Notícias

Violência

Violência

20 de Mai // Gildásio Cavalcante | Violência

Suspeito de matar a ex-namorada no último dia 17 de abril, no bairro de Itapuã, em Salvador, Adriel Montenegro dos Santos, de 21 anos, foi incluído no Baralho do Crime da Secretaria de Segurança Pública.

 

O pai do jovem é policial militar e foi quem socorreu Andrezza Victória Paixão, de 15 anos, até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no mesmo bairro.

 

De acordo com informações da polícia, a arma utilizada no crime é de uso restrito das polícias Civil e Militar, mas as investigações ainda não apontaram a quem pertence o objeto. Informações do G1.

Violência

20 de Mai // Gildásio Cavalcante | Violência

O homem morto na noite desta sexta-feira (19) na Avenida Otávio Mangabeira, em Salvador, foi identificado pela polícia como Osório Abintes Assunção, de 45 anos.

 

A polícia investiga se o homem era empresário envolvido com jogos de azar, já que na carroceria da picape que dirigia foi encontrada a quantia de R$ 7,2 mil em notas de R$ 10 e R$ 20. A linha de investigação é a de execução.

 

A sacola de dinheiro estava escondida entre sacos de ração para animais. De acordo com a polícia, o dinheiro era para o pagamento de funcionários que trabalhavam na construtora da vítima. Osório já movia um processo judicial por ameaça sofrida em 2015. 

Violência

18 de Mai // G1 | Violência
A militante transexual Bárbara Trindade, de 21 anos, que perdeu o movimento das pernas e dos braços depois de ser atacada a tiros, na cidade de Presidente Dutra, na região norte da Bahia, foi transferida para Salvador na manhã desta quinta-feira (18), mais de um mês após o crime. Ela estava internada no Hospital Regional de Irecê, também no norte da Bahia.
 
A transferência foi realizada 13 dias depois de um pedido do Ministério Público da Bahia (MP-BA). A informação foi passada pela Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) e pela militante LGBT Ruby Santos, que é amiga da vítima. De acordo com a Sesab, Bárbara foi trazida para a capital baiana de helicóptero e levada para o Hospital Manoel Victorino, localizado no Largo de Nazaré, centro da capital baiana.
 
Conforme a amiga da jovem, o estado de saúde dela é considerado estável e uma cirurgia deve ser realizada nos próximos dias. Ainda segundo a amiga, a vítima está sob acompanhamento de uma irmã, que veio com ela para Salvador. A mulher está hospedada em uma casa que a Prefeitura de Presidente Dutra mantém na capital baiana para atender a população em caso de realização de exames na cidade.

Violência

09 de Mai // | Violência
O vendedor ambulante Ednaldo dos Reis Mercês, o Batoré, 30 anos, assumiu, nesta terça-feira (9), que matou duas pessoas na passarela que liga o Shopping da Bahia à Rodoviária, na região do Iguatemi, em Salvador. “Matei dos dois. Ela eu botei pra sentar no colo do capeta. Faria tudo de novo”, afirmou o acusado, durante entrevista coletiva.
 
A coletiva foi realizada na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), referindo-se à Lucigleide Maciel de Jesus, 48, que foi morta a golpes de facão na sexta-feira (5).  O motivo do crime, segundo ele, seria o suposto envolvimento de Lucigleide na morte de dois irmãos dele.
 
À imprensa, Ednaldo contou que a mulher teria cometido o duplo homicídio a mando do traficante Coe, apontado pela polícia como ex-líder do tráfico de drogas na Saramandaia. "Eu matei ela e mataria de novo porque ela não pensou nos meus irmãos e na minha família. Não me arrependo de nada", justificou Batoré, aos risos. Ele disse que encontrou a mulher, por acaso, andando pela passarela e resolveu atacar a vítima.

Violência

08 de Mai // G1 | Violência
Ao menos 50 milhões de brasileiros com 16 anos ou mais têm um parente ou amigo que foi vítima de homicídio ou latrocínio - isto é, 35% da população do país. A proporção vai a 40% entre os homens e 38% entre os negros, segundo pesquisa inédita do Datafolha a pedido do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.
 
De acordo com o levantamento, 16 milhões (12%) de brasileiros perderam um parente ou amigo assassinado por um policial ou guarda municipal, chegando a 17% da população entre 16 e 24 anos. As entrevistas foram realizadas em 150 municípios de pequeno, médio e grande porte entre os dias 03 e 08 de abril de 2017. Segundo a diretora-executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Samira Bueno, há um debate sobre as vítimas dos homicídios, mas pouco se fala sobre “as pessoas que ficam”. 
 
“Em geral, falamos das 60 mil vítimas de homicídio por ano, o impacto que isso tem para o estado brasileiro, como isso afeta a relação da sociedade com as instituições e a descrença no poder público, o prejuízo econômico gigantesco que isso representa, que inibe investimentos, que as mortes prematuras são pessoas que deixam de produzir e etc. Mas muitas vezes nos esquecemos de quem fica e quais as perspectivas que ficam para essas pessoas. Como lidar com toda essa dor e sofrimento?”, questiona.

Violência

05 de Mai // | Violência
O homem de 42 anos que foi morto durante um assalto a ônibus na manhã desta sexta-feira (05), na Avenida Paralela, em Salvador, já tinha sido assaltado em um outro coletivo nesta semana e estava com medo de sair de casa. A informação foi passada pelo irmão da vítima, que esteve no local do crime.
 
Segundo Dilson Paixão, após o primeiro assalto, o irmão, Djalma Paixão, tinha revelado que não aguentava mais a criminalidade e que achava que poderia ser morto durante um assalto a qualquer momento. “Em menos de uma semana ele foi assaltado dua vezes. Ele não aguentava mais. Que referia ficar desempregado em casa. Que estava vendo a hora de ser morto. Infelizmente meu irmão foi morto", contou Dilson.
 
