Notícias

Ipiaú: Bebê sofre fratura no fêmur após cesárea; hospital alega ‘parto difícil’

Uma recém-nascida teve uma fratura no fêmur da perna direita após um parto cesárea realizado no Hospital Geral de Ipiaú, município localizado no sul da Bahia. A filha da massagista Maria Aparecida de Jesus Souza, de 24 anos, nasceu no último dia 9 de março e, desde então, reclama de dores e chora muito, de acordo com a mãe.

 

Diretor do Hospital Geral de Ipiaú, o médico João Henrique Cruz Sampaio, declarou que a fratura ocorreu depois de um parto pélvico, em que o bebê fica sentado no útero. “É um parto muito difícil. Infelizmente, quando a criança saiu na primeira fase do parto, na saída do útero, teve a fratura no fêmur da perna direita”, disse o diretor ao G1.

 

O hospital buscou prestar assistência a recém-nascida e conseguiu viabilizar o atendimento para a criança, por meio do SUS. “Ela foi ao Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana, mas o médico de lá diz que o tipo de cirurgia não pode ser feito com a idade que a criança tem e pediu para voltar no dia 3 de abril para uma consulta”, disse o diretor. A mãe acredita que a fratura pode ter ocorrido por conta de um “mau jeito” na retirada da criança.

 

“Eu acho que foi não por ele (médico) querer, mas pode ser o mau jeito que tirou ela. O hospital disse que era normal porque foi parto pélvico e que acontece para salvar a mim e a ela, mas isso se fosse um parto normal, mas em cesariana não entendo a justificativa dele”, reclamou. A menina saiu da unidade com a perna engessada e permanece chorando e com dores, segundo conta a mulher. “Ela está se recuperando sozinha, sem remédio. Os médicos não passaram medicação nenhuma”, falou Maria Aparecida.


Categorias

Acidente




Classificados


Enquete



Mais Lidas