Notícias

Salvador

Salvador

11 de Dez // | Salvador

A Guarda Civil Municipal aumentou o número de agentes atuando na orla de Salvador, para ampliar as ações de patrulhamento preventivo, apoio nas fiscalizações de órgãos da prefeitura e monitoramento de espaços públicos segundo informações do Bahia Notícias. Mais de vinte agentes já vinham atuando diariamente na região da orla.

 

“Estamos realizando os ajustes necessários para realizar a cobertura de pontos entre as praias de São Tomé de Paripe e Ipitanga, inserindo mais 30 agentes nesses pontos de fiscalização, através de um patrulhamento programado, com motos e viaturas”, explica o gerente de Operações, Marcelo Silva.

 

O Diretor de Segurança Urbana e Prevenção à Violência, Maurício Lima, afirma que a atuação da Guarda Civil foram intensificadas no trecho entre a Barra e o Rio Vermelho na manhã deste último domingo (10). “A população já fez destas regiões áreas para a prática de esporte e lazer. É de extrema importância que a Guarda Civil Municipal de Salvador esteja mais próxima do cidadão, garantindo sua segurança”.

Salvador

10 de Dez // | Salvador

A cobertura de um posto de combustíveis que fica localizado no bairro da Mata Escura, em Salvador, foi derrubada pelos fortes ventos que atingiram a capital, neste último sábado (09). Não houve feridos. O estabelecimento fica na Avenida Cardeal Avelar Brandão segundo informações do G1.

 

A estrutura caiu em cima de duas motos que estavam estacionadas no local, e chegou a atingir uma bomba de gasolina. Choveu forte entre o final da tarde e a noite de sábado, em Salvador e região metropolitana. Tmabém foram registrados raios e trovões, além de uma ventania.

 

Houve queda de energia em alguns bairros da capital, como Imbuí, Alto de Coutos, Paripe, Periperi e Graça. Conforme o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), as temperaturas elevadas somadas à umidade vinda da região amazônica e do oceano intensificaram a nebulosidade e a previsão é de chuvas fortes, de curta duração, também no próximos dias. Neste domingo (10), o tempo continua fechado em Salvador, mas sem o registro de fortes chuvas.

Salvador

10 de Dez // | Salvador

Um policial civil efetuou disparos de arma de fogo dentro da enfermaria do Hospital do Subúrbio, em Salvador, na tarde deste último sábado (9) após um suspeito custodiado no local tentar roubar a arma do agente. As informações foram divulgadas pela Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA) de acordo com o G1.

 

Conforme informou o órgão, informações preliminares dão conta de que policiais foram acionados para conter Wesley Luís Queiroz Lima, levado para a unidade de saúde após ser baleado depois de esfaquear um PM em uma tentativa de assalto em São Sebastião de Passé, na região metropolitana de Salvador.

 

Primeiro, Wesley deu entrada no Hospital Municipal de São Sebastião do Passé e, em seguida, foi regulado para o Hospital do Subúrbio .Na unidade médica de Salvador, conforme disse a SSP-BA, o suspeito estava dficultando o trabalho dos profissionais de saúde, que acionaram a presença policial. O órgao disse que Wesley tentou roubar a arma de um dos policiais que tentava imobilizá-lo, quando foram disparados dois tiros de advertência.

Salvador

08 de Dez // | Salvador

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a indisponibilidade de "parte de sete edifícios construídos ou em construção" em Salvador, que teriam recebido aportes de dinheiro de empresas ligadas à família do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA).

 

Entre eles está o La Vue, localizado no bairro da Barra, pivô do pedido de exoneração do peemedebista da Secretaria de Governo em novembro do ano passado. As informações foram divulgadas pelo Estadão. O ministro justificou que vê “indícios suficientes” da prática do crime de lavagem de dinheiro.

 

Segundo o jornal, o valor total de bens da família Vieira Lima tornado indisponível é de R$ 13 milhões  Na decisão, Fachin afirmou que “ressoam indícios de que os denunciados aplicaram altos valores em investimentos no mercado imobiliário, tanto que confirmada a aquisição, perante a empresa Cosbat Construção e Engenharia, de várias cotas de participação em imóveis em construção no Estado da Bahia”.

Salvador

07 de Dez // | Salvador

Os promotores Luciano Assis e Davi Gallo, responsáveis pela acusação contra a médica Kátia Vargas no MP-BA, afirmaram na quarta-feira (6) que irão recorrer da decisão que inocentou a oftalmologista pela morte dos irmãos Emanuel e Emanuelle Dias, após uma briga de trânsito na Avenida Oceânica, em 11 de outubro de 2013.

 

Em entrevista, Gallo se disse “envergonhado” com a sentença e chamou os quatro jurados que inocentaram a médica de irresponsáveis. “O sentimento é de total indignação por absolver uma pessoa que cometeu um crime bárbaro. É um absurdo. Como baiano, me sinto envergonhado. Justiça nesse país só para negro e para pobre”, bradou.

 

Já Luciano Assis disse que a decisão contrariou até o que tinha pedido a defesa. Mais cedo, os advogados da médica chegaram a pedir que, caso ela não fosse absolvida, recebesse condenação por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. “Foi uma decisão manifestamente contra os autos. Vamos interpor recurso e esperar que o Tribunal de Justiça seja acolhido”, afirmou segundo informações do Bahia Notícias

Salvador

07 de Dez // | Salvador

Marinúbia Gomes, mãe dos irmãos Emanuele e Emanuel Gomes Dias, de 22 e 23 anos, mortos em um acidente que teria sido provocado pela médica Kátia Vargas, falou com a imprensa após o júri popular do caso, que começou na última terça-feira (5) e terminou nesta quarta-feira (6), e que absolveu a acusada.

