Notícias

Ibirapitanga: Presos que não fugiram de delegacia são transferidos, diz PC

Os dois presos que ficaram na carceragem da Delegacia de Ibirapitanga, no sul da Bahia, após a invasão seguida de fuga na unidade, foram transferidos na tarde desta última quinta-feira (6) para a sede da 7ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin), em Ilhéus. A informação foi confirmada pelo delegado Evy Paternostro, que é coordenador regional da Polícia Civil.
 
Segundo o delegado, os homens ficarão na carceragem da unidade até que o Conjunto Penal de Valença, para onde deveriam ser levados por determinação da Justiça da Bahia, possa abrigá-los. De acordo com o delegado, ainda não há um dia definido para a nova transferência, mas ela deve ocorrer dentro do prazo de até 4 dias, seguindo a decisão.
 
Os dois presos foram os únicos que restaram na carceragem da Delegacia de Ibirapitanga após as três invasões registradas na unidade neste ano. A última invasão ocorreu na madrugada desta quinta-feira. Segundo o delegado Evy Paternostro, um homem ainda não identificado serrou os cadeados do portão de entrada da delegacia e da cela onde os presos estavam.
 
Durante a ação, conforme informou o delegado, três presos com idades entre 19 e 22 anos fugiram. Já os dois presos que foram transferidos para Ilhéus optaram por permanecer no local. Ainda segundo o delegado Paternostro, os fugitivos tinham sido presos no distrito de Itamarati e eram suspeitos de tráfico de drogas e roubo na região. O delegado informou que policiais militares e civis realizam buscas na região para capturar os presos. Até o fechamento desta reportagem, nenhum deles havia sido encontrado.
 
Invasões
A primeira invasão registrada na delegacia ocorreu no dia 27 de fevereiro, quando homens armados entraram na unidade e mataram um preso que estava custodiado no local. Na ocasião, um carcereiro estava na delegacia, mas conseguiu escapar e não teve ferimentos. 
 
O segundo ataque ocorreu no dia 16 de março, quando três criminosos armados invadiram a unidade policial e atiraram em três presos. Dois morreram no local e um deles foi socorrido para um hospital da região. Durante a ação, dois presos fugiram, mas, após buscas, um deles foi recapturado.
 
Interdição
Por conta das duas primeiras invasões, a Justiça da Bahia determinou a interdição total da carceragem da Delegacia de Ibirapitanga no dia 21 de março, após uma solicitação do Ministério Público do Estado (MP-BA).
 
Na decisão, a Justiça pedia a transferência de todos os detentos custodiados na unidade para o Conjunto Penal de Valença, no prazo de cinco dias, a partir do recebimento da notificação, além da proibição de reclusão de qualquer pessoa no estabelecimento.
 
Conforme o delegado Evy Paternostro, a notificação referente à decisão da Justiça chegou à Delegacia de Ibirapitanga na quarta-feira (5). Ele informou que aguarda a liberação das vagas em Valença para transferir os presos.

Categorias

Baixo Sul




Classificados


Enquete



Mais Lidas