Notícias

Mundo

Mundo

26 de Set // | Mundo

Dois dias depois de os EUA terem operado bombardeiros no ponto mais próximo da costa norte-coreana neste século, Pyongyang anunciou que poderá derrubar aviões hostis mesmo que estejam fora de seu espaço aéreo. "Todo o mundo deve lembrar claramente que foram os EUA que primeiro declararam guerra contra o nosso país", disse o chanceler Ri Yong-ho.

 

Washington chamou a acusação de "absurda". "Nós não declaramos guerra à Coreia do Norte", disse Sarah Sanders, porta-voz da Casa Branca. O chanceler norte-coreano está nos EUA para a Assembleia-Geral da ONU. O sobrevoo de bombardeiros B-1B Lancer, oriundos da ilha americana de Guam, ocorreu no sábado (23), com escolta de caças americanos F-15 baseados no Japão.

 

O local exato da ação não foi divulgado, mas os EUA dizem que ocorreram em espaço aéreo internacional. "Nós temos o direito de voar, navegar e operar em todos os lugares onde é legalmente permitido", disse o porta-voz do Pentágono, Robert Manning. O conceito é algo vago. Cerca de 20 países do mundo delimitam Zonas de Identificação de Defesa Aérea fora de suas fronteiras.

Mundo

25 de Set // | Mundo

O veto migratório imposto pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi substituído por um decreto com restrições a oito nações, neste domingo (24). Os países afetados com a nova medida, que deve entrar em vigor a partir de 18 de outubro, são Irã, Líbia, Síria, Iêmen, Somália, Cade, Coreia do Norte e Venezuela.

 

O governo estadunidense defende que o objetivo é "melhorar a capacidade e os processos de vigilância para detectar a tentativa de entrada nos Estados Unidos de terroristas ou novas ameaças à segurança pública". O primeiro veto seria tema de uma audiência para discutir sua legalidade no dia 10 de outubro,

 

No entanto, desde o final de junho, ele estava parcialmente em vigor. Nesse caso, a medida impedia a entrada de refugiados por 120 dias e de cidadãos de seis países muçulmanos (Irão, Somália, Sudão, Síria, Iêmen e Líbia) por 90 dias. "Portanto, se somam à lista Chade, Coreia do Norte e Venezuela, saindo dela o Sudão devido a seu melhor nível de cooperação com as autoridades americanas".

Mundo

25 de Set // | Mundo

Parte do contingente de militares brasileiros que integra a missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti (Minustah) começou a retornar para o Brasil neste fim de semana. Os militares desembarcam em São Paulo, onde passarão por exames de saúde e ficarão de observação em um período de quarentena.

 

Esse é um procedimento normal antes de serem liberados para retornarem às casas de familiares. Este é o último contingente militar do Brasil na operação internacional no Haiti, criada em 2004 após um levante civil derrubar o então presidente Jean-Bertrand Aristides. A ONU decidiu encerrar oficialmente em 15 de outubro a missão de paz.

 

Um voo trazendo parte do último contingente de 800 militares brasileiros no Haiti chega a São Paulo neste domingo (24). O Comando Militar do Sudeste, o Comando do Exército em São Paulo, a aeronave, que foi locada pela ONU, chegará à Base Aérea de São Paulo, no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, por volta das 19h segundo informações do G1.

Mundo

25 de Set // | Mundo

Pelo menos uma pessoa morreu e sete ficaram feridas neste último domingo (24), no tiroteio em uma igreja da pequena cidade de Antioch, perto de Nashville, no estado do Tennessee (EUA), informou a Polícia, ressaltando que o autor da ação está entre os feridos. As motivações do crime ainda são desconhecidas.

 

O crime aconteceu por volta do meio-dia na capela da Igreja Christ Burnette, conforme a imprensa local. No Twitter, o Departamento de Polícia de Nashville indicou que uma mulher morreu no estacionamento da igreja. De acordo com o porta-voz da Polícia Don Aaron o atirador "disparou em si mesmo", mas não corre risco.

 

Segundo Aaron, o autor da ação, cuja identidade não foi revelada, tem "cerca de 25 anos" e, aparentemente, não tinha qualquer relação com a igreja. Anteriormente, o Corpo de Bombeiros de Nashville informou no Twitter que médicos estavam no local atendendo os baleados. "Todos os feridos, exceto um, têm mais de 60 anos", detalhou o Corpo de Bombeiros. O local foi cercado e as pessoas atingidas foram levadas para hospitais da região.

Mundo

25 de Set // | Mundo

A chanceler alemã Angela Merkel, que venceu as eleições legislativas deste último domingo (24), por uma margem apertada, começou nesta segunda-feira (25) a buscar aliados para formar o governo no país, uma missão complexa em um cenário político fragmentado pelo avanço da extrema-direita.

 

Os principais líderes de seu partido, a conservadora União Cristã Democrata (CDU), reúnem-se nesta segunda-feira (25), para analisar os resultados das eleições, nas quais a formação obteve 33% dos votos, acordo com os números definitivos. "Uma vitória de pesadelo", resume o jornal Bild segundo informaçlões da France Presse.

 

As negociações podem durar meses. Porém, desde as primeiras eleições do pós-guerra (em 1949) até hoje, o partido vencedor sempre conseguiu formar maioria. Merkel já descartou a possibilidade de um governo minoritário. Se não conseguir formar uma nova coalizão, o governo pode convocar novas eleições. A quarta vitória consecutiva de Merkel, que está no poder desde 2005, teve um gosto amargo.

Mundo

24 de Set // | Mundo

Pelo menos duas pessoas morreram após um terremoto ter atingido o México neste último sábado (23). O tremor, de magnitude 6,1, derrubou casas e uma ponte em uma estrada que já haviam sido danificadas por outro temor segundo informações do Estadão. O México enfrentou dois outros terremotos mais fortes recentemente.

