 
Desde atividades como abordagens policiais até fiscalizações diversas, segundo o comando do BPRv, o maior objetivo é a prevenção de acidentes. A operação acontece até às 8 horas de segunda-feira (24). Conforme o comando do BPRv, com o aumento de efetivo policial nas rodovias, serão intensificadas as ações de prevenção de acidentes e fiscalização de documentos de porte obrigatório.
 
Haverá também fiscalização da ingestão de bebida alcoólica, fiscalização de velocidade com o uso de radares estáticos / portátil, bem como abordagem policial, com vistas ao enfrentamento ao tráfico de armas, drogas e de pessoas. Alguns trechos de algumas rodovias estão em obras, e por esse motivo o BPRv pede que os motoristas redobrem atenção nas seguintes vias: deve-se redobrar a atenção no trecho do km 9 da BA 099/Estrada do Coco, por conta de obras na via.

Polícia

16 de Abr // Gildásio Cavalcante | Polícia

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal já têm a primeira etapa de investigação traçada para tentar comprovar os relatos de delatores da Odebrecht de que houve pagamentos de caixa dois e propina em dinheiro vivo a políticos. 


(...) A PF vai solicitar, por exemplo, o registro de controle de entrada no dia 28 de maio de 2014 no Palácio do Jaburu, residência oficial da vice-presidência da República, onde vive o hoje presidente Michel Temer.


O pedido faz parte de diligências sugeridas pela Procuradoria-Geral da República e autorizadas pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, na investigação sobre os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral), acusados de receber propina.


Naquele data de maio de 2014, ocorreu jantar em que Temer e Padilha teriam discutido com Marcelo Odebrecht doação ao PMDB em 2014 –o valor entregue teria sido de R$ 10 milhões, em espécie.


A polícia vai ainda atrás de informações sobre possíveis encontros do ex-executivo da Odebrecht Henrique Valladares com Edison Lobão (PMDB-MA), senador e ex-ministro de Minas e Energia, outro apontado como destinatário de propina em dinheiro vivo. A PF vai pedir registros dos acessos ao ministério e ao Senado.



Polícia

13 de Abr // | Polícia
Os dois homens presos suspeitos de matar e roubar dois policiais em um ônibus em Salvador, em agosto de 2016, são tio e sobrinho, informou a Polícia Civil. A dupla foi apresentada à imprensa nesta quinta-feira (13), no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro da Pituba e, em seguida, encaminhada para o sistema prisional.
 
Os suspeitos, Adenílson Raí dos Santos, o “Ray”, de 22 anos, e Rodrigo Silva Santos, o “Titio”, 26, que estavam com mandado de prisão temporária em aberto, foram trazidos para Salvador na noite de quarta-feira (12), após terem sido localizados na cidade de Campinas (SP), no dia 6 de abril. Eles já têm passagem por roubo.
 
A dupla é suspeita de matar o sargento da reserva da Polícia Militar Tayrone Carlos da Silva e o investigador da Polícia Civil da Bahia Agnaldo Almeida, que reagiram a um assalto dentro do coletivo na região Porto Seco Pirajá. Os ladrões usaram as armas dos policiais para disparar contra eles e fugiram em seguida. Os dois suspeitos chegaram à capital baiana em um voo comercial, que pousou no aeroporto de Salvador.

Polícia

13 de Abr // | Polícia
Três homens morreram e um policial militar foi baleado em um confronto na cidade de Itapebi, no sul da Bahia, na quarta-feira (12). A informação foi passada ao G1 nesta quinta-feira (13) pela assessoria da PM. De acordo com a polícia, por volta das 15h de quarta, policiais da 7ª CIPM (Eunápolis) faziam rondas na Rua Manoel Loto, Centro de Itapebi, quando desconfiaram de três homens em atitude suspeita.
 
Segundo a PM, os homens atiraram nos policiais e houve revide. Na troca de tiros, os três suspeitos foram baleados. Eles chegaram a ser socorridos para o Hospital Municipal, mas não resistiram aos ferimentos. O PM baleado foi atingido no pé. Ele foi socorrido para o Hospital Maternidade Nelson Moura, em Itapebi, e, em seguida, transferido para outra unidade de saúde em Eunápolis.
 
