Notícias

Brasil

Brasil

24 de Set // Correio | Brasil

O miliciano Orlando Oliveira de Araújo, conhecido como Orlando de Curicica, disse que a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes foram mortos pelo Escritório do Crime do Rio de Janeiro. A versão dos fatos sobre o assassinato que aconteceu há seis meses já está no gabinete da procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

 

Orlando é um dos principais investigados pela Delegacia de Homicídios da Capital do estado. Ele cponta que, apesar de saber quem matou a vereadora desconhece as as motivações dos assassinos. O Escritório do Crime trata-se de grupo de matadores de aluguel formado por policiais militares da ativa e ex-policiais.

 

Entre os policiais que integram o grupo de criminosos, está um major que faz Curso Superior de Polícia (CSP) e pode ser promovido a tenente-coronel. A morte de Marielle e Anderson teria custado R$ 200 mil. Somente um mês atrás, a Delegacia de Homicídios da Capital (DH) começou a levar em conta essa linha de investigação. Dois suspeitos de fazer parte do Escritório do Crime já foram ouvidos. Curicica pediu proteção ao prestar depoimento.

Brasil

23 de Set // Folha de S. Paulo | Brasil

Alex Reis, 39, secretário de Obras de Queimados, cidade da Baixada Fluminense, foi morto a tiros no sábado (22). Seu corpo foi encontrado na estrada do Camboatá, no bairro de São Cristóvão. O 24° Batalhão da Polícia Militar foi acionado para verificar a ocorrência, que ocorreu nas margens da rodovia Presidente Dutra, na altura do bairro Meu Ranchinho.

 

O caso foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, que iniciou perícia no local. Segundo a Polícia Civil, as diligências estacam em andamento durante a tarde de sábado. A Prefeitura de Queimados publicou no Facebook uma nota de pesar e decretou luto oficial de três dias.

 

"Alex Reis era um profissional capacitado e o município de Queimados já colhia frutos do seu trabalho, como por exemplo a pavimentação de diversas ruas, dentre outros projetos de suma importância", diz o texto. Mais de cem usuários comentaram a publicação, lamentando o crime. "Não dá para acreditar! Ele era uma pessoa tranquila, não arrumava problema com ninguém, sempre de bom humor e amigo de todos", escreveu um deles.

Brasil

22 de Set // Foto: Divulgação | Brasil

Uma pesquisa inédita mostra que mais da metade da população brasileira rejeita candidatos que apoiam as indústrias de agrotóxicos, tabaco, armas e álcool. O levantamento encomendado pela organização não governamental ACT, que atua na área de promoção da saúde, ouviu 2.086 pessoas com mais de 16 anos (ou seja, com idade para votar).

 

O levantamento foi feito pelo Datafolha entre 13 a 16 de agosto. Entre os setores, a maior rejeição é ligada aos agrotóxicos. Ao todo, 89% dos entrevistados dizem que não votariam em um candidato que apoie essa indústria. Enquanto 5% não sabem e 6% dizem que talvez ou certamente votariam segundo o Folhapress.

 

Ao mesmo tempo, 85% dos entrevistados afirmam que não votariam em candidatos que apoiam a indústria do tabaco, 80% rejeitam os que apoiam a indústria de armas e 71%, a indústria do álcool. Para outros setores, a avaliação varia. Quando questionados se votariam em candidatos que apoiam a indústria de alimentos ultraprocessados, o percentual ainda é alto, mas menor: 63% dizem que não, 29% que votariam e 8% não sabem.

Brasil

19 de Set // Agência Brasil | Brasil

O juiz da 3ª Vara Criminal da Capital, Alexandre Abrahão Dias Teixeira, aceitou denúncia do Ministério Público estadual contra Orlando Oliveira de Araújo, o Orlando Curicica, e Charle Dickson Pereira da Silva, acusados do assassinato de André Luiz Barreto Serralho, ocorrido no dia 1º de agosto de 2016, em Curicica, Jacarepaguá, zona oeste do Rio de Janeiro.

 

De acordo com a denúncia, o crime teria sido cometido por motivo torpe, em razão de disputas internas dentro de organização criminosa popularmente conhecida como milícia que atua no bairro da Curicica. Orlando Curicica é investigado pela DH da Capital como suspeito pela morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

 

Na decisão, o magistrado da 3ª Vara Criminal destacou que “o perfil violento, em especial destes denunciados, seus passados criminosos e a certeza de impunidade têm levado a prática desse tipo de conduta no nosso estado. Hoje, apenas para frisar, o Rio de Janeiro conta com inúmeras pessoas executadas em razão de confrontos promovidos por grandes facções criminosas do tipo ‘milícia e/ou tráfico’” segundo informações da Agência Brasil.

Brasil

19 de Set // Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil | Brasil

A chefe da Missão de Emergência da Unesco, criada para recompor o Museu Nacional, declarou que o acervo do equipamento pode ser reconstruído com doações e pelo uso de tecnologias avançadas, como impressoras 3D. Cristina Menegazzi falou que “alguns objetos do acervo são únicos, mas outros são duplicatas, ou seja, vários do mesmo tipo”.

 

Quanto às peças que foram completamente destruídas, a chefe da missão sugeriu em Brasília, o uso de tecnologias avançadas “para que o público possa voltar a ver a coleção em sua integralidade”, como as impressoras 3D. O último backup feito nos computadores do museu foi em fevereiro, segundo a equipe.

 

“A ideia para as obras que são únicas, que não se podem resgatar, é utilizar as informações que já existem – no inventário ou em livros – para reconstituí-las materialmente com as tecnologias 3D, por exemplo”, falou Menegazzi, de acordo com informações do G1. “A maioria do acervo estava inventariada, o que é muito importante, porque temos informações para, eventualmente, pensar a reconstituição da coleção”, completou na terça-feira (18).