 

O Serviço Geológico dos Estados Unidos disse que o tremor de magnitude 6,1 registrado neste sábado teve epicentro cerca de 18 quilômetros ao sul-sudeste de Matias Romero, no estado de Oaxaca, que já havia sido a região mais afetada por um terremoto de magnitude 8,1 em 7 de setembro.

 

O tremor deste sábado está entre as milhares de réplicas registradas na sequência do terremoto de 7 de setembro, que foi o mais poderoso a atingir o México em 32 anos e matou pelo menos 96 pessoas. O governo do Estado de Oaxaca informou que algumas casas desabaram com o terremoto deste sábado. Uma mulher morreu quando uma parede de sua casa caiu sobre ela na cidade de Asuncion Ixtaltepec, e um homem morreu depois que uma parede caiu sobre ele em San Blas Atempa.

Mundo

23 de Set // | Mundo

O ministro das Relações Exteriores da Síria, Walid Al-Moualem, disse aos líderes mundiais na Assembleia Geral da Organização dos Nações Unidas (ONU) na manhã deste sábado (23), que o seu país está "marchando firmemente" em direção ao objetivo de erradicar o terrorismo e a "vitória agora está ao alcance".

 

"Estou confiante de que, quando essa injusta guerra contra a Síria acabar, o Exército sírio ficará na história como o Exército que derrotou heroicamente, junto com suas forças de apoio e seus aliados, os terroristas que vieram para a Síria de muitos países e receberam grande apoio dos países mais poderosos do mundo", afirmou segundo a France Presse.

 

Al-Moualem citou "a libertação de Alepo e Palmira", o fim do cerco do grupo extremista Estado Islâmico a Deir el-Zour "e a erradicação do terrorismo de várias partes da Síria" pelo Exército sírio e seus apoiadores e aliados, incluindo Rússia e Irã. Em seu discurso, al-Moualem elogiou o Exército e os aliados do país. Embora o Exército e seus aliados "estejam obtendo conquistas diárias, liberando territórios e derrotando terroristas", disse Al-Moallem, "a ameaça desta praga persiste".

Mundo

23 de Set // | Mundo

Um novo terremoto de de 6,1 graus na escala Richter foi registrado na manhã deste sábado (23) na área central do México, informou o Serviço Sismológico Nacional do país. O epicentro foi em Union Hidalgo, no Estado de Oaxaca, que já foi atingido por dois fortes tremores neste mês.

 

Já o USGS (Serviço Geólogico dos Estados Unidos) afirmou que o tremor foi de 6,2 graus na escala Richter. As diferenças ocorrem pelos institutos usarem métodos diferentes de cálculo. O México ainda está trabalhando na busca por sobreviventes do tremor do último dia 19 que, segundo dados atualizados neste sábado, matou 298 pessoas.

 

As vítimas fatais estavam na capital do país, a Cidade do México (160), e nos estados de Morelos (73), Puebla (45), Estado do México (13), Guerrero (6) e Oaxaca (1). Além disso, a Procuradoria-Geral do México confirmou que um helicóptero que atuava na ajuda às pessoas afetadas em áreas isoladas tanto no dia 19 como no dia 8 - que matou outras 98 pessoas - caiu durante o voo. Um dos tripulantes morreu e as outras sete pessoas a bordo sofreram ferimentos.

Mundo

23 de Set // | Mundo

Um batizado de uma bebê de dois meses resultou na morte trágica de 12 pessoas em uma igreja após o terremoto no México de terça-feira. Por causa do abalo sísmico de 7,1 de magnitude que atingiu o país, o teto caiu e soterrou membros de uma família em Atzala, uma cidade de Puebla, Estado no leste do país.

 

A cerimônia, prevista para às 13h locais, havia acabado de começar quando o terremoto derrubou a cúpula da igreja Apóstolo Santiago, que caiu sobre as pessoas presentes. A bebê que ia ser batizada, sua irmã de três anos, sua mãe e seus padrinhos morreram. O pai foi levado ao hospital em estado grave.

 

Segundo Paulo Carvajal, porta-voz da arquidiocese de Puebla, o padre e o sacristão saíram ilesos, escapando por uma porta na parte de trás da igreja. O padre "está bem, embora preocupado", disse Carvajal à BBC Mundo. De acordo com jornais locais, habitantes de Atzala se mobilizaram para procurar sobreviventes sob os escombros. O cortejo fúnebre das vítimas parou a cidade na quarta, quando 11 integrantes da família foram enterrados.

Mundo

22 de Set // | Mundo

A Coreia do Norte disse nesta sexta-feira (22) que pode testar uma bomba de hidrogênio de escala sem precedentes sobre o oceano Pacífico. O anúncio foi feito em Nova York pelo ministro de Relações Exteriores norte-coreano, Ri Yong Ho, que afirmou não conhecer os pensamentos exatos do líder Kim Jung- un, segundo a Reuters.

 

A ameaça acontece dias depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que vai "destruir o país caso não tenha outra escolha", em seu primeiro discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas. A declaração do chanceler norte-coreano ocorre após Kim Jong-un fazer um pronunciamento em que classifica o discurso de Trump na ONU como “excêntrico”.

 

"Seja lá o que Trump estivesse esperando, ele irá enfrentar resultados além de sua expectativa. Eu certamente e definitamente irei domar o mentalmente perturbado senil dos EUA com fogo", disse ainda, prometendo medidas "do mais alto nível", declarou o líder norte-coreano, de acordo com a agência norte-coreana KCNA. Pouco tempo depois da divulgação da última ameaça norte-coreana, Trump afirmou no Twitter:

Mundo

21 de Set // | Mundo

O papa Francisco anunciou nesta quinta-feira (21) que um religioso efetivamente condenado por abuso sexual contra um menor de idade não poderá apresentar recurso e jamais terá a graça concedida. O pontífice fez este anúncio ao receber os membros da Pontifícia Comissão para a Tutela dos Menores.

