Notícias

Criança de 1 ano morre afogada após cair em tanque de criação de peixes na Bahia

Um menino de um ano e dez meses morreu afogado após cair em um tanque de criação de peixes, no final da tarde de quarta-feira (14), na zona rural de Luís Eduardo Magalhães, oeste da Bahia. O avô paterno da criança, José Nilton de Lima, de 47 anos, contou que Lorran Gabriel caiu no tanque quando estava com os pais.

 

O caso aconteceu na Vila 2 do assentamento Rio de Ondas, há 30 km do centro de Luís Eduardo Magalhães. "Criança, por mais que a gente cuide, a gente deixa a desejar. O pai saiu para colher umas coisas na roça e a mãe se ocupou também. Foi questão de minutos. A gente tinha um cuidado redobrado com ele, por ser pequeno", relatou José Nilton.

 

 A Polícia Civil informou que vai investigar a morte do garoto. O pai da criança, segundo disse o avô, tirou o menino do tanque e o levou para um posto de saúde na região, mas o menino já chegou morto segundo informações do G1. "Eles [os pais] estão em choque, sofrendo muito. Só conseguem chorar. Meu filho tem um filho mais velho de outro relacionamento, mas Lorran era o primeiro filho da minha nora", disse. José Nilton também falou sobre o neto.

 

"Era um menino 'elétrico', mas me ouvia. O portão da casa da mãe é colado com o meu, e eu o via todos os dias. Era um amorzinho de criança", concluiu. No assentamento onde o caso ocorreu moram cerca de 300 famílias que vivem da piscicultura e, por isso, é comum no local a presença de tanques como o que Lorran se afogou, e boa parte deles não têm telas de proteção. O enterro de Lorran Gabriel será no Cemitério Municipal de Luís Eduardo Magalhães e está previsto para ocorrer entre esta quinta-feira (15) e sexta-feira (16).


Categorias

Acidente




Classificados


Enquete



Mais Lidas