Brasil

16 de Set // Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil | Brasil

Um militar foi baleado durante uma operação no Complexo do Alemão, zona norte do Rio de Janeiro, realizada neste sábado (15) pelo Comando Conjunto da intervenção federal na segurança pública segundo o Folhapress. De acordo com o Exército, o disparo que o atingiu partiu de dentro de uma escola. O nome do militar não foi divulgado.

 

Segundo o comando, os tiros foram disparados assim que os militares das Forças Armadas iniciaram o cerco à favela do Complexo do Alemão, por volta das 4h, como parte de uma megaoperação realizada na zona norte.  Segundo o Comando Conjunto, ele foi atingido no pescoço e tem quadro estável, sem risco de morte.

 

"Quando da posterior aproximação das Forças Armadas, um militar foi atingido por disparo de arma de fogo oriundo de uma escola pública (Ciep). A tropa foi alvejada pelos criminosos que ocupavam o CIEP e não revidou, dada a sensibilidade do local e o risco de danos colaterais. De imediato, o militar ferido foi evacuado para o Hospital Central do Exército, onde se encontra sob cuidados médicos", afirma nota do Comando Conjunto.

Brasil

16 de Set // Folhapress | Brasil

O CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e o Comando do Exército Brasileiro firmaram o primeiro aditivo ao Acordo de Cooperação Técnica para destruição ou doação de armas de fogo e munições sob a guarda do Poder Judiciário. O aditivo assinado no último dia 6 prorroga a vigência do acordo por 12 meses, a partir de 21 de novembro deste ano.

 

O aditivo foi firmado pela presidente do CNJ, ministra Cármen Lúcia, e pelo comandante do Exército, general Villas Bôas. O objetivo­ é estabelecer esforço concentrado para a destruição de armas de fogo e munições consideradas pelos juízes desnecessárias como provas para a continuidade dos processos.

 

A retirada de armas e munições das unidades do Poder Judiciário em todo o território nacional vem sendo feita no âmbito da Operação Vulcão deflagada pelo Exército. A parceria ampliou a efetividade da Resolução 134 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que estabeleceu que os tribunais devem encaminhar ao Comando do Exército, pelo menos duas vezes por ano, as armas e munições apreendidas segundo informações do Folhapress.

Brasil

16 de Set // Foto: Reprodução / Agência Brasil | Brasil

A direção do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, localizado no bairro imperial de São Cristóvão, zona norte do Rio, iniciou a cobertura de áreas do edifício, afetado por um incêndio no início deste mês. A ação tem por finalidade proteger o acervo sob os escombros de outros danos, como água da chuva segundo informações do Folhapress.

 

A reitoria da UFRJ também vai contratar uma empresa que garantirá a cobertura da área total dos escombros, ainda nos próximos dias. As informações são da Agência Brasil. Em seguida, a universidade iniciará, com auxílio de guindastes, a instalação de um telhado metálico com cerca de 5 mil metros quadrados.

 

Esse trabalho será acompanhado por engenheiros e especialistas de diversas áreas da Universidade do Rio, com apoio do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e técnicos da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura). O Ministério da Educação liberou R$ 10 milhões para ação emergencial na segurança do prédio do Museu Nacional, que teve grande parte de seu acervo destruído.

Brasil

14 de Set // Foto: Reprodução | Brasil

O calendário marcou nesta sexta-feira (14) seis meses dos assassinatos de Marielle Franco (PSOL), vereadora do Rio, e do seu motorista, Anderson Gomes. Apesar da repercussão internacional, os crimes continuam sem resposta. Para Jurema Werneck, diretora executiva da Anistia Internacional Brasil, a falta de solução para o caso é inadmissível.

 

"O Estado brasileiro, as autoridades federais e estaduais e as instituições do sistema de justiça criminal têm todos a responsabilidade de garantir que o assassinato de Marielle Franco seja devidamente investigado e que os verdadeiros responsáveis sejam identificados e levados à justiça", disse segundo informações do Folhapress.

 

Até agora, a polícia prendeu cinco suspeitos, mas a participação de cada um dos supostos envolvidos ainda é desconhecida. Para o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, os assassinatos podem ter participação de agentes do estado. No dia em que morreu, Marielle participava de um encontro de mulheres negras na Casa das Pretas, espaço na Lapa, região central do Rio. Imagens de câmeras de segurança mostram que dois carros estacionaram na rua.

Brasil

13 de Set // Foto: Reprodução | Brasil

Um pai foi preso suspeito de matar o próprio filho, um bebê de 6 meses, na madrugada desta última quarta-feira (12), na cidade de Luziânia, em Goiás, no entorno do Distrito Federal. Maycon Salustiano Silva, de 25 anos, foi preso em flagrante e declarou à polícia que não se lembra do ocorrido pois havia ingerido bebida alcoólica e fumado maconha.

 

O delegado Daniel Martins Ferreira, responsável por investigar o caso, afirmou à reportagem que Salustiano disparou contra a criança com uma garrucha calibre 22 depois de discutir com a sua mulher, de 20 anos, mãe do bebê. O homem teria se irritado após ela se recusar a manter relações sexuais com ele.

 

"A mãe relatou que teve uma discussão com o autor, que a agrediu fisicamente. Ele falou que ia pegar água, saiu e voltou com uma arma", disse o delegado Daniel Martins Ferreira. "O marido perguntou se ela acreditava que ele tivesse coragem de disparar no filho e atirou no bebê." Atingido no peito, o menino, chamado Michel, foi socorrido e levado a uma unidade de saúde de Luziânia, mas chegou ao local já sem vida segundo o Estadão Conteúdo.

