Notícias

Mundo

Mundo

20 de Nov // | Mundo

O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou nesta segunda (20) que a Coreia do Norte foi recolocada na lista de patrocinadores de terrorismo. Segundo Trump, os EUA anunciarão novas sanções contra a ditadura norte-coreana nesta terça. A Coreia do Norte foi retirada da lista de países patrocinadores de terrorismo pelo ex-presidente George W. Bush.

 

O fato aconteceu pela tentativa de salvar as negociações para um acordo nuclear. Integram a lista atualmente Irã, Sudão e Síria. Funcionários do governo sugeriram nas últimas semanas que Trump considerava a inclusão de Pyongyang no grupo por conta de suas ambições nucleares e de seus ataques cibernéticos contra os EUA e outros países.

 

Durante a reunião de gabinete em que anunciou a medida nesta segunda, Trump acusou a Coreia do Norte de apoiar "atos de terrorismo internacional", incluindo assassinatos em solo estrangeiro. "Hoje, os EUA estão designando a Coreia do Norte como um Estado patrocinador do terrorismo. Isto deveria ter acontecido há muito tempo", afirmou o presidente. Ele disse ainda que a Coreia do Norte "deve acabar com o desenvolvimento ilegal de mísseis balísticos e nucleares".

Mundo

20 de Nov // | Mundo

A revelação do pedido da ministra Luislinda Valois, que requereu ao governo receber R$ 61,4 mil sob alegação de trabalho escravo, ganhou repercussão internacional. O caso revelado com exclusividade pela Coluna do Estadão estampou as principais páginas dos jornais e sites em países do mundo inteiro.

 

No Reino Unido, o News Week trouxe como título Brazilian Official Feels Like a ‘Slave’ Because She Only Earns $10,000 a Month (Autoridade brasileira se sente como escrava porque ganha só 10 mil dólares por mês). A matéria ressalta que o pedido foi feito em "um País onde média salarial da população está em torno de R$ 2 mil e há milhões de cidadãos vivendo na pobreza".

 

A mesma reportagem foi replicada em outros portais do Reino Unido. O espanhol El Diário mostrou que que "Polémica en Brasil tras pedido de ministra de DDHH para acumular sus salarios" (A polêmica no Brasil com o pedido da ministra de Direitos Humanos para acumular seus salários). O texto retrata que o governo brasileiro se envolveu em nova situação embaraçosa com o requerimento de Luislinda.

Mundo

20 de Nov // | Mundo

Charles Manson, líder da seita que assassinou a atriz Sharon Tate em 1969, morreu neste domingo (19), aos 83 anos, no hospital de Bakersfield, na Califórnia. As causas da morte ainda não foram reveladas. Ele estava internado desde quarta-feira (15), quando foi levado às pressas para o centro médico, escoltado por cinco policiais.

 

Manson, que tinha uma suástica tatuada na testa, já havia sido hospitalizado em janeiro para ser operado por lesões no intestino e uma hemorragia interna, mas seu estado foi considerado muito frágil para isto e ele retornou à prisão. Manson chefiou a seita denominada 'A Família' e era um dos criminosos mais conhecidos nos Estados Unidos. Ele estava na prisão havia mais 40 anos.

 

Ele foi condenado à morte em 1971 ao lado de quatro de seus discípulos pelo assassinato de sete pessoas, incluindo a atriz Sharon Tate, na época esposa do cineasta Roman Polanski, que estava grávida de oito meses e meio. Os crimes ocorreram em agosto de 1969 e comoveram os Estados Unidos, marcando simbolicamente a contracultura dos anos 1960 e o movimento hippie. As condenações foram comutadas para prisão perpétua.

Mundo

16 de Nov // | Mundo

Um médico baiano de 49 anos morreu durante passeio para escalar um vulcão, no Deserto do Atacama, no Chile segundo informações do G1. De acordo com o Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb), André Luis Andrade de Oliveira teve um mau súbito e morreu no local, na última segunda-feira (13).

 

O Cremeb lamentou a morte do médico, que se graduou na Universidade Federal da Bahia. André Luis era cardiologista e estava com a mulher, que também é cardiologista, quando se sentiu mal. O casal estava com grupo de turistas que subia o vulcão Láscar, na região de Antofagasta, localizada a cerca de 5 mil metros acima do mar.

 

Ainda de acordo com o Cremeb, o médico André Luis atuava em emergências e UTI's em Salvador. “No trabalho em Emergências e UTIs era admirado pela disposição e tranquilidade com que lidava com pacientes ansiosos ou com doenças graves. Na vida social, sempre uma pessoa alegre e que irradiava otimismo. Com uma vitalidade transbordante, aproveitava cada momento, com a leveza de quem não tinha medo da morte”.

Mundo

16 de Nov // | Mundo

A polícia de Lisboa divulgou nota sobre o caso da brasileira Ivanice Carvalho da Costa, de 36 anos, que foi morta a tiros por engano por agentes policiais na capital portuguesa na madrugada de quarta-feira, 15, após ter seu carro confundido em uma perseguição policial segundo informações do Estadão Conteúdo.

 

Em nota oficial divulgada nesta quinta-feira (16), a Polícia de Segurança Oficial (PSP) afirmou que os policiais estavam à procura de assaltantes que haviam furtado um caixa eletrônico em Almada, na região de Lisboa e o carro em que estava Ivanice Costa "aparentava corresponder às características da viatura suspeita".