 

Emanuele e Emanuel foram mortos no bairro de Ondina, em Salvador, em outubro de 2013. A família das vítimas deixou o Fórum Ruy Barbosa, no bairro de Nazaré, quando a juíza Gelzi Maria Souza solicitou que todos saíssem do plenário, antes de proferir a sentença. Do lado de fora, Marinúbia criticou a decisão.

 

"Ela foi inocentada ninguém sabe como. A luta continua. A justiça não foi feita. Continuo acreditando na Justiça. É uma dor muito grande. Não vai ficar impune", afirmou. Contudo, mesmo com a decisão desfavorável, ela agradeceu pela realização do julgamento. "Lutei quatro anos pelo júri popular e agradeço a Deus, hoje, por ter conseguido o que várias pessoas não conseguem", acrescentou Marinúbia segundo informações do G1.

Salvador

07 de Dez // | Salvador

A médica Kátia Vargas, acusada de duplo homicídio dos irmãos Emanuel e Emanuelle, foi considerada inocente pelo júri, de acordo com informações de advogados e promotores envolvidos no processo. Os jurados consideraram que a médica não cometeu crime no momento em que aconteceu o incidente que culminou com a morte dos irmãos.

 

A informação foi divulgada no começo da noite desta quarta-feira (6), após dois dias de oitiva de testemunhas, cinco de acusação e cinco de defesa, argumentos do Ministério Público do Estado da Bahia e do advogado da família dos irmãos e também dos defensores da médica, que sugeriram a inocência da médica desde o início do julgamento.

 

Emanuel e Emanuelle foram mortos em outubro de 2013. Antes do anúncio da sentença, as duas famílias rezavam. A mãe dos irmãos, Marinúbia Gomes, chorou e foi amparada por parentes. O julgamento do caso, que comoveu a Bahia e chamou atenção do país, começou nesta última terça-feira (5), segundo informações do Bahia Notícias. Durante quase dez horas, testemunhas de defesa e acusação deram suas versões sobre o fato.

Salvador

06 de Dez // | Salvador

O advogado que acompanha a família dos irmãos Emanuel e Emanuelle, Daniel Keller, afirmou que a ré, Kátia Vargas, “escolheu o texto dos advogados” ao preferir não responder as perguntas da acusação. Kátia Vargas é acusada de, após uma discussão de trânsito, perseguir e tocar o carro contra a moto que conduzia os irmãos, em outubro de 2013.

 

“Todas as testemunhas contam o mesmo fato. O perito confirma a perseguição. O perito confirma o impacto. Os peritos do estado da Bahia confirmam a versão da acusação, que é o que é dito desde o primeiro dia. A única prova em favor dela é um parecer de um profissional contratado por ela e pago por ela que diz que não houve perseguição e não houve impacto”.

 

“Qualquer pessoa pode perceber que o profissional que é pago por ela vai dar um parecer favorável a ela”, avaliou Keller, durante o intervalo para o almoço do tribunal do júri, nesta quarta-feira (6). Para o defensor – que atua como acusador no caso em questão -, a ré adota uma estratégia de defesa bem definida, que inclui a desqualificação dos depoimentos das testemunhas segundo informações do Bahia Notícias.

Salvador

06 de Dez // | Salvador

Após o depoimento de Kátia Vargas, a defesa iniciou suas perguntas, abrindo com temas como o início de sua carreira e quando decidiu fazer medicina, há quanto tempo ela está casada e se tem filhos. Foi citado também o fato de fazer trabalhos sociais, atuando na organização não governamental Corrente do Bem há 10 anos.

 

Questionada sobre o início do dia do acidente, no dia 11 de outubro de 2013. Ela relata ter acordado às 6h45, tomado café da manhã, e ter ido para a aula de dança que começava às 7h. Por volta das 8h, a professora a chamou para que ele desse uma receita para a filha dela. “Fiz essa receita, tomamos um suco e saí da escola umas 8h20”.

 

Kátia voltou a relatar o acidente e admitiu que foi imprudente ao fazer a ultrapassagem, mas negou a intenção de atingir os irmãos. “Não quis matar, de jeito nenhum”. Questionada por um jurado se a ultrapassagem poderia ter resultado no desequilíbrio da moto, ela afirmou: "Pode ter sido". A ré contou ter seguido rumo à Avenida Oceânica, tendo ficado na pista da esquerda e reduzindo a velocidade porque o sinal estava fechado.

Salvador

06 de Dez // | Salvador

A médica Kátia Vargas, acusada de matar os jovens Emanuel e Emanuele Dias Gomes após uma briga de trânsito em outubro de 2013, iniciou seu depoimento no segundo dia de julgamento, e negou que tenha batido seu carro contra a moto na qual os dois estavam. “Não houve contato nenhum", afirmou.

 

Ela iniciou o relato afirmando que o sinal estava fechado e que ela decidiu seguir em frente, e que a moto ultrapassou seu veículo quando a sinaleira começou a abrir. Kátia diz que o piloto da moto gesticulou e que ela não entendeu o motivo e prosseguiu trafegando segundo informações do Bahia Notícias.

 

O piloto teria então se colocado a sua frente e ela permanecido atrás, mas a motocicleta não acelerou. Na sequência, ela teria feito menção de ir para a direita para ultrapassar a moto, que seguiu na mesma direção. Kátia conta que então jogou o carro para a direita, acelerou e fez a ultrapassagem, perdendo controle do carro ao voltar à pista. “Dali em diante eu não lembro”, declarou. Ela afirma lembrar do carro sobre o passeio, o poste e a grade do Ondina Apart Hotel.