Segundo Dilson, Djalma era pintor e estava a caminho do trabalho quando ocorreu o crime nesta sexta-feira. De acordo com informações da polícia, três homens invadiram o ônibus em que a vítima estava, no bairro de Vila Verde, e obrigaram o motorista a conduzir o coletivo na Avenida Paralela, no sentido Centro. De acordo com informações do motorista do ônibus, ao chegar na via, os passageiros reagiram e seguraram dois dos assaltantes, que estavam desarmados.

Violência

04 de Mai // | Violência
A jovem morta a tiros pelo ex-namorado no centro da cidade de Pindobaçu, norte da Bahia, foi enterrada no final da tarde desta última quarta-feira (3), no mesmo município onde ocorreu o crime. Jucimaria Souza Santos, de 27 anos. O ex-namorado dela, identificado como Silvio de Freitas Santana, está sendo procurado pela Polícia Civil.
 
De acordo com a polícia, a vítima foi surpreendida pelo suspeito, que chegou ao local do crime em uma moto e atirou diversas vezes nela. Jucimaria foi baleada no caminho de volta para o trabalho, depois de ter ido em casa almoçar. O crime ocorreu na Rua Regis Pacheco, em via pública. Após a ação, o homem fugiu.
 
De acordo com a família da jovem, Silvio estaria inconformado com o fim do relacionamento com Jucimaria. O irmão da vítima, Gilmário Souza, disse que a relação que durou cerca de dois anos entre o suspeito e a vítima tinha terminado há cerca de duas semanas. “Ele procurava ela para tentar voltar, mas ela não queria mais, porque eles viviam brigando. Ele já chegou a bater nela, antes deles terminarem. Eles voltaram e terminaram de novo”, conta.

Violência

03 de Mai // | Violência
O ex-namorado suspeito de matar Jucimaria Souza Santos, de 27 anos, a tiros, na cidade de Pindobaçu, norte da Bahia, estava inconformado com o fim do relacionamento com a vítima, de acordo com a família da jovem. Ele foi identificado pela Polícia Civil como Silvio de Freitas Santana e é procurado pelo crime. O crime aconteceu na tarde de terça-feira (2).
 
O irmão de Jucimaria, Gilmário Souza, diz que a relação que durou cerca de dois anos entre o suspeito e a vítima tinha terminado há cerca de duas semanas. “Ele já procurava ela para tentar voltar. Ela não queria mais, porque eles viviam brigado. Ele já chegou a bater nela, antes de eles terminarem. Eles voltaram e terminaram de novo”, conta. 
 
Gilmário afirma ainda que Jucimaria não chegou a denunciar à polícia a agressão que sofreu antes de terminar o relacionamento, porque tinha medo. “Minha mãe que soube e falou comigo e fiquei de conversar depois, mas não deu tempo de ela se abrir com a gente”, disse. Gilmário afirma também não ter conhecimento do envolvimento do ex-namorado da irmã com outros crimes. Jucimaria trabalhava como balconista em uma farmácia da cidade e os moradores ficaram abalados com a morte dela.

Violência

03 de Mai // | Violência
A Bahia registrou mais um caso de violência contra transexuais. A militante do PSOL, de Presidente Dutra, no Centro Norte baiano, Bárbara Trindade, 22 anos, foi vítima de tentativa de homicídio no dia 3 de abril. De acordo com Rubi Santos, que integra o movimento LGBTQI, graças a influência do principal suspeito na cidade de ter cometido o crime contra Bárbara, o caso permaneceu oculto por quase um mês.
 
"O crime foi abafado porque a família do suspeito é influente em Presidente Dutra. Quando o coletivo e o PSOL ficaram sabendo, entramos em contato com a vítima para apurar o que houve", disse Rubi em entrevista ao Correio. O principal suspeito de ter atirado em Bárbara é Domingo Mendes, morador do município com quem a transexual mantinha um relacionamento.
 
Familiares disseram que após os boatos do envolvimento sexual terem repercutido entre os moradores da cidade e nas redes sociais, Mendes convidou Babi, como é conhecida a vítima, para um encontro próximo a Câmara de Vereadores da cidade e atirou duas vezes contra ela. As balas atingiram o maxilar e a coluna vertebral da transexual. Mendes está preso na Delegacia de Presidente Dutra, mas já deu entrada em um pedido de habeas corpus.

Violência

02 de Mai // | Violência

Na tarde desta terça-feira (02), um homicídio foi registrado no centro da cidade de Pindobaçu, na microrregião de Senhor do Bonfim. A jovem, identificada por Jucimaria Santos, conhecida popularmente por Juci, foi morta com vários tiros, supostamente disparados pelo ex-namorado, conhecido como Silvio Freitas.

 

Segundo testemunhas que estavam no local, a vítima trabalhava em uma farmácia quando foi surpreendida pelo suspeito, que já desceu da moto atirando. Informações não confirmadas, dão conta que o suspeito fugiu para o vizinho município de Saúde, onde teria cometido suicídio. De acordo com o Site Bonfim Notícias, a 54ª CIPM obteve a informação que o suicídio ainda não havia sido confirmado.

 

Outro Caso: Uma jovem de 26 anos foi encontrada morta, dentro da casa do namorado, que estava pegando fogo, na cidade de Jeremoabo, no norte da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, o caso ocorreu na madrugada desta última segunda-feira (1°). O companheiro da vítima é suspeito de matar a jovem e colocar fogo na própria casa. O corpo de Izabelly foi enterrado na tarde desta segunda-feira, em Jeremoado.