 

O carro em que ela estava, um Renault Megane preto, foi atingido por mais de 20 tiros. De acordo com informações divulgadas na imprensa portuguesa, Ivanice Costa foi baleada no pescoço e morreu ainda antes de chegar ao hospital. Ainda segundo a corporação, o "condutor desobedeceu à ordem de paragem". Ele está detido por "condução sem habilitação legal", "desobediência ao sinal de paragem" e "condução perigosa" 

Mundo

15 de Nov // | Mundo

O Papa Francisco foi presenteado nesta quarta-feira (15) com um carro da marca de luxo Lamborghini, de cor branca e com detalhes em amarelo, que será leiloado para financiar quatro projetos humanitários, informou a Santa Sé. O pontífice benzeu o carro, modelo Huracán, e assinou o capô, diante de diretores da marca presentes no Vaticano.

 

O automóvel será vendido pela casa Sotheby's. O preço do modelo gira em torno de 200 mil euros (mais de R$ 780 mil), mas se espera que o carro do papa seja arrematado por um valor mais alto. O Papa, que costuma receber presentes curiosos, já havia leiloado, com fins de caridade, uma motocicleta Harley Davidson.

 

Francisco abriu mão das limusines usadas por seus predecessores e agora usa um Ford Focus azul, mais modesto. Francisco determinou que o dinheiro arrecadado seja usado para financiar um projeto de reconstrução de residências, locais de culto e infraestrutura pública na planície de Nínive, no Iraque, a fim de ajudar os cristãos que fugiram da guerra a recuperar "suas raízes e sua dignidade", indicou a Santa Sé.

Mundo

15 de Nov // | Mundo

Ao menos 152 milhões de crianças são vítimas do trabalho infantil no mundo, e 73 milhões realizam serviços de risco, revelou nesta terça-feira (14), em Buenos Aires, Argentina, o diretor-geral da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Guy Ryder. Ao menos 25 milhões de pessoas são vítimas de trabalho forçado no mundo.

 

"Ainda há 152 milhões de meninos e meninas vítimas do trabalho infantil, quase um a cada dez no mundo. Deste total, quase a metade realiza trabalhos perigosos", disse Ryder ao inaugurar a IV Conferência Mundial sobre a Erradicação do Trabalho Infantil, na capital argentina segundo informações do France Presse.

 

As metas estabelecidas pelas Nações Unidas apontam para acabar com o trabalho infantil até 2025, e com o trabalho forçado até 2030. "As metas não podem ser mais claras, como também a incômoda realidade de que se não fizermos mais e melhor não vamos conseguir", disse Ryder. De acordo com estudos da OIT, o trabalho infantil se concentra 71% na agricultura, 17% no setor de serviços e 12% no setor industrial, especialmente na mineração.

Mundo

14 de Nov // | Mundo

O último balanço de vítimas do terremoto que atingiu a fronteira do Iraque com o Irã aponta que o número de mortos subiu para 530 mortos e o de feridos para 8 mil nesta terça-feira (14), de acordo com a Reuters, citando a agência estatal iraniana Irna. O presidente iraniano, Hassan Rohani, visitou algumas das áreas mais afetadas.

 

Ele prometeu ajuda governamental para a reconstrução. Rohani se deslocou até a cidade de Sarpol-e Zahab, que fica na província de Kermanshah, a mais atingida pelo terremoto de 7,3 de magnitude. Pelo menos 430 pessoas morreram nesta região onde o chefe de estado iraniano supervisionou as operações de resgate e se reuniu com os afetados.

 

Em sua chegada a Kermanshah, capital provincial, o presidente iraniano garantiu que foram mobilizados todos os recursos do governo para fazer frente à crise e anunciou que serão proporcionados empréstimos às pessoas que precisem reconstruir seus lares. "O governo acelerará este processo para que possa ser feito no menor tempo possível", afirmou Rouhani, segundo um comunicado da presidência iraniana.

Mundo

13 de Nov // | Mundo

A modesta igreja no Texas onde um homem armado matou 26 pessoas no último dia 5 foi reaberta no domingo (12) com uma cerimônia de homenagem às vítimas, dando ao público o primeiro vislumbre do local onde ocorreu um dos ataques a tiros em massa mais chocantes da história dos Estados Unidos.


Sinais do massacre que, segundo autoridades, deixou 20 feridos além das vítimas fatais, foram apagados na Primeira Igreja Batista de Sutherland Springs após esforços de uma semana para transformar o santuário devastado em um altar de homenagem às vítimas. Todos os bancos, carpetes e equipamentos da Igreja foram removidos.

 

Os chão ainda estava molhado das camadas de tinta fresca. As janelas também foram pintadas com aquarelas. Cadeiras dobráveis brancas foram espalhadas pela igreja, cada uma marcando o exato local onde o corpo de uma vítima foi encontrado. Uma única rosa, decorada com uma fita branca, adornava cada cadeira, que tinha o nome da vítima escrito em dourado, junto com uma cruz vermelha, pintada em sua parte de trás.

Mundo

13 de Nov // | Mundo

O número de mortos após o tremor na fronteira entre Iraque e o Irã subiu para 340 nesta segunda-feira (13). O número de feridos passa de 1,7 mil. O epicentro do tremor de 7,3 de magnitude foi registrado a 22,4 km de Derbendîxan, no Iraque, na tarde de domingo (12). Os trabalhos de resgate e de retirada de escombros continuam nesta manhã.

 

Na província iraniana de Kermanshah, o número de mortos subiu para 328 e o de feridos passou para 3.950. Mais cedo, o vice-presidente da Organização de Gestião de Crises do Irã, Behnam Saidi, tinha afirmado que ao menos 207 pessoas morreram e 1.686 tinham ficado feridas.

 

Mas ele não descartava um aumento no número de vítimas. Já no Iraque, o tremor deixou seis mortos na província de Suleimaniya, que fica na região do Curdistão iraquiano. O terremoto, que ocorreu às 21h18 (horário local, 16h18 em Brasília), atingiu todas as províncias do Iraque e foi sentido na capital Bagdá por 20 segundos segundo Reuters e Associated Press, citando a agência iraniana Irna.