O policial não corre risco de morte. Conforme a polícia, com os suspitos mortos foram apreendidas duas pistolas, calibre 380 e 635, um revólver calibre 38, munições de diversos calibres, 178 pedras de crack, 25 papelotes de maconha e 15 papelotes de cocaína. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Itapebi e o material apreendido apresentado também na unidade policial. Do G1

Polícia

13 de Abr // | Polícia
Os dois homens suspeitos de matar e roubar dois policiais em um ônibus de Salvador, em agosto de 2016, e que foram presos na última quinta-feira (6), em Campinas (SP), chegaram em Salvador na noite de quarta (12). A informação foi confirmada pela assessoria da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA).
 
A dupla será apresentada à imprensa nesta quinta (13), durante coletiva que será realizada às 10h, na sede do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa, no bairro da Pituba. Os dois suspeitos chegaram à capital baiana em um voo comercial, que pousou nesta noite no aeroporto de Salvador.
 
Imagens divulgadas pela SSP-BA mostram o momento em que os suspeitos saem algemados pela porta traseira do avião, escoltados por policiais. A dupla é suspeita de matar um sargento da reserva da Polícia Militar e um investigador da Polícia Civil da Bahia, que reagiram a um assalto dentro do coletivo na região Porto Seco Pirajá. Os ladrões usaram as armas dos policiais para disparar contra eles e fugiram em seguida.

Polícia

12 de Abr // | Polícia
Seis novos criminosos passam a ter os rostos estampados no Baralho do Crime – instrumento para a população auxiliar o trabalho da polícia baiana na busca dos criminosos mais perigosos do estado. As cartas foram divulgadas na tarde desta quarta-feira, (12), pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia. Todos os bandidos têm prisão solicitada pela Justiça.
 
Ainda nesta quarta, a Polícia Civil prendeu o último envolvido na morte do cantor e compositor  Felipe Yves no dia 6 de março em Cajazeira, Railson Couto dos Santos, o Penga, de 22 anos. Todos respondem por homicídio, mas um deles tem a ficha mais intensa e por isso ocupa uma das cartas mais altas do baralho.
 
O Às de Espadas, antes ilustrada por Samir de Jesus Silva, hoje estampa a imagem de Elias dos Santos Araújo, o Gêmeos ou Sinistro, processado por homicídio, tráfico de drogas e roubo. Sinistro atua em Catu, na Região Metropolitana de Salvador. Celso Gomes Carvalho Filho, também conhecido por Pito, é o novo Cinco de Espadas. Homicida e agindo na área do Pernambués, ele agora ocupa o lugar de Luan Barreto Almeida, cuja pena foi extinta. 

Polícia

10 de Abr // | Polícia
A Polícia Civil informou, na tarde desta segunda-feira (10), que um dos envolvidos na morte do torcedor do Bahia Carlos Henrique de Deus, de 17 anos, ocorrida após o clássico contra o Vitória, no último domingo (9), foi preso. O suspeito Pietro Henrique Ferreira Caribé Pereira será apresentado às 16h30, no auditório da Polícia Civil, na Rua das Hortênsias, 247, Pituba, conforme o órgão.
 
A polícia não informou quando e onde o suspeito foi preso. Disse apenas que a delegada Patrícia Brito, da 3ª DH/BTS, que investiga o caso, passará mais informações sobre o suspeito durante apresentação à imprensa. Um amigo do adolescente também foi baleado, passou por cirurgia e passa bem. A motivação e autoria do crime são investigadas pela Polícia Civil.
 
Em entrevista à TV Bahia, o pai de Carlos Henrique disse que teve um pressentimento no dia do jogo e pediu ao filho para não ir ao estádio. “Eu estava com um pressentimento ontem. 'Não vá para esse jogo', [eu disse]. 'Mas já comprei o ingresso', [respondeu Carlos]”, afirma o pai dele, José Carlos de Deus. O jovem era torcedor do Bahia e na próxima quinta-feira (13) iria completar 18 anos. Como presente, pediu aos pais a liberação para assistir ao jogo. Carlos era filho único.

Polícia

09 de Abr // Gildásio Cavalcante | Polícia

O juiz federal Sérgio Moro criticou o Congresso brasileiro pela não aprovação das propostas do Ministério Público para o combate à corrupção. Ele participou, neste sábado, da “Brazil Conference at Harvard & MIT”, organizada por estudantes brasileiros na duas universidades americanas. No evento, Moro afirmou que o pacote de dez medidas de combate à corrupção proposto pelo Ministério Público não precisa ser aprovado integralmente pelo Congresso, mas não pode ser desfigurado pelos parlamentares.

