ssp

Considerado um alvo prioritário no Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), Jhon Hebert Silva de Sousa, o Saul, foi preso na quarta-feira (20), na cidade de Macaé, no Rio de Janeiro. Ele é apontado como responsável por pelo menos cinco homicídios na região de São Caetano, em Salvador, e ocupa a carta de Dez de Ouros no Baralho do Crime.

As investigações da 3ª Delegacia de Homicídios do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) indicam que Saul matou Marcus Vinícius Pereira Mascarenhas Cachoeira, em 2015, com 19 tiros. O suspeito, que integra uma facção que atua no bairro de São Caetano, também confessou a participação em outros quatro homicídios e responde processos por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

A diretora do DHPP, delegada Andréa Ribeiro, diz que o trabalho de inteligência e o uso de tecnologia levaram à localização do suspeito. “A troca de informações entre o DHPP e a Polícia Civil do Rio de Janeiro, com o apoio de unidades da Polícia Militar daquele estado, possibilitou a localização do foragido, preso na comunidade de Nova Holanda”, diz.

Com o cumprimento da ordem judicial de prisão preventiva, expedida pelo 1º Juízo da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Salvador, o “Dez de Ouros” está à disposição da Justiça do Rio de Janeiro, aguardando para ser trazido de volta para a Bahia. Correio da Bahia