Notícias

Inundações no oeste dos Estados Unidos deixam mortos e vários desaparecidos

Pelo menos oito pessoas morreram, e várias estão desaparecidas pelas inundações que arrasaram uma piscina natural perto da localidade de Payson, no estado do Arizona (oeste dos Estados Unidos) - informaram as autoridades neste domingo (16). Na China também houve inundações que deixaram mortos.

 

O gabinete do xerife respondeu a uma chamada de emergência, depois da inundação neste ponto, relatou Adam Shepherd, do condado de Gila. "Confirmou-se a morte de oito pessoas e continuam as operações de resgate para os que ainda continuam desaparecidos", afirmou Shepherd, em um comunicado, sem especificar quantas pessoas estão desaparecidas.

 

Segundo a rede de informação de emergência do Arizona, as inundações repentinas causaram a morte de pelo menos 40 pessoas no estado desde 1996, mais do que qualquer outro evento relacionado com as tormentas. As inundações na cidade de Jilin, uma das mais importantes da província homônima no nordeste da China, deixaram 18 mortos e outros 18 desaparecidos, informou nesta segunda-feira (17) a agência estatal "Xinhua".

 


As chuvas torrenciais nas partes central e oriental da província provocaram graves inundações que afetaram especialmente a mencionada cidade, na qual mais de 110 mil pessoas tiveram que ser realojadas, revelaram as autoridades locais.


Uma equipe de resgate formada por 32.360 pessoas foi levada para a localidade para realizar tarefas de tirada de entulho, reparação de pontes e reconexão das casas às redes elétricas e de telefonia.


A zona nordeste do país (províncias de Heilongjiang, Jilin e Liaoning) é propensa a sofrer inundações devidas às fortes chuvas, que transbordam os três principais rios da região, o Amur, o Ussuri e o Songhua, sendo este último o que justamente passa pela cidade de Jilin.


Categorias

Mundo




Classificados


Enquete



Mais Lidas