O ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União Brasil), líder do grupo político de oposição na Bahia, se reunirá com deputados estaduais e federais do partido na próxima segunda-feira (7). Após as eleições estaduais de 2022, Neto tem retornado à cena política, manifestando-se sobre questões como saúde e segurança pública na Bahia. No último dia 28, ele foi às redes sociais dizer que o governador Jerônimo Rodrigues (PT) “fecha os olhos” para a “gravidade” da situação da saúde pública na Bahia, em especial da fila da regulação. Ele ainda ressaltou que o governador segue se esquivando da responsabilidade, chegando a culpar os prefeitos pelo problema, e salientou que os governos petistas foram incapazes de ampliar as vagas de atendimento no interior e de implantar um sistema eficaz na regulação. “O governador Jerônimo acha que a saúde pública da Bahia vai muito bem e fecha os olhos para a gravidade da situação. Mas os milhares de baianos que vivem a dura realidade da fila da regulação não querem saber de desculpas. A vida não espera”, destacou o ex-prefeito da capital baiana. Política Livre