 

O juiz manifestou frustração diante das críticas à iniciativa. “O Parlamento tem de ter sensibilidade em relação aos anseios de uma sociedade que se indignou com esses casos graves de corrupção. Se não aprovarem essas [medidas], aprovem outras.”Na avaliação do juiz federal, duas das dez propostas seriam fundamentais para tornar mais eficaz o combate à corrupção no Brasil: uma melhor tipificação e o aumento da pena para o crime de caixa 2, assim como a criminalização do enriquecimento ilícito dos servidores públicos.

 

Isso permitiria que funcionários corruptos que têm fortunas absolutamente incompatíveis com seus rendimentos fossem punidos mesmo quando não surgissem provas detalhadas da prática de corrupção, segundo ele.Moro defendeu que o Congresso dê o aval ao menos a medidas menos controversas do pacote proposto pelo Ministério Público.

Polícia

07 de Abr // | Polícia
Dois homens suspeitos de matar e roubar dois policiais em um ônibus em Salvador (BA) foram localizados e presos na noite desta última quinta-feira (6), em Campinas (SP). O caso ocorreu em 20 de agosto de 2016 e as armas das vítimas foram levadas pelos criminosos na época. As informações são do Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior 2.
 
Foram mortos um sargento da reserva da Polícia Militar e um investigador da Polícia Civil da Bahia, que reagiram a um assalto dentro do coletivo na região Porto Seco Pirajá. Os ladrões usaram as armas dos policiais para disparar contra eles e fugiram em seguida. O caso começou a ser investigado pela Polícia Civil de Campinas há alguns meses, quando investigadores da Bahia conseguiram interceptar ligações telefônicas dos suspeitos, que indicaram que eles estavam em Campinas.
 
As prisões foram feitas por policiais da Delegacia Especializada Antissequestro da cidade no CDHU San Martin, onde estavam os suspeitos, mediante mandado de prisão temporária. O Grupo Armado de Repressão a Roubos (Garra) da Polícia Civil de Campinas deu apoio a ação. Os suspeitos já tinham passagem por roubo.

Polícia

05 de Abr // Gildásio Cavalcante | Polícia

Wadih Damous:

- PF é órgão público, do Estado. E essa relação com particulares é promíscua

 

- PF cedeu equipamentos, pessoal, avião, viatura para essas filmagens

 

- no Direito Público, aquilo que não é permitido é proibido

 

- Diretor Geral da PF até hoje não nos respondeu!

 

- não há base legal para que a PF patrocine um filme e - pior - um filme que relata uma investigação em curso, ações judiciais ainda em curso, com a simples finalidade de enaltecer alguns e condenar outros

 

- influenciar no julgamento e criar convicções no imaginário do público sobre as investigações

Polícia

04 de Abr // G1 | Polícia
O adolescente apreendido por suspeita de envolvimento no assassinato do jovem Claudson Alberto Silva Júnior, de 15 anos,  morto após ser baleado durante um assalto no bairro da Barra, em Salvador, confessou o crime e disse que foi o comparsa, que está sendo procurado, que ordenou que ele deflagrasse os disparos contra a vítima.
 
A informação foi divulgada na tarde desta segunda-feira (3) pela Polícia Civil, que também divulgou a foto do outro suspeito que está sendo procurado. Segundo a polícia, o adolescente foi apreendido no domingo (2), após se apresentar na 14ª Delegacia da Barra, atendendo intimação da delegada Carmen Dolores, que apura o caso.
 
A delegada informou que já solicitou a internação do garoto na Comunidade de Atendimento Socioeducativa (Case) e o encaminhou ao Ministério Público. Ouvido pela delegada, o adolescente disse que desferiu duas coronhadas quando a vítima se recusou a entregar a mochila e o celular. Disse, ainda que o comparsa, Geovane de Santana Rocha, de 21 anos, ordenou a ele que efetuasse os disparos que mataram o jovem.

Polícia

03 de Abr // Bahia Notícias | Polícia
Um grupo de 25 detentos fugiu por volta das 13h30 desta segunda-feira (3) da Unidade Especial Disciplinar do Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador. Nestas celas, ficam abrigados os presos considerados mais perigosos. De acordo com informações de um integrante do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado da Bahia um dos fugitivos foi recapturado ainda nas proximidades da unidade. 
 
Uma lista com o nome dos presos foi divulgada. A veracidade do documento foi confirmada pelo Sinspeb. Para ver a lista completa, clique aqui. Um dos fugitivos é Lucas Santos de Almeida, conhecido como Lucas Mata Rindo, da facção Bonde do Maluco (BDM), líder do tráfico no bairro de Cosme de Farias. Ele foi preso em novembro do ano passado, no Rio de Janeiro.
 
