Notícias

MP abre inquérito para apurar regularidade ambiental de empresa em Correntina

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) decidiu abrir um inquérito civil para apurar a regularidade ambiental da empresa Lavoura e Pecuária Igarashi no município de Correntina, no oeste baiano. O ato de investigação é da Promotoria de Justiça especializada em meio ambiente de Bom Jesus da Lapa.

 

No início de novembro, um grupo de pessoas invadiu duas fazendas em protesto contra o modo de irrigação feito pelos empreendimentos no município. De acordo com os manifestantes, a irrigação causa falta de água e queda de energia na região. Em nota divulgada à imprensa na ocasião, a empresa Igarashi condenou a forma de protesto utilizada pelo grupo.

 

A companhia diz que suas instalações no município de Correntina foram "ilegal e arbitrariamente invadidas por indivíduos que, arrebentando cercas, ateando fogo nas instalações, destruindo maquinários, todo sistema de energia, tratores, ameaçando seus colaboradores, promoveram um ato de vandalismo injustificável e criminoso, ferindo, inclusive, um de seus colaboradores" segundo informações do Bocão News.

 

"A Igarashi ressalta que todas as atividades desenvolvidas possuem as autorizações ambientais, que por sua vez percorreram toda tramitação perante aos órgãos ambientais competentes, sendo que somente foram iniciadas as atividades após a regular conclusão de todos os processos de autorizações e licenças com seus estudos, inspeções, vistorias e conclusões", defendeu-se a empresa.


Categorias

Bahia




Classificados


Enquete



Mais Lidas