Salvador

06 de Dez // | Salvador

Após quase dez horas, foi encerrado o primeiro dia de julgamento da médica Kátia Vargas, acusada de matar os irmãos Emanuel e Emanuelle Dias em um acidente de carro na Avenida Oceânica, em outubro de 2013. O depoimento dela, esperado para terça-feira (5), será nesta quarta (6) e abrirá os trabalhos do dia, que pode ser também o último do júri.

 

Logo depois, os jurados votam pela absolvição ou condenação da médica. Em seguida, a juíza Gelzi Maria Souza fará o país conhecer a sentença do caso, que comoveu o Brasil. No primeiro dia, foram ouvidas cinco testemunhas de acusação, que corroboraram a tese do Ministério Público da Bahia (MP-BA).

 

Kátia provocou intencionalmente o acidente e jogou o carro dela contra a moto em que estavam os irmãos por causa de uma briga de trânsito entre eles. Depois, foram ouvidas as cinco testemunhas arroladas pela defesa. A oitiva mais polêmica foi a do perito Almeri Espíndola, que chegou a dizer que o veículo da médica apenas encostou na moto, mas não chegou a bater no veículo segundo informações do Bahia Notícias.

Salvador

06 de Dez // | Salvador

A prima dos irmãos Emanuel e Emanuelle Dias, Maiana Dias, mortos em um acidente que teria sido provocado pela médica oftalmologista Kátia Vargas, fez um desabafo emocionado nesta última terça-feira (5), após a oitiva do perito Almeri Espíndola, convocado como testemunha de defesa segundo informções do Bahia Notícias.

 

Irritada com o testemunho dele, que chegou a dizer que a batida ocorreu após Emanuel perder o controle da moto, e não fruto de uma colisão intencional provocada pela médica, Maiana classificou a participação do perito no julgamento como “desonrosa” e um “desrespeito à família” das vítimas.

 

“Isso foi um absurdo demais com a família da gente. Foram duas vidas, não são duas baratas. Eram dois meninos inocentes. Ele [Emanuel] foi inocente, pois, se ele tivesse maldado, teria desviado dela. Ela [Kátia Vargas] pegou eles que nem uma cobra, sorrateiramente”, afirmou, emocionada. A prima das vítimas também disse sentir falta deles, a quem definiu como “irmãos”.

Salvador

05 de Dez // | Salvador

A médica Kátia Vargas, que começou a ser julgada nesta terça-feira (5), em júri popular, pela morte dos irmãos Emanuel e Emanuelle, ocorrida em 2013, em Salvador, permaneceu boa parte do tempo em que esteve no tribunal do júri de cabeça baixa, visivelmente abatida e emocionada segundo informações do G1.

 

A juíza Gelzi Maria de Almeida, que preside a sessão, não permitiu o registro de fotos ou vídeos durante o julgamento. Até por volta das 18h, o julgamento ainda estava na etapa dos depoimentos das testemunhas da defesa. Uma parte das testemunhas da acusação foi ouvida pela manhã, e outra no início da tarde.

 

Vestida de calça jeans e blusa branca, a médica chorou quando a juíza começou o pronunciamento do júri. Kátia Vargas permaneceu a maior parte do tempo sentada, de cabeça baixa e, em muitos momentos, balbuciava silenciosamente em um gesto que parecia de oração. Por várias vezes, a médica chorou e levou as mãos ao rosto, sem levantar a cabeça. Apenas quando entrou no salão, Kátia trocou olhares com os filhos e o marido.

Salvador

05 de Dez // | Salvador

A colisão do carro da médica oftalmologista Kátia Vargas fez com que os corpos dos irmãos Emanuel e Emanuelle Dias fossem “catapultados” da moto em que estavam. O relato foi feito na tarde desta terça-feira (5) pelo jornalista Felipe Martins de Souza, a última testemunha de acusação convocada no julgamento.

 

Na oitiva, ele relatou que presenciou o momento em que as vítimas foram lançadas contra um poste na Avenida Oceânica, em Ondina. A testemunha contou que tinha acabado de deixar a esposa no trabalho, quando passava pela região do acidente e presenciou o carro da médica surgindo atrás da moto em alta velocidade.

 

“Parecia motor de carro de Fórmula 1”, relatou Felipe. O veículo de Kátia ainda ficou lado a lado com a moto em que estavam Emanuel e Emanuelle. 'O carro colidiu com a moto pela lateral', confirmou, quando questionado pelo promotor Luciano Assis se ele tinha alguma dúvida sobre a colisão. A testemunha ainda disse que, após a batida, parou o veículo dele e foi até as vítimas prestar socorro, mas os irmãos já estavam mortos.

Salvador

05 de Dez // | Salvador

Arrolado como testemunha de acusação contra a médica oftalmologista Kátia Vargas, Denilson Silva Souza afirmou que viu o momento do acidente que matou os irmãos Emanuel e Emanuelle. “Outro motorista parou na sinaleira e disse em voz alta: 'foi de propósito, eu vi, eu vi'”, contou Denilson durante o julgamento, retomado na tarde desta terça (5).

 

Ele relatou que viu a médica “pareando” o carro dela com a moto das vítimas. A testemunha afirmou também não ter percebido que a moto tentava impedir Kátia de realizar uma ultrapassagem. Ele estava trabalhando em um evento em hotel próximo ao local do acidente, quando ouviu um barulho alto de aceleramento.

 

Logo depois, viu que havia acabado de acontecer o acidente que vitimou os irmãos. “Liguei para minha mãe e disse: ‘Acabei de presenciar um duplo assassinato’”, relatou. Durante o testemunho, Denilson reforçou que não havia nada na avenida que pudesse facilitar o acidente. Na oitiva, o advogado da médica, José Luiz, interviu afirmando que o Ministério Público da Bahia (MP-BA) não poderia induzir a testemunha a opinar sobre o ocorrido.

