Notícias

Amigas levam murro em bar na Bahia após uma delas pedir para homem se afastar

Duas mulheres, que preferem não se identificar, relataram que foram agredidas por um homem em um bar de Juazeiro, no norte da Bahia, no domingo (20). Segundo contam, um homem desconhecido teria encostado em uma delas, e logo a mulher pediu que ele se afastasse. No entanto, segundo as amigas, ele não gostou do pedido da moça.

 

"A gente foi para um barzinho, senti uma pessoa atrás de mim, nas minhas costas, encostando na minha bunda. Perguntei: 'moço, o que você quer?'. Aí ele: 'não quero nada'. Aí eu disse: 'então desencoste de mim'. Aí ele pegou meu braço. Quando percebi, ele veio com um muro no meu rosto", relatou uma das mulheres agredidas.

 

No rosto de uma da mulheres ficou a marca da agressão, já a outra teve o osso do nariz deslocado. O pior para elas é a cicatriz emocional. "Eu nunca vou esquecer, nunca aconteceu comigo. Eu tenho medo de sair de casa, de sair sozinha", relatou uma das amigas. Depois da agressão, as duas mulheres foram à delegacia para prestar queixa contra o homem que apontaram como agressor. Elas fizeram exame de corpo delito segundo o G1.

 

O homem apontado pelas mulheres como o agressor foi ouvido e liberado. Ainda na delegacia, as mulheres foram informadas de que o caso não se enquadrava em crime de violência doméstica pois elas nao tinham ligação afetiva ou familiar com o homem e por isso, não seriam acompanhadas pela delegacia da mulher.

 

Diante da informação, elas procuraram o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher de Juazeiro e pretendem entrar com uma ação na Justiça contra o agressor. “Eu espero Justiça e que isso se resolva para que ele não possa fazer isso com ninguém, nem com outra mulher", disse emocionada uma das vítimas. G1


Categorias

Violência




Classificados


Enquete



Mais Lidas