Notícias

8 ônibus e um caminhão são incendiados no Rio; mais cedo, 26 foram presos

Mascarados atearam fogo em três ônibus na Rodovia Washington Luis, na altura dos acessos da Linha Vermelha e da Avenida Brasil, sentido Juiz de Fora, e outros quatro ônibus e um caminhão na Avenida Brasil, e um ônibus na Rua Itabira, com Bulhões Marcial, em Cordovil, em um dos acessos à comunidade da Cidade Alta, na manhã desta terça-feira (2).
 
Os bombeiros estão no local tentando conter as chamas. Devido aos ataques, motoristas tentaram voltar na contramão e passageiros de outros coletivos que passavam na região ficaram em pânico. Algumas ruas do bairro ficaram sem luz. Os ataques seriam reflexo de um confronto na Comunidade Cidade Alta, em Cordovil, na Zona Norte do Rio, desde as primeiras horas desta terça.
 
De acordo com a PM, a Cidade Alta foi alvo de uma invasão por traficantes de uma comunidade rival e a polícia realiza uma operação na comunidade. Até as 11h30 desta terça, 26 pessoas tinham sido presas e sete fuzis apreendidos durante a ação na Cidade Alta. Três PMs ficaram feridos. Um dos veículos incendiados na Avenida Brasil fica na altura da Rua Bulhões Marcial, em Cordovil.
 
Devido aos ataques, o acesso de caminhões à Linha Vermelha, que neste horário é proibido, foi liberado. O trânsito em direção ao Rio também é lento, pois motoristas reduzem a velocidade na altura dos incêndios. Não há informações de feridos até o momento. Por conta dos ataques, o Rio entrou em estágio de atenção às 10h50.
 
Em redes sociais, moradores relataram medo de sair de casa e troca intensa de tiros. Trabalhadores disseram estar com medo de sair para trabalhar por conta do tiroteio intermitente. Em nota, a Polícia Militar informou que participaram da ação homens do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), 16°BPM (Olaria) e do 22°BPM (Maré). PMs do Batalhão de Ações com Cães (BAC) atuam em Parada de Lucas.
 
O Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE), o Batalhão de Polícia de Choque (BPChq), além do Grupamento Aeromóvel (GAM) foram acionados em razão de ações criminosas contra coletivos na Avenida Brasil e na Rodovia Washington Luis (BR-040), onde ônibus foram incendiados.

Categorias

Violência




Classificados


Enquete



Mais Lidas