agencia brasil

Ex-ministro da Casa Civil de Bolsonaro, crítico ativo de Lula nas redes e presidente do PP, o senador Ciro Nogueira (PP-PI) afirmou ao blog que “o momento é de corte na taxa dos juros”. Ciro evita críticas ao presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. Ao contrário, Nogueira faz elogios ao banqueiro e atribui a ele “grande parte do êxito das políticas econômicas do país”. “Estou em total sintonia com todas as atitudes tomadas pelo Campos Neto até aqui, inclusive acho que grande parte do sucesso de medidas econômicas deve-se a ele. Mas acho que o momento é esse: hora de cortar os juros”, diz o líder da oposição. A fala de Ciro importa porque marca um momento importante: aquele em que nem a oposição aposta na manutenção da taxa de juros básica em 13,75% como front de embate sobres os rumos da política econômica. Como se vê, depois de ganhar a maioria no mercado, entre investidores e grandes empresários, agora a queda dos juros ganha contornos de unanimidade também na política. Uma improvável negação deste fato pode relegar o presidente do BC a uma solidão atroz na seara nacional. G1