Violência

02 de Mai // G1 | Violência
Mascarados atearam fogo em três ônibus na Rodovia Washington Luis, na altura dos acessos da Linha Vermelha e da Avenida Brasil, sentido Juiz de Fora, e outros quatro ônibus e um caminhão na Avenida Brasil, e um ônibus na Rua Itabira, com Bulhões Marcial, em Cordovil, em um dos acessos à comunidade da Cidade Alta, na manhã desta terça-feira (2).
 
Os bombeiros estão no local tentando conter as chamas. Devido aos ataques, motoristas tentaram voltar na contramão e passageiros de outros coletivos que passavam na região ficaram em pânico. Algumas ruas do bairro ficaram sem luz. Os ataques seriam reflexo de um confronto na Comunidade Cidade Alta, em Cordovil, na Zona Norte do Rio, desde as primeiras horas desta terça.
 
De acordo com a PM, a Cidade Alta foi alvo de uma invasão por traficantes de uma comunidade rival e a polícia realiza uma operação na comunidade. Até as 11h30 desta terça, 26 pessoas tinham sido presas e sete fuzis apreendidos durante a ação na Cidade Alta. Três PMs ficaram feridos. Um dos veículos incendiados na Avenida Brasil fica na altura da Rua Bulhões Marcial, em Cordovil.

Violência

02 de Mai // G1 | Violência
Uma jovem de 26 anos foi encontrada morta, dentro da casa do namorado, que estava pegando fogo, na cidade de Jeremoabo, no norte da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, o caso ocorreu na madrugada desta última segunda-feira (1°). O companheiro da vítima é suspeito de matar a jovem e colocar fogo na própria casa.
 
Conforme o delegado que investiga o caso, Ailton José de Souza, a Polícia Militar foi acionada por populares por conta de um incêndio em residência. Ao chegar no local, a guarnição constatou o incêndio e encontrou o corpo de Izabelly Oliveira Bispo Souza, parcialmente queimado.
 
Souza disse que ainda está no aguardo do resultado do laudo do Instituto Médico Legal (IML), mas adiantou que a jovem teve lesões de cortes pelo corpo. Informou ainda que investigações preliminares apontam que, antes do crime, o casal estava em uma festa na cidade. "O laudo pode apontar duas possibilidades da morte. Ou asfixia decorrente da fumaça ou morte por conta das lesões corto-contundentes.

Violência

01 de Mai // Redação | Violência
A última semana foi marcada pela violência em Santo Antônio de Jesus no recôncavo baiano. Segundo dados da Polícia Militar, entre quinta-feira (27) e sexta-feira (28), a cidade registrou três assassinatos e uma tentativa de homicídio. Das três pessoas mortas, dois eram adolescentes com idades de 14 e 17 anos, a outra vítima já aparentava ser maior de idade.
 
Os crimes aconteceram em bairros diferentes e em menos de 24 horas. A série de homicídios começou às 20h de quinta (27), com o assassinato de Railan de Jesus Santos, 14 anos, baleado no tórax na Rua São Bartolomeu, Bairro do Amparo. Já o irmão da vítima que também foi baleado, foi socorrido ao HRSAJ onde passou por procedimentos cirúrgicos e passa bem.
 
Segundo informações, os jovens foram surpreendidos quando estavam na porta de casa conversando. Na madrugada de sexta-feira (28), foi à vez de jovem identificado como Geroge residente na Rua Ferreira Silva. O jovem foi morto por volta de 2 horas da manhã próximo a Pneu Bom localizado na BR-101. A vítima teve perfurações de arma de fogo na cabeça, mão e tórax.

Violência

29 de Abr // Gildásio Cavalcante | Violência
O estudante de Ciências Sociais da Universidade Federal de Goiânia Mateus Ferreira, 33 anos, está internado em estado grave no Hospital de Urgências de Goiânia. Ele foi atingido por um golpe de cassetete no rosto e sofreu traumatismo cranioencefálico e múltiplas fraturas.
 
Segundo boletim médico divulgado neste sábado (29) o paciente está sedado e respira por aparelhos. Mateus participava nesta sexta-feira (28) do protesto contra as reformas trabalhista e previdenciária e corria sozinho quando foi atingido no rosto por um policial militar.
 
O estudante foi agredido por um agente que corria em direção a pessoas encapuzadas que quebravam vidros de agência bancária durante protesto no centro de Goiânia. O momento foi captado pelo fotógrafo Luiz da Luz, do jornal O Popular, e também em um vídeo divulgado nas redes sociais. Reportagem do jornal O Popular afirma que Mateus chegou ao hospital por volta de 13h, após ser atendido pelo Corpo de Bombeiros.
 
O jovem passou por cirurgias de reconstrução facial e não há previsão de novos procedimentos no momento. A mãe de Mateus, que é de Osasco, São Paulo, está indo para Goiânia de ônibus.

Violência

27 de Abr // | Violência
Cinco dias depois do corpo de uma professora universitária ter sido encontrado com perfuração de faca em Alagoinhas, mais um caso de feminicídio é registrado na Bahia. Desta vez foi na cidade de Luís Eduardo Magalhães, no extremo oeste baiano. A ambulante Eguiomar Vieira de Jesus, 45 anos, foi golpeada no pescoço pelo ex-marido, o também ambulante Marcos Santos de Almeida, 33, preso horas depois.
 
Segundo o delegado Joaquim Rodrigues, titular da delegacia de Luís Eduardo Magalhães, Marco foi preso no mesmo dia do crime, quando caminhava no centro da cidade. Em depoimento, o criminoso disse que não aceitava o fim do relacionamento, que durou dois meses. Eguiomar ainda foi socorrida para o hospital da região, mas não resistiu. 
 