 

Francisco, que tinha um discurso escrito, deixou o protocolo de lado para falar de improviso sobre algumas das preocupações e acusações de atraso que surgiram sobre como a Igreja está enfrentando o problema e reconheceu que existe lentidão na hora de analisar os muitos casos que chegam.

 

Segundo o papa, os atrasos se devem a dois fatores: falta de pessoal e os vários pedidos de recurso. "Os advogados trabalham para tentar diminuir a pena, porque é disso que os advogados vivem", explicou o pontífice, lembrando que então todos os aspectos legais são analisados novamente, provocando mais atraso. Diante disso, Francisco anunciou que está trabalhando para que quando um abuso for provado, isso será suficiente para não admitir recurso.

Mundo

21 de Set // | Mundo

O presidente do México, Enrique Peña Nieto, anunciou nesta última quarta-feira (20) o planejamento de ações para gerir os danos causados pelo terremoto ocorrido na última terça-feira (19) e pediu aos voluntários que apoiem o trabalho de auxílio às vítimas. "Somos todos um quando se trata de salvar uma vida", disse.

 

De acordo com informações da Agência EFE, Pieña Nieto informou que o governo realizará três ações: apoio à população afetada, elaboração de um censo amplo de danos materiais, e por fim, reconstrução – esta última etapa, segundo o presidente, "exigirá inicialmente a demolição de edifícios com danos estruturais irreparáveis e a remoção de detritos".

 

"Nessa etapa, será necessária a participação ativa do setor privado e da sociedade como um todo durante as próximas semanas", completou. Foram registradas até agora 230 mortes por causa do terremoto, de magnitude 7,1 na escala Richter – entre as vítimas, 100 eram na Cidade do México, 69 no estado de Morelos, 43 em Puebla, 13 no Estado do México, 4 em Guerrero e 1 em Oaxaca.

Mundo

21 de Set // | Mundo

O Brasil assinou o Tratado para Proibição de Armas Nucleares. O presidente Temer foi o primeiro a assinar o texto. Mais oito países devem firmar o documento. O acordo impede que os Estados-parte desenvolvam, testem, produzam, adquiram, tenham ou estoquem armas nucleares ou qualquer outro dispositivo nuclear explosivo.


A conferência para negociar o texto foi proposta pelo Brasil, a África do Sul, Áustria, Irlanda, o México e a Nigéria no fim de 2016. O tratado obriga os Estados-parte a não participar ou permitir atividades relacionadas ao uso e também ao desenvolvimento de armas nucleares.

 

O texto do tratado foi acordado no último dia 7 de julho. A segunda etapa é a assinatura de hoje, embora esse seja apenas o primeiro dia para assinatura, que pode ser feita por outros países a partir de agora. Depois disso, ainda é necessário que cada país que tenha assinado o texto faça a ratificação, e o acordo só passa a valer depois que 50 países tiverem passado por todo o processo.

Mundo

20 de Set // | Mundo

O coordenador nacional da Proteção Civil da Secretaria de Governo do México, Luis Felipe Fuente, atualizou o número de mortos para 225 após o terremoto de 7,1 pontos que atingiu o México nesta última terça-feira (19), de acordo com o jornal mexicano Excelsior. Foram contabilizadas 84 mortes na Cidade do México.

 

71 mortos foram registradas em Morelos, 43 em Puebla, 12 em Eldomex, 4 em Guerrero e 1 em Oaxaca. Dezenas de membros de equipes de segurança continuam os trabalhos de resgate e ainda foram confirmadas quantas pessoas estão desaparecidas. Na cidade do México, além dos 84 mortos, outras 800 estão feridas e 39 prédios estão completamente destruídos, disse o chefe de governo da capital, Miguel Ángel Mancera.

 

Destas 800, 200 continuam internadas em hospitais. Ainda segundo Mancera, muitas pessoas foram resgatadas ainda com vida, mas as autoriodades ainda acreditam que a maioria está sob os escombros. Pelo menos 32 crianças e cinco adultos morreram em uma escola que desabou no sul da Cidade do México. O prédio caiu devido ao terremoto que atingiu o país. O presidente Enrique Peña Nieto, estabeleceu como prioridade o resgate de pessoas soterradas e o atendimento aos feridos.

Mundo

20 de Set // | Mundo

Um terremoto de 7,1 graus deixou pelo menos 217 mortos nesta última terça-feira (19), no México, entre eles 21 crianças em uma escola, enquanto prosseguem os trabalhos de resgate em vários prédios que desabaram, exatamente no 32º aniversário do tremor que destruiu a capital federal.

 

"Até o momento registramos 217 falecidos: 86 na Cidade do México, 71 em Morelos, 43 em Puebla, 12 no Estado do México, três em Guerrero e um em Oaxaca", escreveu no Twitter Luis Felipe Puente, diretor da Proteção Civil no ministério do Interior. Algumas horas antes, Puentes havia anunciado um balanço de 248 mortos.

 

O presidente Enrique Peña Nieto, que não estava na capital no momento do terremoto e retornou para coordenar os trabalhos de resgate, visitou durante a noite a escola de ensino fundamental Enrique Rebsamen, um edifício de três andares que desabou na tragédia. "Lamentavelmente, várias pessoas morreram, incluindo meninas e meninos, em centros educativos, edifícios e casas. Quero expressar minhas condolências aos que perderam um familiar ou uma pessoa querida", disse Peña Nieto.

