Notícias

Sob pressão do Centrão, Temer deve tirar Luislinda Valois de ministério, diz jornal

A desembargadora aposentada Luislinida Valois, filiada ao PSDB baiano, deve perder o posto de ministra dos Direitos Humanos em até 15 dias. Outro baiano que deve perder o cargo de ministro da Secretaria de Governo é o deputado federal licenciado Antônio Imbassahy de acordo com o jornal O Estado de S. Paulo.

 

O PSDB verá seu espaço ser reduzido pela metade na reforma ministerial que o presidente Michel Temer (PMDB) deve fazer nos próximos dias sob pressão de partidos do Centrão. Em meio a pedidos do PTB e do PP, Temer deve tirar Bruno Araújo (PSDB-PE) do Ministério das Cidades e Luislinda Valois dos Direitos Humanos.

 

Imbassahy, por se tornado um dos homens de confiança do presidente peemedebista, deve ser deslocado para outra pasta, conforme publicação do jornal paulista desta segunda-feira (13). Além do PTB e PP, PMDB também deve ganhar espaço na reforma. O objetivo do Palácio do Planalto é tornar a composição do governo proporcionalmente mais justa aos votos obtidos por cada partido em pleitos importantes.

 

O PSDB é visto como uma legenda que entrega menos do que outros partidos aliados ao governo. Com essa reestruturação dos cargos, Temer estaria preparando terreno para acabar com a insatisfação dos congressistas, visando a garantir unidade para uma possível votação da reforma da Previdência.


Categorias

Política




Classificados


Enquete



Mais Lidas