“Ele caminhava no centro da cidade como se nada estivesse acontecido. Ele confessou o crime na maior tranquilidade”, disso o delegado. Há cerca de um mês, Marcos ameaçou de morte a ex ao saber que ela já estava em outro relacionamento. “Não sabemos o porquê de a vítima não querer mais o autor, mas ele a ameaçou de morte”, contou o delegado. Marcos premeditou o crime, cometido na Rua Serra Dourado, no bairro de Santa Cruz.

Violência

25 de Abr // | Violência
Oito dias após a morte de Vitória Paixão, de 15 anos, assassinada a tiros em Itapuã, no último dia 17 de abril, o ex-namorado da vítima e principal suspeito do crime continua foragido. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), informou nesta terça-feira (25), que a polícia continua à procura de Adriel Montenegro dos Santos, de 21 anos.
 
Um mandado de prisão temporária foi expedido contra ele. Ainda de acordo com o DHPP, a polícia espera também o laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT), para que as investigações sejam concluídas. O suspeito do crime é filho de um Policial Militar. O corpo de Victória foi encontrado na casa do suspeito
 
. De acordo com a polícia, a adolescente foi baleada na nuca e chegou a ser socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro. A vítima foi transferida para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 22h45 de segunda. No enterro da adolescente, realizado no Cemitéro Bosque da Paz, no dia seguinte a sua morte, familiares e amigos protestaram e pediram rapidez nas investigações.

Violência

24 de Abr // G1 | Violência
Duas mulheres foram mortas pelos ex-companheiros no último fim de semana, nas cidades de Senhor do Bonfim e Iguaí, no norte e sudoeste da Bahia. O caso mais recente é o de Rubenita Rosa dos Santos, de 31 anos, que foi estrangulada até a morte pelo ex-companheiro, Lucas de Sales Pereira, de 23 anos, no distrito de Igara, zona rural na manhã de domingo.
 
Após o crime, o autor fugiu e se matou por enforcamento. Segundo informações são da 19ª da Coordenadoria de Polícia Civil (Coorpin), o ex-companheiro da vítima foi até a casa dela, por volta das 10h, para discutir sobre o relacionamento, e pediu para duas filhas da vítima saírem de casa. Durante a discussão, ele estrangulou Rubenita, que morreu no local.
 
Ele fugiu em uma motocicleta. A terceira filha da vítima chegou em casa, encontrou a mãe morta e chamou a polícia. Policiais civis fizeram buscas pelo suspeito e encontraram ele morto por enforcamento em uma fazenda. Jocielia Jesus dos Santos, 26 anos, foi morta a golpes de faca na cidade de Iguaí, sudoeste do estado, por volta das 22h de sabado. Segundo a Polícia Militar, o ex-namorado matou a vítima perto da casa onde ela morava.

Violência

24 de Abr // | Violência

Um crime deixou moradores chocados de Carinhanha, na região do Vale do São Francisco, no oeste da Bahia, neste último domingo (23). Um homem identificado como João Batista Alves da Silva, 36 anos, foi detido após ser acusado de assassinar a mãe, Hermelina Alves da Silva, 65 anos, com uma facada no pescoço.

 

A idosa foi atacada enquanto cozinhava na casa onde morava com ele e mais um irmão, no bairro de São Francisco. O agressor fugiu para uma região conhecida como Feira da Mata e foi capturado por policiais militares em seguida. Segundo o blog GuanambiFM, Hermelina morava com João Batista e mais um filho e ambos sofrem de transtornos mentais.

 

Ainda conforme informações da polícia publicadas pelo blog da região, João Batista relatou que a mãe estava preparando um almoço e cortava um maxixe, quando ele pegou uma faca e desferiu um golpe na garganta da mesma. Ao ser questionado sobre a motivação do crime, ele disse que não sabe o motivo. Um parente afirmou, que há poucos dias, ele tentou matar seu irmão, porém foi contido pela mãe. 

Violência

23 de Abr // Gildásio Cavalcante | Violência

O Ministério Público Federal (MPF) de São Paulo acionou o Google - responsável pelo YouTube -, para investigar a divulgação de vídeos  hospedados em sua plataforma, com “jogos perigosos” que estimulam a automutilação e suicídio. De acordo com informações do Estado de S. Paulo, os donos destes canais chegam a lucrar R$ 20 mil mensais com publicidade.

 

Ainda segundo a publicação, no último mês, a Procuradoria Regional do Direito do Cidadão conseguiu remover 11 vídeos que estimulam jovens a se ferirem ou se matarem, com base no critério de maior popularidade. O assunto tem ganhado repercussão no país, após relatos ligados à corrente Baleia-Azul, que incentivam este tipo de prática, mas o MPF paulista informou que ainda não abriu investigação para apurar os casos relacionados a ele.

 

"Se a empresa propicia essas situações (divulgação dos vídeos), discutimos se pode ser considerada corresponsável por elas. Estamos recebendo cada vez mais casos deste tipo. É um problema que a tecnologia criou e ainda não se sabe como lidar", diz o procurador Pedro Antonio de Oliveira Machado. A investigação sobre canais que divulgam os “desafios perigosos” teve início neste ano, após o Instituto Dimicuida, de Fortaleza, ter apontado ao MPF a existência de ao menos 19 mil vídeos com este tipo de conteúdo na internet.

Violência

23 de Abr // Gildásio Cavalcante | Violência
Na madrugada deste domingo (23), por volta das 2h30, o policial militar Tyrone Thomaz de Aquino, de 44 anos, lotado na 68ª CIPM, foi morto a tiros na cidade de Ilhéus, na região sul da Bahia. Segundo informações da polícia, o militar foi surpreendido pelos criminosos enquanto estava em uma lanchonete, no bairro Nelson Costa. 
 
Ainda de acordo com a PM, o soldado foi alvejado por diversos disparos e chegou a ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos feirmentos antes mesmo de chegar ao hospital. Durante a troca de tiros, um dos bandidos também foi baleado, mas consegui fugir.
 
