Notícias

Educação

Educação

22 de Mar // Gildásio Cavalcante | Educação

Após pressão de lideranças políticas, o presidente Michel Temer convocou um pronunciamento às pressas na noite desta terça-feira(21), onde anunciou que a proposta de reforma da Previdência não irá mais incluir a revisão das regras para servidores estaduais e municipais, configurando assim o primeiro recuo do governo quanto a proposta original.

 

Temer afirmou que tomou a decisão após reuniões com lideranças da Câmara e do Senado e que a ideia geral era de que a União deve respeitar a autonomia dos Estados e municípios, para “fortalecer o princípio federativo”.

 

“Vários Estados já providenciaram sua reformulação previdenciária. Seria uma relativa invasão de competência e não queremos neste momento levar adiante”, disse, citando como exemplo categorias de policiais civis e professores. “Funcionários estaduais e municipais, de forma geral, dependerão da manifestação de seus governos estaduais e municipais”, afirmou Temer.

 

Aprovação da reforma – O presidente voltou a afirmar que a aprovação da reforma da Previdência é fundamental para o desenvolvimento econômico do País e que os movimentos para a sua aprovação continuarão a ser executados.

Educação

21 de Mar // | Educação
O Ministério da Educação (MEC) divulgou o cronograma de bolsas remanescentes do Programa Universidade para Todos (Prouni). As inscrições de estudantes que não estiverem matriculados na instituição ocorrerão de 27 de março a 5 de abril. Os que já forem alunos da universidade terão um prazo maior: até o dia 5 de maio.
 
O Prouni concede bolsas de estudo integrais e parciais (de 50%) em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior. Podem se inscrever os candidatos que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e que tenham tirado 450 pontos ou mais, sem zerar a redação.
 
A renda familiar mensal per capita deve ser de até um salário mínimo e meio no caso da bolsa integral; e de até três salários mínimos para bolsas parciais (50% da mensalidade). Professores da rede pública de ensino também podem se inscrever no Prouni, independentemente da renda, para pleitear uma vaga em curso de licenciatura.

Educação

21 de Mar // | Educação
Servidores administrativos da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, e da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), a cerca de 100 km de Salvador, paralisaram as atividades na manhã desta última segunda-feira (20).
 
De acordo com informações dos sindicatos que representam os docentes das duas instituições de ensino, as mobilizações devem seguir até a sexta-feira (24). Em Vitória da Conquista, os servidores reivindicam, entre outras coisas, reposição salarial com base na inflação, adicional de insalubridade, valorização do servidor público e protestam contra as reformas trabalhistas e da Previdência do governo federal.
 
Durante a manhã, eles se mobilizaram na entrada da universidade. Já em Feira de Santana, a categoria pede aumento de salário e outros benefícios, como reajuste do vale alimentação, além da progressão de carreira. Durante a manhã, os trabalhadores também se mobilizaram em frente à instituição e algumas aulas foram suspensas. Serviços oferecidos pela universidade à população, como o atendimento odontológico, foram mantidos.

Educação

20 de Mar // | Educação
Mais de 22,6 mil professores foram ameaçados por estudantes e mais de 4,7 mil sofreram atentados à vida nas escolas em que lecionam. Os dados são do questionário da Prova Brasil 2015, aplicado a diretores, alunos e professores 5º e do 9º ano do ensino fundamental de todo o país. As informações foram organizadas e divulgados hoje (20) na plataforma QEdu www.qedu.org.br
 
As respostas aos questionários mostram que há um cenário de violência nas escolas. As agressões não ocorrem apenas com professores e funcionários, mas também entre estudantes. A maioria dos professores (71%), o que equivale a 183,9 mil, disse ter ocorrido agressão física ou verbal de alunos a outros estudantes da escola.
 
Mais de 2,3 mil professores afirmaram que estudantes frequentaram as aulas com armas de fogo e mais de 12 mil disseram que havia alunos com armas brancas, como facas e canivetes. Muitas vezes, havia nas aulas estudantes que tinham bebido, segundo 13 mil professores, ou usado drogas, de acordo com 29,7 mil. Segundo o pesquisador da Fundação Lemann, Ernesto Faria, muitos desses conflitos vêm de fora da escola.

Educação

20 de Mar // | Educação
O Ministério da Educação abre nesta segunda-feira (20) as inscrições para vagas remanescentes do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) no primeiro semestre de 2017 (veja abaixo o cronograma completo). As inscrições devem ser feitas até a sexta-feira (24) no site fiesselecao.mec.gov.br.
 
De acordo com o MEC, as instituições de ensino superior que participam do Fies oferecendo vagas para financiamento terá que informar ao Sistema Informatizado do Fies (Sisfies) a relação dos cursos em que não houver formação de turma. O objetivo é, segundo o governo federal, "evitar frustração por parte do aluno, que já fica sabendo de antemão a quais deles pode se candidatar".
 
A pasta diz que ainda não há balanço com o total das vagas remanescentes que serão ofertadas, já que ainda estão abertas, até sexta-feira (17) as inscrições para os estudantes da lista de espera dos pré-selecionados. Considerando todo o processo, iniciado em 7 de fevereiro, o MEC disponibilizou 150.538 vagas para 1.599 instituições no país, abrangendo 29.293 cursos.

Educação

17 de Mar // | Educação
Os candidatos e candidatas que fizeram a última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) vão ter acesso aos espelhos da prova de redação do Enem 2016 "até 10 de abril", segundo afirmou o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).
 