Brasil

13 de Set // Marcos Oliveira/Agência Senado | Brasil

Projeto de lei no Senado propõe regulamentar o exercício do direito de greve dos servidores públicos da administração pública direta, autárquica ou fundacional de qualquer dos poderes da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. O exercício da greve será autorregulamentado pelas entidades sindicais representativas dos servidores públicos.

 

Também será acolhido pelos Observatórios das Relações de Trabalho, de caráter tripartite, a serem criados no âmbito da União, estados, Distrito Federal e municípios do país. O projeto de autorregulamentação deverá ser aprovado em instância coletiva e representativa das entidades sindicais dos servidores.

 

O direito de greve deverá levar em conta o juízo de proporcionalidade e razoabilidade, de forma a assegurar o atendimento das necessidades inadiáveis da sociedade. O projeto estabelece que competirá à Justiça Federal julgar as ações sobre as greves ocorridas no âmbito da administração pública federal segndo informações da Agência Senado. No caso dos estados, Distrito Federal e municípios, as ações serão julgadas pela justiça comum.

Brasil

13 de Set // Bahia Notícias | Brasil

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) divulgou nesta semana, o perfil dos magistrados brasileiros: a maioria são homens, brancos, católicos, casados e com filhos. A maioria dos magistrados se declarou de cor branca (80,3%), 18% negra (16,5% pardas e 1,6% pretas), e 1,6% de origem asiática. Apenas 11 magistrados se declararam indígenas.

 

Dos magistrados que entraram na carreira a partir de 2011, 76% se declararam brancos. O estudo demonstra que na Bahia, 57 dos magistrados são brancos, 43% se declaram pretos ou pardos e nenhum juiz se declara de origem indígena. A pesquisa contou com a participação de 11,3 mil juízes de um total de 18,1 mil.

 

Entre eles, desembargadores e ministros dos tribunais superiores. A idade média do magistrado brasileiro é 47 anos. Os mais jovens estão na Justiça Federal, com 13% no intervalo até 34 anos, 49% entre 35 e 45 anos e apenas 9% com 56 anos ou mais. Dos entrevistados, 80% são casados ou possuem união estável. Entre os homens, o percentual de casados é de 86%, entre as mulheres, 72%. Os solteiros são 10%; os divorciados, 9%; e os viúvos 1%.

Brasil

11 de Set // Foto: Vitor Abdala/Agência Brasil | Brasil

Após o incêndio que destruiu o acervo e instalações do Museu Nacional, no Rio de Janeiro, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) pretende regulamentar um modelo de gestão e sustentabilidade financeira para museus, bibliotecas e outros tipos de equipamentos culturais. Incêndio aconteceu no último domingo (2).

 

De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, o banco de fomento tem colaborado com a Casa Civil para aprimorar o texto de um projeto de lei que cria um modelo brasileiro de “endowments”, um tipo de estrutura para abrigar recursos a partir de doações e filantropia, no qual o dinheiro fica protegido em uma aplicação financeira de longo prazo.

 

Através deste modelo, as instituições só poderão usar os rendimentos para custear as despesas. “Na Europa, esse tipo de fundo existe desde o século 16. No geral, eles cobrem de 30% a 40% dos custos dos equipamentos culturais. E como só é usado o que entra de rendimento, os ‘endowments’ proporcionam uma fonte de rende quase infinita”, explicou Luciane Gorgulho, chefe do departamento de economia da cultura do BNDES, à coluna do G1.

Brasil

10 de Set // Foto: Walter Paparazzo/G1 | Brasil

Pelo menos 92 presos fugiram da Penitenciária de Segurança Máxima Romeu Gonçalves Abrantes, o PB1, na madrugada desta segunda-feira (10), localizada em João Pessoa, segundo nota divulgada pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds). Até as 15h40, 41 detentos foram recapturados, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária.

 

Segundo a Polícia Militar, as principais divisas com Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará foram fechadas. Inicialmente a Seds trabalhava com a possibilidade de fuga de pelo menos 105 detentos, mas após uma recontagem, o órgão informou, às 15h40, que foram 92 fugitivos. Um tenente foi baleado na rodovia estadual PB-008.

 

O policial teve morte cerebral confirmada, segundo a Seds. Erivaldo Moneta, de 36 anos, estava em um posto policial que teria sido alvo de vários tiros após a fuga de quase 100 detentos. O presídio tem capacidade para 660 presos e atualmente tinha cerca de 680 detentos, conforme o secretário Sérgio Fonseca. De acordo com o sistema Geopresídios, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a unidade prisional tinha 681 presos em 644 vagas.

Brasil

09 de Set // Foto: Agência Brasil | Brasil

O Museu Nacional do Rio de Janeiro, começa a receber nesta segunda-feira (10) tapumes em seu entorno para que sejam iniciadas as obras de contenção e outros procedimentos para manter a estrutura do palácio segura. O prédio foi atingido por um incêndio de grandes proporções que destruiu a maior parte de seu acervo de 20 milhões de itens.

 

Neste domingo (9), o acesso aos jardins do palácio já estava fechado para a imprensa. A vice-diretora do Museu Cristiana Serejo confirmou à Agência Brasil que, na próxima terça, começam a chegar no Rio técnicos da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura que vão auxiliar nos trabalhos.

 

De acordo com Roberto Leher, o reitor da UFRJ, instituição à qual o Museu do Rio é vinculado, a Unesco ofereceu especialistas que já trabalharam em tsunamis e outros desastres para ajudar na remoção dos escombros. Com a colocação dos tapumes, começam as obras de contenção e outros procedimentos para manter a estrutura do palácio segura e permitir mais buscas nos escombros na tentativa de localizar peças do acervo.

Brasil

09 de Set // Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil | Brasil

A maioria da população do Rio defende prorrogar a intervenção federal na segurança pública, prevista para acabar em 31 de dezembro deste ano. Segundo pesquisa do Datafolha, 72% dos moradores do estado são a favor da continuidade da medida para além de seu prazo final. 21% são contrários à prorrogação, 4% não sabiam e 4% eram indiferentes.

