Notícias

Salvador: Jornalista morta por homem com quem tinha relação é enterrada

A jornalista Daniela Bispo dos Santos, de 39 anos, que foi morta a pedradas, dentro do prédio comercial em que trabalhava, em Salvador, pelo homem com quem mantinha uma relação escondida, foi enterrada nesta quarta (15). O sepultamento foi realizado no Cemitério Ordem Terceira de São Francisco, na Baixa de Quintas.

 

Dezenas de familiares e amigos da vítima compareceram à cerminônia. Daniela foi enterrada sob salva de palmas. O crime ocorreu na noite da segunda (13), mas o corpo da vítima só foi encontrado na manhã da terça (14). O homem suspeito de matar Daniela, identificado como Mateus William Oliveira Alecrim, de 32 anos, foi preso e confessou o crime.

 

A família da jornalista estava muito emocionada durante o enterro. O pai da vítima foi ao cemitério, mas não conseguiu acompanhar o sepultamento. Revoltados com o crime, familiares comentaram sobre a violência com que a vítima foi morta. “É uma dor muito grande. Eu não consigo nem falar. Saber que minha sobrinha foi morta de uma forma tão trágica, tão violenta...”, contou Elma Souza, tia da vítima.

 

O primo da jornalista ainda comentou sobre a incidência de crimes contra mulheres. “Fica a lembrança de uma pessoa alegre, de uma pessoa autentica, mas o sofrimento é maior ainda, porque isso acontece diariamente. Não é só na nossa família. Mas isso nos dá força também, para a gente continuar lutando, por um mundo mais justo e menos machista”, disse Iago Carvalho.


Categorias

Violência




Classificados


Enquete



Mais Lidas