Notícias

Mulher é morta a tiros ao servir água a dois homens na porta de casa

Uma mulher identificada como Irla da Silva Ferreira, de 31 anos, foi assassinada enquanto servia água a dois homens, na porta de casa, na localidade da Baixinha de Santo Antônio, no bairro de São Gonçalo do Retiro, em Salvador.

 

Segundo a assessoria da Polícia Civil, uma investigação preliminar aponta que a vítima estava na varanda, por volta das 19h30 de quinta-feira, 27, quando a dupla apareceu em frente à residência pedindo para “matar a sede”. Ao abrir o portão, Irla acabou surpreendida com seis tiros que a atingiram do peito e abdômen.

 

Uma versão de que ela teria sido alvejada depois de ser atraída por barulho de tiros, porém, não foi confirmada oficialmente. Sob condição de anonimato, vizinhos contaram à reportagem que a filha dela, de 9 anos, ficou traumatizada por ter presenciado a execução da mãe.

 

Até a tarde desta sexta, 28, o corpo de Irla permanecia no Instituto Médio Legal. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

Vizinhos lamentam

A Polícia Militar informou que, em vez dos dois homens, uma mulher bateu à porta da vítima. “Ao chegar no local, foi encontrada uma mulher com disparos de arma de fogo. Os policiais isolaram o local e preservaram a cena do crime até a chegada dos policiais civis”, afirmou a assessoria da corporação. Inconformadas, pessoas próximas à Irla lamentaram as circunstâncias de sua morte.

 

“Ela não merecia morrer dessa forma. Uma mulher boa, com um coração enorme”, descreveu uma amiga. “Quando soube, não tive coragem de ir ver. Ela era minha cliente fiel. Fazia as unhas comigo toda semana. Uma pena ter perdido a vida assim”, acrescentou uma manicure e pedicure da região.

 

Categorias

Violência




Classificados


Enquete



Mais Lidas