Policiais militares efetuaram rondas na região, mas ninguém foi preso. Ainda não há informações sobre autoria e motivação do crime. O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT). 
 
Em nota, a Polícia Militar lamentou a morte do soldado e garantiu que uma a "Força Tarefa da Secretaria da Segurança Pública (SSP), encarregada em apurar crimes contra policiais militares, vai apurar as circunstâncias do ocorrido".
 
Nota de pesar

Violência

23 de Abr // Gildásio Cavalcante | Violência

Uma carta supostamente assinada por uma facção criminosa do Ceará, apelidada de Guardiões do Estado, prometeu um cessar-fogo aos ônibus coletivos de Fortaleza. No entanto, o grupo teria feito ameaças contra órgãos públicos.

 

Segundo a Tribuna do Ceará, os criminosos querem a transferência de presos integrantes do grupo da Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) 2, em Itaitinga, para “as unidades em que predomina a facção”, como a CPPL 1, Penitenciária de Pacatuba e Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira 2. Na carta , o grupo pede desculpas à sociedade “pelos dias conturbados devido aos ataques”.

 

Os envolvidos dizem que não querem ferir ou fazer algo contra o cidadão de bem que vive nas comunidades carentes. “Infelizmente, tivemos que tomar essa decisão para que nossa voz fosse ouvida por esse governo corrupto que vem tirando o sossego dos irmãos que se encontram privados.

Violência

19 de Abr // | Violência
Os primeiros 100 dias do ano já somam um número alarmante de homicídios em Salvador e Região Metropolitana (RMS). De acordo com os dados disponibilizados no site da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), entre 1º de janeiro e 10 de abril, foram contabilizados 649 casos na capital baiana e municípios vizinhos.
 
Do total de ocorrências de homicídios, pouco mais de 61% foi registrados em diferentes bairros de Salvador. Já os outros 39% ocorreram em cidades próximas à capital, tendo o maior número de registros em Dias D'Ávila, Camaçari, Lauro de Freitas, Simões Filho e Vera Cruz. O levantamento realizado pela reportagem do Bocão News aponta também que o mês de janeiro é o mais violento, até o momento, com 216 homicídios, sendo apenas 87 distante da capital baiana.
 
Em seguida, fevereiro teve uma pequena redução, que pode ter sido devido ao número menor de dias do mês, e contabilizou 176 mortes, com 69 do total ocorridos na RMS.  Ainda de acordo com os dados, que não considerados como números oficiais pelo órgãõ, em março, Salvador teve 122 ocorrências e os municípios vizinhos 72, totalizando 194 casos. Já o mês de abril, em apenas 10 dias, registrou 63 homicídios, sendo 24 deles, fora da capital.

Violência

09 de Abr // G1 | Violência
Um torcedor do Esporte Clube Bahia morreu baleado na noite deste domingo (9), na Avenida Vasco da Gama, dentro da área de um posto de combustíveis, nas proximidades do Dique do Tororó, em Salvador. Na mesma ação, um outro rapaz foi baleado no pescoço. Segundo informações da Polícia Militar, os dois eram amigos e vestiam camisa do Bahia.
 
O local do crime fica em região próxima à Arena Fonte Nova, onde ocorreu o clássico entre Bahia e Vitória, partida encerrada por volta das 18h. O atentado contra as vítimas, segundo a polícia, ocorreu cerca de uma hora depois. No entanto, os policiais não souberam confirmar se os dois tinham saído do estádio antes de serem baleados.
 
Segundo informações de testemunhas, que preferiram não se identificar, o autor do crime desceu de um ônibus e atirou contra as vitimas, fugindo em seguida. As motivações ainda são desconhecidas. No local, a PM identificou a vítima que veio a óbito como Carlos Henrique Santos de Deus, 18 anos. A central de polícias informou que o rapaz baleado no pescoço permaneceu consciente e foi atendido por uma equipe do Samu. A PM acrescentou que ele foi levado para o (HGE.

Violência

07 de Abr // | Violência
Um policial militar da Rondesp Central foi assassinado na tarde desta sexta-feira (7), na localidade do Calafate, no bairro da Fazenda Grande do Retiro, em Salvador. Segundo informações que chegaram à redação do Bocão News, a vítima identificada como soldado Eric dos Santos, não estava de serviço e foi encontrado já sem vida após um tiroteio, que ocorreu no local.
 
O PM foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Avenida San Martim, mas não resistiu aos ferimentos. Logo após o fato, um adolescente de 17 anos deu entrada na (UPA) da Avenida San Martim, com ferimentos causados por disparos de fogo e também morreu. Equipes da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), que investiga crimes contra policiais, estão no local do tiroteio e morte do PM.
 
Mateus Castro Nascimento foi preso em flagrante por participação na morte do soldado PM Eric Oliveira Santos, lotado nas Rondas Especiais Central (Rondesp). Equipes da Força-Tarefa da Secretaria da Segurança Pública que investiga morte de policiais encontrou o criminoso na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de San Martin. Na ação ele também foi atingido por disparo de arma de fogo. Bocão News

Violência

07 de Abr // Correio da Bahia | Violência
Não há dúvida. A expansão de uma das maiores organizações criminosas da Bahia - o Bonde do Maluco - é responsável pelo crescimento de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), este ano, na Área Integrada de Segurança Pública (Aisp) 13, formada por 14 bairros, a maioria da macrorregião de Cajazeiras. Só entre janeiro e março foram 46 assassinatos, contra 21 ocorridos no mesmo período do ano passado.
 