Mundo

09 de Nov // | Mundo

A igreja no Texas onde 26 pessoas foram mortas por um atirador no último domingo será demolida, anunciou nesta quinta (9) o pastor local. Frank Pomeroy disse a líderes da Convenção Batista Sulista no início desta semana que seria muito doloroso continuar usando a Primeira Igreja Batista de Sutherland Springs como local de adoração.

 

Pomeroy discutiu o plano com os líderes da denominação, que viajaram até a comunidade rural em sinal de apoio, disse um porta-voz nacional. O pastor descreveu o prédio como “uma lembrança muito forte” do massacre, disse o porta-voz Sing Oldham. Pomeroy expressou a esperança de transformar o local em um memorial aos mortos.

 

Ele quer construir um novo prédio em outro terreno que a igreja possui. Charlene Uhl, mãe de Haley Krueger, de 16 anos, que morreu no ataque, concorda com a demolição. “Ainda deve haver uma igreja, mas não aqui”, disse ela ao visitar uma fileira de cruzes brancas em homenagem às vítimas em frente ao local. Ela disse que sua filha frequentava as missas e um grupo noturno semanal de jovens mantido por outra vítima, Karla Holcombe.

Mundo

08 de Nov // | Mundo

O Papa Francisco disse nesta quarta-feira (8) que fica triste quando vê fiéis e até religiosos usarem o celular para fazer fotos durante a missa. Na audiência geral, na Praça São Pedro, o pontífice falou sobre diversos temas e anunciou um novo ciclo de catequeses, depois da conclusão da série sobre a esperança na semana passada.

 

"Por que, a um certo ponto, o sacerdote diz 'corações ao alto?' Ele não diz 'celulares ao alto para tirar foto!' Não! Fico triste quando celebro e vejo muitos fiéis com os celulares para cima. Não só os fiéis, mas também sacerdotes e até bispos. A missa não é espetáculo, é ir ao encontro da paixão e ressurreição do Senhor. Lembrem-se: chega de celulares", declarou.

 

Enquanto falava da importância de determinados aspectos na Igreja, ele usou uma metáfora para questionar o uso excessivo de aparelhos nas celebrações.O papa começou nesta quarta um novo ciclo de catequese dedicado à celebração eucarística e convidou o público a "crescer no conhecimento do grande dom que Deus nos doou na eucaristia" segundo informaões da Agência EFE.

Mundo

06 de Nov // | Mundo

O autor do ataque a uma igreja na cidade de Sutherland Spring, nos Estados Unidos, era professor de estudos bíblicos e foi expulso da Força Aérea americana. Devin Patrick Kelley, de 26 anos, era natural de New Braunfels, subúrbio de San Antonio, e foi morto depois de uma breve perseguição no condado de Guadalupe.

 

De acordo com O Globo, não se sabe ainda se ele se matou ou se foi morto pelas autoridades. Neste último domingo (5), Kelley matou a tiros mais de 20 pessoas e deixou 24 feridas. Os investigadoress estão acompanhando as redes sociais do atirador para saber o que ele pode ter feito nos dias anteriores ao ataque.

 

Em uma publicação no Facebook, Kelley mostra uma arma semiautomática AR-15. Uma ocnta de LinkedIn mostra que o atirador se formou na New Braunfels High School em 2009 e trabalhou em logística e suprimento na Força Aérea, até que foi desonrado em 2014. Depois disso, ele passou a atuar como professor de estudos bíblicos na Kingsville First Baptist church. A polícia de San Antonio invadiu a casa de Kelley no domingo, mas ainda não há informações do que foi encontrado.

Mundo

06 de Nov // | Mundo

Em meio a uma investigação, liderada pelo príncipe herdeiro e ministro da Defesa Mohammed bin Salman, o rei Salman, da Arábia Saudita, destituiu o príncipe Miteb bin Abdullah, que comandava a Guarda Nacional, substituiu o ministro da Economia, Adel Fakeih, por seu vice, Mohammad al-Tuwijri, e anunciou a criação de uma comissão anticorrupção.

 

Além disso, outros 11 príncipes e dezenas de ex-ministros foram detidos. Segundo informações do canal de notícias estatal, Al-Arabiya, a comissão investiga inundações que devastaram partes da cidade de Jiddagh, em 2009, e a resposta do governo saudita à síndrome respiratória por coronavírus do Oriente Médio, que matou centenas de pessoas nos últimos anos.

 

De acordo com comunicado emitido pelo principal conselho de clérigos da Arábia Saudita, a comissão tem o direito de determinar mandados de prisão, impor restrições a viagens e congelar contas bancárias. Ela pode também rastrear recursos, impedir a transferência deles ou a liquidação de ativos e adotar medidas preventivas até que os casos sejam encaminhados ao judiciário. As prisões foram anunciadas neste último domingo (05).

Mundo

05 de Nov // Gildásio Cavalcante | Mundo

Pelo menos 27 pessoas foram mortas e 24 estão feridas com um tiroteio nos Estados Unidos neste domingo (5). Dessa vez, o crime ocorreu em uma Igreja Batista na cidade de Sutherland Springs, no Texas. Segundo informações do G1, a CNN informou que o atirador foi morto após uma breve perseguição policial nas proximidades do lugar do atentado.

 

No entanto, o porta-voz da polícia local, Robert Murphy, não informou se ele foi morto pela corporação ou se cometeu suicídio. Uma testemunha ouvida pela KSAT, afiliada da rede ABC na cidade, relatou que o homem entrou na Igreja e abriu fogo por volta das 11h30 do horário local, que seria 14h30 pelo horário de Salvador. Em viagem no Japão, o presidente Donald Trump desejou, através do Twitter, "que Deus esteja com as pessoas de Sutherland Springs".