Mundo

19 de Set // | Mundo

Um terremoto de magnitude 7.1 atingiu o México na tarde desta terça-feira (19). O forte tremor foi sentido na Cidade do México, onde as pessoas deixaram os edifícios e correram para as ruas. O tremor ocorreu no 32º aniversário do terremoto que atingiu a Cidade do México em 1985, que deixou pelo menos 5.000 mortos, segundo fontes oficiais.

 

Imagens divulgadas nas redes sociais mostram que prédios desabaram, e autoridades confirmam que ao menos duas pessoas morreram. O prefeito da Cidade do México disse que há pessoas presas nos escombros. Ainda não está clara a extensão dos danos provocados pelo tremor. Imagens de televisão mostraram pessoas sendo retiradas dos escritórios nas principais cidades.

 

Testemunhas disseram que havia cenas de pânico e pessoas choravam nas ruas depois de deixar suas casas. Carros ficaram esmagados por escombros. O epicentro do tremor foi nos arredores de Axochiapan, no Estado de Morelos, segundo o Serviço Nacional mexicano. Ele foi registrado a 57 km de profundidade. O tremor ocorreu apenas algumas horas depois de muitos participarem de treinamentos sobre terremotos no aniversário do sismo devastador de 1985.

Mundo

19 de Set // | Mundo

O presidente Michel Temer defendeu nesta terça (19), durante o discurso de abertura da 72ª Assembleia Geral das Nações Unidas, que o Brasil deve estar mais aberto ao mundo e preocupado com temas importantes para a agenda internacional, como o programa nuclear da Coreia do Norte, que chamou de “grave ameaça”; a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, e a crise na Venezuela.

 

Ele também citou as mudanças climáticas e o Acordo de Paris. “O desmatamento é uma questão que nos preocupa, especialmente na Amazônia”. O presidente também destacou a assinatura do Tratado para a Proibição das Armas Nucleares, proposto por Brasil, México, Nigéria, África do Sul, Áustria e Irlanda, que acontecerá nesta quarta-feira (20).

 

O tratado foi concluído em julho deste ano e o Brasil é um dos 26 países que devem ratificá-lo – o documento só entra em vigor após a assinatura de, ao menos, 50 nações. No que diz respeito à paz mundial, Temer afirmou, em relação à Síria, que “a solução que se deve buscar é essencialmente política” e sobre o terrorismo, disse que é um “mal que se alimenta dos fundamentalismos e da exclusão” segundo informações da Agência Brasil.

Mundo

19 de Set // | Mundo

O presidente Michel Temer faz, nesta terça-feira (19), em Nova York, o discurso de abertura da 72ª Assembleia Geral das Nações Unidas. Tradicionalmente, a fala inaugural do debate geral entre os chefes de Estado e de governo cabe ao presidente do Brasil. Temer é o primeiro chefe de Estado a discursar.

 

Conforme a agenda divulgada pela assessoria do Palácio do Planalto, a abertura dos debates está prevista para as 10h (hora de Brasília). Ao chegar à sede das Nações Unidas, Temer conversará com o secretário-geral da ONU, o português António Guterres.

 

Antes da fala do presidente do Brasil devem se pronunciar Guterres e o presidente da Assembleia Geral, o eslovaco Miroslav Lajcák. Temer seguiu com sua comitiva para os Estados Unidos na manhã de segunda, depois de empossar a nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Já em Nova York, no mesmo dia ele participou de um jantar oferecido pelo presidente norte-americano Donald Trump.

Mundo

17 de Set // | Mundo

A embaixadora dos Estados Unidos nas Nações Unidas, Nikki Haley, disse neste domingo (17) que o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) esgotou suas opções na contenção do programa nuclear da Coreia do Norte. Ela ainda afirmou que os EUA podem ter que entregar o assunto ao Pentágono.

 

"Nós esgotamos todas as coisas que poderíamos fazer no Conselho de Segurança neste momento", disse Haley ao "State of the Union" da CNN, acrescentando que estava perfeitamente feliz em entregar o assunto ao secretário de Defesa, James Mattis. "Estamos tentando todas as outras possibilidades que temos, mas há muitas opções militares na mesa", acrescentou.

 

No sábado (16), o líder norte-coreano Kim Jong Un afirmou que o objetivo do país de desenvolver sua força nuclear "está quase concluído", segundo a agência de notícias estatal KCNA, citada pela Reuters. A Coreia do Norte pretende alcançar um "equilíbrio" de força militar com os Estados Unidos, que indicaram que sua paciência para diplomacia está acabando após Pyongyang disparar um míssil cruzando o Japão pela 2ª vez em menos de um mês.

Mundo

17 de Set // | Mundo

Se você tem planos para a semana que vem é melhor se antecipar. É que, de acordo com o numerólogo britânico David Meade, o mundo vai acabar (outra vez) no dia 23 de setembro. O teórico diz que o planeta secreto Nibiru - cuja existência a NASA nega - vai se chocar com a Terra nesta data.

 

Meade também acredita que a história descrita pela Bíblia para o fim do mundo confirma os seus cálculos. Conforme o numerólogo, a passagem está ligada à "convergência do número 33", uma série de coincidências encontradas pelo teórico que incluem o número segundo informações do Correio Braziliense.

 

Ao jornal britânico The Daily Star ele afirmou que "o grande eclipse americano de 21 de agosto de 2017 foi um precursor [do fim do mundo]".  Para o numerólogo, o eclipse que escureceu a porção norte do planeta foi a concretização de um presságio do profeta Isaías narrado no antigo testamento da Bíblia. 23 de setembro de 2017 é o 33º dia após o eclipse total do Sol, o que David considera "uma profecia incrível e um sinal assustador".

