Notícias

Fragilizado após não se reeleger, Aleluia pode perder comando do DEM na Bahia

O deputado federal José Carlos Aleluia (DEM) corre risco na presidência do Democratas no Bahia. Fragilizado depois de não conseguir mais um novo mandato na Câmara dos Deputados, o parlamentar pode ser alvo de um movimento interno para perder o comando estadual da sigla de acordo com informações obtidas pelo Bahia Notícias.

 

O pleito deste ano deixou um caldo de insatisfação em relação à forma como Aleluia conduziu o processo eleitoral dentro da legenda. O deputado federal se desgastou ao, na avaliação de candidatos, tentar beneficiar o filho, o vereador Alexandre Aleluia, que concorreu a deputado estadual, não logrando êxito também.

 

Nomes ouvidos em reservado pela reportagem relataram que o deputado direcionou recursos do Fundo Eleitoral diretamente a Alexandre, em uma forma de dar musculatura à campanha dele. Por outro lado, deixou outros candidatos “desamparados”. Além disso, durante a campanha, Alexandre teria entrado em bases de nomes que concorriam à reeleição para Assembleia Legislativa, gerando mais insatisfação ainda dentro do DEM.

 

Diante desse cenário, Aleluia começa a ter a permanência no comando do DEM questionada. Internamente, ainda não há movimento consolidado ou em articulação para que ele perca a presidência da sigla. Mas a avaliação é de que, diante do clima de insatisfação no partido, isso é questão de tempo.


Categorias

Eleições 2018




Classificados


Enquete



Mais Lidas