 Equipes do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer)e das 47ª e 48ª Companhias Independentes da Polícia Militar, de Pau da Lima e Sussuarana, respectivamente, reforçam o policiamento no local e trabalham na busca pelos fugitivos. Procurada pelo Bahia Notícias, a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap) informou que a contagem dos presos que evadiram ainda está sendo realizada.

Polícia

01 de Abr // Gildásio Cavalcante | Polícia

O governador da Bahia, Rui Costa, entregou uma viatura para a Polícia Civil do município de Valença. A entrega ocorreu na manhã desta sexta-feira, 31.03, durante a inauguração de obras em Santo Antônio de Jesus.

 

Estiveram presentes o Prefeito Ricardo Moura e o Coordenador da 5ª COORPIN, José Neri Pinto.

 

Viaturas também foram entregues pelo governador aos municípios de Jequié, Maragogipe, Santo Antônio de Jesus, Cairu, Igrapiúna e Taperoá.

Foto: Prefeitura de Valença

Polícia

31 de Mar // | Polícia
Um homem de 37 anos foi preso no município de Eunápolis, localizado no sul da Bahia, suspeito de estuprar uma adolescente de 17 anos, desde quando ela tinha cinco anos. De acordo com a Polícia Civil da cidade, a prisão foi feita nesta última quinta-feira (30), após denúncia do Conselho Tutelar da cidade.
 
Ainda segundo a polícia, a adolescente relatou que era vítima de estupro a uma professora da escola onde estuda, que a direcionou ao Conselho Tutelar. Em seguida, o caso chegou à polícia. O delegado que ficará responsável pelo caso, Bernardo Pacheco, disse que informações iniciais apontam que o suspeito e a vítima se conheciam, mas como o inquérito ainda não foi encaminhado para ele, não há detalhes do grau de aproximação entre os dois, nem como se conheceram.
 
Conforme a polícia, a prisão do homem é temporária e tem efeito de 30 dias, podendo ser prorrogada por mais 30 dias. Após a denúncia da adolescente, outras duas mulheres foram à delegacia de Eunápolis, e relataram também terem sido vítimas do homem que está preso. O delegado ainda vai ouvir as duas mulheres e apura as denúncias. A prisão foi cumprida por equipes da 23 Coordenadoria Regional de Polícia.

 

Polícia

30 de Mar // G1 | Polícia
Dois suspeitos de envolvimento no assalto a uma farmácia de Salvador que resultou na morte do sargento a PM Aldo Carvalho foram presos e apresentados à imprensa na tarde de quarta (29). O homicídio ocorreu em de janeiro. De acordo com a Polícia Civil, Fabiano Silva da Paixão e Sílvio Manuel Jesus da Hora foram localizado por equipes das 13ª e 41ª Companhias Independentes de Polícia Militar, no último sábado (25).
 
Conforme a polícia, a dupla foi flagrada após assaltar uma farmácia na Rua Professor Sabino Silva, no Jardim Apipema, junto com dois comparsas, que também estão presos. Eles foram perseguidos pelos policiais até a Rua Conselheiro Pedro Luiz, no Rio Vermelho. A polícia informou que, na ocasião, houve troca de tiros e o carro utilizado no assalto foi atingido e bateu em um poste.
 
De acordo com o delegado Odair Carneiro, titular da Delegacia de Homicídios Múltiplos (DHM), à frente da Força Tarefa que investiga crimes contra policiais, mais um suspeito de envolvimento no crime contra o policial no mês de janeiro, Vitor Santos da Silva Pires, é procurado. O quarto envolvido na ação, Wilter Chagas Santos, 30, morreu em confronto com a polícia no bairro da Santa Cruz, dois dias após o crime.

Polícia

29 de Mar // Gildásio Cavalcante | Polícia

A ex-primeira-dama do estado do Rio de Janeiro, Adriana Ancelmo, deixou o presídio de Bangu 8 na noite desta quarta-feira (29) e foi levada por agentes da Polícia Federal para cumprir prisão domiciliar.

 

Ela estava na unidade prisional desde o dia 17 de dezembro e responde por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

 

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu o benefício a Adriana Ancelmo na última sexta-feira (24), sob a condição de que a casa não tivesse telefones fixos nem celulares e acesso à internet.

