Notícias

Bruno Reis é vencido pelo cansaço e vai ocupar chapa de Zé Ronaldo para governador

O vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM) foi vencido pelo cansaço. A resistência do demista em compor a chapa majoritária do ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM) já é mínima e ele ocupará a vaga de vice ou Senado – a depender da decisão do deputado federal Irmão Lázaro e o PSC.

 

Contudo, o cristão já reafirmou que seguirá na disputa pela Casa Alta do Congresso Nacional. Fontes ouvidas pelo BNews apontam um descontentamento do vice-prefeito após a desistência de ACM Neto em se candidatar ao governo. É nítido o desânimo de Reis durante os eventos da prefeitura.

 

E apesar disso, o vice-prefeito topou mergulhar na campanha do correligionário e viaja com o grupo pelo interior. Nas últimas semanas, conforme publicou o BNews, Bruno Reis já apontava como candidato a senador. Apesar de afirmar que fará o que for melhor para o grupo, a realidade é outra história. A resistência de Bruno Reis refere-se a sua candidatura à prefeito de Salvador em 2020.

 

Aliados, inclusive, já teriam conversado com Reis para que “não gaste sua imagem” nessa eleição, preservando-a para a corrida municipal. Outros adotam a perspectiva de que a experiência desta eleição lhe traria benefícios, como acordos políticos e aproximação com a população.

Vale ressaltar que o prefeito ACM Neto tem participado pouco das negociações. Saiu com a imagem arranhada depois da desistência e, segundo aliados, tem deixado de lado as tratativas estaduais. A presidência nacional do DEM e sua vida particular estão preenchendo as lacunas. A reportagem tentou contato com o vice-prefeito, mas não obteve retorno até o fechamento desta matéria.


Categorias

Eleições 2018




Classificados


Enquete



Mais Lidas