Notícias

Sargento da PM é morto após pedir que grupo não usasse drogas no terreno dele

Um sargento da reserva da Polícia Militar, de 59 anos, foi morto a tiros, na tarde desta sexta-feira (11), após pedir que um grupo com cerca de seis homens saísse da propriedade dele, na zona rural da cidade de Coaraci, no sul da Bahia. O grupo usava drogas no local e teria reagido a tiros ao pedido da vítima, identificada como Lúcio Soares dos Santos.

 

O filho do sargento estava com ele, mas não foi baleado. O sargento chegou a ser socorrido por vizinhos, que tentaram levá-lo para um hospital da região, em um carro, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu dentro do veículo. Após a ação, um adolescente suspeito do crime foi apreendido. Já os comparsas dele conseguiram fugir.

 

O grupo é procurado pela polícia de acordo com informações da Polícia Militar. O corpo da vítima foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna segundo informações do G1. Não há detalhes sobre o sepultamento do sargento. Em 2017, dezessete policiais, entre civis e militares, foram mortos na Bahia segundo dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública do estado. A maioria das vítimas é formada por PMs.


Categorias

Violência




Classificados


Enquete



Mais Lidas