Os espelhos são uma versão digitalizada dos textos escritos pelos candidatos, e são usados para fins pedagógicos. Além dos espelhos, o Inep divulga também as justificativas para as notas dos candidatos em cada uma das cinco competências exigidas no exame. De acordo com a assessoria de imprensa do Inep, 10 de abril é a data limite do órgão para a divulgação desse material, mas ela pode acontecer antes.
 
Desde 2012, o Inep e o Ministério Público Federal (MPF) mantêm um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) no qual o governo federal se compromete a divulgar os espelhos até 60 dias após a divulgação das notas. Em 2017, as notas foram divulgadas em 18 de janeiro. Por isso, pelos termos do acordo, a divulgação dos espelhos deveria sair até meados de março. No ano passado, os espelhos só foram liberados em 13 de junho, com três meses de atraso.

Educação

17 de Mar // | Educação

Como iniciativa do Projeto Estadual de Auxílio Permanência, estudantes das universidades estaduais da Bahia têm até o próximo dia 31 para se inscrever no Programa Mais Futuro. A proposta é apoiar os estudantes na continuidade dos estudos, a fim de que evitem o abandono do curso. A ação é destinada a alunos em condições de vulnerabilidade socioeconômica das quatro unidades do Estado – Uneb, Uefs, Uesc e Uesb.

 

"A meta é beneficiar nove mil estudantes universitários com auxílio permanência e estágio, em investimentos que chegarão a R$ 50 milhões até o fim de 2018", ressaltou o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro. De acordo com o gestor, para ter acesso ao benefício, o estudante deve estar inserido em alguns critérios, como:

 

Possuir registro individual ou familiar no Cadastro Centralizado de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico); possuir renda familiar per capita mensal não superior a meio salário mínimo; possuir renda familiar total mensal de até três salários mínimos; e não ter nenhum vínculo empregatício. Os estudantes beneficiados vão receber o Auxílio Permanência nos primeiro 2/3 do período do curso.

Educação

17 de Mar // | Educação
Os estudantes na lista de espera do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) têm até hoje (17) para verificar se foram pré-selecionados. A informação fica na página do Fies, no boletim de acompanhamento de cada candidato. Caso seja pré-selecionado, o estudante deve acessar o Sistema Informatizado do Fies (SisFies) e fazer a inscrição. 
 
Pelas regras do programa, o aluno deve ficar atento ao boletim, pois terá cinco dias úteis após ser pré-selecionado para informar os dados solicitados no sistema. A pré-seleção ocorre desde o dia 14 de fevereiro. O prazo se encerraria no último dia 3, mas foi estendido pelo Ministério da Educação. No ato da inscrição, o candidato deve escolher a instituição bancária e a agência de sua preferência.
 
Depois de inscrito no sistema, o estudante deve validar as informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição de educação superior em até dez dias. Por mais dez dias, o candidato (ou os seus fiadores) deve comparecer a um agente financeiro do Fies para formalizar a contratação do financiamento. Neste semestre, o Fies ofertou 150 mil vagas.

Educação

14 de Mar // | Educação
Termina nesta terça-feira (14) o prazo para que os candidatos que estão na lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) levem a documentação solicitada às instituições de ensino superior. Cabe ao estudante verificar os horários e o local em que isso deve ser feito. A documentação necessária pode ser verificada no site do ProUni.
 
O resultado da lista de espera está disponível desde sexta-feira (10) e pode ser consultado nas próprias instituições. O candidato que constar na lista deve apresentar à instituição os documentos que comprovem as informações prestadas na ficha de inscrição. A lista de espera do ProUni será usada pelas instituições de ensino na convocação de candidatos para preenchimento de bolsas eventualmente não ocupadas.
 
As instituições recebem a classificação dos estudantes por curso e turno, segundo as notas obtidas no Exame Nacional do ensino Médio (Enem) de 2016. O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas e comunitárias de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior. Neste semestre, foram ofertadas 214.242 bolsas.

Educação

13 de Mar // | Educação

Euclides da Cunha, Vitória da Conquista, Maragogipe, Serrinha e outros 36 municípios baianos terão acesso a um recurso R$ 6 milhões para investir em ações e obras de educação como a construção de escolas, reformas e o pagamento de convênios.  O repasse foi anunciado pelo ministro da educação, Mendonça Filho.

 

O anúncio aconteceu na abertura do Fundo Nocional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) em Rio Verde, Goiás, nesta segunda-feira (13). Na ocasião, Mendonça Filho informou que R$ 130 milhões serão repassados para ações e obras na área de educação em mais de 600 municípios em todo o Brasil.

 

De acordo com o presidente do FNDE, Silvio Pinheiro, a Bahia receberá em abril um programa chamado FNDE em Ação, onde "técnicos farão atendimento individualizado a todos os prefeitos e secretários de educação, para que possam sanar as pendências e retomar todas as ações educacionais que estavam paradas nos municípios baianos", afirmou. Nos encontros do FNDE em Ação, os gestores serão capacitados por meio de palestras e atendimento individualizado para resolver pendências em relação aos programas do Fundo.

Educação

13 de Mar // | Educação
Os candidatos que estão na lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) têm esta segunda-feira (13) e terça (14) para levar a documentação solicitada às instituições de ensino superior. O resultado da lista de espera está disponível desde sexta-feira (10) e pode ser consultado nas próprias instituições.
 