Salvador

05 de Dez // | Salvador

Convocado para depor como testemunha de acusação no julgamento da médica Kátia Vargas, Arivaldo Lima Souza declarou que “com certeza” viu o carro dela bater na moto pilotada por Emanuel e Emanuelle Gomes Dias. O conflito em questão, ocorrido em 11 de outubro de 2013, culminou na morte dos irmãos, com a médica acusada de duplo homicídio doloso.

 

De acordo com o depoimento de Souza, ele dirigia um veículo que estava atrás do carro da médica quando a viu bater no fundo da moto, que foi arremessada ao poste. "Quando desci do carro, correndo pra ver se podia fazer alguma coisa, vi que o pescoço do rapaz [Emanuel] estava saindo muito sangue. (...)

 

"Quando peguei no pulso dela [Emanuelle], ela começou a tremer, estourou e eu vi que começou a falecer", lembrou a testemunha. Com a família em lágrimas, a mãe das vítimas, a enfermeira Marinúbia Gomes, deixou a sala de sessão. Kátia Vargas, que nega ter batido com o carro na moto dos irmãos, não acompanhou o depoimento. Souza foi a terceira testemunha convocada pela acusação.

Salvador

05 de Dez // | Salvador

Primeira testemunha a ser convocada no julgamento da médica Kátia Vargas, Álvaro Lima Freitas Júnior foi ouvido em juízo na delegacia e também participou da reconstituição do crime. Ele é uma das cinco pessoas chamadas pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), que acusa a médica de duplo homicídio doloso.

 

Kátia é acusada pela morte dos irmãos Emanuel e Emanuelle Gomes Dias após uma briga de trânsito, em outubro de 2013. Na sessão que acontece no Fórum Ruy Barbosa, nesta terça-feira (5), ele lembra que fazia caminhada na Avenida Oceânica quando avistou um veículo fazendo uma conversão nas proximidades do Salvador Praia Hotel.

 

No depoimento, ele afirma ter visto o carro acelerar, seguindo a motocicleta, que estava “dentro dos parâmetros de velocidade da pista”. A testemunha disse que não viu os irmãos frearem a moto na frente ao carro, como dito por Kátia, mas sim darem "um tapa" na lateral do veículo da médica. Para Freitas Júnior, era uma "situação de reclamação". No entanto, sem usar o termo "perseguição", ele disse que o veículo acelerou atrás da moto.

Salvador

05 de Dez // | Salvador

Foram apresentados durante coletiva no Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), na manhã de segunda-feira (4), os bandidos Artur Arlindo Barbosa Pacheco, "Arturzinho", 25 anos, Oito de Espadas do Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública (SSP), e o comparsa Mateus da Silva Oliveira, "Pirrita", 23 anos.

 

Integrantes de uma quadrilha de traficantes responsável por homicídios no bairro de Ondina, Artur e Mateus estavam com mandados de prisão temporária em aberto pela morte do rival Rafael Santos Silva, e tentativa de homicídio de Alan dos Santos Santana. O crime ocorreu no dia 1ª de outubro, no Alto de Ondina, e tem ligação com o tráfico de drogas.

 

Arturzinho e Pirrita praticaram o delito na companhia de Ycaro Caldas Fonseca, o "Fantasmão", que morreu depois de uma troca de tiros com policiais militares do Garra, unidade do Esquadrão Águia, no dia 5 de outubro, no Vale das Pedrinhas. A dupla teve os mandados cumpridos na sexta-feira (1ª), pela delegada Simone Moutinho, da 1ª DH/Atlântico, ao se apresentar no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa acompanhada de advogado.

Salvador

01 de Dez // | Salvador

A defesa do chef de cozinha e dono do restaurante Paraíso Tropical, Luiz Gilberto de Andrade Pimentel, conhecido como Beto Pimentel, contesta a versão do depoimento do homem apontado pela polícia como segurança do estabelecimento sobre a morte do adolescente Guilherme Santos Pereira da Silva, de 17 anos, em Salvador.

 

Na terça-feira (28), o Ministério Público da Bahia (MP-BA) divulgou que ofereceu denúncia contra o dono do restaurante, o segurança, identificado como Fabilson do Nascimento Silva, que está preso, e um funcionário do estabelecimento, identificado como Antônio Santos Batista, pela morte do jovem dentro de uma área que pertence ao Paraíso Tropical.

 

O crime ocorreu no dia 17 de abril deste ano. De acordo com o MP, Fabilson do Nascimento afirmou que teria atirado na vítima a pedido do patrão, e que teria usado uma arma que pertencia ao empresário para cometer o crime. A defesa do chef de cozinha nega. Em entrevista ao G1, na quinta (30), o advogado Alano Frank, que defende Beto Pimentel, informou que o chef de cozinha não ordenou o disparo.

Salvador

01 de Dez // | Salvador

O homem que espancou e matou a própria avó, na madrugada de quinta (30), no bairro de Cajazeiras VIII, em Salvador, já havia sido preso em maio deste ano por agredir a namorada. Segundo informações da Polícia Civil, Wesley Souza de Jesus, de 24 anos, chegou a ficar três meses custodiado na Penitenciária Lemos de Brito, na Mata Escura.

 

Através de nota, a polícia informou que o suspeito foi autuado por feminicídio e que a delegada Ana Cristina de Carvalho, titular da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central), vai solicitar à Justiça a prisão preventiva dele. A polícia disse ainda que Wesley é usuário de drogas e alegou no depoimento que não se recorda do crime.

 

Ele também não soube explicar o que motivou as agressões à avó, identificada como Lúcia Maria de Jesus, de 65 anos. De acordo com a Polícia Civil, testemunhas disseram que Wesley iniciou as agressões contra a avó ainda na noite de quarta (29), por volta das 23h, e que só parou no início da manhã desta quinta, quando policiais da 3ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) chegaram ao local.