Mundo

17 de Set // | Mundo

O Supremo Tribunal egípcio ratificou no sábado (16) uma condenação à prisão perpétua contra o ex-presidente islamita do Egito Mohamed Mursi. A sentença, que é definitiva, confirma uma condenação à prisão perpétua - 25 anos no Egito - feita em 2016 contra Mursi por ter comandado uma "organização ilegal", disse seu advogado, Abdel Moneim Abdel Maqsud.

 

No mesmo caso, relacionado com a entrega de segredos ao Catar, o Supremo anulou a pena de 15 anos de prisão que havia sido imposta a Mursi em primeira instância pelo roubo de documentos do Estado. O Supremo revisou o caso, depois que os advogados do ex-presidente islamita, derrubado em 2013 pelo Exército, recorreram da sentença inicial, de 2016.

 

O tribunal também julgou outros cinco acusados, dos quais três foram condenados à morte, um à prisão perpétua, e o último a uma pena de 15 anos de prisão. O julgamento tratou do suposto caso de entrega de segredos ao Catar, país aliado do então governo Mursi que criticou o golpe contra o ex-presidente. O Catar sempre negou as acusações sobre esses documentos. Centenas de seguidores de Mursi morreram nos protestos posteriores à sua queda.

Mundo

17 de Set // | Mundo

A Polícia britânica anunciou neste domingo (17) que deteve mais um suspeito de ligação com o atentado na estação Parsons Green do metrô de Londres que deixou 30 feridos nesta última sexta-feira (15). Um homem, de 21 anos, foi capturado em Hounslow, na periferia da capital de Inglaterra.

 

O primeiro suspeito, um homem de 18 anos, foi detido no sábado em Dover. Durante o sábado, a polícia fez buscas em Sunbury-on-Thames, que fica a cerca de 20 km de Londres, esvaziando preventivamente casas vizinhas a um determinado imóvel não revelado. O país está com nível de alerta crítico para atentados terroristas.

 

O ministério do Interior britânico, Amber Rudd, afirmou após encontro com o comitê que atua contra ações terroristas que ainda é cedo para dizer se as pessoas que estão atrás do ataque ao metrô já eram conhecidas dos serviços de segurança. Às 8h40 de sexta, um artefato de fabricação caseira, dentro de balde branco dentro de um saco de supermercado, explodiu parcialmente em um trem da linha District, que seguia para o centro da capital britânica.

Mundo

17 de Set // | Mundo

Os parlamentares da Califórnia aprovaram neste sábado a lei de "estado santuário" que proíbe a polícia de pedir o status de imigrante a pessoas que foram presas e limita a cooperação com oficiais de imigração. A lei tem irritado as autoridades federais que argumentaram que a legislação prioriza a política em relação à segurança pública.

 

A legislação agora segue para sanção do governador do estado, Jerry Brown, que anunciou seu apoio depois que o principal líder do Senado do estado concordou em reduzir o projeto de lei e preservar a autoridade para que os funcionários das prisões cooperem com oficiais de imigração em muitos casos.

 

A legislação é o último esforço dos parlamentares democratas na Califórnia, que abriga cerca de 2,3 milhões de imigrantes ilegais, para criar barreiras à promessa da campanha do presidente americano, Donald Trump, para intensificar os esforços de deportação. Eles também aprovaram dinheiro para assistência jurídica e bolsas de estudos universitários para pessoas que vivem ilegalmente nos EUA e tornaram mais difícil para empresas e agências governamentais divulgarem o status de imigração das pessoas.

Mundo

17 de Set // | Mundo

A absolvição de um policial acusado de matar um jovem negro em 2011 nos Estados Unidos gerou protestos neste último sábado (16). Segundo a agência EFE, a polícia de St. Louis, no estado do Missouri, informou que dois agentes ficaram feridos, durante protesto. A absolvição ocorreu nesta última sexta-feira (15).

 

O ex-policial Jason Stockley é acusado de, em 2011, matar o o jovem negro Anthony Lamar Smith. Conforme a Agência Brasil, o protesto chegou até a casa da prefeita de St. Louis, a democrata Lyda Krewson, onde os manifestantes quebraram uma janela e jogaram tinta antes de serem dispersados pela polícia.

 

O juiz considerou Sotckley inocente das acusações e, no veredito, disse que a morte a tiros do jovem Anthony Lamar Smith ocorreu devido ao seu “comportamento perigoso”. A decisão aqueceu os ânimos em uma cidade com outros casos de violência policial, a exemplo do assassinato do jovem negro Michael Brown, em Ferguson, que desencadeou uma série de protestos em mais de uma centena de cidades do país.

Mundo

15 de Set // | Mundo

Em todo o mundo, 815 milhões de pessoas passam fome. Um dos desafios da humanidade será garantir que, em 2050, com uma população estimada em 10 bilhões de pessoas, todos tenham o que comer, prevê o relatório The State of Food Security and Nutrition in the World 2017 (o estado da segurança alimentar e nutrição no mundo, em tradução livre).

 

O estudo foi anunciado na manhã desta sexta-feira (15), em Roma, por organismos das Nações Unidas e oferece estimativas atualizadas sobre o número e proporção de pessoas que sofrem com a fome, apresentando dados globais, regionais e nacionais, além de avaliar as perspectivas para o futuro segundo informações da Agência Brasil.

 

A grande maioria das 815 milhões de pessoas que sofrem de insegurança alimentar (489 milhões de pessoas) vivem em países afetados por conflitos. Quase 122 milhões de crianças menores de cinco anos, com atrasos de crescimento (75% delas), vivem em situação de conflito. De acordo com o relatório, os países em conflito apresentam em média uma taxa de desnutrição infantil de 9% a mais do que nos outros países.