O candidato que constar na lista deve apresentar à instituição os documentos que comprovem as informações prestadas na ficha de inscrição. Cabe ao estudante verificar os horários e o local em que isso deve ser feito. A documentação necessária pode ser verificada no site do ProUni. A lista de espera do ProUni será usada pelas instituições de ensino na convocação de candidatos para preenchimento de bolsas eventualmente não ocupadas.
 
As instituições recebem a classificação dos estudantes por curso e turno, segundo as notas obtidas no Enem de 2016. O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas e comunitárias de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior. Neste semestre, foram ofertadas 214.242 bolsas.

Educação

09 de Mar // | Educação
O Ministério da Educação (MEC) anunciou mudanças no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que, este ano, será realizado em dois domingos consecutivos – dias 5 e 12 de novembro – e não mais em um único fim de semana. As inscrições estarão abertas de 8 a 19 de maio. O resultado do exame será divulgado no dia 19 de janeiro de 2018.
 
"As mudanças garantem mais tranquilidade para os estudantes, que terão mais espaço entre uma prova e outra e, ao mesmo tempo, resolve uma questão histórica dos sabatistas, que tinham a condição muito desumana de ficar confinados aguardando o pôr do sol para iniciar a aplicação da prova. Além de aspectos relativos à segurança: amplia-se a segurança da aplicação das duas provas tendo em vista esse espaço de dois domingos", disse o ministro da Educação, Mendonça Filho.
 
No primeiro domingo, os estudantes farão provas de ciências humanas, linguagens e redação. No segundo, as provas serão de matemática e ciências da natureza. Até o ano passado, o exame era realizado em um sábado e um domingo, no mesmo fim de semana, e a prova de redação era aplicada no segundo dia de exame. Com a mudança, no primeiro domingo, os estudantes terão cinco horas e meia de prova e, no segundo, quatro horas e meia.

Educação

09 de Mar // | Educação
Ao menos 917 cursos de ensino superior deverão sofrer medidas cautelares do Ministério da Educação (MEC) para melhorar a qualidade de ensino, em virtude do baixa colocação no Conceito Preliminar de Curso (CPC), uma avaliação conduzida pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).
 
O indicador leva em consideração parâmetros como o desempenho de estudantes, a estrutura do curso e a formação de professores. As ações serão adotadas em cursos das áreas de Ciências Sociais e Humanas (como Administração, Direito e Jornalismo) e em Cursos Tecnológicos das áreas de Negócios, Apoio Escolar, Lazer e Produção Cultural (como Marketing e Design de Moda), o foco nesta edição da avaliação.
 
São considerados desempenhos insatisfatórios conceitos 1 e 2 no CPC, de uma escala que vai até 5, a nota mais alta. Aqueles que tiverem apresentado o baixo conceito em avaliações anteriores deverão sofrer punições mais graves, que vão desde suspensão de provas de seleção até fechamento do curso. A lista de cursos reincidentes e, portanto, submetidos a penalidades mais graves, deverá ser divulgada em um mês, pelo MEC.

Educação

07 de Mar // | Educação
O governo estadual lançará nesta terça-feira (7) o programa Mais Futuro, que deve beneficiar nove mil estudantes universitários em condições de vulnerabilidade socioeconômica. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa durante transmissão ao vivo, pelo Facebook, do programa 'Digaí, Governador!'.
 
 “O Mais Futuro é um programa de assistência estudantil para garantir a permanência dos estudantes nas universidades da Bahia, com o apoio do Governo do Estado”, afirmou Rui. Segundo o governador, os estudantes terão acesso a auxílio financeiro para dar continuidade aos estudos e evitar o abandono do curso superior por falta de condições de concluir a graduação.
 
Até o fim de 2018, o programa deve ter investimento de cerca de R$ 50 milhões. De acordo com o edital, que estará disponível no Diário Oficial do Estado (DOE), os estudantes universitários terão até 31 de março para fazer as inscrições. O auxílio terá valor de R$ 300 ou R$ 600 mensais. O primeiro valor é destinado a universitários que estudam a até 100 quilômetros da sua cidade de origem. Já o segundo é para aqueles que moram em cidades a mais de 100 quilômetros de distância do campus onde estão matriculados.

Educação

02 de Mar // | Educação
O ano letivo escolar que começaria nesta quinta-feira (2), no município de Casa Nova, no norte da Bahia, foi adiado para o dia 13 de março. Esta é a segunda vez, este ano, que o início das aulas na cidade é adiado. Primeiro por conta das condições precárias das escolas municipais e agora, por falha em contratos. As aulas deveriam começar no dia 6 de fevereiro.
 
Os alunos de escolas de Casa Nova sofrem com problemas de infraestrutura e equipamentos depredados. Materiais novos, inclusive, estão amontoados em um galpão da cidade. A prefeitura informou que o novo atraso aconteceu porque foram identificadas falhas no processo de contratação da empresa que faria o transporte escolar, e também, no processo de compra da merenda dos alunos.
 
As licitações, segundo a prefeitura, foram organizadas pela gestão anterior. Os gestores da administração anterior, entre eles, o ex-prefeito de Casa Nova, Wilson Cota, foi procurado pela reportagem, mas as ligações não foram atendidas. Além disso, o Sindicato dos Professores de Casa Nova contou que mais de 80 professores estão fora das salas de aula no município. Entre os motivos estão a redução do número de alunos e a remoção de professores da zona rural para a cidade, mesmo quando não havia vagas nas escolas.