Mundo

01 de Nov // | Mundo

O homem que dirigia a caminhonete que atropelou ao menos 19 pessoas na terça (31), em um atentado terrorista, residia há sete anos nos Estados Unidos, onde entrou pelo aeroporto John F. Kennedy, em Nova York. Oito pessoas morreram. Natural do Uzbequistão, Sayfullo Saipov, 29 anos, é caminhoneiro e também atuava como motorista do Uber.

 

O ataque aconteceu na Rua West, no sul de Manhattan, a poucas quadras do local onde ocorreu o atentado às Torres Gêmeas em 2001. Testemunhas afirmam que ele declarou lealdade ao Estado Islâmico após avançar sobre pedestre e ciclistas e na caminhonete foi encontrada uma bandeira do grupo extremista segundo informações do jornal Folha de S. Paulo.

 

De acordo com as autoridades, Saipov passava o tempo, ultimamente, entre a Flórida e Nova Jersey – há indícios de que ele morasse no último, na cidade de Paterson. Ele já havia morado em Ohio também. O suspeito foi baleado na barriga por um policial e socorrido para o Hospital Bellevue. Saipov é casado e tem filhos. Ele não estava sendo investigado pelas autoridades até praticar o crime.

Mundo

01 de Nov // | Mundo

Dos oito mortos com o atentado terrorista ocorrido na terça (31), em Nova York, cinco são argentinos. Mais uma pessoa de origem argentina está internada entre os 11 feridos. Eles faziam parte de um grupo de 10 ex-alunos da Escola Politécnica de Rosário que foram aos Estados Unidos para comemorar os 30 anos formatura.

 

Eles pedalavam pelo bairro de Manhattan quando foram atropelados por Sayfullo Saipov. Nascido em Uzbequistão, o autor do atentado é um homem de 29 anos que vive nos Estados Unidos desde 2010. Ele dirigia uma camionete alugada e jogou o veículo contra pedestres e ciclistas no local, parando apenas quando se chocou com um ônibus escolar.

 

De acordo com a publicação, testemunhas relataram que ao descer do carro, ele gritou "Allahu Akbar", expressão árabe que significa "Deus é grande" em português. Depois disso, ele foi baleado pela polícia e levado para um hospital. Os argentinos foram identificados como Hernán Diego Mendoza, Diego Enrique Angelini, Alejandro Damián Pagnucco, Ariel Erlij y Hernán Ferruchi e Martín Ludovico, que está no Hospital de Manhattan.

Mundo

31 de Out // | Mundo

Um incidente envolvendo caminhonetes e tiros deixou mortos na tarde desta terça (31) em Nova York, nas proximidades da rua Chambers, na região sul de Manhattan, conhecida por abrigar a prefeitura, o distrito financeiro e o World Trade Center. O número de mortos e feridos não está claro, tampouco se os disparos e atropelamentos estão relacionados.

 

A via onde ocorreu o incidente fica ao lado do rio Hudson e tem uma ciclovia. A Polícia de Nova York investiga as circunstâncias do ocorrido e diz ter prendido uma pessoa. A situação está controlada, mas a polícia pede que as pessoas evitem a região. Testemunhas disseram ter visto um caminhão invadir uma área de pedestres e bicicletas, atropelando pessoas.

 

Nos últimos meses, o uso de caminhões e vans para atropelar grupos ou multidões tornou-se uma tática recorrente de terroristas inspirados pela facção Estado Islâmico, mesmo por aqueles que não têm vínculos com ela. A rede de TV CNN afirmou que a polícia investiga se o caso foi um ataque terrorista. Não há informações oficiais sobre o número de vítimas ou se houve mortos, mas pessoas no local disseram ter vistos corpos estendidos no chão.

Mundo

31 de Out // | Mundo

O governador Rui Costa se reuniu com o presidente de Cuba, Raul Castro, no final da tarde desta última segunda-feira (30), após participar da abertura da 35ª edição da Feira Internacional de Havana (FIHAV). É a primeira vez que um governador do estado visita Cuba em missão oficial.

 

“Acabo de me encontrar com o presidente de Cuba, Raul Castro. Aos 86 anos, tem um espírito jovem e uma inteligência memorável. O que era para ser um encontro de 30 minutos durou 2 horas. Independente de posição política, eu acredito que o país tem muito a ensinar ao mundo sobre o direito à educação”, destacou Rui.

 

Rui se encontrou com Castro, irmão de Fidel, no prédio do Conselho do Estado, em Havana, acompanhado do secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner que apontou os desafios citados pelo presidente cubano na área econômica. “Percebemos que ele pode até vir a deixar o governo, mas nunca a revolução. Esse é o motivo dele de viver. Foi um encontro fantástico, ele nos recebeu super bem e foi muito atencioso”, afirmou.

Mundo

30 de Out // | Mundo

Ex-coordenador da campanha de Donald Trump, Paul Manafort foi denunciado perante a Justiça Federal sob acusação de conspiração contra os Estados Unidos, lavagem de dinheiro, fraude fiscal e financeira, omissão de seu trabalho como agente de governo estrangeiro e declarações falsas a autoridades americanas.

 

A denúncia foi apresentada na sexta (27), pelo procurador especial Robert Mueller, nomeado para comandar a investigação sobre a suspeita de interferência da Rússia na eleição dos EUA com o objetivo de beneficar Trump. Mas não há nenhuma menção à Rússia nem ao trabalho de Manafort na campanha republicana nas 31 páginas em que Mueller descreve suas supostas ações criminosas.

