Notícias

Após ser apalpada, foliona é agredida com dois socos no Rio de Janeiro

A bióloga Elisabeth Henschel, 23 anos, foi agredida com dois socos no rosto após ser assediada por um homem quando estava curtindo o Carnaval em um bar no bairro da Lapa, região Central do Rio de Janeiro. A jovem estava com o namorado na Avenida Mém de Sá quando foi apalpada pelo agressor. Ao procurá-lo, ela recebeu os socos no rosto. O caso aconteceu nesta segunda-feira (27). 
 
"Estava com o meu namorado num bar e senti um homem me apertando. Quando fui tentar tirar satisfações com ele, levei um soco no nariz. Tentei abrir os olhos de novo, achando que ele ia agredir meu namorado, e levei outro soco", contou Elisabeth, ao jornal Extra. Ela disse ainda que viu o homem se afastar minutos depois.
Ferida, Elisabeth foi socorrida para um hospital e, no meio do caminho, reconheceu o agressor. Ela então acionou agentes da Guarda Municipal que estavam no local. A bióloga registrou boletim de ocorrência e passou por exame de corpo de delito. A polícia informou que está investigando o caso.
 
"Ouvi gracinhas todo o dia. Mas não posso me intimidar por isso. Nós, mulheres, temos o direito de sair com a roupa que queremos. Fiquei sabendo de outros casos de agressão contra mulheres e a homossexuais neste Carnaval. Quem for agredido não deve se deixar impactar por isso. Tem que procurar uma autoridade para resolver", finalizou. (Correio)

Categorias

Violência




Classificados


Enquete



Mais Lidas