Salvador

30 de Nov // | Salvador

A jovem de 22 anos que foi filmada junto com um comparsa assaltando uma loja de celulares no bairro de Vista Alegre, em Salvador, cometeu outros quatro assaltos com ele no mesmo dia do crime e foi reconhecida pelas vítimas, de acordo com a Polícia Civil. Graziela da Hora Conceição foi presa na terça-feira (28), um dia após os assaltos.

 

O comparsa foi identificado e ainda é procurado. “Em um dia só, ela fez outros quatro roubos, tomou um carro de assalto e roubou transeuntes, no mesmo território de vista alegre. As vítimas reconheceram ela”, disse o titular da 2ª Delegacia Territorial, Luiz Henrique Costa Ferreira segundo informações do G1..

 

Segundo o delegado, em audiência de custódia na quarta-feira (29), a Justiça determinou a manutenção da prisão da jovem. No depoimento, conforme informou o delegado, a jovem se mostrou arrependida e disse que praticou os roubos porque teria uma filha doente. A polícia não confirma a versão dela. A jovem deve ser encaminhada ao sistema prisional e responderá pelo crime de roubo com uso de arma de fogo.

Salvador

29 de Nov // | Salvador

A polícia prendeu dois suspeitos de participar do assalto que resultou na morte do policial militar Fabiano Fortuna e Silva, 40 anos, em setembro, no estacionamento do Shopping Paralela. Foram presos, segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), Carlos Eduardo Santos de Araújo, o Dudu, 37 anos, e Marcelo de Moura Fernandes, 34.

 

Outros dois envolvidos ainda estão sendo procurados: Michel da Silva Nascimento, que segundo a polícia foi o autor do disparo, e Luis Eduardo Santos Ribeiro, que conduzia o veículo usado na ação.  Eduardo foi localizado no bairro do IAPI, no dia 23 de outubro, por policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV).

 

Ele estava a bordo de um Gol, de cor branca, placa PKM 2057, utilizado em assaltos.  Já Marcelo foi preso no dia 30 de outubro, no Vale dos Barris, por equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), e confessou, segundo a Polícia Cvil, a participação na morte do subtenente Fortuna. Ele era procurado pela polícia por roubo e tentativa de latrocínio segundo informações do Correio da Bahia.

Salvador

29 de Nov // | Salvador

Um homem de 37 anos e um jovem de 22 foram presos nesta quarta (29), suspeitos de abusarem sexualmente de uma mulher, na região da Estrada das Barreiras, em Salvador. De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública da Bahia, o crime ocorreu em julho deste ano. Nesta quarta-feira, a mulher reconheceu os dois homens presos.

 

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, os suspeitos, identificados como Luciano Nunes dos Santos, o "Jamanta", e Ricardo Limas Chagas, o "Buiú", foram capturados na Estrada das Barreiras e em Nova Brasília, respectivamente. Eles foram encaminhados para o sistema prisional, onde estão à disposição da Justiça.

 

Além da dupla, outros dois suspeitos de participar da ação - um jovem de 23 anos identificado como Álisson Sérgio Neri Santos, e um adolescente que não teve a idade divulgada - são procurados pela polícia.  Ainda de acordo com a SSP, o grupo abordou a vítima no momento em que ela passava pela Estrada das Barreiras e a levou para um terreno baldio, onde o estupro foi cometido. Após a ação, a vítima denunciou o caso para a polícia, que passou a investigar os suspeitos.

Salvador

29 de Nov // | Salvador

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) denunciou o dono do Restaurante Paraíso Tropical, Luiz Gilberto de Andrade Pimentel, conhecido como Beto Pimentel, o segurança Fabilson do Nascimento Silva e o funcionário Antônio Santos Batista, por envolvimento na morte do adolescente Guilherme Santos Pereira da Silva, de 17 anos.

 

O caso aconteceu em 17 de abril deste ano, nos fundos do restaurante, no bairro do Cabula, em Salvador. A denúncia foi oferecida à Justiça pelo promotor Antônio Luciano Assis. A juíza Andrea Sarmento Netto manteve a prisão preventiva de Fabilson Silva e proibiu Luiz Pimentel de sair de Salvador sem autorização judicial.

 

À época do crime, ele negou que a área onde o corpo estava fazia parte da propriedade dele. Ele também chegou a dizer que não havia seguranças no local e que o pomar onde os rapazes estariam é cercado com arame. Segundo a denúncia do MP, Guilherme e outros amigos coletavam frutas em uma região conhecida como “roça”, próxima ao portão que dá acesso aos fundos do Restaurante Paraíso Tropical, quando foi atingido por tiros na cabeça.

Salvador

29 de Nov // | Salvador

Uma jovem de 22 anos foi presa, na terça-feira (28), suspeita de roubar uma loja de celulares, no bairro de Vista Alegre, no subúrbio ferroviário de Salvador. De acordo com a Polícia Civil, a suspeita confessou o crime durante depoimento. O roubo ocorreu na tarde da segunda-feira (27), na Rua Franco Velasco, uma das principais vias do bairro.

 

Uma câmera de segurança do estabelecimento registrou o assalto. Toda a ação durou cerca de 35 segundos. Segundo a polícia, a jovem foi presa no bairro do Pau Miúdo, e encaminhada para a 2ª Delegacia Territorial (DT/Liberdade), onde foi autuada em flagrante por roubo segundo o G1.

 

Após ser ouvida, a suspeita foi levada para audiência de custódia, no Núcleo de Prisão em Flagrante da Justiça. Não há detalhes sobre o resultado da audiência. A polícia solicitou à Justiça a prisão preventiva da jovem. Nas imagens registradas pela câmera de segurança da loja, é possível ver o momento em que a suspeita, identificada pela polícia como Graziela da Hora Conceição, chega ao estabelecimento em um carro branco.

