Notícias

Casal mora em condições desumanas no lixão: É preciso cuidar daqueles que choram! Assista

Extrema pobreza, essa é a realidade de um casal que vive ao lado do Aterro Sanitário as margens da BA-046 em Santo Antônio de Jesus, no recôncavo baiano. É um cenário triste e revoltante que pode ser comprovado por qualquer pessoa que passa próximo ao Aterro. O lixão se localiza próximo a localidade do 53, há poucos quilômetros da sede do município. A equipe do Portal Infosaj/TV Recôncavo esteve no local na tarde desta terça-feira (25), para verificar in loco a situação de Dona Maria Bernadete de Jesus, 53 anos e de seu companheiro Damião que vivem praticamente em um barraco de madeira coberto com lona no meio do lixo. A nossa reportagem foi ao local após um apelo de Edileusa de Jesus Nascimento, uma das filhas de Dona Maria Bernadete que não aguenta mais ver a situação deplorável do casal.

 

Para se alimentar, o casal costuma pegar alimentos que são despejados no Aterro Sanitário. Sem água potável, a única solução do casal é a água da chuva que fica armazenado em uma vasilha plástica usado para consumo próprio. Edileusa já procurou a Secretaria de Ação Social do município e até o momento não foi encontrado uma solução, disse a filha do casal. “Eu quero uma solução para tirar minha mãe dessa situação, eu não durmo bem vendo minha mãe dormindo nesse frio sem saúde, sem médico, sem nada. Se tivesse um lar ou um internamento para minha mãe e meu padrasto seria melhor para mim”, finaliza Edileusa. É preciso que os poderes públicos olhem mais para os que choram. Como esse casal, são milhares de pessoas que vivem abaixo da linha de pobreza.

ASSISTA A ENTREVISTA COMPLETA


Categorias

Santo Antônio de Jesus




Classificados


Enquete



Mais Lidas