Educação

21 de Fev // G1 | Educação
As aulas em algumas escolas municipais de cidades da Bahia ainda não começaram por conta de problemas de infraestrutura. O calendário escolar, na maior parte do estado, foi iniciado no dia 6 de fevereiro. Falta de materiais, de transporte, além de mesas e carteiras quebradas são os principais problemas enfrentados pelos alunos. A situação foi registrada em escolas no norte, sul e sudoeste da Bahia.
 
Em Juazeiro, no norte do estado, famílias até dormiram na fila para conseguir vagas para os filhos em uma creche. A unidade é nova, mas a obra não foi concluída. A Secretaria de Educação do município disse que as aulas devem começar dia 13 de março, e que os professores vão repor as aulas atrasadas. A superintendente de gestão de Juazeiro explicou o motivo do atraso no ano letivo nas unidades.
 
"A escola foi construída, ela já está pronta, mas nós não temos, no depósito, o mobiliário. A Secretaria de Educação fez essa compra logo no início de janeiro e nós ficamos aguardando a empresa mandar o mobiliário", disse. A filha da dona de casa, Janaína da Silva, tem 4 anos e já deveria estar estudando, mas a creche onde ela foi matriculada, no Residencial Juazeiro I, no bairro Itaberaba, ainda não começou a funcionar.

Educação

21 de Fev // | Educação
O ministério da Educação divulgou nesta última segunda-feira (20) o resultado da segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni). A lista dos pré-selecionados foi publicada na página do programa na internet http://prounialuno.mec.gov.br/consulta/lista-espera. No total, foram ofertadas 214.242 bolsas em 13.521 cursos, distribuídos em 1.065 instituições de todo o Brasil. 
 
O Prouni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (de 50%) em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior. Edição do primeiro semestre: A atual edição do Prouni teve 1.535.042 candidatos inscritos.
 
Como cada um pôde fazer duas opções de curso, o número de inscrições chegou a 2.976.550. O número de bolsas é o maior desde a criação do programa, em 2004, e representa crescimento de aproximadamente 5% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram oferecidas 203.602 bolsas. Este ano, foram registrados 7,16 candidatos por vaga.

Educação

20 de Fev // | Educação
O Ministério Público Federal (MPF) recomendou, no último dia 8 de fevereiro, aos 33 municípios baianos que compõem a subseção judiciária do município de Irecê (BA) que, caso tenham recebido da União repasses de dívidas referentes ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), utilizem as verbas somente na educação.
 
Segundo o procurador da República Márcio Albuquerque de Castro, autor da recomendação, o objetivo é garantir que a verba seja aplicada no desenvolvimento do ensino básico — finalidade para a qual é exclusivamente destinada, conforme as Leis no 9.394/1996 e no 11.494/2007.
 
“Vários municípios brasileiros têm recebido verbas da União referentes a complementações do Fundef, em valores geralmente superiores a R$ 5 milhões”, pontua o procurador. “Diversas gestões têm manifestado a intenção de aplicar a verba livremente, sem vinculação à manutenção do ensino”, ressalta o procurador. Confira logo abaixo da matéria os municípios sob a jurisdição do MPF! Informações do Bocão News.

Educação

20 de Fev // | Educação
Mais de 80 cursos profissionalizantes estão com inscrições abertas na Bahia e aproximadamente 900 vagas estão disponíveis. Para quem quer gastar pouco, é possível investir a partir de R$ 70 e as oportunidades vão de cursos de Enfermagem Domiciliar a  de Eletricista Residencial. O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) é o que mais oferece cursos.
 
No total, são 54 distribuídos entre Salvador, Feira de Santana e Lauro de Freitas. Segundo Patrícia Evangelista, gerente de Educação Profissional da instituição, “no último semestre, 3.706 alunos se matricularam em cursos técnicos na Bahia e esse foi um dos maiores números da rede no Brasil”. Atualmente, 11 mil pessoas estudam no Senai - BA. 
 
Contra a crise: Para Patrícia, a explicação para a grande procura é que a população está identificando a importância da qualificação profissional em um momento de crise. “Existem casos de pessoas que perderam o emprego e investiram a rescisão em uma formação profissional. Elas sabem que precisam estar recuperadas na retomada do mercado”, afirma. Para quem não é da capital, O Instituto Brasil Profissional oferece cursos em mais de 10 cidades baianas.

Educação

17 de Fev // | Educação
Termina às 23h59 desta sexta-feira (17) o prazo para responder as perguntas da consulta pública sobre as mudanças no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Com a consulta, no ar desde o dia 18 de janeiro, o Ministério da Educação (MEC) quer referendar a possibilidade de aplicar o exame em apenas um dia, no domingo, e não mais em dois.
 
Caso isso ocorra, o governo vai atender a uma antiga reclamação dos sabatistas, candidatos que por questão religiosa só podem estudar ou trabalhar no sábado após o sol se pôr. Todos os anos eles entram para as provas às 13h (pelo horário de Brasília) junto com os demais candidatos, e ficam isolados em uma sala para começar o exame somente às 19h. No Acre, por conta do fuso horário, o tempo de espera chega a 9h.
 
Segundo o Inep, responsável pela aplicação do exame, cada candidato sabatista custa para o governo R$ 16,39 a mais do que os demais participantes, por conta das despesas extras de ter de aplicar o exame no período noturno. Como o custo médio de cada participante é R$ 68,71, o sabatista gera uma despesa de R$ 85,10 para o MEC.

