Notícias

Lula deve acompanhar de São Paulo julgamento do TRF-4 sobre caso do triplex

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não deve ir a Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, para acompanhar o julgamento do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, no caso do tríplex do Guarujá, no próximo dia 24. O conselho é de advogados do petista, que recomendam cautela para evitar confrontos e acirramento de ânimos.

 

O ex-presidente deve acompanhar a tomada de decisão de São Paulo. "Não tem sentido ele ir lá e ficar olhando. As manifestações que estamos organizando na cidade serão de solidariedade e apoio, mas Lula não vai participar", disse o líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS) segundo informações do Estadão.

 

Se Lula for condenado em segunda instância, ficará inelegível pelos critérios da Lei da Ficha Limpa. No entanto, ele poderá permanecer na campanha deste ano até que todos os embargos de sua defesa sejam analisados. De acordo com o Estadão, é provável que, em um cenário de condenação, a candidatura do ex-presidente seja impugnada, mas o cálculo dos petistas é de que, até isso ocorrer, ele conseguirá passar a ideia de "perseguição política".

 

A cúpula do PT avalia que, se Lula for impedido de concorrer e sua prisão for decretada, ele virará "mártir" e será importante cabo eleitoral.


Categorias

Justiça




Classificados


Enquete



Mais Lidas