Notícias

'É um equívoco os partidos apostarem que Lula não será candidato', afirma Neto

Pré-candidatos à Presidência da República, o ex-presidente Lula e o deputado federal Jair Bolsonaro foram assunto entre na premiação Brasileiros do Ano 2017, da revista IstoÉ, na noite de terça-feira (6). O prefeito ACM Neto, que foi escolhido “Homem do Ano” na categoria Política, mencionou o petista.

 

"É um equívoco os partidos apostarem que Lula não será candidato. É preciso se preparar para enfrentá-lo na rua", avaliou. Sobre Bolsonaro, no entanto, acredita que a tendência é de desidratação até o momento das eleições. Neto descartou também pretensão de ser vice de algum tucano na chapa presidencial.

 

"Minha prioridade não é ser candidato a vice do Alckmin. O Democratas está em um processo de refundação que pode terminar com a escolha de um candidato próprio", declarou em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, sem colocar seu próprio nome como um eventual candidato. Neto, no entanto, apontou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e sinalizou conversas de fora do círculo político.

 

"Também estou conversando com nomes de fora da política. Acredito em nomes novos que apareçam através da política e não contra a política".

 

Cogitado como candidato, mas até o momento fora da disputa, o apresentador Luciano Huck também foi à festa. Ele permaneceu com o discurso de que pretende participar da política com os movimentos cívicos, mas voltou a afirmar que não será candidato à presidência em 2018 (saiba mais). Ele estava acompanhado por ao menos dois representantes do movimento Agora!.


Categorias

Política




Classificados


Enquete



Mais Lidas