Notícias

Rogério Andrade defende contratação de vaqueiro e diz que valor é irrisório

Apesar de toda polêmica nesses últimos dias, o prefeito de Santo Antônio de Jesus, Rogério Andrade (PSD) defende a contratação de um vaqueiro feito pela prefeitura no valor de R$: 25 mil por um período de seis meses. O contrato foi assinado no último dia 24, sendo válido até setembro deste ano. Nas redes sociais, a contratação recebeu até apelido de “vaqueiro de ouro”, já que muitas pessoas argumentam que o salário mensal da categoria fica entre R$ 2 mil e 2,9 mil.

 

"O objetivo do contrato não é apenas a contratação de um vaqueiro. Engloba um vaqueiro, um veículo apropriado, disponibilização de um local adequado e pasto durante todo o período de guarda. São animais de grande porte", disse o prefeito em entrevista afirmando ainda que o valor de R$: 4,2 mil é ínfimo. Andrade ainda explicou que o município ficou sem o serviço nos meses de janeiro e fevereiro e o número de animais soltos nas vias públicas se elevou.

Segundo nota da Procuradoria Geral do Município, o contrato com o vaqueiro em questão é emergencial e no prazo de seis meses uma licitação ou chamamento público será realizado para contratar profissionais habilitados interessados no serviço. No entanto, o extrato do contrato publicado no Diário Oficial do Município não faz referência ao caráter emergencial do mesmo. A nota ainda lembra que o mesmo contrato já havia sido firmado em 2013, foi analisado pelo Tribunal de Contas dos Municípios e Ministério Público estadual.

 

O vereador Francisco de Assis, conhecido com Chico de Deda (DEM), afirmou na noite desta última segunda-feira (06), que o caso da contratação de um vaqueiro com um salário de mais de R$ 4 mil causou revolta na população de Santo Antônio de Jesus. De acordo com o democrata, o assunto deve parar no Ministério Público Estadual “Vivemos um período de crise econômica e vou abrir uma denúncia no Ministério Público Estadual”, diz o vereador.


Categorias

Santo Antônio de Jesus




Classificados


Enquete



Mais Lidas