 

O documento foi apresentado em sigilo a um Grande Júri, que concluiu que há indícios suficientes para abertura de um processo criminal contra o consultor político e seu sócio, Rick Gates. Na manhã desta segunda-feira, Manafort se entregou ao FBI. As acusações se concentram nos contratos que ambos tinham para assessorar o ex-presidente da Ucrânia Victor Yanukovych, aliado de Moscou derrubado em uma rebelião popular em 2014.

Mundo

30 de Out // | Mundo

A aprovação do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, caiu de 43% em setembro para 38%, de acordo com a nova pesquisa do The Wall Street Journal e da NBC News, divulgada neste domingo (29). O número representa o menor nível desde o início do mandato segundo informações do Estadão Conteúdo.

 

A pesquisa revela também que 58% dos americanos desaprovam o desempenho de Donald Trump no cargo até agora. Em contrapartida, 42% dos entrevistados aprovam o trabalho do republicano na condução da economia. Mais de oito de cada dez republicanos continuam a reconhecer positivamente o trabalho de Trump como presidente.

 

A pesquisa identificou ainda uma queda do apoio ao presidente entre políticos independentes e sinais de erosão da aprovação por alguns dos principais grupos de apoio ao republicano. A aprovação de mulheres brancas sem diploma universitário, por exemplo, caiu para 40%, enquanto 54% desaprovam Donald Trump. Em setembro, 50% delas aprovavam o presidente dos Estados Unidos e 46% o reprovavam.

Mundo

27 de Out // | Mundo

O Ministério Público Federal (MPF) em Chapecó isentou a Chapecoense e negou qualquer participação brasileira na causa da tragédia aérea que matou 71 pessoas em novembro do ano passado, na Colômbia. Após investigação, o MPF reiterou que o acidente se deveu à falta de combustível no avião da empresa boliviana LaMia.

 

"A partir de todos os elementos colhidos na investigação, concluiu-se não haver evidências de que algum brasileiro possa ter dado causa ou tenha contribuído para o acidente. Também não se identificou qualquer conduta negligente ou imprudente por parte dos dirigentes da Associação Chapecoense de Futebol que efetivaram a contratação da empresa LaMia", disse o MPF.


A investigação também não encontrou indícios de irregularidades na contratação da empresa aérea. No fim do ano passado, após o acidente, investigações iniciais levantaram suspeita sobre a relação entre a empresa aérea e a Conmebol, que teria dado privilégios à companhia boliviana. O MPF afirmou que encontrou indícios em outros voos da LaMia que foram autorizados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Mundo

27 de Out // | Mundo

Vítimas do ataque a tiros durante o festival de música country Route 61 Harvest, em Las Vegas, nos Estados Unidos, ocorrido no último dia 1º deste mês, o bombeiro Kurt Fowler, 41 anos, e sua esposa, Trina, não estão conseguindo pagar as despesas médicas decorrentes dos ferimentos do atentado.

 

59 pessoas morreram e mais de 500 ficaram feridas durante o ataque feito pelo  atirador Stephen Paddock. Segundo informações da rede CNN, Fowler foi atingido no tornozelo – sem poder correr, sobreviveu após se esconder embaixo do palco até o tiroteio cessar. “Eu sabia que meu pé estava completamente inútil”.

 

Ele passou por cirurgia e ficou internado por duas semanas, mas ainda precisa de uma nova operação, além de reabilitação e consultas de acompanhamento com um especialista. Seu plano de saúde cobre US$ 5 mil, com 20% de coparticipação. "Despesas médicas estão astronômicas atualmente", afirmou o bombeiro, que ainda está em um leito do Sunrise Hospital & Medical Center em Las Vegas. "É um obstáculo que parece intransponível, mas vamos fazer o máximo que pudermos".

Mundo

23 de Out // | Mundo

Os Estados Unidos estão "totalmente preparados" para responder às ameaças de Pyongyang, segundo declaração do presidente americano Donald Trump em uma entrevista divulgada neste último domingo (22), na qual também destacou a sua "excelente relação" com o governo chinês. "Estamos tão preparados que você não acreditaria", disse Trump

 

O presidente falou em um programa da rede televisiva Fox News, em referência às tensões com a Coreia do Norte, envolvendo o programa nuclear de Pyongyang. "Ficaria espantado em ver o quão preparado estamos, caso precisemos estar", informou o presidente americano.

 

Nos últimos meses, Trump vem protagonizando uma dura troca verbal com o líder norte-coreano, Kim Jong-Un. "Seria melhor não fazê-lo? A resposta é sim. Será isso que vai acontecer? Vai saber", disse Trump, aparentemente querendo evitar a opção militar. Nos últimos meses, a Coreia do Norte realizou uma série de lançamentos de mísseis e seis testes nucleares, desafiando várias sanções impostas pela Organização das Nações Unidas.

Mundo

20 de Out // | Mundo

O número de mortos no pior ataque da Somália, ocorrido há uma semana na capital Mogadíscio, subiu para 358, anunciou o ministro da informação do país, Abdirahman Osman, nesta sexta-feira (20). O balanço anterior era de 302 mortos. Osman disse ainda que 56 pessoas seguem desaparecidas após o ataque.

 

Segundo as informações do ministro, no total outras 228 pessoas ficaram feridas e 122 foram levadas de transporte aéreo para receberem tratamento na Turquia, no Sudão e no Quênia. No último sábado, um caminhão com mais de 300 kg de explosivos foi detonado num posto de controle numa área movimentada da cidade.

 

Nesta sexta, milhares de somalis se reuniram em Mogadíscio para um funeral simbólico em homenagem às vítimas. O ataque foi o mais mortal desde que o grupo militante islâmico al Shabaab iniciou o processo de insurgência, em 2007. O grupo não assumiu a responsabilidade pelo atentado, mas o governo afirma que o ataque foi organizado pela organização, ligada à Al Qaeda segundo informações do G1.