Salvador

27 de Nov // | Salvador

Os dois dos policiais militares envolvidos em um grave acidente, ocorrido na noite de domingo (26), em frente ao Estádio Barradão, em Salvador, não resistiram aos ferimentos e morreram. A informação foi confirmada pelo Centro Integrado de Comunicação da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (Cicom).

 

Após a ocorrência, os PMs foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Uma das vítimas foi identificada como Juclei Moraes da Silva, que era lotado na 50ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM). O segundo soldado ainda não teve a identididade divulgada.

 

Conforme a Secretaria de Segurança Pública, ambos tiveram traumatismo craniano. Ainda segundo o Centro Integrado de Comunicação, o acidente aconteceu enquanto os dois transitavam em frente ao Barradão e perderam o controle da motocicleta. De acordo com informações obtidas pelo BNews, os agentes integram o Policiamento de Emprego Operacional Tático (PETO) e teriam se chocado contra um poste.

Salvador

24 de Nov // | Salvador

Cotada nos bastidores para assumir a iluminação pública em Salvador, a FM Rodrigues está sendo alvo de inquérito civil instaurado pelo Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) para investigar suposta irregularidade de sua participação em licitação de modernização e ampliação da iluminação pública da capital paulista.

 

A empresa é de Flecha de Lima, parente do prefeito ACM Neto, e de um dos filhos do ex-ministro de Minas e Energia Rodolpho Tourinho. Com indícios de lobby em favor da FM Rodrigues, a licitação da iluminação pública de Salvador foi suspensa em setembro e a tomada de preços chegou a ser questionada pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).

 

O edital exigia características como experiência com iluminação pública para eventos ou festas populares com quantitativo excessivo, comprovável para uma empresa que já fez o Carnaval. A mesma entidade a pedir esclarecimentos ao município de Salvador, a Associação Brasileira da Indústria de Iluminação (Abilux), entrou com representação contra o certame paulistano, uma concorrência internacional.

Salvador

23 de Nov // | Salvador

O julgamento da médica Kátia Vargas, acusada de matar os irmãos Emanuel e Emanuelle, será aberto ao público. O júri popular será realizado no dia 5 de dezembro, no Fórum Ruy Barbosa. O Tribunal de Justiça da Bahia, a pedido do 1º Juízo da Vara do Júri, divulgou as orientações gerais ao público para acompanhamento do julgamento.

 

As senhas para o acesso ao público ao salão do júri serão distribuídas no dia 1º de dezembro (sexta-feira), das 8 às 11 horas, no Fórum das Famílias, em Nazaré (ao lado do Fórum Ruy Barbosa). A senha é pessoal e intransferível, e só dará direito de acesso devidamente acompanhada de documento de identidade civil, com foto.

 

O cancelamento do cadastro só poderá ser feito de modo presencial, com documento de identificação com foto. Nos dias de julgamento, haverá uma área de contenção em torno do Salão do Júri. O acesso somente será permitido a pessoas previamente cadastradas ou portadoras de senhas; não será permitida a permanência ou aglomeração de pessoas nesse local. A entrada no Plenário de Julgamento ocorrerá 15 minutos antes do início de cada sessão.

Salvador

23 de Nov // | Salvador

Enviado ao Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) em julho deste ano a pedido da promotora Isabel Adelaide Moura, o inquérito do caso Davi Fiúza, que desapareceu aos 16 anos em outubro de 2014 durante uma operação policial, já foi analisado e estudado pela instituição segundo informações do Bahia Notícias.

 

Questionado sobre o andamento da análise do material, o Ministério Público informou que o procedimento já foi concluído pela promotora de Justiça Ana Rita Nascimento, integrante do Núcleo do Júri. Mesmo assim, a instituição ainda não pode se manifestar sobre o caso, já que o inquérito analisado ainda não estava fechado.

 

Com 9 volumes, ele foi entregue da forma como estava, por determinação do MP. “Em reunião com os diretores do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, delegados José Bezerra e Cleuba Teles, foi acordado que a Polícia Civil concluiria as investigações, com diligências importantes que precisam ser realizadas para maior esclarecimento dos fatos, e reenviaria à promotora de Justiça”, explicou o MP em resposta ao Bahia Notícias.

Salvador

21 de Nov // | Salvador

Mais de 7 anos após as mortes do sindicalista Paulo Colombiano e da mulher dele, Catarina Galindo, a sessão que pretendia julgar os recursos da defesa e da acusação, nesta terça (21), foi adiada. Segundo o Tribunal de Justiça da Bahia, o adiamento ocorreu a pedido do desembargador Abelardo da Matta, que pediu mais tempo para estudar o processo.

 

Com o pedido de vista, uma nova data para o julgamento dos recursos foi definida. Será no dia 5 de dezembro. Paulo Colombiano era tesoureiro do Sindicato dos Rodoviários e foi morto com a mulher após a realização de uma investigação interna relacionada a irregularidades no pagamento dos gastos com plano de saúde.

 

As mortes do sindicalista Paulo Colombiano e da esposa dele, Catarina Galindo, completaram sete anos em junho deste ano, e os suspeitos de participação nos homicídios continuam soltos. Cinco pessoas respondem ao processo relacionado ao crime. Dois deles são os donos da empresa que prestava serviço de plano de saúde ao sindicato e são apontados como mandantes da ação. Outros três são funcionários da empresa segundo o G1.

Salvador

20 de Nov // | Salvador

O filho de um policial militar foi morto por volta das 12h de domingo (19), na Rua Monteiro Lobato, na Vila Rui Barbosa, na região da Cidade Baixa, em Salvador. Segundo informações do jornal Correio, testemunhas relatam que a vítima, Andrei Otero, 20 anos, estava acompanhado de dois amigos quando foi abordado por homens armados.

