Notícias

Condenado por estupro, ex-secretário da cidade de Jucuruçu é espancado na prisão

Condenado a mais de 13 anos por estupro, o ex-secretário de administração da cidade de Jucuruçu, na região extremo sul da Bahia, Alexsandro Souza Sena, foi espancado por outros internos no Conjunto Penal de Teixeira de Freitas, após voltar ao regime fechado no dia 11 de dezembro de 2018. Alexsandro foi beneficiado com o regime semiaberto, mas voltou ao regime fechado por outra acusação de estupro.

 

O espancamento aconteceu em dezembro do ano passado, mas se tornou público quando vídeos e imagens da agressão circularam na internet. Após terem constatado a agressão, os agentes conduziram o detento para a enfermaria e posteriormente para a Coordenadoria da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas para registrar a ocorrência e realizar exames.

 

Desde o dia do espancamento, Alexsandro Souza Sena foi levado para outra cela separada dos demais internos. O caso está sendo apurado como lesão corporal grave. As causas dos espancamento e a autoria também estão sendo investigadas. O ex-secretário, que ocupou o cargo entre 2009 e 2012, foi condenado por ter estuprado duas mulheres, em Itamaraju e Teixeira de Freitas, nos anos de 2015 e 2018, respectivamente segundo o Correio.

 

Na cidade de Itamaraju, ele estuprou uma jovem de 18 anos e teria tentado estuprar mais duas adolescentes de 14 anos. Já em Teixeira de Freitas, ele foi preso pela segunda vez após estuprar uma mulher de 25 anos. De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária da Bahia (Seap), “desde o acontecimento, o interno Alexsandro está em cela de seguro e não mais divide cela com os demais internos do pavilhão”.


Categorias

Bahia




Classificados


Enquete



Mais Lidas