Mundo

15 de Set // | Mundo

O Comando do Pacífico dos Estados Unidos confirmou que a Coreia do Norte lançou um míssil de alcance intermediário nesta sexta-feira (quinta-feira no horário de Pyongyang) que sobrevoou o norte do Japão. O projétil não representou ameaça para o território norte-americano ou para a ilha de Guam, um território americano no Pacífico, disse o comandante.

 

O Pacom ainda realiza "avaliação mais detalhada" sobre o míssil norte-coreano. Segundo a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, o presidente dos EUA, Donald Trump, foi notificado do lançamento norte-coreano pelo chefe do gabinete, John Kelly. Antes do teste, Trump confirmou que viajará em novembro para China, Coreia do Sul e Japão.

 

Ele não quis falar sobre sua estratégia frente a Coreia do Norte, mas garantiu que os americanos ficarão seguros. O último míssil foi lançado pela Coreia do Norte no final de agosto, também sobrevoando o Japão. O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, afirmou nesta sexta-feira (quinta-feira em Brasília), que seu país "nunca tolerará" as provocações norte-coreanas que "ameaçam a paz mundial" de acordo com agência EFE.

Mundo

15 de Set // | Mundo

Uma explosão em um trem deixou diversos feridos e fechou trecho do metrô de Londres na manhã desta sexta-feira (15). Não há confirmação sobre a gravidade das lesões ou número total de vítimas. Após chamar o ato de "incidente", a polícia já trata o caso como um "ato de terrorismo". A explosão foi descrita por uma testemunha como uma "bola de fogo".

 

Citando uma testemunha no local, a agência de notícias Reuters diz que ao menos seis ambulâncias e um helicóptero se deslocaram à estação Parsons Green no oeste da cidade. Um jornal britânico diz que um passageiro sofreu queimaduras no rosto e que outros foram feridos nos instantes de pânico.

 

O serviço de metrô na linha distrital foi suspenso entre as estações Earls Court e Wimbledon, segundo o jornal britânico "Guardian". Imagens circuladas pelas redes sociais, e ainda não confirmadas, mostram uma espécie de dispositivo explosivo improvisado no vagão. O Reino Unido foi alvo de quatro atentados neste ano. O mais grave deles ocorreu em Manchester na saída de um show da cantora americana Ariana Grande, com 22 vítimas.

Mundo

15 de Set // | Mundo

A Coreia do Norte lançou um novo míssil a partir de uma área próxima da capital Pyongyang, que então sobrevoou o Japão e caiu no Oceano Pacífico, disseram nesta sexta (15, pela hora local) autoridades japonesas e sul-coreanas. Os cidadãos japoneses foram alertados para ficar longe de qualquer material que possa ser destroço de míssil.

 

Em comunicado, o Comando de Defesa Aeroespacial dos EUA (Norad) disse se tratar de um míssil balístico de alcance intermediário, que não ofereceu riscos a Guam ou aos Estados Unidos, e que o lançamento ocorreu a partir das proximidades de Sunan. O Conselho de Segurança da ONU irá se reunir na tarde desta sexta para discutir o novo lançamento.

 

O gabinete presidencial sul-coreano também convocou imediatamente uma reunião do Conselho de Segurança Nacional. As tropas do país realizavam um treinamento de mísseis balísticos no Mar do Japão em resposta à provocação anterior do vizinho do norte. O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, que estava na India, regressou ao Japão e condenou duramente o lançamento.

Mundo

14 de Set // | Mundo

O governador do Texas, Greg Abbott, declarou nesta quinta-feira (14) que mais de 80 pessoas provavelmente morreram no estado como resultado do furacão Harvey, que atingiu a região há cerca de três semanas e trouxe inundações recordes para a área de Houston. "Temos informações que houveram 82 mortes", declarou Abbott durante uma entrevista coletiva.

 

O governador acrescentou que o estado aguarda confirmação das autoridades locais para ter certeza que as mortes tenham sido provocadas pela tempestade. Funcionários locais tinham declarado anteriormente que havia cerca de 60 mortes provocadas pelo furacão de categoria 4 que atingiu o Texas no 25 de agosto.

 

Harvey foi o furacão mais forte que atingiu o estado em mais de 50 anos.Cerca de 140 mil casas foram danificadas ou destruídas pela tempestade e pelas inundações, segundo informações do Departamento de Segurança Pública do Texas. Abbott declarou que as estimativas dos danos estão em volta de US$ 180 bilhões, o que tornaria Harvey um dos desastres naturais mais caros da história dos Estados Unidos.

Mundo

14 de Set // | Mundo

A Coreia do Norte estendeu a sua ameaça nuclear ao Japão e à Coreia do Sul, recriminando-os pelo "ardente" apoio aos EUA na busca de novas sanções e defendendo o desejo do exército e do povo de os "liquidar". "Vamos reduzir o território dos EUA a cinzas e escuridão", afirmou também o executivo do país asiático, em comunicado.

 

O regime norte-coreano acredita ser necessário "infligir um golpe" aos japoneses, que "não entraram nos eixos", nem mesmo depois de um míssil balístico intercontinental ter sobrevoado o arquipélago, cujas ilhas "deviam ser afundadas pela bomba nuclear Juché [a ideologia oficial norte-coreana de autossuficiência]", afirmou um porta-voz do Comité norte-coreano.

 

O comité norte-coreano também se manifestou contra o governo de Seul, que acusou de ser um grupo de "traidores" e de "cães dos EUA" por terem pedido sanções mais duras contra os seus "compatriotas". "O grupo de traidores pró EUA deve ser severamente castigado e liquidado com um ataque de fogo, de modo a que não possam sobreviver. Só aí a nação coreana poderá prosperar num território unificado", afirmou o regime.