Mundo

18 de Out // | Mundo

Milhares de pessoas tomaram as ruas da capital da Somália nesta quarta-feira (18), em protesto contra o ataque do último sábado (14), que matou mais de 300 pessoas. Os manifestantes, em sua maioria jovens, atravessaram Mogadíscio cercados por um forte esquema de segurança de acordo com relato da agência Reuters.

 

Foram ouvidos tiros durante uma confusão entre as forças de segurança e os manifestantes, que marcharam até o local do atentado. Pelo menos três pessoas, incluindo uma mulher grávida, ficaram feridas no incidente. Segundo o capitão Mohammed Hussein, tanto guardas somalis quanto soldados da União Africana abriram fogo contra os manifestantes.

 

"Podem nos matar, mas não podem matar nosso espírito e nosso desejo de paz", disse a professora Zainab Muse. Mohamed Salad, estudante universitário, foi um dos que atenderam ao pedido do prefeito Thabit Abdi, de que o povo somalí se mantivesse unido. "Que Alá castigue todos que massacraram o nosso povo", disse Salad. O papa Francisco também falou sobre o ataque nesta quarta, e pediu pela "conversão dos homens violentos".

Mundo

17 de Out // | Mundo

A situação na península coreana está cada vez mais crítica e uma guerra nuclear pode começar a qualquer momento. A declaração é do embaixador adjunto da Coreia do Norte nas Nações Unidas, Kim In Ryong, que participou nesta última segunda-feira (16) de uma reunião no comitê de desarmamento da Assembleia Geral da ONU.

 

A advertência vem após ameaças crescentes entre Coreia do Norte e Estados Unidos, e sanções cada vez mais duras da ONU contra o país asiático. A Rússia já está restringindo laços econômicos e científicos com a Coreia do Norte, e a União Europeia anunciou novas sanções contra Pyongyang pelo desenvolvimento de armas nucleares e mísseis balísticos.

 

Segundo ele, a Coreia do Norte é o único país do mundo que foi submetido a "uma ameaça nuclear tão extrema e direta" dos Estados Unidos desde os anos 1970. "Todo o continente americano está dentro do nosso alcance de disparo, e se os Estados Unidos se atreverem a invadir nosso território sagrado, uma polegada sequer, não escaparão de punição severa em qualquer parte do globo", disse Ryong segundo o G1.

Mundo

16 de Out // | Mundo

Os advogados de uma mulher que acusa de assédio sexual o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediram ao governante que entregue aos tribunais os documentos, incluindo textos e fotos, gerados sobre ela e outras mulheres na mesma situação, informaram neste domingo (15) meios locais.

 

A intimação, apresentada há um mês na Corte Suprema do estado de Nova York e recuperada pelo portal "Buzzfeed", é parte de um processo por difamação movido contra Trump por Summer Zervos, uma ex-participante do programa "O Aprendiz". Os advogados de Summer pedem que Trump entregue antes de 31 de outubro alguns documentos.

 

São eles: notas escritas, fotografias, gravações de áudio, mensagens de texto e em redes sociais, recibos e "compilações de dados de qualquer tipo em qualquer meio". Summer foi uma das mulheres que acusaram no final do ano passado o então candidato republicano de abusos sexuais. Em outubro, ela disse em entrevista coletiva que Trump a beijou contra sua vontade em 2007 em um hotel de Los Angeles.

Mundo

16 de Out // | Mundo

Um atentado com dois caminhões-bomba cometido neste sábado (14) em Mogadíscio, na capital da Somália, matou pelo menos 276 pessoas e deixou mais de 300 feridas, segundo informações da agência de notícias Associated Press. O ataque é o pior já ocorrido na história da Somália, considerando o número de mortos, que ainda pode aumentar.

 

A explosão foi próxima ao Safari Hotel e a um movimentado mercado da cidade. Os hospitais estão superlotados de feridos e há falta de medicamentos e bolsas de sangue. Segundo a Agência Efe, a imprensa local e analistas creem que o grupo jihadista Al Shabab, ligado à Al-Qaeda, está por trás do atentado. O grupo não se manifestou.

 

O presidente da Somália, Mohamed Abdullahi Mohamed, decretou três dias de luto nacional. De acordo com a imprensa somali, a maioria dos mortos eram civis, principalmente vendedores ambulantes. O diretor do Hospital Madina, Mohamed Yusuf Hassan, disse que ficou chocado com a escala do ataque. "Setenta e dois feridos foram internados no hospital e 25 deles estão em condições graves. Outros perderam as mãos e as pernas na cena", afirmou.

Mundo

15 de Out // | Mundo

Com dificuldades para atender pessoas gravemente feridas pelo maior ataque a bomba da história da Somália, o número de vítimas fatais do atentado subiu para, ao menos, 189, declararam autoridades locais segundo informações da Associated Press. Já a conta das pessoas feridas, mas ainda com vida, ultrapassa a marca de 200 pessoas.

 

Com queimaduras graves, o atendimento médico não está dando conta do volume expressivo de feridos. Autoridades ainda temem que o número de fatalidades do ataque no centro de Mogadiscio, a capital do país, pode aumentar. Famílias seguem e equipes de resgate seguem vasculhando escombros no trabalho de busca por desaparecidos.

 

Os Estados Unidos condenaram o ataque na Somália. "Ataques covardes como este revigoram o compromisso dos EUA em ajudar nossos parceiros africanos no combate ao terrorismo", diz comunicado. A explosão ocorreu dois dias após um encontro entre o chefe do Comando dos EUA na África e o presidente da Somália e também dois dias depois do ministro da Defesa e do chefe do exército do país renunciarem por motivos não revelados.