Educação

17 de Fev // G1 | Educação
Diversos materiais escolares novos foram encontrados amontoados, sem nenhum tipo de cuidado, em um galpão da cidade de Casa Nova, no norte da Bahia, misturados com carteiras velhas, já retiradas de unidades de ensino. Enquanto os materiais novos seguem no galpão, os alunos e pais da cidade reclamam de  falta de equipamentos e problemas de infraestrutura.
 
Em algumas unidades de ensino, as salas e banheiros estão sem portas. As carteiras para os alunos sentarem estão quebradas e até carcaças de computadores são achadas nas escolas. Nas imagens é possível notar, que as carteiras que estão no galpão têm partes forradas com papelão e plástico. Segundo a gestão municipal atual, a compra e o armazenamento do material foi feito pela antiga gestão.
 
O ex-prefeito de Casa Nova foi procurado, mas não foi encontrado para falar sobre a situação. Conforme a gestão atual, mesmo com os problemas, o calendário escolar será mantido. "Nós estamos investigando os contratos de licitações que foram feitos com o município. Estamos fazendo o levantamento completo de toda a situação", explicou o secretário de administração, Isael Amaral.

Educação

16 de Fev // | Educação
O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse hoje (16) que o novo ensino médio estará implementado em todo o país a partir de 2019. “Há prazos para os estados se adequarem a essa realidade. A base [Base Nacional Comum Curricular] só estará concluída até o final de 2017. Não poderíamos exigir a implementação plena pelos estados em 2018. Então, isso será feito com mais profundidade só em 2019.”
 
A reforma do ensino médio foi sancionada na manhã de hoje pelo presidente Michel Temer. Entre as principais mudanças estão a flexibilização curricular, a ampliação da carga horária e a formação técnica dentro da grade do ensino médio. O próximo passo é implantar a Base Nacional Comum Curricular que, atualmente, está sendo elaborada por um comitê presidido pelo Ministério da Educação (MEC).
 
Segundo o ministro, o ensino médio é diferenciado em cada unidade da Federação e, por isso, a implementação da reforma será discutida com os conselhos e secretarias estaduais, para que cada um faça as adequações necessárias. “A lógica é preservar as peculiaridades e valorizar o protagonismo dos sistemas estaduais”, disse Mendonça, ao falar sobre a distribuição dos conteúdos da base durante os três anos do ensino médio.

Educação

16 de Fev // | Educação
As instituições de ensino convocam a partir desta quinta-feira (16) os candidatos da lista de espera do Sisu (Sistema de Seleção Unificada). Estudantes que confirmaram interesse em participar da lista devem acompanhar as informações junto às instituições, já que elas são as responsáveis pela convocação nessa fase.
 
A lista de espera é válida para os candidatos não selecionados em nenhuma das opções na chamada regular e aqueles selecionados na segunda opção, independentemente de terem efetuado a matrícula. A participação na lista de espera estava restrita à primeira opção de vaga do candidato.
 
Ao todo, o Sisu ofertou 238.397 vagas em 131 instituições públicas, entre universidades federais e estaduais, institutos federais e instituições estaduais. O Sisu seleciona os estudantes com base na nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), desde que não tenham tirado nota zero na redação. Cabe a cada instituição definir o cálculo que utilizará para a seleção dos novos alunos. Ao todo, mais de 6,1 milhões fizeram o Enem em 2016.

Educação

16 de Fev // | Educação
Dos 139 países participantes de um levantamento de dados da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), só 39 (ou 28% do total) comprovaram ter cumprido a meta 4 do programa Educação para Todos, que previa a redução de 50% nos índices de analfabetismo até 2015. O Brasil está no grupo de 100 países que descumpriram a meta.
 
Na terceira edição do Relatório Global sobre Aprendizagem de Adultos e Educação (Grale III, na sigla em inglês), divulgada nesta quarta-feira (15), a Unesco afirmou que, segundo as informações enviadas pelos países, o mundo tinha, em 2015, 758 milhões de adultos sem capacidade de ler e escrever uma simples frase. Desses, 115 milhões são jovens, ou seja, tinham entre 15 e 24 anos de idade.
 
Isso quer dizer que cerca de 85% dos analfabetos no mundo pertencem a gerações distantes de idades consideradas propícias para a vida escolar e, portanto, que oferecem mais obstáculos para a aprendizagem. O documento se baseia em pesquisas de monitoramento respondidas por 139 estados-membros da Unesco, "com a finalidade de elaborar um retrato diferenciado da situação global da aprendizagem e da educação de adultos (AEA)".

Educação

13 de Fev // | Educação
O fundo de Financiamento Estudantil (Fies) divulgou nesta segunda-feira (13) a lista com os nomes dos candidatos que poder obter empréstimos para pagar mensalidades de cursos em universidades privadas. O resultado pode ser consultado no site http://fiesselecao.mec.gov.br/. O programa do Ministério da Educação (MEC) abriu 150 mil vagas.
 
Aqueles que forem aprovados na pré-seleção devem concluir a inscrição no SisFies no endereço http://sisfiesportal.mec.gov.br, de 14 de fevereiro até as 23h59 de 20 de fevereiro de 2017. Os estudantes são classificados a partir da nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016, priorizando aqueles que não tenham concluído o ensino superior. Depois deles, entram na lista os candidatos que já são formados.
 
Lista de espera: Caso o candidato não tenha sido convocado, será automaticamente colocado na lista de espera. Ele conseguirá uma vaga caso aqueles que tenham sido chamados não confirmem a inscrição. Para saber o resultado, é necessário acompanhar o portal do Fies de 14 de fevereiro a 3 de março. A inscrição no SisFies de quem for classificado após estar na lista de espera deve ser feita em até 5 dias.

