Notícias

Délcio Mascarenhas sobre projeto do IPTU: “O rito processual legal foi atropelado pela Câmara”

Da base do prefeito Rogério Andrade (PSD), o vereador Délcio Mascarenhas (PP), foi um dos poucos vereadores que votou contra o reajuste dos valores da Planta Genérica do IPTU apresentado durante sessão extraordinária na Câmara Municipal no último dia 29 de novembro. O vereador continua criticando a condução do projeto e afirma que o ajuste do IPTU precisava de uma discussão mais ampla com a população de Santo Antônio de Jesus. Na tarde desta terça-feira (05), Délcio Mascarenhas participou do programa Cidade Alerta da Rádio Clube FM, apresentado pelo radialista Gildásio Cavalcante, onde na oportunidade, fez críticas ao projeto e disse que seu posicionamento contra o ajuste do IPTU não mudou, tendo em vista a forma que o mesmo foi apresentado na Câmara. “Esse foi um dos maiores golpes que aconteceu nos últimos 30 anos aqui em Santo Antônio de Jesus. A deliberação de uma matéria dessa magnitude foi feita de uma forma arbitrária que não houve um certo equilíbrio por parte do Poder Legislativo. Mesmo que não houvesse o clamor popular, era uma obrigação da Casa Legislativa cumprir seu rito regimental. Tendo em vista o clamor popular da sociedade, isso daria mais ainda responsabilidade a Câmara cumprir fielmente os dispositivos legal que está no regimento e na lei orgânica do município”, disse Délcio durante entrevista.

ASSISTA A ENTREVISTA COM O VEREADOR DÉLCIO MASCARENHAS


Categorias

Santo Antônio de Jesus




Classificados


Enquete



Mais Lidas