Notícias

Presidente da Câmara desconhece pressão sobre exoneração de Francineia do cargo de Assessora

O Diário Oficial da Câmara de Santo Antônio de Jesus traz em sua publicação nesta quinta-feira (02), a exoneração da ex-primeira-dama Francineia Silva que ocupava o cargo de Assessora Legislativa ligado ao gabinete do vereador Marcos Muniz (DEM). Como já é do conhecimento de todos, sobretudo, daqueles mais ligados a política, a exoneração da ex-primeira-dama se deu por conta de vários compartilhamentos de postagens do prefeito Rogério Andrade (PSD), em sua página no facebook, e de uma foto do esposo de Francineia ao lado de Rogério e Dalva (PSB), o que deixou o vereador Chispita bastante nervoso.

 

Comunicada de sua exoneração em 21 de fevereiro, Francineia continuou atendendo na Câmara de Vereadores segundo informações que chegaram a nossa redação, mais o presidente da Câmara vereador Tom (PSB) teria sido pressionado a tirá-la da Câmara, se não a mesa diretora iria romper com o prefeito Rogério Andrade, fato este negado pelo presidente da Câmara durante entrevista a uma rádio local. “Não aconteceu nada disto, na verdade o cargo de Francinéia pertencia ao vereador Chispita, e ele nos procurou, e pediu a exoneração dela, nós cumprimos, pois é de exclusividade dele”, disse Tom.

O presidente da Câmara ainda disse que Francineia vinha cumprindo seu papel na Casa Legislativa, trabalhando, mas que o cargo pertencia ao vereador Marcos Muniz. O presidente da Câmara ainda esclareceu que cada vereador tem três assessores e que nenhum outro parlamentar pode mandar no cargo alheio. “Não é de meu conhecimento se algum vereador não gostou da presença dela na Câmara de Vereadores”, disse Tom que garantiu que os vereadores Altemir, Pedro de Teca e irmão Gerson, que fazem parte da mesa diretora, estão participando da administração do prefeito Rogério Andrade.


Categorias

Santo Antônio de Jesus




Classificados


Enquete



Mais Lidas