Mundo

13 de Set // | Mundo

O Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte emitiu nota na manhã desta quarta-feira (hora local) na qual critica a nova rodada de sanções impostas pelo Conselho de Segurança da ONU e que afirma que o país dará ainda mais incentivo para "o trabalho de consolidação da capacidade de defesa de soberania".

 

Diante disso, a diplomacia de Pyongyang disse que vai lutar pelo "direito do país existir" bem como "garantir a paz e a estabilidade da região por meio de um equilíbrio de forças com os Estados Unidos". Na noite de segunda-feira, o Conselho de Segurança da ONU aprovou de forma unânime um novo pacote de sanções contra o regime de Kim Jong-un.

 

"A República Popular Democrática da Coreia condena severamente as sanções do Conselho de Segurança da ONU, que foi fabricada com todos os meios e métodos vis e perversos pelos Estados Unidos, como o produto de provocação cruel para privar o direito justo a autodefesa da RPDC e com o objetivo de asfixiar totalmente o Estado e o povo coreanos mediante bloqueio econômico", diz a nota, que foi publicada no site da agência estatal KCNA. 

Mundo

12 de Set // | Mundo

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas aprovou nesta segunda (11) uma resolução com novas sanções contra Coreia do Norte pelos testes nucleares e balísticos que vem realizando desde 2006. De acordo com informações da agência Brasil, a resolução foi proposta pelos Estados Unidos e teve o apoio unânime dos 15 membros do conselho.

 

Antes de ir à votação, o texto foi revisado e terá efeitos menos drásticos, e só então pode ser aprovado. Na primeira versão, os EUA pediam que os países-membros deixassem de vender gás, petróleo e outros produtos petrolíferos refinados da Coreia do Norte, além da proibição de comprar produtos têxteis do país, entre outras proibições.

 

A segunda versão reduziu a extensão dessa medida: foi estabelecido o veto à venda de gás natural ou condensado superior a meio milhão de barris a partir de 1º de outubro; o teto é elevado a dois milhões de barris a partir de janeiro de 2018 e vale por 12 meses. A Coreia do Norte também não poderá vender seus produtos têxteis fora do país com informações da agência EFE.

Mundo

11 de Set // | Mundo

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, procurou neste último domingo apoio no mundo islâmico em meio às tensões com os Estados Unidos, tanto no plano político como petroleiro, ao participar na cúpula da Organização para a Cooperação Islâmica (OIC). Maduro chegou na noite de sábado a Astana, capital do Casaquistão.

 

O líder venezuelano que reforçar a independência financeira e evitar o possível colapso econômico de seu país devido às novas sanções americanas. "O povo venezuelano, especialmente nos últimos seis meses, foi testemunha de invasões e intervenções dos EUA, mas resistiremos a essas pressões mantendo a nossa união", disse Maduro ao se reunir com o presidente do Irã, Hassan Rohani.

 

Além de abordar "petróleo, geopolítica e cooperação" com Rohani, Maduro também se reuniu com o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, e foi recebido pelo presidente do Cazaquistão, Nursultan Nazarbayev. Em sua chegada à capital cazaque, afirmou que a missão de sua "visita relâmpago" era "diversificar" as relações econômicas com os países árabes e consolidar as relações com as nações que não fazem parte da Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep).

Mundo

11 de Set // | Mundo

A vida para muitos se transferiu para o ar livre na cidade mexicana de Juchitan, abalada pelo terremoto, onde um terço das casas foi considerada inabitável e réplicas afugentaram as pessoas dos prédios que permaneceram de pé. A cidade neste domingo (10) estava repleta de escombros do terremoto de magnitude 8,1 de quinta-feira.

 

O terremoto matou 90 pessoas no México, muitas na própria Juchitan. Autoridades de Oaxaca e Chiapas disseram que milhares de casas e centenas de escolas foram danificadas. Muitos continuam a dormir a céu aberto, com medo de mais desmoronamentos, enquanto fortes réplicas continuam abalando a cidade, incluindo uma de magnitude 5,2 na manhã de domingo.

 

Alguns moradores de Juchitan procuraram consolo em uma missa ao ar livre, já que muitas das igrejas estão danificadas ou interditadas até que possam ser avaliadas segundo informações do Associated Press. Em uma rua repleta de casas destruídas, o reverendo Ranulfo Pacheco realizou uma homília para dezenas de pessoas em bancos de madeira que foram carregados até o pátio em frente à igreja de Nosso Senhor de Esquipulas.

Mundo

11 de Set // | Mundo

A Coreia do Norte advertiu nesta segunda-feira (11, horário local) aos Estados Unidos que lhe infligirá "o maior dos sofrimentos" se Washington prosseguir exortando as Organizações das Nações Unidas a endurecer suas sanções contra Pyongyang após seu sexto teste nuclear segundo informações da France Presse.

 

Em comunicado reproduzido pela agência oficial KCNA, o ministério norte-coreano das Relações Exteriores adverte que se Washington "aplicar esta resolução ilegal sobre um endurecimento das sanções, a Coreia do Norte garantirá que os Estados Unidos paguem o preço".

 

"As medidas que adotarão vão causar aos Estados Unidos o maior dos sofrimentos e dores de toda a sua história". "O mundo será testemunha de como a Coreia do Norte dobra os gângsteres americanos lançando uma série de ações mais duras do que se possa imaginar". Os Estados Unidos pediram formalmente na sexta-feira que o Conselho de Segurança da ONU vote na próxima segunda novas sanções contra a Coreia do Norte.

