Notícias

Lúcio Vieira Lima é único baiano em lista dos 50 parlamentares 'anti-indígenas'

Um levantamento do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) identificou os parlamentares que mais atuaram no Congresso contra os direitos indígenas nos últimos anos. O deputado federal Lúcio Vieira Lima é o único baiano que faz parte do grupo de 50 parlamentares, entre Câmara e Senado Federaç, listados como os mais "anti-indígenas".

 

O deputado baiano faz parte ainda de outro ranking apresentado pelo levantamento, o dos 13 parlamentares que mais receberam doações de setores ligados ao agronegócio, mineração e empreiteiras, considerados como os mais interessados na desmobilização de políticas indígenas segundo informações do Portal Terra.

 

Lucio Vieira Lima (PMDB) e Toninho Pinheiro (PP) foram indicados como os deputados que receberam as maiores somas de empresas ligadas às empreiteiras. Os deputados Tereza Cristina (PSB), Luis Carlos Heinze (PP), Jerônimo Goergen (PP) e a senadora Simone Tebet (PMDB) aparecem entre os que mais receberam dinheiro de setores ligados ao agronegócio. A maior parte dos políticos citados no relatório é investigada por corrupção.

 

Quanto ao setor da mineração, foi identificado que empresas deste ramo financiaram em maior parte as campanhas dos deputados Marcos Montes (PSD-MG), Geraldo Resende (PSDB-MS) e da senadora Rose de Freitas (PMDB-ES).

 

Ainda de acordo com o portal, há nomes que aparecem em mais de um ranking: o deputado Leonardo Quintão (PMDB-MG) com doações vindas dos setores da mineração e empreiteiras; os senadores Kátia Abreu (PDT-TO), agronegócio e empreiteiras; Ronaldo Caiado (DEM-GO), empreiteiras e mineradoras; Antonio Anastasia (PSDB-MG), com doações do agronegócio, empreiteiras e mineração.


Categorias

Política




Classificados


Enquete



Mais Lidas