Notícias

Luís Eduardo Magalhães: Turista baiana que morreu em cachoeira é sepultada no oeste

A baiana Joslene Benetti, de 32 anos, que morreu após ter passado mal em uma cachoeira no Parque Estadual do Jalapão, no estado do Tocantis, foi sepultada na manhã desta segunda-feira (11). A cerimônia, que foi marcada por forte comoção, ocorreu no município de Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia.

 

O corpo de Joslene foi velado na Casa Mortuária e o enterro realizado no cemitério municipal da cidade, por volta das 11h. Joslene era funcionária pública de Luís Eduardo Magalhães e atuava como coordenadora do Ponto Cidadão, unidade que faz intermediação entre os cidadãos e os serviços públicos. Por conta do falecimento, a prefeitura decretou luto de três dias na cidade.

 

Em nota, a prefeitura disse que "a servidora deixa como legado uma belíssima trajetória marcada pelo respeito ao próximo, amor e dedicação à família e amigos, relevantes serviços prestados ao município e uma imensa lacuna não apenas no meio público, mas no seio da sociedade". Joslene Benetti, de 32 anos, morreu em uma cachoeira no Parque Estadual do Jalapão enquanto visitava o local com três filhos e alguns amigos, no último domingo (10).

 

Ela começou a passar mal enquanto o grupo em que ela estava passava pela cachoeira da Formiga, uma das mais visitadas do parque. Ela era maquiadora e morava em Luís Eduardo Magalhães, na Bahia. Funcionários da cachoeira informaram que o caso foi por volta das 8h.

 

Um médico que estava no mesmo grupo da mulher chegou a prestar socorro e levá-la para um posto de saúde em Mateiros, no leste do estado, mas ela não resistiu. A principal suspeita é que ela tenha sofrido um infarto, já que a vítima teria informado aos funcionários que tinha problemas de coração. G1


Categorias

Bahia




Classificados


Enquete



Mais Lidas