 

O levantamento da Datafolha foi realizado nos dias 4 a 6 de setembro de 2018, com 1.357 entrevistados com 16 anos ou mais, em 35 municípios do estado do Rio de Janeiro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. A intervenção federal na segurança pública foi decretada em fevereiro deste ano.

 

O general do Exército Braga Netto foi nomeado interventor e assumiu controle das polícias, bombeiros e setor penitenciário do Rio. Desde julho de 2017, já havia presença de homens do Exército nas ruas do estado. Em meio à grave crise financeira e de segurança pública no Rio, foi decretada na época a Garantia da Lei e da Ordem, que dava aval à participação dos militares, embora as polícias ainda estivessem sob comando do governo estadual.

Brasil

07 de Set // | Brasil

A cirurgia que o deputado federal Jair Bolsonaro foi submetido após ser esfaqueado em Juiz de Fora, em Minas Gerais, deve tirar o candidato do PSL à Presidência da República da campanha do 1° turno. De acordo com os médicos ouvidos pelo Uol, os procedimentos aplicados no deputado nesta última quinta-feira (6) foram de "alta complexidade".

 

O médico-cirurgião do aparelho digestivo do Hospital de Base do Distrito Federal, especializado em traumas, Igor Vieira explicou que o deputado federal Jair Bolsonaro passou por uma "laparotomia exploradora", o nome da cirurgia "de grande porte" que lhe abriu o abdome para "vasculhar a região até chegar ao diagnóstico".

 

O candidato Bolsonaro precisará, após o procedimento, ficar em repouso por até um mês. Caso se confirme, esse tempo irá tirar do candidato Jair Bolsonaro da campanha de corpo a corpo até o dia do primeiro turno das eleições, em 7 de outubro. De acordo com informações da Globo News, o candidato sofreu uma lesão na artéria mesentérica, responsável por levar sangue ao intestino. Mas o ferimento mais grave ocorreu no intestino delgado.

Brasil

07 de Set // Foto: Reprodução/ EBC | Brasil

O Senado aprovou na quarta (5) um projeto para incentivar uso de bicicletas e contribuir para a mobilidade urbana no Brasil. O texto do Programa Bicicleta Brasil passa agora para sanção presidencial. A proposta vai integrar a Política Nacional da Mobilidade Urbana e será financiado por 15% do total arrecadado com multas de trânsito.

 

O objetivo do projeto é estimular a integração das bicicletas ao sistema de transporte público coletivo, e vai apoiar os estados e os municípios na instalação de bicicletários públicos e na construção de ciclovias e ciclofaixas, além de promover campanhas de divulgação dos benefícios do uso desse meio de transporte.

 

O senador Eduardo Braga (MDB-AM), relator do projeto, leu o parecer, no qual recomendou a aprovação do texto, apresentado pelo deputado Jaime Martins (Pros-MG). "Com a implantação do Programa Bicicleta, cidades que já desenvolvem ações para valorizar o transporte por bicicleta contarão com maior apoio, particularmente financeiro, e aquelas que ainda não o fazem se sentirão motivadas a desenvolver projetos como este", disse Eduardo Braga.

Brasil

06 de Set // | Brasil

Uma receita médica fora do comum fez com que a médica Rayssa Miranda, ganhasse repercussão nas redes sociais. Tudo começou com a publicação da foto de uma receita adaptada para um paciente analfabeto. Na imagem publicada pela irmã da uma aluna de Rayssa, fitas adesivas coloridas e com desenhos foram coladas nas caixas de medicamentos.

 

As fitas também foram colocadas na receita para indicar o horário que cada remédio deveria ser tomado. A médica e a estudante de medicina Manuela Lemos, que acompanhava o atendimento em um posto de saúde de Belém, no Pará, perceberam a necessidade de fazer um atendimento diferenciado com o paciente de 54 anos.

 

“Já estávamos fazendo o atendimento deste paciente há uns 3 meses, ele tem diabetes e hipertensão, mas as enfermidades nunca melhoravam. Sempre que ele voltava para o atendimento, continuava a mesma coisa. Então a aluna falou que achava que ele não sabia ler e perguntamos para ele, que confirmou. E ele contou que tomava o medicamento como achava que era. E, por esse motivo, ele nunca melhorava, já que tomava de maneira errada”.

Brasil

05 de Set // G1 | Brasil

A Delegacia de Atendimento à Mulher de Parnamirim, na região metropolitana de Natal, prendeu o cantor Francisco Luciano dos Santos, da banda Brilhantes do Forró, na manhã desta quarta-feira (5). O músico, que foi filmado em cenas de agressão à ex-mulher, Anna Augusta Josuá, de 24 anos, descumpriu medidas protetivas determinadas pela Justiça.

 

Segundo a delegada Renata Costa, titular da Deam, Luciano foi preso porque descumpriu duas vezes as medidas protetivas de urgência determinadas contra ele, "apesar de ter sido advertido judicialmente sobre as consequências disso. Ele foi advertido em audiência na terça-feira, dia 28", ressaltou segundo o G1.

 

Entre as ações que provocaram a prisão, o cantor compôs uma música em referência ao fato. No refrão, ele diz: "Barraqueira, atrevida, ela chega, bate na minha cara e ainda chama a polícia". A Justiça havia indeferido o primeiro pedido de prisão contra o cantor, mas determinou a prisão na terça-feira (4) por causa da recorrência dele em desobedecer as ordens judiciais. Câmeras de segurança do prédio onde o cantor mora filmou as agressões do cantor.