 

Estava em casa quando escutei os tiros, mas pensei que fossem bombas. Os amigos dele correram. Ele também tentou correr, mas não conseguiu. Ele ainda disse para os caras (bandidos): 'Pô, velho! Pra quê isso?'. Mas um dos caras disse para o outro que atirou: 'Dê logo na cabeça'. Moro aqui há anos e nunca tinha visto isso", contou uma testemunha.

 

Andrei morreu no local. A avó do jovem lamentou a morte. "Ele é meu neto, mas eu não tenho o que dizer. Pode ser o que for, mas o sangue corre na veia. Agora acabou. Deus sabe o que faz", disse. Pessoas que viram o ataque afirmam que os suspeitos não esconderam o rosto e se aproximaram de carro. A criança que foi baleada na perna direita brincava na porta de casa. Ela foi socorrida para o Hospital Geral do Estado (HGE) e recebeu alta no final da tarde.

Salvador

17 de Nov // | Salvador

A performance de 30 atrativos turísticos e 80 hotéis de Salvador serão monitorados a partir de resenhas e comentários dos visitantes em plataformas digitais. O acompanhamento dos equipamentos será realizado pela empresa espanhola ReviewPro, que assinou contrato nesta sexta (17), com o prefeito ACM Neto que está na Europa.

 

A ação tem o objetivo de melhorar o desempenho dos serviços oferecidos e atrair mais visitantes para a capital baiana, primeira no país a contratar este serviço. Uma pesquisa realizada recentemente constatou que os visitantes definem a escolha do destino turístico por meio de informações disponíveis em sites de avaliações, agências de turismo online, redes sociais, fóruns e blogs.

 

Além disso, eles também deixam textos com feedbacks dos locais percorridos nas mídias digitais. Entre os equipamentos que serão monitorados pela empresa espanhola estão a Casa do Rio Vermelho, os Fortes Santa Maria e São Diogo, a Casa do Benin, a Casa da Barroquinha, o Teatro Gregório de Matos, o Elevador Lacerda e o Farol da Barra. A ReviewPro permite avaliar cerca de 120 itens de um equipamento turístico.

Salvador

17 de Nov // | Salvador

A produção da banda É o Tchan informou na quinta (16) que, após recomendação do Ministério Público da Bahia (MP-BA), não usará mais as palavras "ordinárias" e "inocentes" para indicar os banheiros feminino e masculino, respectivamente, nos ensaios da banda. O próximo evento ocorre no domingo (19), no Terminal Marítimo de Salvador.

 

A caracterização dos banheiros foi alvo de investigação do MP-BA. Após receber indicações de internautas sobre os nomes nos banheiros das festas, a promotora Lívia Vaz instaurou procedimento de apuração no dia 7 de novembro. "Tomamos conhecimento pelas redes sociais. As pessoas me marcaram e marcaram o Ministério Público nas fotos", disse a promotora.

 

Através de nota, o MP-BA informou que a promotora Lívia Vaz, após atuação no caso, recebeu ataques com ofensas e ameaças. "A Instituição afirma a sua convicção na eficiência e lisura do trabalho que a promotora realiza no enfrentamento a injustiças históricas e práticas desrespeitosas sofridas especialmente por mulheres, homossexuais, negros, comunidades religiosas de matrizes africanas e grupos sociais oprimidos".

Salvador

16 de Nov // | Salvador

O estudante Pietro Henrique Caribé Pereira, de 25 anos, suspeito de ser um dos autores dos tiros que mataram o torcedor do Bahia Carlos Henrique de Deus, de 17 anos, em abril deste ano, foi solto na terça-feira (14), após determinação da Justiça. A decisão foi tomada após divergências nos depoimentos de testemunhas sobre o caso.

 

Pietro foi preso no dia 11 de abril. Em entrevista ao "Balanço Geral", o estudante garantiu que é inocente. "Eu não estava no local onde ocorreu a briga que resultou na morte do garoto e eu vou consegui provar a minha inocência", disse. O crime aconteceu após o término da partida entre Bahia e Vitória pelo Campeonato Baiano no dia 9 de abril.

 

Carlos Henrique Santos de Deus, 17, tinha ido ao estádio assistir ao jogo e estava a caminho de casa, na Rua Ferreira Santos, no bairro da Federação, quando foi atingido no abdômen e na perna. Segundo testemunhas, a pessoa que atirou estava a bordo de um veículo, que parou próximo ao adolescente e disparou. Além de Carlos Henrique, outro amigo, o frentista Isaias Souza Santos, 27, foi atingido de raspão no pescoço.

Salvador

14 de Nov // | Salvador

O homem suspeito de matar a jornalista Daniela Bispo, 38 anos, no prédio onde a vítima trabalhava, em Salvador, foi preso na tarde desta terça-feira (14). De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o criminoso vai ser apresentado às 16h, no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

 

A SSP não passou detalhes da prisão do suspeito e nem da ligação dele com a vítima. No entanto, a polícia já tinha informado da suspeita de um homem que foi filmado pelas câmeras de segurança do prédio, na noite da segunda-feira. Conforme a polícia, a família da vítima reconheceu o suspeito nas imagens e disse que a mulher tinha um relacionamento com ele.

 

Daniela foi achada morta na manhã desta terça-feira, no quinto andar de um edifício comercial localizado na Avenida Tancredo Neves. Ela trabalhava no primeiro andar. Segundo a polícia, ela foi assassinada e tinha ferimentos na cabeça causados, provavelmente, por uma faca. Ainda conforme a polícia, a jornalista trabalhava em uma empresa de call center localizada no edifício onde foi morta e foi vista pela última vez na noite de segunda (13).