Educação

13 de Fev // | Educação

O resultado do processo seletivo do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o primeiro semestre de 2017 será divulgado hoje (13). Os estudantes poderão consultar a lista dos candidatos pré-selecionados na chamada regular, bem como a lista de espera, no site do programa e na instituição em que fez a inscrição.

 

Nesta edição, são ofertados 150 mil financiamentos. Os estudantes classificados com base no número de vagas do curso serão pré–selecionados na chamada única. Os demais, não pré–selecionados, serão automaticamente incluídos em lista de espera.  A partir de amanhã (14), até o dia 20, os estudantes da chamada única deverão concluir a inscrição no SisFies. Para os que ficaram na lista de espera, o prazo para concluir a inscrição é o dia 3 de março.

 

O Fies oferece financiamento a estudantes em cursos de instituições privadas de ensino superior. A taxa efetiva de juros do programa é de 6,5% ao ano. O percentual de financiamento é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante. O candidato deve ter renda familiar mensal de até três salários mínimos por pessoa. Neste semestre, o governo reduziu o teto do financiamento aos estudantes.

Educação

12 de Fev // | Educação
A reforma do ensino médio poderá ser implementada somente em 2020, segundo previsões feitas pelos Estados e por escolas particulares, que consideram também o risco de que as mudanças nem cheguem a todas as escolas do País. A reforma do ensino médio define que as escolas devem passar a oferecer opções de itinerários formativos para os estudantes. 
 
O motivo é o fato de a Base Nacional Comum Curricular, que é fundamental para a viabilização das alterações, ainda está em discussão no MEC.  Eles deverão optar por uma formação com ênfase em linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas ou formação técnica. Parte da formação (40%) será destinada à ênfase escolhida e o restante do tempo para a formação comum, definida pela BNCC.
 
Os Estados devem começar a implementar o novo modelo no segundo ano letivo subsequente à data de publicação da BNCC. Isso pode ser antecipado para o primeiro ano, desde que com antecedência mínima de 180 dias entre a publicação da Base Nacional e o início do ano letivo – ou seja, caso aprovada no primeiro semestre, poderia começar a vigorar em 2019.

Educação

10 de Fev // | Educação

As inscrições para novas vagas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) terminam às 23h59 desta sexta-feira (10). Para participar, os estudantes devem se inscrever pelo site http://fiesselecao.mec.gov.brNo total, 150 mil vagas foram abertas nesta edição. Os candidatos podem consultar as vagas filtrando por curso, instituição ou município.

 

Para se inscrever, é necessário incluir dados como CPF e senha. Esta edição já passa a vigorar sob novas regras anunciadas na tarde de segunda-feira (6), que preveem limite de financiamento de R$ 5 mil por mensalidade. A chamada única e lista de espera saem na próxima segunda-feira (13), segundo o edital do programa publicado no "Diário Oficial da União" de terça-feira (8).

 

Pode se inscrever o candidato que tenha feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e tenha obtido média mínima nas provas de 450 pontos e nota acima de zero na redação. Também é necessário ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos. Na segunda, o ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciou uma redução em 34,7% no valor máximo das mensalidades financiadas.

Educação

09 de Fev // | Educação
A consulta pública sobre as mudanças no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no ar desde o dia 18 de janeiro, foi adiada para o dia 17 de fevereiro. A princípio, o Ministério da Educação havia determinado que o prazo acabaria nesta sexta-feira (10). Até as 10h desta quinta, segundo o MEC, a consulta havia recebido 414 mil respostas.
 
A consulta possui quatro questões. A primeira questiona se a aplicação do Enem deve manter o formato atual, em dois dias, ou ser realizada em apenas um dia, com uma prova de até 100 questões e redação, e 5 horas e 30 minutos de duração. A segunda questão complementa a anterior. Caso o exame continue sendo aplicado em dois dias, ela pergunta aos cidadãos que dias deveriam ser adotados:
 
Domingo e segunda-feira (que se tornaria um feriado escolar), dois domingos seguidos ou a manutenção do formato atual, com provas no sábado e domingo. Em todos os casos será mantida a redação. A terceira questão busca a opinião dos brasileiros sobre a aplicação do Enem por computador. Por fim, a consulta pública dá a oportunidade do participante fazer sugestões para o aprimoramento do exame em um texto com, no máximo, 300 caracteres. As perguntas podem ser respondidas pelo portal www.inep.gov.br.

Educação

08 de Fev // | Educação
O Inep vai reforçar a segurança de acesso ao sistema do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Camilo Mussi, diretor de Tecnologia e Disseminação de Informações Educacionais do Inep, afirmou que a área ainda estuda detalhes sobre o redesenho do sistema, mas que já foi definido que ele terá uma camada extra de segurança. "Com certeza não será esse sistema que está hoje", afirmou Mussi.
 
O sistema atual de acesso individual às páginas de cada candidato do Enem tem um mecanismo de recuperação de senha apontado como falho por especialistas em segurança digital. A brecha foi supostamente explorada por internautas em um fórum anônimo, que disseminaram dicas para "furtar" a senha de candidatos do Sisu que se destacaram no Enem 2016.
 
