247 – O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), tentará emplacar o deputado federal André Fufuca (PP-MA) como relator da CPI Mista dos Atos Golpistas, que aconteceram em 8 de janeiro, quando apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) invadiram a Praça dos Três Poderes, em Brasília. A informação foi divulgada pela coluna de Igor Gadelha. Próximo de Lira, Fufuca chegou a ser cotado para relatar o novo arcabouço fiscal, mas o presidente da Câmara escolheu o deputado Cláudio Cajado (PP-BA). Parlamentares aliados do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) decidiram quem eles querem ouvir, primeiramente, os empresários financiadores dos atos terroristas.