Mundo

15 de Out // | Mundo

A Venezuela realiza, neste domingo (15), eleições regionais nas quais irá determinar os novos governadores de seus 23 estados. Atualmente, 20 estados são governados por chavistas, mas pesquisas indicam que a situação deve perder a maioria. Não há garantia de que a situação na Venezuela mude.

 

Mais de 18 milhões de venezuelanos estão registrados para votar, mas os índices de abstenção são tradicionalmente altos no país. Segundo o diretor da Datanálisis, José Antonio Gil Yepes, há uma previsão de que 40% a 50% dos eleitores votem, e a oposição – que cogitou não participar do processo – pode conquistar de 13 a 16 estados.

 

Membros da Mesa da Unidade Democrática (MUD), coalizão que une a oposição, foram impedidos de disputar os cargos em sete estados. Ainda assim, é difícil prever os reflexos da eleição, independentemente de seu resultado. Para a professora venezuelana Thania Soto Lemke, coordenadora do Núcleo de Relações Internacionais da Faculdade das Américas, ela não pode ser considerada uma definição do quadro político do país.

Mundo

15 de Out // | Mundo

Bombeiros ainda tentam controlar os incêndios florestais que atingem o norte do estado da Califórnia nos Estados Unidos há uma semana. O balanço de mortos subiu para 40 neste domingo (15), segundo informações da Associated Press. A última estimativa indica que 100 mil pessoas foram forçadas a abandonar suas casas.

 

Cerca de 865 quilômetros quadrados de áreas residenciais, florestas e outras propriedades foram arrasados pelo fogo desde o último domingo (8) na chamada região do vinho. "Os incêndios foram extremamente destrutivos, com uma estimativa de 5.700 estruturas arrasadas", informou o Corpo de Bombeiros em comunicado.

 

Várias igrejas foram usadas como abrigos para alojar os que perderam suas casas e também como local de descanso para os 10 mil bombeiros que tentam combater as chamas, indicou o jornal "Sacramento Bee". Os incêndios florestais são comuns no oeste dos Estados Unidos durante a estação de seca nos meses mais quentes. Mas os desta semana foram os mais fatais na história da Califórnia, segundo as autoridades.

Mundo

14 de Out // | Mundo

Autoridades de Porto Rico informaram neste sábado (14) que o número de mortos após a passagem do furação Maria chega a 48. De acordo com o secretário de Segurança Pública do governo local, Hector Pesquera, relatórios médicos apontaram que o furacão foi o fator decisivo para a morte das três vítimas.

 

Uma delas não pode realizar tratamento de diálise na cidade de Caguas, por causa da falta de energia elétrica provocada pela passagem do furação. As outras duas mortes ocorreram porque as vítimas, uma com um problema respiratório não revelado e outra que sofreu um ataque cardíaco, não puderam receber tratamento em unidades médicas.

 

Detalhes mais precisos dos casos não foram revelados pelo porta-voz. O furação Maria, de categoria 4, atingiu a ilha de Porto Rico, um território dos Estados Unidos, no dia 20 de setembro. O governo local afirma que 85% da ilha permanece sem energia elétrica. O governador de Porto Rico, Ricardo Rossello, afirmou que está buscando ajuda para restabelecer o fornecimento de energia elétrica.

Mundo

14 de Out // | Mundo

Uma autoridade da Coreia do Norte voltou a ameaçar nesta última sexta-feira (13), o território norte-americano de Guam, no Pacífico, em resposta aos exercícios militares dos Estados Unidos nas proximidades do território norte-coreano, de acordo com um comunicado publicado hoje pela agência de notícias do país asiático.

 

A KCNA divulgou um comunicado de Kim Kwang Hak, pesquisador do Istituto para Estudos dos Estados Unidos do Ministério de Relações Exteriores da Coreia do Norte, intitulado "Os movimentos militares imprudentes dos EUA obrigam a Coreia do Norte a agir" segundo informações do Estadão Conteúdo.

 

No comunicado, o pesquisador cita uma série de exercícios militares conduzidos pelos Estados Unidos, Coreia do Norte e Japão e observa que os movimentos "acontecem enquanto a equipe de Trump posta no Twitter que os EUA falharam em lidar com a Coreia do Norte nos últimos 25 anos e que apenas uma coisa se provará eficiente, enquanto sugerem frequentemente 'opções militares' apoiadas por lixos como 'uma calmaria antes da tempestade' e 'destruição total'".

Mundo

13 de Out // | Mundo

O ex-secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, é suspeito de ter usado uma mansão na ilha da Sardenha como parte da recompensa por ter dado os direitos de TV a investidores do Catar. A informação foi revelada pelo jornal italiano Il Messaggero um dia depois de um anúncio de que Valcke e o empresário do Catar, Nasser Al Khelaifi, estão sendo investigados por corrupção.

 

Uma megaoperação ocorreu na quinta-feira, com buscas e apreensões em quatro países. Valcke é acusado de ter recebido propinas em troca de direitos de TV para os Mundiais de 2018, 2022, 2026 e 2030. Um dos suspeitos de ter pago subornos foi Al Khelaifi, representante do Catar, controlador da rede BEIN e do Paris Saint-Germain.

 

Entre os locais da operação esteve Porto Cervo, uma das praias mais exclusivas da ilha italiana. A mansão de luxo, avaliada em 7 milhões de euros (cerca de R$ 26 milhões), seria um "meio de corrupção" de Al Khelaifi para Valcke. A polícia italiana, ao lado de representantes suíços, esteve no local. A casa, segundo a suspeita, está "à disposição de Valcke". O jornal ainda revela que um tribunal de Cagliari deu uma ordem de embargo da propriedade.