Para que alguém consiga redefinir a senha e, por consequência, ter acesso ao perfil pessoal do candidato no site do Enem, do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e do Programa Universidade para Todos (Prouni), basta que ele tenha acesso a alguns dados pessoais do candidato, como seu CPF, o nome da mãe e a data de nascimento. 

Educação

07 de Fev // | Educação
As inscrições para o Financiamento Estudantil (Fies) foram abertas por volta das 14h45 desta terça-feira (7) e devem ser feitas pelo site http://fiesselecao.mec.gov.br. O prazo inicial do Ministério da Educação era de que o sistema começasse a funcionar ao meio-dia. Os estudantes podem consultar as 150 mil vagas desta edição filtrando por curso, instituição ou município.
 
Para se inscrever, é necessário incluir dados como CPF e senha. Esta edição já passa a vigorar sob novas regras anunciadas na tarde de segunda-feira, que preveem limite de financiamento de R$ 5 mil por mensalidade. O prazo de inscrição desta edição do primeiro semestre de 2017 vai até as 23h59 desta sexta-feira (10).
 
A chamada única e lista de espera saem na próxima segunda-feira (13), segundo o edital do programa publicado no Diário Oficial da União desta terça. Serão oferecidas 150 mil vagas de contratos de financiamento. Em janeiro, o governo havia garantido que o número de novos contratos do programa em 2017 seria pelo menos igual ao de 2016, ou seja, no mínimo 220 mil, considerando os dois semestres. No primeiro semestre de 2016, foram abertas 149 mil novas vagas.

Educação

07 de Fev // | Educação
As inscrições para o Financiamento Estudantil (Fies) começam ao meio-dia desta terça-feira (7) pelo site http://fiesselecao.mec.gov.br, segundo o Ministério da Educação. O prazo vai até as 23h59 desta sexta-feira (10). O resultado da seleção sai na próxima segunda-feira (13). Serão oferecidas 150 mil vagas de contratos de financiamento.
 
Em janeiro, o governo havia garantido que o número de novos contratos do programa em 2017 seria pelo menos igual ao de 2016, ou seja, no mínimo 220 mil, considerando os dois semestres. No primeiro semestre de 2016, foram abertas 149 mil novas vagas. Na segunda, o ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciou uma redução em 34,7% no valor máximo das mensalidades financiadas. 
 
Sendo assim, o limite passa a ser de até R$ 5 mil por mensalidade. Segundo o edital do programa que foi publicado no Diário Oficial da União desta terça, pode se inscrever o candidato que tenha feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e tenha obtido média mínima nas provas de 450 pontos e nota acima de zero na redação. Também é necessário ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

Educação

06 de Fev // | Educação
O governo federal reduziu em 34,7% o valor máximo das mensalidades financiadas por meio do Fundo de Financimento Estudantil (Fies) nos contratos que serão fechados a partir do primeiro semestre de 2017. Segundo o Ministério da Educação (MEC), o limite passa a ser de até R$ 5 mil por mensalidade, o que representa um teto de R$ 30 mil por semestre letivo.
 
O novo teto sinaliza, segundo o ministro Mendonça Filho, o primeiro passo na reestruturação completa do Fies. Atualmente, um grupo do MEC em conjunto com representantes da Fazenda trabalha em alterações que devem ser anunciadas no fim de março. O Fies oferece contratos de financiamento de cursos de graduação em universidades e faculdades particulares.
 
Os candidatos são selecionados com base em suas notas no Enem e por critérios socioeconômicos. Atualmente, o Fies financia cerca de 1,5 milhão de estudantes no Brasil, com cerca de 49,8% de inadimplência. Neste ano, o MEC prevê gastar R$ 1,5 bilhão com novos contratos. O desembolso total do governo já ultrapassa R$ 20 bilhões com os contratos de financiamento, sendo que além deles ainda há cerca de R$ 9 bilhões extras com custos fiscais.

Educação

06 de Fev // | Educação
O Ministério da Educação (MEC) divulga nesta segunda-feira (6) o resultado da primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni). Os candidatos pré-selecionados têm até o próximo dia 13 para apresentar à instituição de ensino os documentos que comprovem as informações prestadas na ficha de inscrição.
 
A perda do prazo ou a não comprovação das informações implicará, automaticamente, a reprovação do candidato. Os resultados estarão disponíveis na página do Prouni, na Central de Atendimento, pelo telefone 0800-616161, e nas instituições de ensino participantes do programa. O resultado da segunda chamada será divulgado no dia 20 de fevereiro. Aqueles que não forem selecionados ainda terão a chance de participar da lista de espera nos dias 7 e 8 de março. 
 
O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação em instituições privadas de educação superior de todo o país. A seleção dos candidatos, é feita com base nas notas do Enem. Bolsas Neste processo seletivo, são oferecidas 214.110 bolsas de estudo, número que representa crescimento de 5% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram ofertadas 203.602 bolsas.

Educação

03 de Fev // | Educação
 Até as 11h desta sexta-feira (3), o Programa Universidade para Todos (Prouni) recebeu 2.603.642 inscrições de 1.347.723 candidatos, já que o sistema registra até duas inscrições por pessoa, segundo balanço do Ministério da Educação (MEC). O prazo termina às 23h59 desta sexta e as inscrições devem ser feitas pelo site http://siteprouni.mec.gov.br.
 
O resultado será divulgado na próxima segunda-feira (6). O Prouni distribui bolsas de estudo totais e parciais na rede particular de ensino superior de acordo com o desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e leva em conta a situação socioeconômica da família do candidato.
 