Brasil

05 de Set // Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil | Brasil

Após a destruição do Museu Nacional do Rio por um incêndio, o presidente Temer faz mais uma reunião nesta quarta-feira (5), para discutir o assunto. Ele chamou autoridades da cultura e representantes de instituições bancárias públicas e privadas na tentativa de organizar o grupo que vai atuar no processo de restauração do museu.

 

Temer quer montar uma espécie de rede de apoio para reconstrução do Museu Nacional no menor tempo possível. As parcerias devem definir mecanismos para que as empresas se associem na reconstrução do edifício e na busca pela recomposição do acervo destruído pelas chamas segundo a Agência Brasil.

 

Algumas das alternativas para viabilizar o projeto se baseiam na Lei Rouanet, principal política de incentivos fiscais. Pela lei, empresas e cidadãos (pessoas físicas) ao aplicarem em cultura, poderão ter dedução do Imposto de Renda. O percentual disponível é de 6% do tributo para pessoas físicas e 4% de IRPJ para pessoas jurídicas. Para o diretor do Museu Nacional, Alexander Kellner, o ideal é definir recursos diretos do Orçamento da União de 2019.

Brasil

05 de Set // Foto: Reprodução / TV Globo | Brasil

A vice-diretora do Museu Nacional do Rio / UFRJ, Cristiana Serejo disse em entrevista ao Estadão Conteúdo que museus e instituições científicas do Brasil e de outros países estão oferecendo peças para ajudar a recompor o acervo da instituição, que foi quase que completamente destruído no incêndio que aconteceu na noite deste último domingo (3).

 

Estão sendo requisitadas peças do próprio Museu Nacional que tinham sido cedidas a outras instituições, como um fóssil de baleia. De acordo com Cristina Serejo, a ajuda internacional seria o ponto de partida para a recuperação do museu. Algumas atividades de pesquisa já foram retomadas no Horto Florestal.

 

"Fizemos uma reunião com os funcionários hoje cedo e já estamos nos reorganizando nessa parte do Horto, que comporta mais gente e algumas coleções", explicou a vice-diretora Cristiana Serejo. "As pós-graduações estão sendo realocadas lá, o museu está se reorganizando para recuperar a pesquisa”. Cristina afirmou que as pesquisas, o ensino e a extensão serão mantidas. “Estamos vivos aqui no museu”, afirmou em entrevista.

Brasil

04 de Set // Foto: Reprodução / TV Globo | Brasil

Após o incêndio que atingiu o Museu Nacional da Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil recomendou a elaboração urgente de um plano plurianual nacional. Segundo a nota, ele deve ser vinculado a um fundo próprio, que privilegie a eliminação de riscos de incêndios, desabamentos e alagamentos.

 

Isso garantirá o bom funcionamento e o usufruto público do Patrimônio. “A destruição do Museu Nacional da Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, não pode passar em branco. Essa tragédia deve servir como um grito de basta contra o abandono, negligência e destruição da memória nacional”, afirma o Conselho de Arquitetura.

 

O Conselho pediu em nota que o Estado, os arquitetos e urbanistas, as universidades, os intelectuais, as entidades de classe e toda a sociedade brasileira se mobilize a partir dessa situação. “O basta! Deve vir de toda sociedade. Dos estudantes ao Presidente da República”, afirmou a Conselho de Arquitetura do Brasil, acrescentando que “os valores que nos identificam como sociedade não podem virar cinzas como o Museu Nacional”.

Brasil

04 de Set // G1 | Brasil

A adolescente Isabela do Amaral Vieira, de 16 anos, uma das quatro que foram arremessadas de um brinquedo em Ceres, região central de Goiás, teve morte cerebral nesta última segunda-feira (3). A informação foi confirmada ao G1 pela irmã da garota, a cabeleireira Gabriela Amaral Vieira. Outra ferida segue internada e duas já receberam alta.

 

"Ela se foi. Não tem nem o que falar. Estamos sem chão. Era a caçulinha de sete irmãos", disse Gabriela. Após o acidente, Isabela recebeu o primeiro atendimento na UPA de Ceres e depois foi transferida para o Hospital de Urgências de Anápolis (Huana), a 55 km de Goiânia, desde o dia do acidente.

 

Por conta dos ferimentos, ela chegou a ter que retirar um rim. Em nota enviada ao G1, o Hospital de Urgências de Anápolis confirmou a morte cerebral da adolescente. Cunhado de Isabela, o conferente João Paulo Oliveira Silva, 34, disse que toda família está muito abalada. "Todo mundo em choque, pedindo força para Deus porque é difícil. Uma jovem cheia de vida. Às vezes nós queremos uma coisa, mas o plano de Deus quer outra", desabafa.

Brasil

03 de Set // Foto: Tânia Rego / Agência Brasil | Brasil

Os repasses do governo federal ao Museu Nacional, caíram praticamente à metade nos últimos 5 anos. Levantamento da Comissão de Orçamento da Câmara dos Deputados, com base em dados do Sistema Integrado de Administração Financeira, mostra que os pagamentos foram de R$ 979 mil em 2013, recuando para R$ 643 mil, no ano passado.

 

Em termos nominais, essa queda é de 34% segundo dados. Considerada a inflação do período, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), os pagamentos ao museu caíram 49% no período, de R$ 1,3 milhão em 2013 (montante corrigido) para os R$ 643 mil reais segundo informações do Folhapress.

 

Os dados se referem a repasses do Ministério da Educação e do Instituto Brasileiro de Museus, ligado ao Ministério da Cultura, para itens como capacitação de servidores, concessão de bolsas de estudo, reestruturação, expansão e modernização da instituição. Mais antigo do país, o Museu Nacional é subordinado à Universidade Federal do Rio de Janeiro e vem passando por dificuldades geradas pelo corte no orçamento para a sua manutenção.