Mundo

13 de Out // | Mundo

O número de vítimas fatais em decorrência dos incêndios no norte da Califórnia, nos Estados Unidos, chegou a 31 pessoas. A última atualização foi feita na noite desta última quinta-feira (12) pelo Departamento Florestal e de Proteção contra Incêndios do Estado norte-americano. O desastre já devastou mais de 77 mil hectares.

 

De acordo com o governo californiano, essa é a pior tragédia com fogo já enfrentada na região em 84 anos. Antes disso, o maior registro era de 29 mortos com um incêndio no Griffith Park, em Los Angeles, em 1933. No caso atual, como ainda há centenas de desaparecidos, o número de vítimas tende a subir.

 

O xerife do condado de Sonoma, Robert Girodano, declarou que apenas em seu território foram encontrados 17 cadáveres, tendo 10 já sido identificados. Essas vítimas são pessoas entre 57 e 95 anos. Ele explicou que a dificuldade em encontrar os mortos se deve ao fato de que enquanto alguns estavam "intactos", outros são "meramente cinzas e ossos". Desde o último domingo (8), 20 incêndios continuam ativos, em zonas variadas.

Mundo

13 de Out // | Mundo

A construtora brasileira Odebrecht teria financiado a campanha eleitoral do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. A denúncia aparece em um vídeo em que o presidente da Odebrecht/Venezuela, Euzenando Azevedo, admite ter recebido um pedido de US$ 50 milhões por parte de Maduro, mas acabou fechando a contribuição em US$ 35 milhões.

 

O vídeo faz parte da delação do executivo e foi colocado no Twitter pela procuradora-geral afastada da Venezuela, Luisa Ortega Díaz, nesta quinta-feira, 12. O trecho se refere às declarações que o executivo brasileiro prestou na sede do Ministério Público Federal, no Estado de Sergipe, no dia 15 de dezembro de 2016.

 

O brasileiro conta que Hugo Chávez, sabendo que iria morrer, indicou o então vice-presidente, Nicolás Maduro, como seu substituto. Azevedo lembra que Chávez morreu em Cuba. "Ele faleceu no dia 5 de março de 2013 e eleições foram convocadas", disse. "Eu fui procurado por um dos representantes do sr. Nicolás Maduro, um sr. chamado Américo Mata", disse Azevedo. Segundo o executivo, Mata havia sido o presidente do Instituto do Desenvolvimento Rural Venezuelano.

Mundo

12 de Out // | Mundo

Se chama 2012 TC4 e é do tamanho de uma casa a rocha que passará muito perto da Terra nesta quinta -feira (12). Ela passará a uma distância de menos de 44 mil quilômetros do nosso planeta - a 36 mil quilômetros de altura estão centenas de satélites - e só será vista apenas por observatórios europeus.

 

Em seu ponto mais próximo da Terra, sua distância representará um oitavo da que há entre a Lua e nosso planeta. A rocha mede entre 15 e 30 metros de diâmetro e viaja à velocidade de 14 km por segundo. Segundo a agência espacial Nasa, o objeto não representa um perigo para a Terra ou para os satélites em sua órbita.

 

Corpos celestes como esse passam ao menos três vezes ao ano a uma distância relativamente próxima da Terra. O que faz essa rocha ser especial é que ela foi escolhida para colocar à prova um sistema de alerta que promete detectar asteroides com maior antecedência. "Estamos treinando para quando houver um caso realmente sério", disse Detlef Koshcny, pesquisador do programa para a detecção de objetos próximos à Terra da Agência Espacial Europeia.

Mundo

12 de Out // | Mundo

Subiu para 21 o número de mortos devido aos incêndios no norte da Califórnia, EUA, de acordo com informações divulgadas nesta quarta (11). O fogo continua a se espalhar pela região vinícola e mais moradores tiveram de deixar as casas. Depois de atingir Napa Valley e Sonoma desde domingo (8), os ventos mudaram um pouco de direção.

 

Os novos focos atingiram o noroeste do estado, em Calistoga e Geyserville. Depois de quase cinco dias das chamadas tempestades de fogo, como são conhecidos os incêndios em que as chamas se propagam com ventos de até 60 quilômetros por hora, a situação permanece perigosa, segundo as autoridades locais segundo informações da Agência Brasil.

 

A última atualização do governo prevê que o incêndio ainda vai levar vários dias para ser controlado. O governador da Califórnia, Jerry Brown, disse que este incêndio é um dos maiores da história do estado, tradicionalmente afetado por fogo por causa do tempo seco e ventos constantes. As autoridades temem que os fortes ventos previstos para a manhã desta quinta alcancem outras áreas povoadas de Santa Rosa e Calistoga.

Mundo

12 de Out // | Mundo

Ao menos 37 pessoas morreram e 40 estão desaparecidas devido às inundações e aos deslizamentos de terra no norte e no centro do Vietnã, informaram nesta quinta (12) as autoridades. "Estamos mobilizando todas as nossas forças para encontrar os desaparecidos", disse por telefone à AFP um responsável pelos serviços de resgate.

 

O Comitê Central de Prevenção e Controle de Desastres Naturais disse que as inundações também deixaram 21 feridos nas províncias de Hoa Binh, Nghe An, Thanh Hoa, Son La e Yen Bai. Uma das maiores tragédias ocorreu durante a madrugada, na província de Hoa Binh, ao sul de Hanói, onde um deslizamento de terra soterrou 18 pessoas que estavam em suas casas.

 

Três foram resgatadas e pelo menos oito morreram, segundo o site do jornal "Tuoi Tre". As autoridades esvaziaram mais de 17 mil casas para prevenir os efeitos devastadores das enchentes, que varreram 200 moradias, inundaram parcialmente mais de 17 mil e danificaram mais de 8 mil hectares de terras agrícolas. O centro e o norte do Vietnã sofrem vários tufões e tempestades tropicais todos os anos.





Classificados


Enquete



Mais Lidas