Mundo

11 de Set // | Mundo

No último dia de sua passagem pela Colômbia, o papa Francisco sofreu um pequeno acidente no domingo (10) e acabou ferindo o rosto ao bater contra o vidro do Papamóvel após uma freada brusca. Ele precisou aplicar gelo no local machucado e o sangue chegou a manchar sua roupa, mas de acordo com o porta-voz do Vaticano, ele passa bem.

 

O papa começou suas atividades neste domingo com uma visita a uma casa de acolhimento a pessoas sem teto e vítimas de tráfico de pessoas. No início da tarde, ele foi ao Santuário São Pedro Claver, dedicado ao missionário espanhol que defendia os direitos dos escravos segundo informações da Agência Brasil.

 

“Expresso a minha proximidade a cada um dos filhos e filhas desta amada nação, e também aos venezuelanos que encontraram guarida nesta terra colombiana. Daqui, desta cidade-sede dos direitos humanos, faço apelo para que se rejeite todo tipo de violência na vida política e se encontre uma solução para a grave crise que se está a viver e afeta a todos, especialmente aos mais pobres e desfavorecidos da sociedade”, afirmou. Ele ainda celebrou uma missa no fim da tarde, no Porto de Contecar.

Mundo

11 de Set // | Mundo

O Itamaraty informou neste último domingo (10) que irá deslocar um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para resgatar os brasileiros que se encontram na ilha de São Martinho, no Caribe, atingida pela passagem do furacão Irma segundo informações do G1. O resgate deverá ocorrer na próxima terça-feira (12).

 

O furacão Irma atingiu a Flórida, nos Estados Unidos, neste último domingo (10), onde deixou três mortos. Irma, que chegou a ser um furacão de categoria 5, a mais alta da escala Saffir-Simpson, foi reduzido na manhã deste domingo à categoria 3, com ventos de 195 km/h, e às 18 horas (horário de Brasília) para a categoria 2.

 

Outras 28 pessoas morreram nas ilhas do Caribe, com registros nas parte francesa e holandesa de Saint Martin, nas Ilhas Virgens americanas, nas Ilhas Virgens britânicas e no arquipélago de Anguilla, em Porto Rico e em Barbuda. Além de São Martinho, outras duas ilhas apresentam situação de crise com colapso total ou parcial da infraestrutura de transportes, comunicações e abastecimento: Tortola (uma das Ilhas Virgens Britânicas) e Turcas e Caicos (também sob a soberania britânica).

Mundo

08 de Set // | Mundo

O papa Francisco manifestou nesta sexta-feira (8) apoio às pessoas que sofrem as consequências do terremoto que sacudiu o México na noite de ontem e do furacão Irma, que passa pelo Caribe. O furacão Irma continua a se enfraquecer enquanto se desloca rumo a Cuba e o estado da Flórida (EUA) e já é um furacão de categoria 4.

 

No caribe, o furacão causou 18 mortes e arrasou várias ilhas das Pequenas Antilhas. "Neste momento quero expressar minha proximidade espiritual a todos os que sofrem as consequências do terremoto que castigou o México na noite passada, provocando tantas mortes e danos materiais.  A minha oração pelos que perderam a vida e a suas famílias", disse o papa.

 

Francisco falou no término da missa que celebrou na cidade de Villavicencio, na Colômbia. Francisco acrescentou que acompanha "muito de perto o que acontece com o furacão Irma", que está passando pelo Caribe causando um rastro de destruição e já deixou milhares de desalojados. "Eu os levo no meu coração e rezo por eles", afirmou o pontífice sobre as pessoas que tiveram perdas devido ao fenômeno climático.

Mundo

08 de Set // | Mundo

Forte terremoto de magnitude 8,1 atingiu a costa sul do México no final da noite desta quinta-feira (7), informou o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), que registra sismos em todo o mundo. O número de mortes confirmadas chegou a 35 (25 no estado de Oaxaca, 7 em Chiapas e 3 em Tabasco).

 

O Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico chegou a emitir um alerta de possíveis ondas gigantes de até 4 metros de altura para México, Guatemala, El Salvador, Costa Rica, Nicarágua, Panamá, Honduras e Equador. No início da manhã, o aviso foi retirado. O sismo sacudiu quase todo o México e foi sentido em vários países da América Central.

 

"Foram segundos de muito medo e sentimento de impotência. Os vidros começaram a fazer ruído como se estivessem trincando. Depois veio a pior parte, o prédio balançando, parecia um navio", disse a dona de casa Sandra Regina Lima, de 39 anos, que mora com o marido e o filho de quatro na Cidade do México. Apesar do susto, o Itamaraty informou que até o momento não há brasileiros entre as vítimas.

Mundo

08 de Set // | Mundo

É assustador." Assim o advogado Renato Seitenfus, de 37 anos, define sua situação, após decidir deixar a cidade de Tampa, na Flórida, onde mora há sete anos com o marido, Fabiano Laux, para fugir da rota do furacão Irma. A agência espacial americana, a Nasa, diz que esse fenômeno é o maior do tipo na última década.

 

Depois de causar devastação no Caribe, o ciclone tropical está se encaminhando para a costa leste dos Estados Unidos e pode atingir o sul do país neste final de semana. Seguindo a ordem de evacuação emitida por autoridades - para mais de meio milhão de pessoas -, o casal brasileiro decidiu ir para Nova Orleans, 1,1 mil km ao norte.


Eles contam que, desde o início da semana, há um "pânico coletivo" gerado pelo furacão. Os estoques de água e alguns alimentos enlatados acabaram nos supermercados, assim como a gasolina em diversos postos. Muitas pessoas compraram sacos de areia para colocar nas portas de casa para o caso de haver inundações. "As pessoas estão com medo e muito apreensivas. Até ficaram mais agressivas no trânsito. Três colegas do trabalho compraram munição para estocar por medo de haver saques e invasões.





Classificados


Enquete



Mais Lidas