Notícias

Rui autoriza recuperação da BA-120, no trecho que liga Sapeaçu a Castro Alves

Mais um reforço foi autorizado para a infraestrutura da região de Castro Alves, no recôncavo baiano. Em visita ao município, nesta quinta-feira (19), o governador Rui Costa assinou a ordem de serviço para restauração e pavimentação da rodovia BA-120, com 36,8 quilômetros, no trecho que liga Sapeaçu a Castro Alves. Mais de R$ 18 milhões serão investidos na obra, que beneficiará mais de 94 mil moradores.

 

“Fico feliz quando vejo a alegria e o entusiasmo do povo com os anúncios e as obras do Governo. Hoje, além de autorizar a recuperação desse importante trecho da BR-120, que dará mais segurança e facilitará a vida de quem trafega por aqui, entreguei 661 certificados de cadastro ambiental rural, para continuar fortalecendo a nossa agricultura”, destacou Rui. A BA-120 serve como uma importante via de escoamento para a agricultura da região.

A recuperação da rodovia beneficia os municípios de Castro Alves, Sapeaçu, Santa Terezinha, Elísio Medrado e Itatim. Segundo o agricultor Fernando Lima, a obra é um desejo antigo dos moradores. “Nós temos uma feira muito boa e muitas vezes pessoas de outras cidades deixam de nos visitar por conta das condições da estrada. Vai ficar mais seguro trafegar, sem dúvida. E vai melhorar muito para o comércio, vai atrair mais gente”, afirmou.

Cadastro Ambiental

Durante a solenidade, o governador também fez a entrega de certificados de inscrições no Cadastro Ambiental Rural (CAR), emitidos pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado (Sema), para 661 agricultores. Mais de R$ 43 mil foram investidos nos cadastros entregues aos produtores.

 

O Governo do Estado tem desenvolvido diversas ações em toda a Bahia para ampliar os serviços ao produtor rural a fim de que sejam elaborados os documentos do CAR, que é um registro público eletrônico de âmbito nacional, obrigatório para todos os imóveis rurais, a fim de integrar as informações ambientais das propriedades e posses rurais.

 

O objetivo do cadastro é compor uma base de dados para controle, monitoramento, planejamento ambiental e econômico e combate ao desmatamento. A partir de dezembro de 2017, a inscrição no CAR será necessária para a concessão de crédito agrícola pelas instituições financeiras.


Categorias

Recôncavo




Classificados


Enquete



Mais Lidas