Foto : Wilson Dias/Agência Brasi

A possibilidade do presidente Jair Bolsonaro se filiar ao PP deixou deputados baianos do partido apreensivos, a ponto de não comentarem a notícia que promete abalar qualquer estratégia política para as eleições de 2022. Procurados pelo Política Livre, a bancada pepista na Câmara, composta pelos deputados Ronaldo Carletto, Mário Negromonte Júnior, Claudio Cajado e Cacá Leão, sequer deu sinal. A chegada do presidente da República ao partido é motivo de preocupação, principalmente, para o deputado federal Ronaldo Carletto, que tem se mexido e reunido forças para lançar o seu nome como vice em uma chapa encabeçada pelo senador Jaques Wagner (PT) ao governo. Ontem, o vice-governador João Leão (PP) descartou qualquer abalo na Bahia se Bolsonaro entrar mesmo na agremiação, mas deixou uma pista do que pode – e com grandes chances – vir a acontecer: “A única coisa que pode abalar é se o PT disser que não quer mais conta”. Política Livre