foto alba

Após negar recolhimento das assinaturas para formalização da candidatura do ex-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), Marcelo Nilo (Republicanos), ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), o líder da oposição na Casa, Alan Sanches (União Brasil) confirmou o nome do ex-deputado federal como representante da oposição para a disputa.

“Eu acho que Marcelo Nilo construiu durante anos, como ele mesmo diz, uma relação com vários deputados, com várias forças políticas. […]. E, nesse momento, após uma conversa com Bruno [Reis], [ACM] Neto e com toda a bancada da oposição, não existia nenhum outro candidato para disputar com Marcelo Nilo no nosso grupo político”, contou Sanches ao portal A TARDE, na terça-feira, 12.

“Então, Marcelo Nilo já tem as 17 assinaturas, três não assinaram, por não estarem presentes nesse momento”, acrescentou. Os três parlamentares que não assinaram o documento que credencia o nome do republicano para a disputa são: Robinho e Marcinho Oliveira, ambos do União Brasil, e Digo Castro (PL).

O líder da oposição ainda assegurou o compromisso da bancada da minoria ao nome de Nilo para concorrer a vaga que será aberta após a aposentadoria do conselheiro Fernando Vita, que deve deixar a Corte de Contas até o dia 22 deste mês. “Nós estamos assumindo um compromisso do nosso grupo político com Marcelo Nilo honrados, nós estaremos entregando a ele as 20 assinaturas”, concluiu. A Tarde