Brasil

03 de Set // | Brasil

Novas suspeitas que podem explicar as causas do incêndio no Museu Nacional do Rio, na Quinta da Boa Vista, apareceram na manhã desta segunda-feira (3). O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, disse que a queda de um balão no teto do edifício é investigada. Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, Leitão recebeu o relato de um diretor do museu.

 

Vigilantes do espaço teriam dito a ele que o fogo começou de cima para baixo, por isso a suspeita em torno de um balão. Uma outra possibilidade avaliada é que o incêndio tenha começado após um curto-circuito em um laboratório audiovisual da instituição. Corpo de Bombeiros continua a realizar o trabalho de rescaldo para combater possíveis focos de fogo.

 

"É preciso apurar se há de fato uma conexão entre o incêndio e a fragilidade e a deficiência do museu", salientou o ministro. Mais antigo do país, o museu passava por dificuldades para custear sua manutenção desde o corte de investimentos. Assim, com o acidente na noite desse domingo (2), o espaço ficou destruído. Mais de 20 milhões de itens eram expostos no local, dentre eles o "Meteorito do Bendegó" e a "Preguiça Gigante de Jacobina".

Brasil

03 de Set // Foto: Observatório Astronômico | Brasil

Outra peça valiosa que pode ter sido atingida no incêndio do Museu Nacional na noite deste domingo (2), é o Meteorito do Bendegó. Descoberto por volta de 1784, em Monte Santo, na região sisaleira baiana, a Pedra do Bendegó, ou Bendegó, foi enviada para o Museu Nacional, na então capital federal, e está no local desde 1888.

 

A pedra pesa 5,2 quilos e mede 2,15 metros de comprimento, com 1,5 metros de altura e 65 centímetros de espessura. É tido como o maior meteorito encontrado em solo brasileiro. À época da descoberta era considerado o segundo maior do mundo. Além da pedra original, que está no Museu Nacional, há quatro réplicas.

 

Uma está no exterior, na França, e as outras três no Brasil: uma no Museu do Sertão, em Monte Santo, outra na Uefs [Museu Antares de Ciência e Tecnologia] e outra no Museu Geológico da Bahia, em Salvador. Nesta segunda-feira (3), bombeiros seguem o trabalho de rescaldo para encontrar possíveis focos de fogo. Além do Meteorito de Bendegó, a "Preguiça Gigante de Jacobina" também estava no acervo de milhões de itens abrigados no Museu.

Brasil

03 de Set // Foto: Marcelo Dias/Estadão Conteúdo | Brasil

O comandante do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, coronel Roberto Robadey, afirmou que um problema no funcionamento dos hidrantes contribuiu para o fogo se alastrar na região do parque, na Quinta da Boa Vista onde está o Museu Nacional. Segundo o coronel, foi preciso pedir apoio à Companhia de Águas e Esgotos do Rio para ceder carros-pipa.

 

Também foi utilizada água do lago da Quinta da Boa Vista. “Pedimos apoio a eles [da Cedae] de carros-pipa e também trouxemos os nossos carros da Baixada Fluminense. Os dois hidrantes mais próximos estavam sem carga”, disse o militar. Ele lembrou que, ao chegar ao local do incêndio, o fogo estava de média para grande proporção.

 

O comandante não confirmou as primeiras informações de que o fogo teria começado no primeiro andar. De acordo com o comandante, a operação contou com 80 militares e 21 viaturas de 12 quartéis da capital e de municípios vizinhos. Robadey descartou a possibilidade de desabamento. “As paredes são muito grossas. O prédio é muito antigo. Os pavimentos internos desabaram”, disse o militar segundo informações da Agência Brasil.

Brasil

02 de Set // Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil | Brasil

Um jantar no ano de 2009, em um restaurante de Paris, que ficou conhecido como “Farra dos Guardanapos”, será tema de uma exposição, em cartaz Galeria Aymoré, no Rio. O incidente em questão reuniu o então governador, Sérgio Cabral, secretários e empresários envolvidos em um esquema de propinas posteriormente desvendado no estado.

 

Na ocasião, os participantes cantavam e dançavam alegremente, com guardanapos brancos na cabeça. “Aliei a questão da fisionomia humana e da expressividade à questão política e encontrei conexões que achava interessantes para explorar a cultura sóciopolítica com essa expressividade que as pessoas enfatizam tanto”.

 

É  o que explicou à Agência Brasil, o artista plástico Gabriel Giucci, que a partir de 2011 começou a estudar expressões faciais humanas para realizar suas pinturas. “Depois da Lava Jato, achei que a Farra dos Guardanapos seria um bom trabalho para falar do Rio – a Lava Jato no âmbito nacional e a Farra dos Guardanapos, no regional. Seria interessante terminar esse projeto de representação com esse marco histórico”, acrescentou.

Brasil

01 de Set // Foto: Mario Angelo/Folhapress | Brasil

O ator e candidato a deputado federal Alexandre Frota (PSL) foi condenado a pagar R$ 50 mil reais ao cantor Chico Buarque por ter chamado o músico de "filho da p*" em seu perfil numa rede social, em outubro de 2017. Segundo o advogado de Chico, a condenação tem um "caráter pedagógico". Ainda cabe recurso da decisão.

 

"Alexandre Frota busca fazer política destilando ódio e mentiras nas redes sociais. A sociedade brasileira não pode tolerar mais esse tipo de conduta e esse é o recado principal da sentença", afirma João Tancredo, que o defendeu o músico contra Frota no processo que tramita na 36ª Vara Cível do Rio de Janeiro.

 

Alinhado à direita e apoiador da candidatura presidencial de Jair Bolsonaro, Frota ataca as posições à esquerda de Chico Buarque. Na sentença, o juiz Rossidelio Lopes da Fonte escreve que o candidato a deputado, "para agradar a alguns setores políticos que pensam de forma, semelhada imputou ao autor, que é artista nacionalmente conhecido, além de xingamento chulo o cometimento de crime expondo ainda a foto do artista sem sua autorização".

