Notícias

Mar Grande: Sobreviventes e parentes de vítimas da tragédia que deixou 19 mortos protestam

Sobreviventes e familiares de vítimas da tragédia que deixou 19 mortos na Baía de Todos-os-Santos, na Bahia, se reuniram em protesto neste sábado (27), em Mar Grande, na Ilha de Itaparica. A lancha naufragou às 6h40 do dia 24 de agosto do ano passado, dez minutos após deixar o terminal de Mar Grande em direção a Salvador.

 

Os manifestantes levaram cartazes para lembrar as vítimas e ressaltar a dor das famílias. "Não podemos deixar cair no esquecimento. Tragédia anunciada não é acidente, é crime", dizia a mensagem dos familiares. O pequeno Davi Gabriel, que chegou ainda com vida a Salvador, mas acabou não resistindo no dia do acidente, faria um ano no próximo dia 22 de fevereiro.

 

Segundo os participantes do protesto, a fiscalização no terminal de onde saem as embarcações que fazem a travessia entre Salvador e Mar Grande em Vera Cruz não é adequada. Por meio de nota, a Agerba informou que, "atualmente, a fiscalização do sistema hidroviário é realizada por 16 fiscais". Ainda conforme o órgão, os trabalhos são diários, tanto na ilha, quanto em Salvador, e há análise de documentação anualmente segundo o G1.

 

Já a Marinha disse que diariamente são realizadas ações de inspeção naval na Baía de Todos-os-Santos, inclusive em finais de semana e feriados. Nessas ações, os inspetores abordam as embarcações atracadas nos terminais (incluindo os de Mar Grande e Salvador) ou no mar e verificam diversos itens.


Categorias

Acidente




Classificados


Enquete



Mais Lidas