Notícias

Delegacia de Ibirapitanga é invadida e presos fogem, justiça pediu interdição

A Delegacia de Ibirapitanga, que tem interdição determinada pela Justiça, foi invadida na madrugada desta quinta (6) e três presos fugiram, segundo informações de um dos investigadores que atuam na unidade. De acordo com o policial, criminosos ainda não identificados serraram os cadeados do portão de entrada da delegacia e da cela onde os presos estavam e os libertaram.
 
Não havia policiais na unidade no momento da ação. Ninguém ficou ferido. A Polícia Civil, por meio de assessoria, no entanto, informou que os presos fugiram por conta própria, sem ajuda externa. Conforme a versão, os homens teriam violado os cadeados e depois saído da delegacia. Conforme o investigador da unidade policial, os três fugitivos têm idades entre 19 e 22 anos e tinham sido presos no distrito de Itamarati.
 
Esses homens são suspeitos de roubar carros na localidade e estavam encarcerados na delegacia há cerca de 2 meses. Segundo a polícia, além dos fugitivos, outros dois homens estavam presos na mesma cela, mas não participaram da ação. Eles permaneceram na delegacia e devem prestar depoimento ainda nesta quinta-feira. Policiais militares e civis realizam buscas na região para capturar os fugitivos. Até o fechamento desta reportagem, nenhum deles havia sido encontrado.
 
Esta é a terceira vez que a delegacia é invadida neste ano. No dia 27 de fevereiro, homens armados entraram na unidade e mataram um preso que estava custodiado no local. Na ocasião, um carcereiro estava na delegacia, mas conseguiu escapar e não teve ferimentos. O segundo ataque ocorreu no dia 16 de março, quando três criminosos armados invadiram a unidade policial e atiraram em três presos.
 
Dois morreram no local e um deles foi socorrido para um hospital da região. Durante a ação, dois presos fugiram, mas, após buscas, um deles foi recapturado. Por conta das duas primeiras invasões, a Justiça da Bahia determinou a interdição total da carceragem da Delegacia de Ibirapitanga no dia 21 de março, após uma solicitação do Ministério Público do Estado (MP-BA).
 
Na decisão, a Justiça pedia a transferência de todos os detentos custodiados na unidade para o Conjunto Penal de Valença, no prazo de cinco dias a partir da notificação, além da proibição de reclusão de qualquer pessoa no estabelecimento.Conforme a Polícia Civil, a notificação referente à decisão da Justiça chegou à Delegacia de Ibirapitanga na quarta-feira (5). A polícia informou que aguardava a liberação das vagas em Valença para tranferir os presos.

Categorias

Baixo Sul




Classificados


Enquete



Mais Lidas