Notícias

Cachorro é morto a tiros durante passeata em Muniz Ferreira; atirador é liberado

Um cachorro foi morto a tiros durante uma carreata, no domingo (30), no centro da cidade de Muniz Ferreira, a 203 km de Salvador. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito se apresentou na segunda-feira (1º), mas foi liberado após informar que atirou no animal em legítima defesa. Segundo a polícia, o cachorro era da raça pitbull e estava preso em uma coleira.

O animal conseguiu se soltar quando algumas pessoas que participavam de uma carreata se aproximavam. Um homem, que não teve a identidade revelada, atirou no animal, que morreu no local. Conforme a Polícia Civil, o homem disse, em depoimento, que se sentiu ameaçado. A dona do animal também foi ouvida pela polícia. O contéudo do depoimento dela não foi divulgado. O caso segue em investigação.


Categorias

Recôncavo




Classificados


Enquete



Mais Lidas