Notícias

Preso, ex-presidente Lula pediu para receber visitas da família às quintas-feiras

O ex-presidente Lula quer receber visitas de familiares às quintas-feiras, na "cela" especial, espécie de sala de Estado-Maior, na prisão da Operação Lava Jato, em Curitiba. O petista completa nesta quinta-feira (12), o quinto dia no cárcere para o cumprimento da pena de 12 anos e 1 mês, em regime fechado por corrupção e lavagem de dinheiro.

 

O pedido para que as visitas de familiares ocorressem nas quintas partiu da defesa do ex-presidente. O advogado Cristiano Zanin Martins, que esteve com Lula em todos os dias de seu encarceramento até aqui, solicitou a data ao superintendente da PF no Paraná, Maurício Valeixo, e ao delegado Igor Romário de Paula.

 

Lula está em uma sala reservada especialmente para ele no quarto andar do prédio da PF, isolado dos demais presos da Custódia. Na segunda-feira, 9, o juiz federal Sérgio Moro registrou na Ficha Individual de execução provisória da pena de Lula que a sala de Estado-Maior e uma televisão - onde assistiu seu time do coração, o Corinthians, tornar-se bicampeão paulista no domingo, 8 - são os únicos benefícios concedidos a Lula.

 

O documento que serviu para abertura do processo de execução penal provisória da pena, pela juíza federal Carolina Moura Lebbos, destaca o veto a outros "privilégios". E o entendimento foi mantido pela juíza da 12ª Vara Federal - responsável pela execução penal em Curitiba.

 

"Nenhum outro privilégio foi concedido, inclusive sem privilégios quanto a visitações, aplicando-se o regime geral de visitas da carceragem da Polícia Federal", diz Moro. Pela regra, Lula pode receber visitas de advogados a qualquer dia da semana - menos sábados, domingos e feriados - e de familiares, uma vez por semana, como ocorre com os demais encarcerados da PF.

 

As visitas de familiares na carceragem da PF, onde estão 20 presos comuns, ocorrem às quartas-feiras. A Custódia fica no segundo piso do prédio, isolado da sala de Estado-Maior de Lula. Entre os detentos estão o ex-ministro Antonio Palocci, o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro e o ex-diretor da Petrobras Renato Duque.ão há ainda confirmação de quais familiares visitarão Lula, mas os filhos estão entre os que viajarão a Curitiba, segundo apurou o jornal O Estado de S. Paulo.


Categorias

Política




Classificados


Enquete



Mais Lidas