Myke Sena/MS

A  Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica (Abramed), se manifestou após decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de aprovar a venda de autotestes de Covid-19 no Brasil. O órgão chama atenção para as possíveis falhas na execução e no uso dos testes, que exigem precisão e experiência no manuseio. Segundo O Globo, em nota a Abramed disse que “sente-se na obrigação de alertar e reforçar a sua preocupação com a qualidade desses dispositivos e possíveis falhas na execução dos autotestes que, embora tenham uma aparente facilidade de aplicação, têm complexidade tecnológica e exigem que todas as etapas sejam realizadas com muito cuidado”. O órgão também alerta que a  utilização incorreta dos testes levam a falso-negativos,o que pode trazer uma falsa sensação de segurança, e atrapalhar o real desenvolvimento num ponto de vista epidemiológico.