Salvador

14 de Nov // | Salvador

Para período de alta estação, entre dezembro e fevereiro, Salvador terá 12 rotas novas de voo, incluindo um com destino a Santiago, que terá frequência de duas vezes por semana: às 22h nas sextas e às 10h55 aos sábados. O voo para a capital chilena, da Gol Linhas Aéreas, começa a operar no dia 6 de janeiro e encerra no dia 24 de fevereiro.

 

Compõem as outras rotas voos diretos de Salvador para João Pessoa (PB), Rio de Janeiro (Aeroporto Santos Dumont), Foz do Iguaçu (PR), Curitiba (PR), Recife (PE), Porto Alegre (RS) e Goiânia (GO) e de Porto Seguro para Porto Alegre (RS), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (Santos Dumont) e Foz do Iguaçu.

 

A empresa ainda disponibilizará dois mil voos extras para suprir a demanda esperada para Salvador, Porto Seguro e Ilhéus. A maioria desses horários terá como ponto de partida locais que respondem pela maior quantidade de turistas que chegam ao estado: São Paulo (Guarulhos e Congonhas), Rio de janeiro (Galeão), Brasília, Vitória e Buenos Aires, na Argentina segundo informações do jornal Correio da Bahia.

Salvador

14 de Nov // | Salvador

A mulher que foi encontrada morta dentro de um prédio comercial, na manhã desta terça-feira (14), em Salvador, foi assassinada. De acordo com a polícia, o corpo da vítima, identificada como Daniela Bispo dos Santos, de 38 anos, tinha marcas de espancamento e perfurações causadas por uma faca.


A polícia suspeita que um homem que foi filmado pelas câmeras de segurança do prédio, na noite desta última segunda-feira (13), tenha sido o autor do crime. Conforme a polícia, a família da vítima reconheceu o suspeito nas imagens e disse que a mulher tinha um relacionamento com ele segundo o G1.

 

O homem, que não teve a identidade revelada, é procurado pela polícia. Daniela Bispo era formada em jornalismo, mas trabalhava em uma empresa de call center que funciona no prédio. Segundo informações de colegas de trabalho da vítima, ela começou o expediente às 14h da segunda-feira e deveria ter saído às 20h. No entanto, às 19h pediu um intervalo e não retornou mais. Familiares e amigos de Daniela chegaram a fazer buscas pela vítima.

Salvador

14 de Nov // | Salvador

Duas estudantes da Universidade Salvador (Unifacs) acusam um colega da instituição de assédio sexual e o suspeito foi preso pela polícia. Douglas Mendes Lopes, de 30 anos, foi apresentado à imprensa, em coletiva nesta terça-feira (14), na 16ª Delegacia Territorial (DT), na Pituba, em Salvador.

 

Douglas é estudante de design gráfico e já foi expulso da unidade de ensino. A Polícia Civil não divulgou mais detalhes sobre a prisão. A delegada que investiga o caso, Maria Selma Lima, disse que uma das vítimas procurou a polícia na semana passada. A Unifacs diz que repudia o caso de assédio e violência.

 

"Na sexta-feira [10] veio uma vítima da faculdade [Unifacs] amparada pelos funcionários da faculdade. Ela registrou ocorrência e nós demos voz de prisão. Depois chamamos outra vítima, que também denunciou o assédio", explicou. A delegada disse ainda que após divulgar as fotos de Douglas, outras mulheres foram à delegacia e estão sendo ouvidas segundo informações do G1.

Salvador

14 de Nov // | Salvador

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta terça (14), cinco mandados de busca e apreensão com o objetivo de apreender documentos relativos a uma investigação sobre crime ambiental em Salvador. Três mandados foram cumpridos em Salvador, um deles na sede da Empresa Baiana de Águas e Saneamento no CAB.

 

Em nota, a Embasa informou que a operação da PF foi destinada à busca e apreensão de documentos e informações sobre a operação da Estação de Condicionamento Prévio (ECP) do Rio Vermelho, em março de 2016, quando o funcionamento da ECP foi temporariamente comprometido devido a um acidente de trânsito.

 

Segundo a Embasa, na época, um ônibus bateu em um poste da rede elétrica que atende a estação de tratamento operada pela Embasa e, com isso, causou uma parada no sistema de bombeamento. Outros dois mandados são cumpridos em Salvador, um em São Paulo e outro no Rio. Estes mandados são cumpridos em empresas supostamente responsáveis pela manutenção da bomba, mas não foram detalhados pela PF os endereços e quais os alvos.

Salvador

12 de Nov // | Salvador

Principal suspeito de ter matado a corretora de imóveis Janaína Silva de Oliveira, 42 anos, Aidilson Viana de Souza, 44, seu companheiro, não tinha mais as chaves da casa da vítima. O feminicídio aconteceu na madrugada de sexta (10), quando ela foi morta a facadas dentro do apartamento onde morava, no bairro do Barbalho.

 

No entanto, o corpo de Janaína só foi encontrado pela filha dela no final da tarde do mesmo dia. “Numa briga que eles tiveram, ela (Janaína) mudou a fechadura e ele não tinha mais a chave. Mesmo assim, ele ficava indo lá”, contou a filha da corretora, ao Correio, na manhã deste domingo (12).

 

A jovem identificada como Priscila, de 27 anos, era a única filha de Janaína. O corpo de Janaína foi enterrado no cemitério Campo Santo, após ser velado por amigos e parentes. Sempre, após as brigas, Aidilson voltava e perdia perdão a Janaína. Ele chegava a fazer com que sua mãe e o filho ligassem, pedindo para que ela o aceitasse de volta. Aidilson sempre brigava com a companheira por ciúmes, ao longo dos cinco anos em que estiveram juntos.





Classificados


Enquete



Mais Lidas