É quase uma morte a cada dois dias, um aumento de 119% de um ano para outro. De acordo com levantamento da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), só nos dois primeiros meses de 2017 foram 31 homicídios dolosos e um latrocínio na Aisp 13 - formada por Cajazeira II, IV, V, VI, VII, X e XI, Fazenda Grande I, II, III e IV, Águas Claras, Jaguaripe I e Boca da Mata.
 
Em março, outros 14 CVLIs entram para a conta, mas não há, ainda, um detalhamento do tipo de crime cometido. O mês de março de 2016 registrou nove mortes na área. Entre os casos emblemáticos está a morte do músico e compositor Felipe Yves Magalhães Gomes, 21 anos, baleado e degolado no dia 6 de março, na localidade de Independência, que divide Boca da Mata e Cajazeiras XI. Em contrapartida, quatro líderes da facção foram retirados de circulação.

Violência

04 de Abr // | Violência
Uma adolescente de 16 anos foi resgatada pela Polícia Militar em uma casa onde era mantida em cárcere privado pelo namorado há cerca de um mês, na cidade de Marangaba, no norte da Bahia, no último domingo (2). O suspeito do crime não foi encontrado pela polícia no momento do resgate e não foi preso até a manhã desta terça-feira (4).
 
A guarnição da 24ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) chegou ao local onde ela era mantida em cárcere após uma denúncia anônima. O imóvel fica na zona rural da cidade, no povoado de Marruás, a cerca de 50 km da sede de Marangaba. Na casa onde a vítima estava, foram encontradas uma máscara estilo brucutu, além de três armas,
 
Duas das armas eram de fabricação caseira, e um revólver de calibre 32. Segundo a Polícia Militar, a jovem contou que era constantemente ameaçada de morte e agredida pelo namorado. Depois de libertada, a garota foi entregue aos familiares. O armamento apreendido foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil de Jacobina. A Polícia Militar continua as buscas pelo suspeito nesta terça-feira.

Violência

03 de Abr // Correio da Bahia | Violência
O ataque que deixou um morto e oito feridos na madrugada desta segunda-feira (3) no final de linha do bairro do Garcia, em Salvador, está relacionado à tentativa de uma facção criminosa de retomar o controle das bocas de fumo da área. Moradores contaram que a ação foi orquestrada pelo traficante de prenome Silas, conhecido como Pagode, ligado ao Comando da Paz (CP) e que atua na localidade do Forno, no Engenho Velho da Federação.
 
Há cinco anos ele e seu bando foram expulsos pelo atual líder do tráfico do Garcia, Vô, da facção Caveira. A assessoria de comunicação da Polícia Civil informou que a investigação, realizada pela delegada Patrícia Brito, indica que o que ocorreu foi um ataque de uma quadrilha rival e que, até agora, duas pessoas já foram ouvidas no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
 
Segundo as testemunhas, os bandidos chegaram em quatro carros. Cada veículo tinha quatro homens armados. No local, a perícia recolheu cápsulas de pistola 9mm.  Ainda conforme moradores ouvidos pelo CORREIO, o ataque foi premeditado. Há quase um mês, circulou um áudio no aplicativo Whatsapp em que traficantes do bando de Silas planejavam o feito desta madrugada.

Violência

03 de Abr // | Violência
O bebê de um ano e um mês que foi baleado no bairro Novo São Caetano, em Itabuna, no sul da Bahia, na última quinta-feira (30), recebeu alta nesta segunda-feira (3). O pai da criança, o músico Gabriel Alves de Júnior, de 27 anos, disse ao G1, na manhã desta segunda-feira (3), que o menino passa bem.
 
"[O bebê] Está bem, graças a Deus. Só ficou com uma marquinha [dos tiros] no bumbum e no braço", disse o pai. Outras três pessoas ficaram feridas no mesmo ataque: o avô do bebê, de 52 anos, um homem de 34 anos e um adolescente de 14. De acordo com Gabriel Júnior, a criança foi atingida no braço e parte das nádegas.
 
O bebê passou por cirurgia no Hospital Manoel Novaes, onde ficou internado em Itabuna. "Ele [bebê] está assustado demais, não pode ouvir nenhum barulho que se assusta e só quer ficar no colo", revelou. Após a alta, o múdico pretende se mudar para Goiânia (GO), local onde já morou. "Depois do susto que a gente passou, não tenho como ficar aqui", contou. Na manhã de sexta-feira (31), um dos suspeitos do ataque foi preso.

Violência

01 de Abr // Gildásio Cavalcante | Violência
A subtentente da Polícia Militar de Feira de Santana, Wagna Andrada Soares, de 49 anos, foi encontrada morta na madrugada deste sábado (1º), na Serra da Tupuma em Conceição de Feira. O corpo estava envolto em um lençol com um saco plástico na cabeça e outro preso nas pernas. Ela sofreu várias lesões, principalmente no rosto, e apresentava uma fratura no maxilar. 
 
O suspeito do crime é Igor Tosta Lopes, com quem a vítima tinha um relacionamento. Ele foi preso em Feira de Santana com o carro da vítima, e informou onde o corpo estava ao confessar o crime. 
 
 
Wagna estava desaparecida desde as 8h desta sexta (31), quando uma equipe da DRFR iniciou uma diligência para encontrá-la, juntamente com seu veículo Hyundai HB20. “As equipes revezaram-se em campana na espera de que alguém viesse buscar o veículo e, às 22h, com o encerramento das atividades no estacionamento, os policiais colheram informações das características da pessoa que havia estacionado o veículo. Eles fizeram uma varredura nos hotéis ao redor da rodoviária, e por volta das 23h, Igor Tosta Lopes foi encontrado em um apartamento do hotel Aracaju.

