Notícias

Muco de rã indiana pode ser usado no combate à gripe, descobrem pesquisados dos EUA

Pesquisadores da Universidade Emory, nos Estados Unidos, descobriram que um muco expelido da pele de uma rã indiana pode ajudar no combate a alguns tipos de vírus da gripe. "Rãs diferentes produzem peptídeos (cadeias de aminoácidos) diferentes, dependendo de onde é seu hábitat", afirmou o especialista em gripe e coautor do estudo Joshy Jacob.

 

Jacob ressaltou que os humanos também produzem proteínas que agem como defensoras do organismo. "É um mediador imune natural inato presente em todos os organismos vivos. Acabamos de encontrar um produzido pelo sapo que por acaso é eficaz contra o tipo de gripe H1", completou. Espécimes da Hydrophylax bahuvistara sofreram pequenos choques elétricos para estimular a secreção dos peptídeos de defesa.

 

Batizado de "urumin", o peptídeo antiviral não é tóxico para mamíferos, mas "parece perturbar a integridade do vírus da gripe, como visto através de microscopia eletrônica", apontou o especialista. Ratos de laboratório foram protegidos contra uma dose letal do vírus da gripe H1 com uso do peptídeo. Os pesquisadores ressaltaram a necessidade de novos estudos.


Categorias

Saúde




Classificados


Enquete



Mais Lidas