Polícia

26 de Mar // Gildásio Cavalcante | Polícia

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, comemorou nesse sábado (25) em Cuiabá (MT) a decisão de China, Egito e Chile de terem retirado o embargo à carne brasileira. Reforçando palavras de um comunicado divulgado mais cedo, o ministro afirmou que a retomada das importações pelos países que haviam suspendido a compra é um atestado categórico da qualidade do sistema sanitário brasileiro.

 

Segundo ele, na segunda-feira (27) a China deve começar a "fazer o desembaraço". O ministro tomou conhecimento do fim da suspensão imposta pela China na madrugada. No caso do Egito, Maggi soube da liberação na manhã deste sábado (25), assim como da decisão do Chile. Vale notar que a reabertura à carne brasileira só não vale para os 21 frigoríficos sob suspeitas, que inclui as cargas com origem de uma planta da JBS em Lapa, no Paraná (SIF 530).

 

"Nós conseguimos mostrar que a operação da PF se trata de investigações sobre corrupção e atos ilícitos das pessoas e não sobre a qualidade sanitária da carne brasileira" e que "em nenhum momento foi investigado a qualidade da carne e eles entenderam isso", disse o ministro. "Havia uma missão do Egito na semana passada aqui com negociações para atender o exército do Egito, que previa três plantas trabalhando em tempo integral só para atender esse mercado.

Polícia

25 de Mar // Gildásio Cavalcante | Polícia

Adriana Anselmo, esposa do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, conseguiu na Justiça um recurso para cumprir prisão em casa. Uma decisão, deferida na noite desta sexta-feira (24), pela ministra Maria Thereza de Assis Moura, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), concedeu habeas a Adriana Ancelmo para cumprir prisão domiciliar.

 

A ex-primeira dama estava presa no Complexo Prisional de Bangu. Ela é acusada de envolvimento em crimes de corrupção praticados pelo marido e outras pessoas. O próprio escritório dela é apontado como recebedor de altas quantias de propina.

 

De acordo com a Agência Brasil, Anselmo já havia recebido o benefício de prisão domiciliar no dia 17, em decisão do juiz federal Marcelo Bretas. No entanto, a medida havia sido cassada, a pedido do Ministério Público Federal (MPF), pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2). A decisão favorável desta sexta é em caráter liminar.

Polícia

22 de Mar // | Polícia
Um homem suspeito de ter participado do ataque a uma agência bancária na cidade de Irecê, no norte da Bahia, na segunda-feira (20), morreu durante uma troca de tiros com policiais militares na manhã de terça-feira (21), no município baiano de João Dourado, que fica na mesma região. Segundo a PM, o homem atirou na direção dos policiais, que revidaram.
 
De acordo com informações da Polícia Militar, o suspeito reagiu ao ser abordado por agentes da Companhia de Ações Especiais do Semiárido (Caesa) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), que realizavam rondas na cidade, após denúncias. Ele chegou a ser socorrido pelos policiais militares e foi levado para o Hospital Regional de Irecê, mas não resistiu aos ferimentos.
 
Com o suspeito, foram apreendidos um revólver calibre 38 e uma espingarda calibre 12. Conforme a Polícia Civil, equipes continuam na região norte à procura de outros integrantes da quadrilha. Até o fechamento desta reportagem, nenhum outro suspeito havia sido preso. O caso segue sob investigação. De acordo com o delegado Roberto Lea, cerca de 30 homens fortemente armados invadiram a cidade e explodiram uma agência bancária, na madrugada da segunda-feira. 

Polícia

20 de Mar // | Polícia
Em dois anos de apuração para a Operação Carne Fraca, a Polícia Federal fez perícia em alimentos produzidos por frigoríficos em apenas um caso, de acordo com a Folha. Uma das práticas constatadas pela PF é a concessão desenfreada de certificados que exigiam, na verdade, fiscalização.
 
Por dinheiro, lotes de carne e asinhas de frango ou outros presentes, servidores assinavam documentos sem checar se as regras estavam sendo cumpridas. O relato de um fiscal afastado após tentar cumprir seu trabalho desencadeou a abertura do inquérito. A PF ouviu funcionários de empresas que corroboraram com a versão do denunciante e quebrou sigilos telefônicos e bancários de investigados.
 
Nem todas as 32 empresas alvo da Carne Fraca são suspeitas de vender alimentos impróprios para o consumo. Na parte pública do relatório da polícia, de mais de 300 páginas, há descrição de indícios de corrupção entre empresas e servidores do Mapa (Ministério da Agricultura) e de irregularidades cometidas pelos frigoríficos na produção de alimentos, apuradas a partir da análise de grampos e depoimentos.




Classificados


Enquete



Mais Lidas