É uma alternativa para quem não conseguiu uma vaga na rede pública de ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Também ainda há a opção de aderir a lista de espera até as 23h59 (horário de Brasília) do dia 10 de fevereiro. No total, são oferecidas 214.110 bolsas de estudo (total e parcial) na rede particular de ensino superior pelo Prouni.

Educação

03 de Fev // | Educação
Os studantes selecionados na primeira edição de 2017 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) devem realizar as matrículas a partir desta sexta-feira (3). As instituições também receberão os novatos nos dias 6 e 7 de fevereiro. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), o prazo da chamada regular pode ser estendido, a critério da instituição, até quarta-feira (8).
 
Lista de espera do Sisu: Caso o participante do Sisu não tenha sido selecionado na primeira chamada do Sisu, ainda pode participar da lista de espera. Para isso, é preciso acessar o Sisu de 30 de janeiro a 10 de fevereiro para registrar interesse na vaga. Para ter acesso ao sistema http://sisualuno.mec.gov.br/, o estudante precisa digitar o número de inscrição e senha no Enem 2016.
 
Os resultados serão publicados pelas próprias universidades, a partir do dia 16 de fevereiro. Ao todo, foram oferecidas mais de 230 mil vagas de graduação em universidades, institutos de tecnologia e centros tecnológicos federais e estaduais em todo o Brasil. Os resultados tomam como base a nota dos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016.

Educação

03 de Fev // | Educação

O governo baiano lançará um pregão eletrônico no valor de R$ 90 milhões, na área de engenharia e serviços, para a recuperação e manutenção de prédios escolares. Além disso, também serão realizados concursos públicos para professores da educação básica e da educação profissional.

 

Segundo o governador Rui Costa, o objetivo é reforçar as condições pedagógicas e materiais da rede escolar, de modo que, até o final deste ano, todas as escolas da rede tenham coordenadores pedagógicos. As informações foram dadas pelo governador Rui Costa nesta quinta-feira (2), durante a abertura dos trabalhos legislativos da Assembleia Legislativa.

 

Durante a mensagem, Rui anunciou ainda o lançamento do Programa Mais Futuro, direcionado aos jovens cadastrados nos programas sociais do governo federal por meio do CadÚnico, cuja renda familiar é baixa, e que estão nas universidades estaduais da Bahia. “Nós identificamos que havia uma evasão grande desses alunos simplesmente pela dificuldade de assegurar a sua manutenção material”, disse Rui.

Educação

02 de Fev // | Educação

Mais de um milhão de estudantes já se inscreveram para concorrer a mais de 214 mil bolsas de estudos do Programa Universidade para Todos (Prouni). Segundo balanço parcial divulgado pelo Ministério da Educação no fim da tarde desta última quarta-feira (1º), até as 19h desta quarta, 1.028.997 de estudantes se inscreveram no sistema.

 

Como cada estudante pode se inscrever em até duas opções, 1.982.533 inscrições foram feitas até agora. O Prouni distribui bolsas de estudo totais e parciais na rede particular de ensino superior de acordo com o desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e leva em conta a situação socioeconômica da família do candidato. É uma alternativa para quem não conseguiu uma vaga na rede pública de ensino superior por meio do Sisu.

 

No total, são oferecidas 214.110 bolsas de estudos na rede particular de ensino superior. É possível pesquisar a oferta de bolsas pelo site http://prounialuno.mec.gov.br//consulta/publica filtrando por nome do curso, insitituição ou município. Para disputar as bolsas é necessário preencher solicitação com senha e número de inscrição na edição 2016 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Educação

01 de Fev // G1 | Educação
O Programa Universidade para Todos (Prouni) 2017oferece 13.049 vagas na Bahia. Dessas, 6.282 estão disponíveis em 126 cursos de universidades particulares de Salvador. De acordo com o Ministério da Educação, as vagas são para cursos como administração, diversos campos da engenharia, medicina, enfermagem e outros.
 
Para ver a lista completa de cursos, os candidatos devem acessar o site do programa. As inscrições devem ser feitas pelo site até às 23h59 de sexta-feira (3). Em todo o país, são oferecidas 214.110 bolsas de estudos. Do total de vagas do Prouni na Bahia, 5.483 são para bolsas integrais, e 7.566, para bolsas parciais.
 
O Prouni distribui bolsas de estudo totais e parciais na rede particular de ensino superior de acordo com o desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), além de levar em conta a situação socioeconômica da família do candidato. É uma alternativa para quem não conseguiu uma vaga na rede pública de ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), ou quem não tem condições de pagar a mensalidade de uma universidade particular.

Educação

31 de Jan // | Educação

Os estudantes habilitados a fazer o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2016 e que não compareceram às provas no dia 20 de novembro do ano passado têm até esta terça-feira (31) para pedir dispensa da avaliação e regularizar sua situação.

 

O pedido deve ser apresentado, com a justificativa da ausência, à instituição de educação superior na qual o estudante está matriculado. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), dos 216.044 estudantes habilitados a fazer o Enade 2016 no ano passado, 20.150 (9,33%) não compareceram à prova.

 

Em caso de aprovação da justificativa, o coordenador do curso registrará a situação no sistema, no portal do Inep. Quem tiver o pedido indeferido pela instituição pode pedir a dispensa diretamente ao Inep, de 8 a 22 de fevereiro de 2017. Nesse caso, o estudante terá de apresentar original ou cópia autenticada do documento comprobatório do impedimento para a participação.





Classificados


Enquete



Mais Lidas