Brasil

31 de Ago // G1 | Brasil

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra quatro alunas dançando funk durante dentro de uma sala de aula do Colégio Estadual Jardim Nova Era, em Aparecida de Goiânia, região metropolitana da capital. As adolescentes estavam viradas de frente para o quadro negro e rebolavam ao som de uma música. Outros estudantes assistem a apresentação.

 

A Secretaria de Educação e Cultura de Goiás confirmou que um professor estava no local. Nas imagens, os estudantes que estão sentados nas carteiras brincam e dão risadas. Não é possível afirmar qual música era tocada. O comunicado da Seduce não informa a data em que o vídeo foi gravado, nem qual sala e de que séries são os estudantes.

 

A Secretaria pontuou que vai enviar uma equipe ao colégio para averiguar "o objetivo do projeto e, a partir disso, prestará as orientações pedagógicas necessárias para que esse tipo de atividade não ocorra mais em ambiente escolar". Em relação às alunas, a Seduce avalia que "cabe orientar e conscientizar e não punir". Por fim, a secretaria afirma que "tomará as devidas providências" em relação ao professor que estava na sala de aula.

Brasil

29 de Ago // Foto: Andres Rojas/Reuters | Brasil

O governo federal cogita limitar a entrada de venezuelanos em Roraima, afirmou o presidente Temer em entrevista à Rádio Jornal, de Pernambuco, nesta quarta (29). O presidente publicou um decreto em que "fica autorizado o emprego de Forças Armadas no período de 29 de agosto a 12 de setembro" na faixa da fronteira norte e leste e rodovias federais.

 

Na entrevista, Temer disse que outras medidas podem ser adotadas para organizar os serviços públicos de Roraima, pressionados pelo grande afluxo de imigrantes que têm chegado ao estado. Em Boa Vista, a capital de Roraima, 25 mil venezuelanos estão instalados —o que equivale a 7,5% da população da cidade.

 

"As coisas estavam caminhando em um ritmo desagradável entre o povo venezuelano e brasileiro", disse o presidente, uma alusão aos ataques de duas semanas atrás a barracas de venezuelanos. Temer retomou as críticas ao ditador venezuelano, Nicolás Maduro. "Há um ano e meio, propusemos ajuda humanitária e o governo [da Venezuela] recusou. "A nossa política é de acolher no nosso país. Não é só política, é parte dos tratados internacionais".

Brasil

29 de Ago // Foto: Reprodução / EBC | Brasil

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, considera ineficaz o envio de verba pelo governo federal para o estado de Roraima. Padilha disse o envio de dinheiro “não resolve nada neste momento”. Segundo o ministro, o aumento da transferência de imigrantes venezuelanos para outros estados, é que vai resolver os problemas enfrentados pelo estado.

 

“O que faria o dinheiro? O dinheiro não resolve nada neste momento. Estamos com serviço de saúde custeado pelo governo federal, com serviço do Ministério do Trabalho, Polícia Federal, Receita Federal. Os órgãos que estão cuidando dos venezuelanos são de responsabilidade do governo federal”.

 

“O serviço de saúde do município e do estado já foram supridos com recursos pelo Ministério da Saúde”, disse Padilha em entrevista após participar de cerimônia no Palácio do Planalto. Padilha defendeu a ampliação do processo de interiorização dos venezuelanos. “O problema venezuelano se resolve com a distribuição deles por todo o território nacional. As cidades não comportam mais venezuelanos do que aqueles que já tem lá”, disse.

Brasil

28 de Ago // Foto: CNJ | Brasil

“Os juízes encarregados de distribuir penas deveriam conhecer as cadeias para as quais mandam as pessoas”, recomendou o médico Drauzio Varella durante a palestra “Saúde como Direito”, realizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), nesta última segunda-feira (27). O evento precede o Encontro Nacional do Poder Judiciário segundo o CNJ.

 

O médico afirma que as facções do crime organizado usam o tráfico de drogas para oferecer ocupação e renda para jovens marginalizados, avançando no sistema penitenciário e ampliando seu controle em comunidades de baixa renda. Drauzio apontou a violência como uma das três maiores causas de morte no país.

 

Além de  doenças cardiovasculares e o câncer. O especialista em oncologia ainda informou que, em São Paulo, há 18 mil pessoas ligadas à Primeiro Comando da Capital (PCC), além de outras 12 mil no restante do território nacional, sem contar o contingente de outras facções. “Não atacamos o tráfico e criamos uma situação que vai agravando os problemas todos. Não é possível que não se tenha uma solução administrativa para isso”.

Brasil

28 de Ago // Foto: Gcom-MT | Brasil

O governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), foi acusado na segunda-feira (20), por seu ex-secretário de Educação Permínio Pinto, também tucano, de participar de esquema de fraude em contratos para beneficiar empreiteiras em troca de propina para quitar dívidas da campanha de 2014. Taques nega a participação no esquema.

 

Permínio foi preso em julho de 2016 na Operação Rêmora, do Ministério Público de Mato Grosso, esquema de fraudes e direcionamento de 23 licitações da Secretaria de Educação estadual para construção e reformas de escolas, orçadas no total em R$ 56 milhões segundo informações do Folhapress.

 

Em acordo de colaboração sob sigilo, homologado pelo ministro do Supremo Tribunal Marco Aurélio, o ex-secretário diz que tratou de "algumas licitações para serem direcionadas com o próprio governador", segundo o documento, ao qual a reportagem teve acesso. Segundo Permínio, o governador sabia do esquema. Ele entregou mensagens do aplicativo WhatsApp em que Taques, candidato à reeleição, pede "facilidade nas licitações".

