Agência Brasil

Uma funcionária da Gol foi atingida por estilhaços após a arma do ex-ministro da Educação, Mílton Ribeiro, disparar acidentalmente. O caso aconteceu na segunda-feira (25), no balcão da Latam no Aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília. Segundo a companhia aérea, a vítima passa bem e está recebendo suporte da empresa. Levado para Superintendência da Polícia Federal, disse em depoimento que ao abrir sua pasta de documentos, pegou a arma para separá-la do carregador “dentro da própria pasta, momento em que ocorreu o disparo acidental”.”Como havia outros objetos dentro da pasta, o local ficou pequeno para manusear a arma”, disse o ex-ministro, em depoimento. Ainda de acordo com as declarações à PF, Milton Ribeiro afirmou que “com medo de expor sua arma de fogo publicamente no balcão, tentou desmuniciá-la dentro da pasta, ocasião em que ocorreu o disparo acidental”.Milton Ribeiro disse ainda que ele mesmo perguntou às pessoas que foram ao local do acidente se alguém havia sido atingido com estilhaços, “momento em que não apareceu qualquer vítima”. Fonte G1