Violência

31 de Mar // | Violência
Morreu na manhã desta sexta-feira (31) o adolescente baleado durante um assalto no bairro da Barra, em Salvador. Claudson Alberto Silva Júnior estava internado no Hospital Geral do Estado (HGE) desde a noite de quarta-feira (29). Segundo informações do hospital, o óbito do paciente foi registrado às 5h20 desta sexta. Ainda não há informações sobre o sepultamento do adolescente.
 
O crime aconteceu quando Claudson Júnior chegava em casa, na Rua Tenente Pires Ferreira. Segundo a polícia, os criminosos chegaram em uma moto e pediram os pertences da vítima, que se negou a entregar. Ainda conforme a PM, um dos bandidos atirou no adolescente e, em seguida, fugiu do local com o comparsa.
 
Ao saber do crime, na quarta-feira, a mãe da vítima passou mal e também precisou ser socorrida para o hospital. Ela foi medicada e recebeu alta. O crime está sento investigado pela 14ª Delegacia Territorial (DT/Barra). Até a manhã desta sexta, ninguém tinha sido preso. Na escola onde Claudson Júnior estudou até 2016, quando se formou no ensino fundamental e passou para o ensino médio, o clima foi de luto na manhã desta sexta-feira.

Violência

30 de Mar // | Violência
As idosas mortas dentro de uma casa no Rio Vermelho, em Salvador, na tarde desta última quarta-feira (29), eram mãe e filha. A informação foi confirmada pela Polícia Militar (PM). Ainda de acordo com a polícia, o suspeito de cometer o crime, preso ainda na quarta-feira, é neto de uma das vítimas, e sobrinho de outra. 
 
Parentes das vítimas prestaram depoimento à polícia e contaram que o suspeito mora na Pituba, mas costumava frequentar a casa das idosas. O próprio homem de 55 anos foi responsável por acionar a polícia. Ele foi levado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Segundo a polícia, ele aparentava surto psicótico.
 
A PM revistou a casa e encontrou a faca utilizada no crime dentro de uma máquina de lavar. O caso será investigado pela Polícia Civil.  Um homem de 55 anos foi preso suspeito de matar duas idosas dentro de uma casa, no bairro do Rio Vermelho, em Salvador, na tarde de quarta-feira (29). De acordo com informações da Polícia Militar, o suspeito aparentava surto psicótico.

Violência

29 de Mar // | Violência
Levantamento realizado pela ONG mexicana Seguridad, Justicia Y Paz divulgou o ranking das 50 cidades mais violentas do mundo em 2015. No apontamento, a Bahia aparece com três cidades entre as mais violentar: Salvador, Feira de Santana e Vitória da Conquista. Segundo o documento, Salvador é a 14ª cidade mais violenta do mundo.
 
Em 2015, teve 1.996 homicídios e uma população de 3.291.830. A Taxa de homicídio é de 60,63. Segunda maior da cidade, Feira de Santana amarga a 27ª posição. Em 2015, a ONG contabilizou 281 mortes. A população da cidade foi de 617.528, tendo uma taxa de homicídio de 45,50. Já a terceira maior cidade da Bahia, Vitória da Conquista, ficou em 36º.
 
O município registou 132 homicídios para uma população de 343.230 habitantes. A taxa de homicídio ficou em 38,46. O Bocão News procurou a Secretaria de Segurança Pública (SSP) que que as informações divulgadas pela ONG Seguridad pelo Justiça y Paz "não condizem com a realidade". "Dados oficiais apontam que a taxa de homicídios por 100 mil habitantes, no ano de 2015, em Salvador, foi de 44,2, diferente do apontado pela ONG.

Violência

27 de Mar // G1 | Violência
Um adolescente de 15 anos foi morto com 11 tiros durante uma festa em um bar na cidade de Teixeira de Freitas, sul da Bahia, na noite de domingo (26). O crime ocorreu no bairro Residencial Castelinho, localidade apontada pela polícia como comércio de drogas. Dois homens em uma moto chegaram até o bar, e o carona disparou contra a vítima.
 
De acordo com o delegado responsável pelo caso, Manoel Andreetta, a principal suspeita é de que o crime tenha sido motivado pela disputa por venda de drogas. "Ele pertence a outro bairro. É provável que ele tenha tentado comercializar lá [no local do crime]. A mãe dele confirmou em depoimento que ele tinha envolvimento com drogas. O pessoal do presídio já vinha ligando para ele. Ele vinha sendo ameaçado", relatou o delegado.
 
Ainda segundo o delegado, dois bares funcionavam no momento do crime e um forró era realizado. Não houve outros feridos no ataque ao garoto. Manoel Andreetta ainda informou que outros homicídios foram registrados na localidade. Até a publicação desta reportagem, nenhum suspeito havia sido preso. Não há detalhes sobre o enterro da vítima.

Violência

25 de Mar // Gildásio Cavalcante | Violência
A violência imperou mais uma vez durante a semana em Salvador e Região Metropolitana (RMS). De acordo com os dados apresentados no site da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), 31 homicídios foram contabilizados na capital baiana e em municípios vizinhos. 
 
Do total, apenas dois registros tiveram mulheres como vítimas, na Ilha de Vera Cruz, na última terça-feira (21). O duplo homicídio soma aos 13 casos que ocorreram fora de Salvador, nas cidades de Mata de São João, Simões Filho, Lauro de Freitas, Camaçari e Candeias.
 
Na capital baiana, as vítimas foram mortas em bairros como Pero Vaz, Praia Grande, Sete de Abril, Ilha Amarela, Mata Escura, Plataforma, entre outros.

Violência

24 de Mar // | Violência
O suspeito de atirar e matar um homem dentro de um carro, na tarde da última segunda-feira (20), na Avenida Garibaldi, em Salvador foi preso nesta quinta-feira (23), na cidade de Feira de Santana, a cerca de 120 km da capital baiana, para onde tinha fugido. Segundo a Polícia Civil, a vítima, de 40 anos, namorava o suspeito.
 
