UB

O ex-prefeito de Salvador e atual secretário-geral do União Brasil, ACM Neto, anunciou que a Executiva Nacional do partido está considerando remover Luciano Bivar da presidência na próxima semana. Segundo Neto, o estatuto da legenda permite essa ação de forma cautelar. ACM Neto observou que a relação de Bivar com o partido “era ruim” e nos últimos dias “piorou tudo”. “O clima dele (Bivar) de permanência no partido já não existia, agora piorou tudo de uma vez. O que era muito ruim, agora ficou insustentável. A gente não tem outra saída se não fazer o que tem que ser feito”, disse Neto ao jornal “O Globo”. Isolado, Bivar contesta a eleição de Antônio Rueda para o comando do União, realizada há duas semanas. “A Executiva vai se reunir para receber a representação e dar encaminhamento. A decisão deve acontecer na próxima semana. É preciso dar a ele (Bivar) um prazo de 72 horas para se defender”, acrescentou Neto. Política Livre