Brasil

27 de Ago // Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil | Brasil

O governo federal pretende transferir até setembro mais de 600 venezuelanos que estão em abrigos em Roraima para duas cidades gaúchas. As informações são os primeiros detalhes divulgados da próxima etapa da interiorização dos imigrantes, processo pelo qual o governo leva os venezuelanos de avião para outros estados com melhor infraestrutura.

 

Os 646 venezuelanos serão levados por aeronaves da Força Aérea para Canoas e Esteio, ambos em Porto Alegre. Não foi divulgado o número exato de imigrantes que cada cidade vai receber na transferência, planejada para ser feita entre 6 e 18 de setembro, mas as prefeituras vão receber verbas adicionais do governo.

 

Esteio ganhará R$ 530 mil e Canoas ficará com R$ 1 milhão. Além disso, a Acnur (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados) também vai ajudar pagando o aluguel dos venezuelanos. A interiorização dos imigrantes é uma das principais apostas do presidente Temer para lidar com o grande fluxo de venezuelanos, que têm cruzado a fronteira para fugir da crise econômica e política que atinge o seu país segundo o Folhapress.

Brasil

27 de Ago // G1 | Brasil

Uma das siamesas separadas da irmã em Goiânia e que nasceu com uma malformação no coração precisa fazer uma cirurgia com urgência para continuar viva, segundo avaliações dos médicos. Porém, não há previsão de quando esse procedimento seja feito devido à complexidade dele e ao fato dela ainda se recuperar da operação de separação.

 

As siamesas Débora e Catarina nasceram no dia 22, na 37ª semana de gestação, com 4,785 kg, unidas pelo tórax e abdômen. Ambas compartilhavam o fígado. No dia seguinte, foram separadas em caráter de urgência no Hospital Materno Infantil. Elas estão em estado gravíssimo e respiram com ajuda de aparelho.

 

A alimentação é feita pela veia. A mãe recebeu alta e passa bem. A mãe das meninas saiu de Salvador (BA) com o marido para realizar o parto em Goiânia. Débora, a irmã maior, nasceu com uma malformação no coração que ocasionou dois problemas. A primeira delas é a transposição das grandes artérias, quando a aorta, responsável por levar o sangue oxigenado, está ligada ao ventrículo direito, que recebe o sangue venoso segundo o G1.

Brasil

26 de Ago // Foto: Reprodução/ EBC | Brasil

O ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, afirmou neste último sábado (25), que os recursos disponíveis às Forças Armadas "ainda são insuficientes para cuidar da nossa soberania". A declaração foi dada a bordo do Porta-Helicópteros Multipropósito Atlântico, maior navio da esquadra brasileira que chegou hoje ao Rio de Janeiro.

 

O equipamento chegou após ser adquirido junto à marinha britânica por R$ 443 milhões na cotação atual. "(As Forças Armadas) continuam carentes de investimento. O Brasil é um País como um continente, não há como abrir mão dessa percepção", afirmou Silva e Luna, que é general da reserva do Exército.

 

"Considerando a riqueza, nossa Amazônia Azul (área da costa brasileira equivalente à Amazônia) aqui dentro, que é a nossa principal área de deslocamento da nossa economia, com cabos submarinos, transporte marítimo, (a aquisição do navio) era uma necessidade a ser preenchida", continuou Silva e Luna. Para o ministro, não há como "cuidar da nossa soberania" com o atual orçamento das Forças Armadas segundo informações do Estadão Conteúdo.

Brasil

26 de Ago // Foto: R7 | Brasil

O cantor de funk Fabiano Baptista Ramos, conhecido como MC Tikão, preso em 2017 por suspeita de relação com o tráfico de drogas da favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, registrou candidatura junto ao TSE e é candidato a deputado federal nas eleições 2018 pelo partido Solidariedade. A candidatura do cantor ainda não foi deferida pelo TSE.

 

MC Tikão ficou um mês atrás das grades. Ele foi solto em novembro de 2017, após a Justiça ter negado a renovação de sua prisão temporária. Apesar disso, continuou sendo investigado pela Delegacia de Combate às Drogas (Dcod) e foi indiciado por associação para o tráfico de drogas no início de junho deste ano.

 

No fim do mês, Fabiano foi denunciado pelo mesmo crime pelo Ministério Público Estadual do Rio. A denúncia ainda não foi aceita pela Justiça. Tikão é acusado de ter ajudado na fuga do traficante Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, da Rocinha , em setembro do ano passado, quando as Forças de Segurança iniciaram uma operação para tentar conter a guerra pelo controle do tráfico na comunidade de acordo com informações do O Globo.

Brasil

22 de Ago // Foto: Divulgação Record TV | Brasil

Mais de 1.000 venezuelanos abrigados em Roraima, distribuídos em 10 abrigos em Boa Vista e Pacaraima, serão levados para outros estados no final de agosto deste ano. O anúncio foi feito nesta última terça-feira (21) pela subchefe substituta da Casa Civil, Viviane Ese, que integra o grupo interministerial que visita segundo informações da Agência Brasil.

 

A cidade tem recebido milhares de venezuelanos desde a intensificação da crise política e econômica na Venezuela. A maioria dos imigrantes estão vivendo em condição de rua e o governo quer acelerar o processo de interiorização. Desde o início do ano, já foram interiorizados 820 pessoas para diferentes estados do Brasil.

 

Segundo Viviane, na próxima etapa do programa de interiorização os venezuelanos sairão de Roraima em voos marcados para o fim de agosto e início de setembro, prioritariamente para a região sul. O governo federal anunciou também a construção de um novo abrigo de transição entre as cidades de Boa Vista e Pacaraima, além da ampliação do número de vagas nos abrigos existentes. O início da obra será imediato, segundo a representante da Casa Civil.





Classificados


Enquete



Mais Lidas