O crime ocorreu após uma discussão, pois a vítima se negou a dar dinheiro para o homem, que revelou interesse em comprar drogas. A polícia detalhou que o suspeito, que estava no banco do carona, sacou o revólver que levava na cintura e efetuou o disparo com o cano da arma encostado no ouvido da vítima. A policia informou que após a execução do crime, ele saiu andando normalmente em direção ao bairro do Garcia.
 
A Delegacia de Homicídios de Feira de Santana, após investigações, descobriu que o homem estava escondido no bairro da Mangabeira, onde foi feita a prisão. A arma do crime foi apreendida, além de uma pequena quantidade de maconha. Segundo informações repassadas por policiais da capital, o referido criminoso possui envolvimento com roubos e tráfico de drogas.

Violência

19 de Mar // | Violência
Uma mulher foi presa na noite deste último sábado (18) em Maracás, no sudoeste do estado, suspeita de matar a namorada do ex-marido a facadas. As informações são das Polícias Civil e Militar da cidade. Segundo a PM, o homem estava em casa com a namorada quando a ex-mulher chegou no imóvel e logo atacou a vítima com uma faca.
 
A polícia não informou se houve alguma discussão antes do ataque. Após o ocorrido, o ex-marido da suspeita procurou a PM, que ao chegar no imóvel, constatou a situação e foi em busca da suspeita. A vítima chegou a ser socorrida para o Hospital Álvaro Bezerra, em Maracás, mas não resistiu aos ferimentos.
 
Não há informações de quanto tempo o casal está separado e nem se tem filhos. A suspeita foi encontrada pela PM no bairro Maracazinho. Segundo a polícia, ela disse que a faca usada no crime havia sido jogada em um terreno baldio, mas os policiais não acharam o objeto. A Polícia Civil de Maracás disse que a mulher está presa na unidade, mas que o caso foi registrado na Delegacia de Jequié. Não há informações sobre o sepultamento da vítima.

Violência

19 de Mar // | Violência
Salvador e Região Metropolitana registraram no mês de março, até o momento, 74 homicídios nos finais de semana – período compreendido entre a noite de sexta-feira até o domingo. O levantamento foi realizado pelo bahia.ba atráves do portal da SSP-BA. Apenas neste domingo (19), a capital baiana e o entorno do município foram palco para 4 homicídios.
 
Já na sexta (17) e no sábado (18), foram contabilizadas 21 mortes. No final de semana passado, entres os dias 10 e 12, 28 pessoas foram assassinadas, enquanto no primeiro fim de semana do mês, 25 homicídio foram contabilizados. A reportagem apurou que, diante dos números analisados, seis pessoas, das 74 vítimas, são menores de idade.
 
Uma delas foi a menina de 6 anos morta a tiros no bairro de São Caetano, na última sexta (17), ao ser atingida por uma bala perdida do confronto da Polícia Militar (PM) com criminosos. A Região Metropolitana registrou, sozinha, 29 mortes, índice que equivale a 40% do total. A área vem seguida, com empate de três homicídios cada, dos bairros de Brotas e Cajazeiras. Bahia.ba

Violência

19 de Mar // Gildásio Cavalcante | Violência
A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) registrou, neste sábado (18), 12 homicídios em Salvador e região metropolitana.
 
O número é o segundo maior neste mês de março, conforme informações publicadas diariamente no portal da SSP-BA, que não classifica os dados como oficiais.
 
Até o momento, o dia 13 deste mês é tido como o mais violento, com 13 homícidios.
 
Confira a lista de mortes registradas pela polícia:
 
NOME DA VÍTIMA IDADE LOCAL RUA/REFERÊNCIA
 
PAULO VINICIUS ANDRADE SANTOS 19  anos Alto de Coutos RUA DOIS DE JULHO, ANTIGA IMPERATRIZ , FINAL DE LINHA EM FRENTE AO CAMPO DE BOLA
 
MATHEUS CUNHA LIMA 22  anos Uruguai RUA ISIDORO BISPO DOS SANTOS, ESQUINA DA LOJA REIS DAS AVARIAS

Violência

18 de Mar // Bocao News | Violência

Manifestantes fecharam a BR-324 na altura do bairro Bom Juá, em Salvador, na manhã deste sábado (18), em protesto contra a morte de uma garota de seis anos na noite desta sexta (17).

 

O ato bloqueou o tráfego para quem transita no sentido Centro da capital baiana.

 

Segundo moradores, a menina teria sido atingida durante uma troca de tiros entre bandidos e policiais.

Violência

16 de Mar // Bocão News | Violência
A divergência entre o número de mortes, principalmente relacionadas aos casos de homicídios, e as vagas disponíveis nos cemitérios municipais vêm dificultando os sepultamentos em Salvador. O problema, que atinge cada vez mais as camadas mais carentes da população, pautou uma audiência na Câmara de Salvador, manhã desta quinta-feira (16), abordando a violência urbana e a falta de vagas nos equipamentos públicos.
 
"Existe esta dificuldade para sepultar as pessoas e, infelizemente, isso passa pela segurança pública. Os altos índices de violência que têm acontecido nessa cidade e na região metropolitana têm dificultado conseguir vagas nos cemitérios municipais", disse o vereador Orlando Palhinha (DEM), responsável pelo evento, ao Bocão News.
 
Segundo a coordenadora de serviços diversos da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), Janete Garcia, em dez anos apenas 250 novas covas foram criadas na capital por conta da falta de espaço. Essas vagas, segundo ela, foram preenchidas em menos de um mês.  "Tínhamos uma média de 3 mil e chegamos a 5.200 sepultamentos no ano passado. Todos os espaços possíveis já foram abertos", afirmou.




Classificados


Enquete



Mais Lidas