Notícias

Idosa de 70 anos é atacada com seringa em Amargosa; suspeito é preso um dia depois

Uma idosa de 70 anos foi atacada com uma seringa no município de Amargosa, localizado no Vale do Jiquiriçá. Segundo informações da Polícia Civil, o suspeito, que não teve a identidade revelada, foi preso após uma diligência policial. De acordo com a polícia, o caso aconteceu no domingo (5), e o suspeito foi encontrado na segunda-feira (6). A Polícia Civil informou que a vítima foi atacada no bairro de Santa Rita.

 

A idosa de 70 anos andava pela calaçada quando um homem a empurrou contra a parede e furou o braço dela com a serinha e injetou um líquido desconhecido. Após a ação, o suspeito fugiu logo depois e a idosa voltou para casa. Ainda segundo a polícia, a idosa sentiu dores e inchaço no local. A vítima foi encaminhada para o Hospital de Amargosa por conta das dores.

 

Após ser medicada no hospital, a idosa foi à delegacia da cidade onde prestou queixa. A notícia se espalhou rapidamente, como um vírus, mães evitaram levar seus filhos a escola e muitas mulheres desistiram de sair às ruas e irem ao trabalho. Havia notícias que populares estavam se reunindo para linchar o suspeito, mas a Polícia Civil de Amargosa agiu rapidamente, efetuando a prisão, colocando o acusado a disposição da Justiça Criminal.

 

A Polícia Civil investiga se o acusado é portador de alguma enfermidade incurável e se a intenção era passar alguma doença para a vítima, que foi encaminhada para tratamento médico específico. Quando menor de idade, Mateus Oliveira de Jesus já foi internado na Casa de Acolhimento ao Menor – CAM, após cometer ato infracional análogo ao crime de roubo majorado. Ainda de acordo com a Polícia Civil, o líquido utilizado no crime ainda não foi descoberto. O caso é investigado.

 


Categorias

Vale do Jiquiriçá




Classificados


Enquete



Mais Lidas